História Back for me (Jikook/KookMin) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, J-hope, Jihope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Taeseok, Vhope, Yoongi
Exibições 225
Palavras 2.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooieee. Eu sumo mais eu volto. Esse cap' está pequeno pois eu estou muuuuito doente!!
Aaaeeee, Hoje é aniversário do ChimChim!! Tô mega feliz e e chorando. <333
#HappyJiminDayBR Haha.
Bao leitura. ^_^

Capítulo 4 - Talvez


Fanfic / Fanfiction Back for me (Jikook/KookMin) - Capítulo 4 - Talvez

Hoseok's POV

Os raios de sol transpassavam pela janela, batendo diretamente no meu rosto causando um pequeno incomodo. Luz forte estava fazendo com que minha cabeça latejava. Me sentei na cama com uma enorme enxaqueca e passei a mão na cabeça tentado lembrar da noite anterior. Eu só lembro-me de ter voltado com Jimin do hospital e…Oh, céus! Jimin...eu falei a ele? Ou foi um sonho?...eu não posso ter condado a ele que eu o amo. Não mesmo…espero que ele capite tudo como um sonho…um pesadelo meu que foi transferido a ele. Não era hora para eu contar isso. Eu só poderia contar caso ele terminasse, e um bom tempo depois..não que eu queira que ele termine. Eu o amo e ver ele feliz importa mais do que qualquer coisa. Então espero que se resolvam. Sobre meu amor? Ele pode ficar reprimido até que o outro o cubra como um manto apagador de passados. Sei bem que ele ama Jungkook e que, mesmo de uma maneira não tão reciprocamente demonstrável, que Kook o ama de volta.

Hoje teria uma reunião na BigHit...puta merda, logo hoje. Por que raios eu fui beber ontem, poderia beber hoje após a reunião e morrer de ressaca. Seria bem melhor. Olhei Jimin e percebi que ele dormia como um bebê. Acariciei seu rosto de leve e sorri ao notar que ele suspirou de um modo fofo. Deveria estar sonhando com seu amado. Mesmo eu querendo ele feliz..isso dói muito. Afinal, senão doesse eu não o amaria. E eu preferia que fosse assim, mas meu coração é mais burro que politico do Brasil achando que o povo não vai notar os roubos algum dia. Mas eu não mudaria com ele, não mesmo. Eu preferia mil vezes ser amigo dele tendo atenção sua atenção do que não ser amigo dele e correr o risco de nem nos falarmos. Levantei tediosamente da cama e segui para o banheiro. Eu não poderia ficar um minuto sequer sem tomar um banho. Minha cabeça parecia que quê estouraria. Entrei debaixo d'água e deixei que a água quase congelada escorresse por minha cabeça até chegar nos meus pés. Fiquei muito tempo nesse banho. Até fiquei com a consciência pesada sobre as pessoas que tem pouca água e resolvi sair. Não é porquê eu contei a ele que eu mudaria. Passei na cozinha e olhei todos os cantos. Não havia nada que eu quisesse comer, então resolvi preparar algo para Jimin. Preparei um prato com algumas frutas e uma vitamina de maça. Fazia umas horas que ele não comia nada e precisava se alimentar bem, afinal ele não está nada bem. Fui até o quarto e deixei a bandeja com um bilhete de bom dia. Em seguida sai e fui até a casa dele. Peguei roupas para ele ir até a reunião. Como estava calor, ele gostava de usar camiseta bem larga, bermuda e tênis. Peguei uma touca pois não sabia se ele iria querer e voltei para casa. Estacionei o carro e notei que a luz estava acesa. Um medo terrível percorreu todo meu corpo me deixando travado. Ele havia acordado… o que estaria pensando? Como agiria...ele mudaria comigo? Não quero que ele se afaste ou fique frio. Eu sei controlar meus sentimentos... controlei todos esses anos… por que ele acha que eu mudaria agora? Mas, Jung Hoseok...vamos! Seja homem e enfrente a porra dos seus medos.

