História Back for you - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Love1d
Visualizações 72
Palavras 5.740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Cupcakes, aqui estou eu com mais um capítulo para vocês!! Semana passada não deu para eu postar, pois estava estudando muito e o final de semana descansei um pouquinho. Provavelmente deixei vocês curiosas... Emfim, desejo uma boa leitura e espero que gostem :D

Adoro vocês...
E Malikisses para todos <3

Capítulo 14 - Ufa!!


Fanfic / Fanfiction Back for you - Capítulo 14 - Ufa!!

 

Pov Rebeca:

 

  O horário da nossa saída foi pelo o que estava marcado, oito horas em ponto saímos da Universidade, já faz meia hora que estamos indo para a cafeteria. Hoje acordei com muita fome, não prefiro imaginar como deve estar se comportando a barriga da Mari.

  Juliana não veio, deve ter dormido um pouco tarde e não deu tempo para se levantar tão cedo, a vó nunca gosta de perder um passeio, ama conhecer lugares diferentes e tenta ser pontual ao máximo. Finalmente o ônibus parou...

   Descemos do ônibus, a cafeteria é bem grande e cabe todos, esperamos a movimentação na porta se acalmar para entrarmos. Já viu? Mariana quase jogou nós quatro na pista. Não demorou tanto e logo adentramos ao local.

    As mesas estavam quase todas ocupadas, havia algumas livres, porém com poucos lugares para o nosso número de pessoas, estamos a procura de uma, olhei, olhei mais uma vez e nada, até me deparar com mãos acenando em minha direção. Fiquei um pouco em dúvida, como a Bia estava ao meu lado, decidi pergunta-la. 

 

-- Bia?!- chamei tentando desviar a sua atenção das mesas.

 

-- Fala coisa chata da minha vida!!- disse Bia me abraçando de lado.

 

-- Aquelas mãos estão acenando para nós?- perguntei e depois dei um beijo em seu rosto de bom dia, nossa amanhã é assim, até o nosso jeito de se desejar um bom dia é diferente...É somos diferentes.

 

-- Beca, em que lugar?- perguntou Bia.

 

-- Ali...- apontei com a cabeça.

 

-- Acho que sim. Vamos até lá!- falou Bia me puxando, chamamos as outras que logo vieram atrás de nós.

 

  Fomos até as mãos que eu e a Bia avistamos, são tantas mesas que existe aqui dentro que fica até difícil para chegar aonde queremos e também por tantas cabeças tampando a visão. Era eles... Zayn, Niall, Harry e Louis sentados com dois estofados espaçosos sem ninguém.

 

-- Ah são vocês!!- disse surpresa.

 

-- Não Rebeca são pessoas invisíveis!!- disse Bela, não linguei muito, ela sempre é assim de manhã e quando acorda cedo, mas ela é melhor que a Mariana acordada antes das sete.

 

-- Meninas, vamos procurar outro lugar...- Lari opinou ainda em pé na companhia da Bia.

 

-- Já tem muitos na mesa!!- disse Bia cabelo cor de mel e cara emburrada.

 

-- Vamos ficar aqui mesmo, as duas já se sentaram...- minha vez de ser chata. Hehehe!!

 

-- Fazer o quê né!!- disse Lari. As duas se sentaram aos bufos. 

 

-- Bom dia!!- disse Zayn abrindo o seu sorriso.

 

-- Oi!! – disse Louis,com o tom animador, mais do que no dia- a- dia.

 

-- Meninas!!- disse Niall  acenando para nós enquanto comia uns biscoitinhos.

 

-- Olá princesas!! Sentem-se...- disse Harry.

 

-- Oi meninos!!- respondemos em coro.

 

-- O que você está comendo Niall?- perguntou Mariana com os olhos brilhando.

 

-- Mariana deixa o menino comer em paz!! - disse Bia, que recebeu como resposta língua. 

 

-- Biscoito amanteigado quer?- disse Niall.

 

-- Sim!!- respondeu Mari balançando a cabeça

 

-- Pegue este!!- disse depois de ter pegado um fechado em sua bolsa e entregando para Mari. 

 

-- Ele tem uns de reserva. - explicou Louis.

 

-- Já deveria ter pego essa ideia, né comilona?! - disse Lari.

 

-- Bem difícil ela dizer não, quando se fala em comida!!- disse Bela e todos começaram a rir. 

 

-- Parem as duas. É comida gente, nunca se pode recusar!!- respondeu.- N-U-N-C-A- soletrou Mariana.

 

-- Ei vamos ali comigo?- disse balançando o braço da mesma, para me fazer companhia até ao balcão.

 

-- Caraca,vai sozinha não tem nenhum mostro... Minha querida amiga Rebeca!!- respondeu Mariana, amaçando uns dos biscoitos. Tentando ser sútil. - Vocês me amam só pode ser.

