História Back for you - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Love1d
Visualizações 86
Palavras 3.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente linda :D Como vão vocês? Estou um bom tempo sem postar devido a escola, aqui está mais um capítulo para vocês e tenho novidade... Capa nova para fanfic!!! Eu que fiz e espero que curtem.
Gente peço desculpas pelos os erros encontrados na fanfic, está difícil de fazer a revisão. Quando estiver com tempo farei o possível de organizar. Tenho que agradecer aqueles que estão acompanhando a história. Vou parar de enrolar vocês e vamos a leitura?

Malikisses e abraços <3
Boa leitura Xx Ju.

Capítulo 16 - Cafuné no sofá


Fanfic / Fanfiction Back for you - Capítulo 16 - Cafuné no sofá

Pov Bia:

 

  A pousada não é distante do restaurante, o local é mais frio que a Universidade e Museu juntos, totalmente coberto pelo o verde da árvores e flores. Podíamos ver vários conjuntos de chalés de madeira, os professores deixaram nós escolhermos com quem dividir. Como nós não se desgrudamos ficamos juntas, nem foi necessário pensarmos duas vezes para escolher quem ia ficar com quem.

   Ao caminharmos pela a trilha de pedras e arbustos na tentativa de chegar até a hospedagem, se é isso que ando percebendo aonde passamos essas meninas de narizes em pé, vivem nos olhando torcido, emfim isto não importa mesmo.

   Adentramos a porta, eu só pensava em jogar a bolsa em qualquer canto, minha costas estão doloridas e eu cansada pelo o longo dia. Joguei bruscamente meu corpo ao sofá, Mariana fez companhia e se apertando ao pequeno espaço que tinha, sem pedir pus meus pés em seu colo, enquanto as outras viam os cômodos.

  

-- Que cara essa?- perguntei com os olhos fixo ao rosto de Mari, que se tinha a expressão de querer algo. Antes de responder Bela interrompeu - Isso já é fome, Bia!

 

-- Acho que é mesmo!- falou Mariana encostando sua cabeça ao encosto do pequeno sofá, lembrando que faz pouco tempo que comemos.- Daqui a pouco vou é procurar algo pra comer...- disse Mari com as mãos sobre a sua barriga.

 

-- As vezes penso se é estômago mesmo que você carrega ou um dinossauro em tamanho reduzido.- falei, enquanto Isabela se deitou ao meu lado e me dando um beijo estalado na bochecha.

 

-- Come tanto que já deveria pesar quilos e mais quilos...- disse Bela rindo.

 

-- Também acho!- disse. Se fosse no meu caso estaria uma baleia tripla.

 

-- Que esse corpinho continue assim muito tempo...- disse Mari gargalhando, Bela me deu mais um beijo no rosto e fazendo Mari parar de falar. - Sério se vocês continuarem assim eu vou ficar com ciúmes...

 

-- Também te amo mozão!- disse Bela.

 

-- O que é isso?- disse uma Larissa histérica.

 

-- Já vi que hoje eu estou sendo concorrida, para ficar claro eu amo todas vocês!- disse Isabela se levantando e dando um beijo em cada uma, ficando ao lado de Larissa.

 

-- Ouvi alguém dizer que está com fome?- se aproximou Rebeca.

 

-- Simmmmmm!- disse Mariana.

 

-- Só vou te avisando aqui é tudo Natureba.- explicou Beca.

 

-- Natureba?- falou eu, Bela e Mari ao mesmo tempo espantadas. Por pouco Mariana quase tombou.

 

-- Isso mesmo Natureba, baby!- disse Larissa se sentado ao chão e puxando o celular do bolso de sua calça. - Esperamo não ouvi ninguém reclamando...

 

-- Puxa eu tinha entendido Nuttela, falando nela...Aí meu Deus eu necessito de uma!- disse Mariana quase chorando. 

 

-- Meu bebê calma!- disse Bela se sentando no braço o sofá e sufocando a mesma com um abraço ultra apertado.

 

-- Mas gente chocolate e avelã são saudável então aqui tem...- disse Mari abrindo um meio sorriso entre os lábios.

 

-- Tem certeza?!- disse Lari.

 

-- Uma pessoa como você, que come excessivamente passa a ser algo nada saudável...- falei.

 

-- Eu vi uma entrevista sobre isso...- começou a explicar.

 

-- Aí meu Deus!!- falamos ao mesmo tempo, ela só vê entrevista quando se fala de comida para nos dizer que o jeito dela quando come é norma. Sabendo que não convence ninguém.

 

-- Ou vamos jogar?- dei a ideia me lembrando do Playstation que trouxe. Disse na tentativa de deixar o nosso bebê Mari feliz. - Uma boa para controlar o seu estômago faminto. Que tal?

 

-- Eu topo!- respondeu Bela.