Eu respirei fundo e andei vagarosamente até a porta. Coloquei a mão na maçaneta e a rodei com lentidão. Abri a porta e entrei de costas olhando a porta ao fechá-la e fiquei assim por um tempo. Ouvi sua voz chamar meu nome e senti um arrepio da ponta da minha espinha até todo meu corpo.

-Hoseok Hyung?
- Oi, Jimin!-Me virei sorrindo
-Que foi?
-Nada. Eu só tava reparando que a porta está descascando.
-Ah sim-Ele sorriu fofo-Obrigado pelo café..onde estava?
-Toma-Joguei a bolsa para ele-Fui pegar suas roupas
-Obrigado de novo..podemos conversar. Eu que…
-Estamos atrasados para a reunião. Rápido, rápido. Pro banho!
-Porra! Eu esqueci-Ele disse correndo para o banheiro e eu me joguei no sofá aliviado.

Fiquei mexendo no celular e entrei no twitter...sim. Temos twitter pessoal. Só que com outro nome e as ARMYs não sabem. Percebi que haviam milhares de twittes do Jungkook. Mesmo no "anonimato", essa criança tem uma porrada de seguidores. Ele estava postando letras de músicas e vivia falando que o coração dele estava quebrado..

-Humpf… você não tem esse direito. Foi você quem quebrou o coração dele primeiro.
-Quem?-Jimin...para de aparecer nas horas erradas...por favor! Eu Fechei o  twitter rápido e o olhei sorrindo nervoso.
-Aqui no dorama… eu ia falar ela mas falei errado
-Que dorama?-Ele dizia secando o cabelo com a toalha. Não faz isso comigo
-Noble my love
-Ah..eu já vi. Ele é engraçado
-Muito..está pronto?
-Sim. Aliás, você já comeu?
-Estou com muita ressaca para isso
-Se beber daquele jeito de novo eu te mato. Não quero nem saber que você é meu Hyung
-Tudo bem..tudo bem-Eu sorri-Vamos?
-Sim..não queria mas..vamos!

Seguimos até o carro. Eu entrei primeiro sendo seguido por ele, que entrou em seguida e começou a cantar. A voz dele é minha preferida..ele vive com esse problema de "querer melhorar a voz", mas mal sabe ele que isso é impossível. Se ele fizer isso, meu coração não vai aguentar e vai explodir em milagres de pedaços de amor..e eu morrerei de orgulho e paixão. Avistei alguém correndo na rua feito um desesperado e olhei melhor. Foquei bem meu olhar e vi que era Jungkook. Ele parecia bem assustado. Virei o carro bruscamente indo em sua direção e parei em sua frente o assustando um pouco.

-ENTRA!-Ele ficou parado-ENTRA CACETE!

Ele me olhou nervoso e entrou se jogando no banco de trás.

-O-obrigado, Hyung!
-O que está havendo?-Jimin virou super preocupado.
-Haters infantis...uns..dez meninos queriam me bater
- Por quê?-Falei preocupado
-A namorada de um deles terminou com ele porque ele me chamou de gay..e ela disse que mesmo se eu fosse pois ela não sabia, eu ainda seria mais homem que ele
-Que tenso...te bateram?
-Não, Hoseok Hyung
-Bom..vamos então.

Eu segui caminho. O trajeto foi todo intenso. Ninguém dizia uma palavra, nem Jimin cantava mais. Ele apenas ficava olhando Kook pelo retrovisor, e desviava o olhar sorrindo quando ele percebia. Assim que chegamos na Big Hit, eu estacionei em qualquer lugar e desci esperando os dois. Assim que eles desceram seguimos caminho para nossa sala de reuniões. O nosso manager não estava na sala. Apenas os outros meninos. Eu me sentei ao lado de Tae, que me abriu um enorme sorriso e eu sorri de volta.