 

-- Se você não for eu faço isso...- disse apontando para as suas mãos.- Em seu cabelo!!

 

-- Eu te ajudo Beca...- disse Lari.

 

-- Vocês ama a Diva Mari é isso!!- disse Mariana jogando os seus cabelos para trás.

 

-- Diva com cabelo de macarrão...- disse Bela fazendo todos rirem.

 

-- Cabelo de macarrão?!- disse os meninos que se contorciam de rir.

 

-- Isabela!!- exclamou Mariana.

 

-- Um a zero, para a Diva Bebela...- disse Isabela fazendo uma dancinha.

 

-- Eu amo a Diva Bebela!!- disse Louis dando um abraçado apertado na Bela.

 

-- Eu também Lou...- disse Bela.

 

-- Pode parando com tudo isso!!- disse Mari.

 

-- Tá. Agora podemos ir?- eu amo encher a paciência dela.

 

-- Sim irritante!!- respondeu. Se levantando bruscamente.

 

-- Hey!! Pedi para mim um pedaço de torta de chocolate!!- disse Bela olhando em direção a torta.

 

-- Para mim um cappuccino...- disse Lari.

 

-- Não se esqueça de mim, eu quero um suco e com torradas!!- disse Louis entrando na brincadeira. Era mesmo para irritar a Mariana.

 

-- O meu é o mesmo que o da Isabela, só que... - ia completar Harry.

 

-- Eu não sou garçonete!!- disse Mariana - E agora anda criatura!!- disse me puxando - Antes que eu me estresse!!

  

  Ao andarmos deu para ouvir a gargalhada entre eles, andamos até ao balcão com vários funcionários, quero fazer logo o meu pedido e se o meu estômago pare de roncar depois de se alimentado, caiu de hoje ele querer ter inveja da comilança da minha amiga nada paciente.

 

Pov Mariana:

 

   Eles querem me irritar, eu fui com a louca da Rebeca até o balcão e depois os outros fizeram o mesmo, conversamos bastante até os pedidos chegaram. Larguei os biscoitinhos amanteigados e fui me deliciar com o café.

  

-- Ué Larissa, o gato comeu a sua língua?- perguntou Harry se aproximando mais de Larissa.

 

-- Não Styles!- respondeu severamente.

 

-- Hummmm...- Harry gemeu de dor. Ele acabou de ganhar um chute por debaixo da mesa. Hehehe!!

 

-- Calma sua estressada...- disse Harry alisando as suas pernas.

 

-- Cala boca menino irritante!!- disse Larissa nada educada. Finalmente ela desgrudou um pouco do seu celular. Desde de pequena é assim.

 

-- Ficaram estressados devido o banheiro né?- disse Rebeca rindo e me fazendo rir. Rebeca jogando direta, essa é nova eu nem esperava.

 

-- Você, quer dizer todas, também servem o ficar quietas...- disse Lari fazendo um sorriso sínico para a Rebeca.

 

-- Estresse é fogo!!- disse Bela fazendo a voz meiga e balançando a cabeça negativamente.

 

-- Pesoal!!- disse Louis.

 

-- O quê?- respondemos.

 

-- Bom...- disse Louis.- O que o delegado do frango foi fazer na delegacia?

 

-- Sei lá!!- respondi.

 

-- Eu não sei.- disse Bela.

 

-- Fala!!- disse Beca.

 

-- Foi soltar as frangas!!- disse Louis rindo do que acabou de dizer e Rebeca também.

 

-- Louis nós já te dizemos que suas piadas são sem graça!!- disse Harry.

 

-- Até as meninas não riram!!- disse Zayn.

 

-- A verdade é cruel!!- disse Bia provocando o Louis e em seguida jogando um guardanapo amaçado nele. 

 

Pov Liam:

 

  Não demorou tanto para o médico nos chamar, ele passou alguns medicamentos, pediu repouso no máximo por três dias e nos informou para sermos tranquilos pois não é nada grave ou alarmante.Graças a Deus!! Ela parece está melhor do que antes. Ainda não trocamos nenhuma palavra desde que saímos do hospital.

   Eu não vou deixar ela sozinha naquela imensa Universidade, com o pé machucado e com aquelas dores que pode voltar. A pior coisa é ver uma menina chorando por qualquer motivo que seja. O sinal parou, decidi puxar assunto, sempre eu quebrando o silêncio quando estamos no mesmo local. Isso até é engraçado.

 

-- Então se sente melhor?- perguntei.

 

-- Ahh... Estou sim e valeu mais uma vez!!- disse abrindo um lindo sorriso.

