História Babys vs Daddy - War of hormone - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alpha, Beta, Bts, Colegial, Especial, Lemon, Ômega, Omegaverse, Romance, Trishipp, Yaoi
Exibições 119
Palavras 1.575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


*fugindo para as montanha*
Desculpem pela bad
BOA LEITURA

Capítulo 10 - Painful farewell


Fanfic / Fanfiction Babys vs Daddy - War of hormone - Capítulo 10 - Painful farewell

P.O.V TAEHYUNG
Não sei se fiz certo em vir para casa e ter deixado Jimin na casa de Jin, não que não confie nele, eu apenas nao confio em quem esta la, em especial Jungkook.
Ele olha para Jimin com um olhar que o fosse devorar a qualquer momento. E isso me assusta.
Nunca gostei de ficar em casa sozinho, para falar a verdade nunca durmi uma noite se quer sem Jimin, e acho que nem vou conseguir durmi.

Tentei destrancar a porta, mas a mesma ja estava entre aperta, senti um medo percorrer minha espinha, eu realmente nao deveria ter vindo para casa.
Abri a mesma devagarinho, e adentrei com meu corpo aos pouco, e então avistei G-Dragon sentado olhando TV.
- Você quer me matar!. - Gritei, fazendo o mais velho se assustar.
- Ah,desculpa, mas se eu falasse que iria vir aqui você não iria permitir. - Ele disse sorrindo e passando a mão na nuca.
- E o que você  quer?. - Perguntei ríspido.
Ele voltou sua atenção para a TV me deixando alguns segundos sem resposta, em seguida ele desligou a televisão, e se levantou do sofa, vindo em minha direção.
- Nos temos muito que conversar. - Ele comecou respirando fundo. - Eu juro que nao queria ter ido embora daquele jeito.- Seus olhos marejaram.
- Mas você foi. - Falei friu.
- Sim, eu fui, e eu me arrependo. - Ele disse deixando uma lagrima cair.
- Voce sabe quantas noite eu te esperei?, quantas vezes eu quis que tudo nao passasse de um sonho? .- Cuspi as palavras em sua cara.
- Eu sei, e eu te peço desculpas. - Ele disse desviando seus olhos dos meus, e olhando para os pés.
Meu coração apertou, no fundo talves eu ainda sentisse algo por ele, mesmo despois de 3 anos.

Afinal ele foi meu primeiro amor, foi ele quem me ensinou a amar, e ao mesmo tempo me ensinou o que era sofrer.

- Sua desculpas não vão recuperar o tempo perdido. - Eu disse deixando minhas lagrimas cair.
- Nao chore por minha causa. - Ele disse levando sua mão ate meu rosto.
- Eu nao tou chorando por você, e asim por lembrar que amei alguem friu como você. - menti, mas quem eu tava querendo enganar, tava na cara que eu tava chorando por ele, chorando por ele nao ter chegado mais cedo.
- Eu senti sua falta, todo esse tempo. - Ele disse serrando os olhos e deixando as lagrimas cair.
- Sentiu?,  Nao foi isso que o tempo disse. - Sim eu estava sendo mal com ele, mas ele merecia.
- Desculpa por ter demorado, eu estava com medo, eu nunca havia amado alguem como amei e amo você, e você e eu sempre tivermos nossa diferença de idade, fiquei com medo que o que eu sentisse nao fosse verdadeiro. - Ele disse baixo.
- Ama? - vacilei na fala.
- Sim, eu te amo. - Ele disse olhando em meus olhos.
- Por que demorou tanto?,  por que fez eu te esquecer?  Você sempre soube que se você fosse embora eu não ficaria o esperando. - Falei choroso.
- Você dizia que me amava, pensei que nao se esqueceria de mim. - Ele disse limpando suas lagrimas.
- A questão não é essa, você por acaso me explicou o motivo de ir embora?, não, você simplesmente foi. - Suspirei, tentando manter a calma. - Você não me deu chance de tentar entender, simplesmente deixou eu tirar minhas conclusões. - Fechei os olhos tentando controlar as lagrimas que ensistiam em cair.
- Você sempre soube que eu te amava. - Ele disse serio.
- Ta querendo dizer que a culpa de não estarmos juntos é minha?, você foi embora e nao me deu explicações! Voce queria o que?  que eu ficasse sentado esperando sua boa vontade de voltar?.- Falei exaltado. - Eu cansei de esperar, eu cansei de te amar. Sim, quem ama também cansa, eu tinha o direito de viver, o direito que você que devia dar. - Gritei, entre o choro.
Meu coração doía, eu o esperei tanto, e quando me cansei ele resolve aparecer. Eu queria sumir daquele local, queria me esconder e chorar.
- Por favor não faz assim, por que não esquecemos tudo e ficamos juntos. - Ele disse levando sua mão até meu rosto, mas eu virei e o impedi de tocar em mim.
- Esquecer?, voce disse esquecer?, sabe o que são isso?. - Falei remangando minha blusa e o mostrando cicatrizes.
- Você se machucou por minha causa?. - Ele disse passando a mão pelo meu braço e deixando suas lagrimas cair.
- Quando você foi embora, eu achei que era apenas uma brincadeira sua, mas entao passaram-se ,dias, semanas e meses, e você nao voltou, foi entao que a ficha caiu, e eu precisava amenizar a dor, eu precisava confortar meu coração, você nao me deu escolhas, você as escolheu sozinho, você foi egoísta. - Falei sentindo uma raiva enorme.
- Você nao podia ter feito isso. - Ele disse assustado.
- Você que nao deveria ter feito...  Voce me fez sofrer de um geito que nunca pensei que sofreria, voce fez planos comigos, a gente iria contruir uma familia, a gente ia ser feliz G-Dragon, você mesmo me garantiu que iriamos ser felizes, você mentiu para mim, você me fez acreditar em algo impossível. Nao foram 4 dias juntos, foram 4 anos juntos. Voce tem noção de como foi esses últimos tres anos?,  Não você nao sabe, eu tive que mentir para o meu melhor amigo, eu tive que fingir para ele estar bem, tudo para parecer ser forte. - falei chorando e soluçando.
- Por que você é assim, o que custa me perdoa, eu to aqui na sua frente pedindo perdão. - Ele disse num tom de voz mais alto.
- Eu nunca vou te perdoar, entenda isso, o que eu sentia por você acabou-se!. - Gritei.
- Por favor ! Nao faz isso comigo!. - Ele gritou usando sua voz de alfa, me fazendo encolher.
- Eu te odeio. - murmurei.
- Nao faz assim. - Ele disse pegando em minha mão.
- Me solta!. - Falei puxando minha mão.
Virei as costar para ele e fui em direção a porta de minha casa, e a abri.
- Vá embora, de preferencia para sempre. - Falei olhando em seus olhos.
Ele simplismente olhou para mim, e deixou as lagrimas cair. Eu tinha que ser forte, eu nao o amava, nao poderia ficar com ele por pena.
- Se é isso que você quer eu vou. - Ele disse passando pela porta.
Ele parou na frente de minha casa e olhou para tras.
- Eu te amei de verdade. - ele sussurou, mas eu pude entender direitinho.
Fechei a porta e pude me desfazer de tanto chorar, me sentei no chao e abracei meus joelhos, meu coração esta doendo.
Me levantei daquele chão friu e fui para o meu quarto, me trancando lá e me escondendo nas cobertas. Eu só queria que aquela noite acabasse, amanha teria aula, e assim eu iria poder esquecê-lo .