 

-- Só um pouco,eu tenho que comer...- choramingou Mariana se levantando.

 

   Puxei o jogo de minha bolsa e conectei a TV. Como sou uma pessoa que ama essa ruiva trouxe comigo, a minha bolsa é a mais espaçosa de todas e que cabia. Nem é preciso dizer, isso já é mais que normal, Larissa continuou atracada com aquele celular, qualquer dia desses vou jogar ele pela a janela e sem pena, quem sabe também sumir com o carregador. Rebeca fazia o mesmo navegava pelo o Mac.               

 

Pov Harry:

 

   Só foi eu chegar e chamar alguém para conversar comigo, aquilo estava me atormentando ao poucos, no caso se eu não abrir a boca a ninguém. Ficarei maluco. Um único que consegui puxar foi o Louis, não que eu esteja pensando em contar aos outros, puxei ele porque é o mais velho, acho que pode me ajudar em algo.

    Nessas horas que sinto saudades delas, minha mãe e irmã. qualquer coisa elas me ajudavam e me compreendiam, fazendo as coisas ficarem melhores.

 

-- Lou...- falei ao puxarmos as cadeiras da pequena mesa para sentarmos. 

 

-- O que foi meu amor?- disse Louis desgrenhando meu cabelo.

 

-- É sério!!- eu disse.- E meio complicado...

 

-- Solta a voz e meus ouvidos estão a sua disposição...- disse Louis.

 

-- Bom...- balbucie enquanto procurava palavras para dizer o que aconteceu. Louis já se encontrava com aqueles olhos curiosos. Respirei umas duas vezes antes de dizer o que se passava.- EUBEIJEIALARISSA - disse rápido e embolado. Talvez não devo falar, pode até ser bobeira minha ou um nó que está se formando em minha cabeça?! Eu acho.

 

-- Fala direito e devagar, assim eu não entendo.- disse Louis.- Ok?

 

-- Tá!!- suspirei e soltei- Eu beijei a Larissa!!- falei perdido por mim mesmo naquelas palvras. Estou parecendo uma meninas em crise. Com vergonha dedilhei meu dedo na mesa figindo está fazendo desenhos.

 

-- Por isso que você estava diferente esse tempo todo. Porque? - indagou com os olhos arregalados. Com mais um dois seus típicos ataques de ciúme, me fazendo rir.-- Você só beijou uma menina...- disse Louis rindo também.

 

-- Sei lá, cara. Ela mudou muito depois desse beijo, eu acho que também pode ser dela... Depois do beijo ela pode ficar assim. Eu realmente não sei.- expliquei.

 

-- Me esqueci de mencionar que Larissa é um bom partido...- disse Louis pondo os pés sobre a mesa, fazendo eu sorrir com o seu comentário. - Também podemos ficar com "ela está no momento stress".- falou fazendo aspas com as mãos e com a cara de pensador.

 

-- " Momento stress" ou eu? Harry Styles.- disse fazendo o mesmo que eles.

 

-- Relaxa meu caro amigo. - disse Louis pondo a mãos em meus ombros tentando transmitir calma.

 

-- Estou confuso nessa situação...- falei - Algo que me irrita.- bufei umas três vezes.

 

-- Confuso ou apaix...- não deixei ele completar.

 

-- Louis claro que não! Eu apaixonado por ela?!- falei quase rindo.

 

-- Tudo bem, então ficamos pelo o beijo...- gargalhou. 

 

-- Acho que fui rápido demais?- perguntei.

 

-- Não quero te deixar ainda mais aflito, minha resposta é sim...- disse Louis tirando os fios de cabelo que persistia cair sobre seus olhos.

 

-- O que me diz?- perguntei.

 

-- Ahhh... É cedo para saber o que é isso, o que eu posso dizer a ti é para ter calma e deixar as coisas fluírem. Se não mais confuso ficará.- disse Louis.

 

-- Pessoal eu vou dar um pulo aqui fora!- berrou Niall abrindo a porta.

 

-- Ok!!- respondemos.

 

-- Já volto qualquer coisa me liguem!!- disse Niall saindo da chalé.

 

-- Ei me espera Niall!!!!!- gritei. - Hazza espero ter de ajudado em algo com essas minhas palavras...- disse Louis se levantando da cadeira.

 

-- Obrigada Lou.- agradeci.

 

-- Conte comigo no que der e vier.- disse caminhando até a porta.

 

-- Valeuuu!!- disse.

 

   Agora só tinha eu e Zayn aqui dentro, ele decidiu tomar um banho quente para relaxar, fui até a minha bolsa e me livrando de minhas peças de roupas, ficando somente de cueca. Nada melhor para se sentir confortável. Peguei meu fone de ouvido e conectei ao celular, ao som de Beatles e Ramones, aonde tento achar uma forma de sumir esses pensamentos.