 

-- Eu que tenho que te agradecer, se não fosse pelo seu tombo, iria ficar sem companhia pela a manhã inteira...- falei. -  Posso te pedir uma coisa?

 

-- Sim...- respondeu desviando o seu olhar do meu.

 

-- Me conta sobre o Brasil?- disse e pondo o carro para andar novamente.

 

-- Brasil ou Rio?- perguntou fazendo um coque em seu cabelo.

 

-- Ahh Rio...- disse. Agora foi ela que me deixou com vergonha.

 

-- Sabia...- riu.- O Rio é um lugar lindo, praias incríveis e lugares bacanas para se conhecer, mas tem seu lado ruim, alguns pontos são bastantes perigosos. - explicou.

 

-- Aqui também tem uns lugares perigosos, quais são seus lugares preferidos de lá?- puxando assunto.

 

-- Gosto muito do Cristo Redentor, a Quinta da Boa Vista e as praias.- disse Juliana que parece ter lembrado de algo.

 

-- Já foi no Cristo Redentor quantas vezes?- disse.

 

-- Uma única vez com as meninas, tínhamos dez anos se eu não me engano, foi em passeio da escola...- respondeu Juliana.- Eu e meus pais sempre dizemos que vamos, acaba de nunca irmos.

 

-- Agora tenho mais dois lugares para conhecer, quando eu for...- falei. - Você e as meninas podem ser as minhas guias, combinado?

 

-- Combinado...- disse Juliana.

 

-- Então, aceita um café?- dei uma ideia, conheço uma cafeteria bem próxima da onde estamos, eu costumo vim com as minhas irmãs e até mesmo sozinho. Daqui a duas Ruas chegamos até ela.

 

-- Aceito...- respondeu Juliana.

 

-- Mas uma Rua e... Chegamos!!- falei virando o carro para a esquerda.

 

-- Uauuu que cheiro bom Liam.- disse Juliana após eu abaixar a sua janela.

 

-- Deixa eu abrir a porta para você...- disse já saindo do carro.

 

-- Valeu Payne!!- disse Juliana.

 

   Adentramos a cafeteria, que está vazia, aqui sempre é assim. Um ótimo lugar para conversar e tomar um bom café. Pegamos uma mesa a dois, perto do vidro que da vista para a Rua, deixei ela sentada e fui fazer os nossos pedidos.

 

Pov Larissa:

 

  Estava zapeando a internet e até parece que eu vou ficar dando atenção para o chato do Harry. Você deve estar se perguntando o porque. Se pensou devido o beijo. Acertouuuuuu!!!  Nós se conhecemos a pouco tempo foi muito rápido, tudo bem nós já tínhamos bebido umas naquela noite e eu também não posso negar o lado bom da história.

   O lado bom da história é que o Styles beija bem e tem uma pegada dos deuses, mas parando por aqui, ainda tem outro requisito o corpo dele é de tirar o fôlego. Pronto já chega. Eu simplesmente estou fazendo com que ele se torne invisível para mim, ver se ele se toca e pare com as cantadas esfarrapadas que ele vem para cima de mim.

 

-- Meninas a Ju não veio? Percebi isso agora...- disse Mari.

 

-- Oh sério Mariana!?- respondeu Bia. De manhã ela gosta de ser tratada assim, a Isabela ainda é melhor, mas a outra é sono e fome junto que acaba à deixando lerda.

 

-- Calma Bia, ela percebeu isso agora. Estava dando atenção para os biscoitinhos amanteigados  do Niall e para o seu café...- disse Bela abraçando Mariana. Todos riram, principalmente eu "biscoitinhos amanteigados do Niall". Deixa quieto.

 

-- Desagarra menina!!- disse Mari, que não é muito de abraços e beijinhos, é muito grudento para uma única pessoa. Eu também concordo.

 

-- É o Liam também não veio!!- disse Zayn. Todos se entreolharam, até o Niall parou de comer para fazer o mesmo. Acho que todos estavam com pensamentos poluídos, eu não acho, tenho certeza que é isso.

 

-- Esse dois...- disse Louis safadamente.

 

-- Awn!!- disse Bia.

 

-- Larissa dar um toque para ela... Quem sabe ela não te atende!?- disse Beca risonha.

 

-- Liga!!- ordenou Bela.

 

-- Calma aí!!- eu disse, esperei nem um pouco, disquei o número toda alegre. Imagina algo novo por aí... Chamou tantas vezes e caiu na caixa postal.

 

-- Atendeu?- disse Bia.

 

-- Não só da caixa postal!!- eu disse. 

 

-- Vou tentar vai que ela me atende.- disse Mari logo discando e batendo as suas unhas na mesa, deixando nós ainda mais curiosos para saber o que havia acontecido.