-Bom dia, Hyung
-Bom dia, Taehyung… cadê o manager?
-Está com gripe e me pediu para passar os recados hoje-Namjoon sorriu. Ele se sentou e deu a mão ao Jin por debaixo da mesa… Ele é burro? Todos sabemos que eles namoram..eles deveriam assumir logo.
-Tudo bem..quais são?-Jimin disse um tanto cabisbaixo.
-Temos duas entrevistas marcadas no Japão para falarmos sobre Wings e etc… mas não poderemos ir todos pois temos muito a fazer aqui também. O manager escalou dois membros.
-Quem sai, a..Namjoon?-Jin disse sorrindo nervoso.
-ESPERA!!!-Jungkook disse sorrindo.
-Que foi?-Suga o olhou impaciente
-O Jin Hyung iria chamar o Namjoon Hyung de amor...
-Não ia nada!
-Ia sim, Princesa mentirosa!-Yoongi disse sorrindo-Assume logo que o Namjoon come você
-HEY!-Jin ficou vermelho e todos começamos a rir
-É… a gente namora a uns meses mas íamos falar semana que vem
-A gente sabia-Falei sorrindo
-ENFIM!!! Vamos voltar ao assunto?
-Depois falamos disso-Jimin sorriu.
-Tá..não interessa. Os membros são... Hobi e ChimChim!
-O QUE?!-Kook e Tae gritaram ao mesmo tempo e Namjoon sorriu de lado.
-Algum problema Kook e Tae?
-Nenhum, Hyung-Kook disse se levantando-Preciso..beber água!-Ele não esperou resposta alguma e saiu zonzo
-E você Tae..tá passando mal por quê?
-Cala a boca, Hyung chato-Ele se sentou brincando com uma caneta
-Quando vamos?-Jimin disse normalmente.
-Desculpe ser em cima da hora, mas é amanhã. Ficaram na cidade de Kanto e depois voltaram para Seul..as entrevistas serão, uma gravada pela manhã e uma ao vivo de noite. O outro dia é pra esfriarem a cabeça antes de voltarem
-Obrigado-Jimin disse um tanto nervoso.

Já até sei porque… Ele nunca viaja sem o Kook. Desde o debut eles só viajam juntos, só quando é passeio familiar ou algo assim que ele vai só. Mas ele sempre dava um jeito de arrastar Kook com ele, eu até achava fofo. Ele vivia dizendo que tinha medo do Kook se machucar por ser muito frágil, e ele não está aqui para cuidar dele e o proteger. A verdade é que eu não lembro desde quando ele gosta do Jungkook..mas pelo que lembro é Desde sempre, ou seja, eu nunca tive minha chance com ele...mas...quem sabe um dia eu não tenha?... É meu maior sonho agora.

-Jimin...ninguém vai matar o Kook não. Se acalma-Namjoon disse rindo, fazendo todos riem. Menos Jimin, claro.
-Cala a boca, Namjoon
-Segunda vez hoje..é complô?
-Talvez-Tae e Jimin falaram juntos e riram.

Namjoon deu o resto dos recados e nos liberou. Kook não apareceu mais...acho que ele tinha medo de perder o Jimin, agora que estavam meio separados. A verdade é que, por agora ele não parece merecer Jimin. Jimin dá tanta atenção a ele..que é um pecado, pois ele não retribui a altura. Está certo, Jimin é..."a menina" da relação, mas o papel do homem é mostrar a todos que a menina é dele e amá-la em dobro....mas, quem sou eu pra me meter. Jimin ainda o ama então não posso e nem devo dizer nada.

Voltamos para casa. Durante o caminho eu fiz uma bando de palhaçadas para Jimin rir e sorrir...e deu certo. Assim que chegamos em minha casa, eu estacionei e entramos. Eu me sentei no sofá e Jimin ficou parado me olhando.