De uma coisa eu tenho certeza, eu nao o amo mais, quando eu disse que avia cansado de esperar ,era verdade, eu realmente me cansei.

Senti meus olhos pessarem e eu adormeci.

...

Acordei assustado com o despertador, mas me levantei e fui para o banheiro fazer minha higiene matinal.
Fui ate a cozinha e fiz uma torrada para mim comer, me arrumei e peguei minha mochila. Abri a porta e avistei um papel branco jogado na frente de minha porta.

De : G-Dragon
Para: Kim Taehyung

"Juramos amor eterno, mas mentimos. Esquecemos que não podemos dar o que não temos, prometer o que não sabemos e ser o que não somos. O amor é remoto, oscila nas sensações e pode despertar o ódio quando não sabemos perdoar as falhas de quem se ama. Foi aí que nos perdemos, que desistimos e encerramos o ciclo do nosso amor.Voce me conheceu o suficiente para saber o que eu acho sobre escrever cartas. Mas aqui estou eu, entao pelo menos faça minhas palavras valerem apena.
Eu nunca menti quando falava que te amava, sempre fui o mais sincero possível com você, arrependo-me de ter partido, sei o quanto sofreu, e não me orgulho por isso, nao deveria ter te feito sofrer. Fizemos tantas juras de amores né?, quantos planos construímos juntos? ,Sim, eu estraguei tudo. Eu e meu dom de destruí tudo que construo. Você nao tem a obrigação de me perdoar. 
Acabou, tudo entre nós acabou.
Merecíamos uma nova chance?, nao sei.
Nunca me despedi de ninguem, pois sempre voltei.
Mas hoje é uma despedida, você nunca mais me verá, sumirei como se eu nunca tivesse existido, como o vento.
Me Desculpa se tomei muito seu tempo .O amor é tao doloroso, mas a despedida é pior. Ah como esquecer seus olhos, sua boca, sua pele?,  você me ensinou a te amar mas não a te esquecer. Por que tudo deve que acabar assim?,  nao te dei amor o suficiente não é?...
Tudo bem, eu entendo, eu prometo que esse foi nosso ultimo contado, creio que quando estiver lendo essa carta eu ja vou estar bem longe, então nao se preocupe, nao irei mais te infernizar ...
Me desculpa por tudo...
De quem sempre te amou G-Dragon"


Notas Finais


Nada a declarar...
Bom, tou um pouco triste e feliz!
triste por ter tido poucos comentarios no capitulo anterior...
E feliz pelos comentários que recebi no capitulo anterior...
Vocês tão me abandonando?, nao me deixem...
Voces sabem o quanto preciso do apoio de vçs...
Obg a todos que favoritaram e pela mil view e meia...
comentem se gostaram do cap e favoritem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...