 

-- E aí atendeu?- perguntou Harry depois de um tempinho, ele estava preocupado com os dois, pelo menos para isso ele serve.

 

-- Acabei de receber uma mensagem!!- eu disse, todos viraram para mim, era de um número desconhecido e dizia:

 

 “ Olá Larissa, sou eu a Ju, meu celular acabou de descarregar. Sei que estão preocupadas, estou mandando essa mensagem pelo celular do Liam... Acabei machucando o pé e tive que ir para o Hospital. Já estou melhor depois conto o que aconteceu. Bom passeio para vocês e para os meninos...Valeu por se preocupar comigo... Xoxo amo vocês :D Obs: Podem parando com seus pensamentos!! Eu e o Liam só somos amigos”

 

-- Pessoal o professor de História está chamando é melhor irmos!!- disse Zayn terminando de beber o seu café.

 

-- Ah só porque eu não acabei de comer? - disse Niall irritado.- Professores chatos!!

 

-- Pessoal, é a Ju que me mandou mensagem, parece que machucou o pé e Liam a levou para o Hospital!!- disse.

 

--Como ela estar? Será que ela está sentindo muita dor? Aí meu Deus!!- disse Beca tensa, sempre fica assim quando é algo que acontece entre nós. De todas a mais desesperada é ela.

 

-- Calma Beca... Ela está bem e se sente melhor!!- disse fazendo carinho nas costas da Rebeca.- E também disse.- me virei para todos. - Para aqueles que estão pensando merda dela e ao Liam é para pararem!! Eles são só amigos. - mandei o recado.

 

-- Desculpa!!- disse Bia e Louis ao mesmo tempo.

 

-- Vamos!!- gritava o  professor de história na porta.

 

-- Que saco...-  é eu estou resmungando feito uma criança.

 

-- Eu estou aqui vai ser legal.- disse Harry.- Te garanto!!

 

-- Quem é você para garantir algo?- eu disse parando em frente dele com os braços cruzados.

 

-- DR entre os dois? Ele é só meu!!- berrou Louis, que me fez rir, Louis é um fofo. Seu humor deveria existir em algumas pessoas desse mundo, ou até mesmo no mundo inteiro, tem um bicado de gente que pensa no futuro e acaba não vivendo o presente, e nem mesmo tirando um tempo para rir.

 

-- Meu amor eu existo também, vem cá!!- disse Zayn, puxando o Louis para o seu lado.

 

   Louis puxou o Harry e os três iam andando a minha frente abraçadinhos, já o Niall tentava fazer duas coisas ao mesmo tempo, correr para chegar até os outros e acabar de comer, a amizade deles tem tanta semelhança como a nossa. VERDADEIRA!!

 

Pov Harry: 

 

   Larissa estava irritada hoje, eu tenho certeza que foi depois do beijo, será que não gostou ou eu fui rápido demais? Fico com " eu fui rápido demais." Eu preciso falar com alguém, já estamos fora da cafeteria, me deu preguiça de acompanhar os meninos e fiquei para trás.

 

-- É Haroldo, parece que a Larissa não tá com a sua cara hoje!!- disse loirinho que agora está ao meu lado e rindo.

 

-- Até você Irlandês? Ela deve estar naqueles dias!!- dei desculpa.

 

-- Naqueles dias ou atacada com você!?- disse Niall soltando uma gargalhada, as meninas que estavam um pouco atrás de nós riram também.

 

-- Toma essa bala e cala a boca!! Ok??- eu disse, até o Niall percebeu que ela estava atacada comigo, ainda bem que ele não sabe a razão para esse humor.

 

-- Valeu Miss simpatia!!- disse Niall, mandando um beijo no ar para mim e entrando no ônibus.

 

   Fui o último a entrar, todas as cadeiras estavam preenchidas, pensei que o Niall iria guardar um lugar ao seu lado, pelo ao contrário ele está sentado com a Mariana. O que me sobrou foi uma cadeira bem no fundo do ônibus.

   O assento ao meu lado está livre, para se distrair fiquei com a companhia do meu celular e se o tempo passe rápido, pretendo chegar o quanto antes na hospedagem!! Fiquei tão focado na tela do celular, só depois de algum tempo eu percebi uma menina de cabelos loiros ao meu lado.

    Pensei que até fosse a Bia, mas não é ela porque estava mexendo em meu cabelo. Desviei a  atenção do celular e me virei para ver realmente quem seria a atrevida. A menina não era a Bia e sim a Chelsea. Sim é ela, Chelsea Beluchi...

    Se conhecemos por longa data, a sua família mora perto da casa de meu pai, antes de entramos na Universidade e se mudarmos para cá, já estudamos juntos e acabamos tendo um rolo, que foi ficando sério. Seu objetivo era Oxford, porém ela acabou se matriculando aqui.