-Que foi, ChimChim?
-Vamos conversar
-Mas tenho que…
-Você não tem. Para se fugir, Hobi. Eu não vou te matar
-Tudo bem-Sorri nervoso e ele se sentou ao meu lado
-Você…gosta mesmo de mim?
-Sim...muito
-Por que nunca disse?
-Você sempre gostou do Jungkook
-Sim..gostei mesmo. Mas você não sabia… por que não disse?
-Medo..eu..tenho medo
-De que?
-Me machucar. Eu sei que você ama ele de mais e...eu não deveria falar...você vai mudar comigo agora e…
-Quem disse? Além de qualquer coisa, você é meu melhor amigo..e desculpa. Sei que dói ouvir isso. Mas não te darei um sim...e nem um não!-Eu sorri surpreso e confuso.
-Co-como assim?…
-Eu amo o Kook com minha alma...mas não sei que rumo iremos tomar...eu não posso dizer que ficarei com ele pra sempre, me encontrando na situação que estou com ele..nem que vamos terminar. Eu sei que você não vai me esperar para sempre também, mas se tudo der errado e você estiver aí, podemos tentar um novo certo...mas não fica esperando...não quero te machucar.
-Não machucaria...você me deu um talvez, não uma certeza...obrigado
-Não me agradeça. Eu quem devo agradecer por tudo que anda fazendo por mim, Hyung-Eu sorri
-Deixa disso. Não faço nada por obrigação...vamos comer?
-Pizza?
-Sim e ver dorama
-The lover?
-VEM!-Ele me puxou para a cozinha.

Pedimos a pizza e esperamos chegar. Assim que ela chegou, sentamos para ver o dorama. Eu já havia visto milhares de vezes, mas ele é meu preferido. Eu shippo muito forte o JonJae e o Takuya..sim..Takuya do Cross Gene. Ele é o Japonês mais lindo que eu já vi na minha vida..Esse dorama é incrível. Acabou que, Jimin dormiu no meu colo e eu sorri o observando. Ele parecia uma criança..tão inocentes da vida. Eu o peguei no colo e o levei ao Quarto. Deitei ele na cama lentamente para não acordá-lo e me virei para sair, mas fui impedido ao sentir suas mãos gordinhas e fofas agarrarem meu pulso de leve.

-Hyung..não me deixa sozinho!-Ele disse manhoso...tão manhoso. E eu sorri.
-Claro que não!-Eu o cheguei para o lado e me deitei com ele. Ele se virou me abraçando e sorriu.

-Kook é um idiota...ele quebrou meu coração
-Não se preocupe...ele volta aos pedaços com o tempo, ou quando alguém juntá-lo
-Espero, Hyung...pois isso dói muito. Eu quebrei seu coração?
-Não...
-Mas você não gosta de mim?
-Sim. E você do Kook. E você está bem..feliz. E além de tudo é meu amigo…melhor amigo. E você estar bem é a coisa mais importante para mim
-Obrigado..obrigado por não me odiar..-Ele se calou. Eu olhei para ele e o mesmo havia dormido. Será mesmo que ele falou sério sobre o talvez?… Sim..quando ele mente ele fica olhando pro teto..pra cima..ele estava olhando dentro dos meus olhos.

-Eu não te odeio..e não poderia nem que eu quisesse...boa noite, Chinminie!-Eu beijei a testa dele e acabei apagando com ele nos meus braços por pedido do mesmo...um sonho meu havia se tornado realidade..eu queria os outros. Mas só o  tempo pode me responder isso.

[…]

-Minie, acorda...
-Que horas são?-Ele disse tão sonolento que quase não saiu som algum.
-São quatro horas
-Tá muito cedo, Hobi..
-Mas temos que viajar..
-Ah..só mais meia hora-Eu bufei. Esqueci como ele fica mega manhoso com sono.

Eu peguei ele no colo e o levei ao banheiro. Ele havia tomado banho ontem enquanto esperávamos a pizza então mais tarde ele toma. Coloquei uma calça e uma blusa se meia manga nele. Em seguida coloquei um casaco e sua touca. Eu estava com muito sono para pentear o cabelo dele agora… não penteiei nem o meu. Coloquei seus tênis e novamente o peguei no colo. O deitei no banco de trás e o mesmo tornou a dormir. Graças a mim mesmo, eu já havia colocado tudo nas malas em seguida no carro. Coloquei meus fones de ouvido e comecei a dirigir ao aeroporto...a seguir, temos uma aventura no Japão...


Notas Finais


Até o próximo!!!!
Beijos, morangos e abraços. *----*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...