    Ao passar do tempo ela foi mudando e não era a mesma quando conheci. Quando enxerguei isso, decidi terminar, a Chelsea só gostava de mim por causa de sexo e da popularidade.

   Hoje em dia ela fala várias coisas sobre mim, principalmente para o pessoal da Universidade, que acaba me rotulando como galinha e pegador, como ela diz, ou seja, gosta de tirar aproveito da situação sempre. Se arrependimento matasse. 

    Queria ter analisado a situação antes, mas só percebi no fim das férias do final do ano, ainda hoje ela se atira em mim, chega de falar e o que essa garota quer comigo? 

 

-- Ah...Oi Chelsea!!- eu disse confuso. 

 

-- Oi Harry!!- ela disse bem em cima de mim, isso que eu chamo de menina atirada, falta pouco para por sua perna em cima da minha.

 

-- Tudo bem?-perguntei.

 

-- Estou ótima!!- ela disse falando bem perto do meu ouvido, causando arrepios na extensão do meu pescoço. Para eu me distanciar um pouco, arrumei o cabelo que estava completamente com uns fios levantados por conta do meu desconforto em relação dessa aproximação.

 

-- Senhor Styles!!- Alguém me chamava e pela a voz não é coisa boa.

 

-- Sim!- falei. - Estou aqui...- logo me levantei conseguindo me livrar das mãos e pernas da loira.

 

-- Pode me responder o porquê do rapaz Liam não vim?!- disse o professor de história. Liam tem muita atenção nessa aula e claro que o professor iria sentir a falta dele.

 

-- A aluna Juliana também não veio. Suas assinaturas não aparecem na lista de chamada. - disse a outra professora.

 

   Antes de entrarmos no ônibus pediram para nós assinarmos, nesse momento não sabia o que falar e inventei qualquer coisa. Não quero ser o que estraga o passeio, dizendo a verdade, se deixar nós podemos até voltar, para saber sobre esses dois.

 

-- Os alunos Liam e Juliana!!- disse a coordenadora, que não gostava muito de casais na Universidade sozinhos, ela até mandou parar o ônibus. Todos olhavam em minha direção. 

 

-- Professor... A Juliana ontem passou na casa da nossa amiga, acabou que ela dormiu por lá e não deu tempo para chegar!- disse Mariana.

 

-- E o Liam, me mandou uma mensagem dizendo que não conseguiu acordar tão cedo!!- foi o que eu consegui inventar - Também avisou para não ficarem preocupados, que ele vai ficar o dia todo na casa da sua mãe e depois pegam alguns detalhes do passeio comigo ou com os meninos.

 

-- É melhor prosseguimos coordenadora. Eles já são bem grandinhos!!- disse professor.

 

-- Concordo coordenadora!!- disse a professora de artes.

 

-- Então prosseguimos!!- decidiu a coordenadora, eu e Mariana estávamos com cara de UFA nesta situação quase falha.

 

  Como eu não quero dar nenhuma atenção para a Chelsea, fui para frente deixando ela sozinha sem mais e menos, só espero que ela não venha para cima de mim outra vez, para me agarrar ou qualquer coisa semelhante.

 

Pov Zayn:

 

   Não estou mais aguentando o Louis implicando com o pessoal, depois do café os seus neurônios decidiram acordar, minha solução é a cadeira da frente. Considere que estou agindo por impulsos, pois Zayn nunca faria isso em qualquer circunstâncias presentes.

   Sou tímido. Nessas horas é preciso deixa-lá de lado e ir em frente. Mexi no braço da Rebeca que não percebeu, mexi mais uma vez, já me arrependendo, não tardou para ela se virar com uma cara de surpresa.

 

-- Fala Zayn!!- disse animada. Essa menina dorme e acorda com uma animação, que já até me acostumei.

 

-- Você pode trocar de lugar comigo?- eu disse quase implorando.

 

-- Pode Vim...- ela disse rindo. Isabela está ao seu lado, é melhor ficar do lado dela e não quando o Louis decide ficar agitado por demais ou gritando com as pessoas que estão a distância de nós. 

 

-- Não vou demorar...Só aguenta o meu amor, Louis, para mim um pouquinho. - eu disse fazendo com que ela risse ainda mais.

 

   Rebeca se levantou e veio na direção para trocarmos de lugar, ela já ria pelo o que Louis falava, até que não foi uma ideia tão ruim. A Bia daqui a pouco vai explodir palavrões e ele não está nem aí, continua a implicância, um dia ainda os dois vão sair no tapa. É pior do que duas patricinhas se matando para o último sapato da loja.

 

Pov Juliana:

 

  Depois de um ótimo café da manhã e uma boa conversa, Liam pegou seu carro para voltarmos a Universidade, deixei um pouco do meu problema com os meninos: " Ter medo de falar e fitar o chão". Conversamos de tudo um pouco,  família, do meu cotidiano no Brasil e do dele aqui em Londres.

   O silêncio no carro não era como antes, chato e angustiante, mas bom. Ele é totalmente diferente que muito meninos que tem pelo o mundo a fora, o som que ecoava pelo o carro é a música do rádio, que eu literalmente não a conheço.

    Estamos parado novamente, em frente a uma casa, momento onde eu estou confusa, a Rua é Residencial, não tem nenhum sinal ou placa pedido para pararmos aqui. Já estou pensando tanto, acho que ele não precisa ficar me ver pensar alto. Decidi abrir a boca...

 

-- Liam, porque estamos em frente dessa casa? E parados? - perguntei olhando entre a casa e ao Liam.

 

-- É a minha casa!!- disse Liam desligando o carro, com a mão na chave perto ao volante.

 

-- Sua casa é bonita...- eu disse. - Mas eu tenho que voltar a Universidade. - eu disse.

 

-- Por isso que estamos aqui, não vou deixar você sozinha naquele imenso lugar e sem a companhia de alguém.- disse.

 

-- Bom Liam, agradeço a você por ter me ajudado e eu sei me virar... Até mais!!- disse abrindo a porta do carro e encontrando a calçada.

 

-- Juliana espera!!- ouvi ele falar quando fechei a porta. Estou parecendo uma menina mal educada. O cara te ajuda e você sai batendo a porta, hoje já sei que vou dormir com a consciência pesada, mas não quero atrapalhar o seu dia de descanso. 

  

   Eu definitivamente não sei em que Rua estou, a distância até a Universidade e se por aqui por perto tem um ponto de ônibus que me leve até lá, ou seja, eu estou perdida com o celular descarregado. Não vou incomodar o Payne, como já fiz nessa manhã.

 

-- Espera apressada!!- disse a voz de Liam, ele conseguiu me alcançar, uma de suas mãos estão pousadas em meu braço.

 

-- Vai escurecer e eu preciso...- disse e sendo interrompida por ele.

 

-- Ju eu não vou te fazer refém ou alguma maldade com você. Nossa devo ter acordado com cara de ladrão ou algo do tipo hoje. Minha cara deve está muita amaçada por causa do sono.- disse Liam.

 

-- Aí meu Deus, Liam não foi a minha intenção de chamar ladrão ou algo semelhante!! Me desculpa, como eu sou tão lerda!!- estou falando tudo embolado, aí que vergonha.- Só que é dia de você ficar em casa dormindo e eu não quero interromper...E desculpa por ter sido tão mal- educada a poucos segundos atrás quando bati a porta do carro na sua cara.- só faço merda.

 

-- Para de se desculpar, está tudo bem Ju!! E voltando novamente, eu não vou deixar a senhorita sozinha na Universidade...- disse pondo o dedo em meu nariz, nesse momento eu devo estar mais que corada.

 

-- Primeiro eu aprendi que não devo entrar em carro de estranho e muito menos na casa!! - eu disse fazendo ele gargalhar.

 

-- Eu não vou fazer nada, eu prometo, estou te assustando provavelmente... - disse passando a mão nos seus cabelos, quem está nervoso agora é ele.

 

-- Claro que não Liam, tudo bem eu fico por aqui, mas se você fizer ou aprontar uma, eu grito a cidade inteira e ainda chamo a polícia!!- eu disse brincando

 

-- Combinado!!- respondeu que por um segundo, eu estava em seu colo.- Então vamos?- perguntou.

 

-- Menino assim você está me assustando...- falei e só deu tempo de eu perceber o lindo sorriso que se formou no rosto de Liam, ele estava como as três crianças do outro lado da Rua, correndo e ainda por cima comigo no colo.

 

   Não demorou para estramos naquela linda casa, eu tinha conseguido alcançar mais do que a metade da Rua quando sai do carro, Liam me pôs ao chão já de frente a porta. Meu cabelo deve estar uma juba depois dessa corrida do maluquinho.

    A casa é linda por dentro quanto por fora, de cara você encontrava uma escada simples  de madeira e uma imensa sala, com fotos de crianças, se o que eu sei deve ser as fotos de Liam e as suas irmãs. 

 

-- Liam eu não quero incomodar seus pais!!- eu disse, ainda no pé da porta, por mim eu ficaria plantada ali, mas é bem difícil quando se tem um fofo do Liam James Payne, querendo ajudar uma garota banana que tem a capacidade de escorregar e machucar o pé.

 

-- Você não incomoda ninguém e entre se não pode ficar resfriada com esse vento gelado...- disse Liam.

 

-- Imagino como você deve ser com as suas irmãs...- disse. Liam estava perto do aparador aonde largava os seus apetrechos, como carteira, celular e as chaves.

 

-- Se sinta especial, porque eu sou pior com elas!!- disse Liam me abraçando de lado, caminhamos até o sofá. 

 

-- Sério Liam eu já te incomodei demais pela a manhã e não pretendo fazer o mesmo com a sua família. - eu disse.

 

-- Não se preocupe, minha mãe viajou com a uma das minha irmãs, parece ser alguma coisa de moda e se eu não me engano em Paris...- disse Liam. - Acho que é um desfile, emfim não sei...

 

 

-- Moda de Paris? Um dia eu chego lá, se eu me decidir a quantas profissões que eu tenho em mente.- disse mais para mim, enquanto Liam se levantava para pegar o controle da TV. 

 

   Falando em moda e profissão, a Universidade tem as matérias normais e as extras, que servem para formar o aluno, pelo o que sei são várias áreas, assim o aluno decide qual é a profissão que quer para a vida inteira. Ainda não saiu quias são elas para esse ano.

 

-- Eu ainda não decidi o que eu quero fazer...- disse Liam que pelo visto estava atento no que eu dizia.

 

-- Um dia você decidi e se não gostar ao decorrer do tempo, tenta outra.- falei.

 

-- É estranho ter que decidir algo para a sua vida toda.- completou.- Vou lá em cima rapidamente. Se quiser pode trocar de canal e a casa é sua...- disse Liam.

 

-- Sim senhor!!- disse batendo continência sentada. Tirei o lenço que estava no meu pescoço, pois aqui está um pouco abafado, diferente de lá fora que está um frio. 

 

  Como ele disse seria rápido a sua ida até o andar de cima, em seus braços tinha dois netbooks, em sua mão uma caixa verde e em cima dessa mesma caixa, uma roupa e uma pantufa.

 

-- Eu disse que a casa é sua!- ele disse olhando para a TV e para o controle ao meu lado.-  Trouxe uma blusa, uma cueca e pantufas no caso se você quiser tomar banho, assim você fica mais confortável...- disse Liam pondo as coisas que ele trouxe em cima do sofá.

 

-- E esse baú?- perguntei curiosa e olhando para o baú verde entre nós

 

-- Abra!! É uma relíquia!!- disse Liam pondo em meu colo.

 

  Ao abrir, me deparei com todos os filmes do Toy Story, ou seja, uma coleção. Também tinha todos os personagens em miniaturas na ordem, figurinhas, álbuns do filme e tinha duas toucas como a daquele dia na casa do Harry.

 

-- Oh temos um colecionador de Toy Story!!- disse enquanto admirava os personagens. - É né egoísta tem duas toucas e nem quis deixar eu levar uma para mim!!- eu disse me lembrando daquele dia e me lembrando de Davi, meu irmão também é louco por Toy Story.

 

-- Então vamos fazer o seguinte você pode usar hoje aí eu penso se eu te dou ou não. Que tal?- disse Liam.

 

-- Eu topo, seu chatooo!!- disse. - Então o que vamos fazer?

 

-- Você ainda não entendeu? Vamos ver Toy Story!!- disse Liam totalmente animado e com os olhos brilhando.

 

-- Vamos ver qual 1,2 ou o 3?- disse, parece quando eu e Davi queremos ver filme e acaba vindo ele com os três em suas mãos.

 

-- Queria ver todos!! Mais você não vai querer, deve estar me achando um babaca...- disse Liam.

 

-- Claro que não, eu estou até gostando dessa ideia...- disse fazendo ele abrir um belo sorriso. - Se eu te contar você não vai acreditar!!

 

-- O que?- perguntou.

 

-- Meu irmão também é louco por eles...- disse e sem perceber uma lágrima quente caiu em meu rosto.

 

-- Não chora, então não precisamos ver, eu não pretendo te ver chorando mais uma vez!!- disse Liam secando a lágrima. Sorri para ele com as suas palavras.

 

-- Vamos ver sim, isso só é saudade e me sentirei bem em lembrar dele perto de você.- disse.

 

-- Sério se você quiser a gente não precisa ver!!- disse Liam, fechando o baú.

 

-- Ei, claro que não, vamos ver sim!!- disse abrindo o baú novamente.

 

-- Sim senhorita!!- disse Liam agora foi ele que bateu continência.

 

-- Só vou tomar um banho, preparamos o almoço e vemos os filmes...- disse me levantando com a roupa que ele trouxe em mãos.

 

-- Haaaa vamos ver Toy Story!!- berrou Liam pulando que logo parou. - O banheiro é nesse

corredor a segunda porta a direita!!- disse sério.

 

-- Tem dezoito mesmo?- botei pilha.

 

-- Tenho sim chatinha...- respondeu.

 

-- Chato!!- disse mandando língua para ele que veio até a mim e desgrenhou ainda mais o meu cabelo. - Três vezes chato...- disse com voz de bebê, ao andar ouvi a sua gargalhada.

 

  Caminhei para o banheiro como ele disse, tomei um banho rápido não quis demorar muito,  a roupa que ele me trouxe provavelmente é dele, o perfume da roupa é o mesmo que estava no carro.

   Cá para nós, o Liam é cheiroso, fofo e tem um porte atlético que pode tirar o fôlego de qualquer uma. Suspirei depois de pensar nisso tudo e senti aquele cheiro de perfume masculino bom. 

    Sua blusa xadrez serviu como vestido em mim, nada tão curto, a sua cueca não aparecia, mas dava para mostrar bem as minhas coxas, trouxe para o banheiro a touca panda que eu fiquei admirada desde daquela noite, onde deixava os cachos do meu cabelo cair em meus ombros e só restava a pantufa que coube certinho me meu pé.

   Deixei o banheiro, sim eu estou com vergonha de sair com essa roupa sabendo que tem um menino aqui, as meninas pensaria tantas coisas se me vissem assim, muitas coisas ainda mais por eu já ter dormido no mesmo quarto com ele, na casa do Harry e se já estão pensando. 

    Inspirei e expirei umas quatro vezes antes de entrar na sala e por sorte ela se encontrava vazia, sem o Liam, me distraia com os meus devaneios com o som de panelas caindo no chão. Ele só podia está lá, obvio né Juliana, não exite fantasma para fazer panela caírem de repente.

    Fiquei um pouco perdida com as portas, mas consegui achar a cozinha e o Liam....

 

 

Pov Isabela:

 

   Eu estava sentada com a Beca. Ela quis mudar de lugar com outra pessoa, eu nem sei com quem a final de contas, só percebi isso depois, estou com os meus fones e jogando, fico desatenta quando estou na companhia desses dois. 

    Virei a cabeça para ver quem é, moreno de cabelos negros, só pode ser ele e é o Zayn Malik com seu sorriso lindo. Fingi não ter reparado a sua presença, quero ver o que ele vai fazer para chamar a minha atenção.

 

-- Zayn para!!- disse sem ar, ele estava fazendo cócegas em mim.

 

-- Só se você olhar para mim e parar de jogar!!- disse Zayn.

 

-- Tudo bem parei... E não olha para mim, estou horrível!!- disse pondo minhas mãos ao meu rosto.

 

-- Se eu não faço cocegas você nem iria dar atenção a mim. Porque não posso te olhar?- disse Zayn.

 

-- Claro que eu ia seu doidos só estava fingido!! Estou sem maquiagem, ou seja, estou feia!!- eu disse ainda com as mãos em meu rosto.

 

-- Para com isso você é linda de qualquer jeito!!- ele disse tirando as minhas mãos do meu rosto e colocando uma mecha de cabelo atrás da minha orelha.- O que você estar fazendo?- disse Malik.

 

-- Escutando música...- eu disse.- Fone de ouvido e Ipod.

 

-- Eu sei que foi uma pergunta idiota... - disse Zayn.

 

-- A não te falei!!- eu disse.

 

-- O quê?- ele perguntou curioso.

 

-- Que você manda bem como DJ!!- eu disse.

 

-- Sério?- ele perguntou contente.

 

-- Sério, mas já na dança não posso falar o mesmo!!- eu disse, mentira ele mandava bem na dança, ele dançava com estilo e ao mesmo tempo é sexy.

 

-- É eu sei que sou ruim em dança!!- ele disse.

 

-- Têm como melhorar. Não estou dizendo que você é tão ruim assim, você dança com estilo isso já é bom começo!!- disse sem tocar no sexy, isso ele não precisa ainda saber.

 

-- Valeu pela dica!! -ele disse.- Bela posso escutar com você?

 

-- Claro!!- eu disse dando um fone para ele.

 

-- Quero ver se é boa nas escolhas de música!! Pois isso eu sou bom...- disse Zyan, esse menino deve ser bom como amigo, primos irmão, tio e principalmente como namorado.

 

-- Espero me sair bem...- respondi fazendo ele gargalhar. Não mexi no Ipod, deixei a playlist tocar sozinha e mandando as músicas.

 

 


Notas Finais


O que acharam da foto do capítulo? E sobre o capítulo? Acho que já estão curiosas para o próximo!! Querem mais Ju e Liam? Eu quero e espero a resposta de vocês ;D Flores, beijos e abraços para vocês...

Obs: Se quiserem ver as roupas, o link está nos capítulos anteriores!! No próximo eu coloco o link para vocês...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...