    Com o frio que se fazia, joguei umas almofadas ao chão da pequena sala e com um edredom que estava sobre a cama pus sobre o meu corpo e ali fiquei.

 

Pov Niall:

 

  Desde  que cheguei me bateu uma certa vontade de andar por esse lugar é também pegar um ar, deixei os meninos na chalé e procurei sair. Fui andando mais a frente até ver o Louis aparecer ao meu lado.

 

-- Sua companhia Irlandês!- falou animadamente e quase escorregando pela a grama molhada.

 

-- Vamos?!- disse já rindo.

 

-- Vamos!- gritou ao risos e ajeitando o seu casaco no corpo.

 

   Até encontramos um quiosque iluminado ao meio das árvores, fomos falando cada merda  e gargalhando mais do que o outro. O lugar estava com bastante pessoas, parece que não é somente eu que quer se livrar das frutas e barras cereais que o local oferece, pegamos uma mesa perto da grade de madeira. O vento que atravessava os nossos corpos não se encontrava tão forte como lá fora.

    Fui até ao caixa para pegar o papel plastificado exemplificando cada prato, peguei o cardápio que pelo o visto não tem nada de diferente, e ao fundo avistei uma menina que com a luz fazia seu cabelo ficar claros. 

 

-- Mariana!!- chamei ao ver ela se aproximando. Já imaginava ser uma das meninas que estava vindo.

 

-- Niall!!- respondeu surpresa e sorrindo para mim.

 

-- Tudo bem?- falei.

 

-- Sim e você?- perguntou a mim.

 

-- Também estou bem...- respondi. - Aceita a nossa companhia?- mostrei a mesa onde Louis se encontrava.

 

-- Claro que sim.- falou. Ao caminharmos Louis nos viu se aproximando e abrindo o seu enorme sorriso para nós.

 

-- Louissss!!! - disse Mariana fazendo ele se levantar e ambos se abraçaram.

 

-- Meninos esse lugar é muito estranho.- disse se sentando ao lado de Louis.

 

-- Já sei não aguenta mais olhar para as barras cereais e frutas!- falei fazendo ela rir.

 

-- Hamham!!- respondeu.

 

-- E aí que vamos pedir Horan?- perguntou Louis.

 

-- Eu achei um sanduíche sem muitos grãos e legumes, esse tem até queijo.- falei amostrando para os dois.

 

-- Pode ser...- respondeu Louis.

 

-- Pra mim também está de boa...- disse Mari.

 

-- O que você e as meninas estão achando sobre a cidade Londrina?- perguntou Louis nada curioso, para não falar ao contrário.

 

-- Ah sim, todas estão gostando de ficar por  aqui. É um lugar incrível, aqui tem pessoas legais e coisas diferentes.- explicou Mariana.

 

-- Escutou Niall? Somos pessoas legais.-respondi balançando a cabeça e por fim fazemos um high five. 

 

-- O que mais gosta de fazer?- perguntei.

 

-- Desenhar e tocar um pouco de guitarra. - respondeu.

 

-- Queremos ver esses desenhos, podemos?- perguntou Louis.

 

-- Podem, quando tiverem tempo me avisem...- disse Mari.

 

-- Eu quero ver se é boa na guitarra!-  desafiei.

 

-- Duvidando que eu sou boa, Irlandês?- falou arqueando uma sobrancelha e depois rindo.- Quando estou com vontade e ânimo, eu até que me saio bem...- disse Mariana pondo o cabelo ao lado.

 

-- Hum então combinado ver os seus desenhos e ver se é boa na guitarra mesmo...- disse Louis. 

 

-- O celular um dos dois estão a tocar...- disse Mari.

 

-- É o meu...- respondeu Louis colocando a mão no bolso da calça e puxando seu celular, atendendo a chamada.- Alôôôô!! Daisy ou é a Phoebe? Quem é? Lottie é você? Fizzy?- dizia Louis ao celular, parece que ele está sem sinal e por pouco ele não derruba as coisas da mesa.


-- O que desejam?- disse a mulher com um bloquinho em mãos para anotar os pedidos. Louis se distanciou, ou seja, ele está sem sinal. A mulher estava na cara de pau me secando.


-- Eu quero quatro sanduíches desse.- mostrou no cardápio. - E com quatro refrescos, um de uva e os outros de laranja, todos são para levar. - falou Mariana.


-- Quatro sanduíches e quatro refresco para você. Mais algo?- perguntou novamente, só que agora olhando para mim, pode até não acreditar. Ela está mordendo os lábios por causa de mim.


-- Louis!!- gritei. Ele já se encontrava perto da escada andando de um lado para o outro.


-- Um hambúrguer e o maior que tiver.- respondeu.


-- Iludido!!- falamos ao mesmo tempo e fazendo nós dois rir.


-- Quero mais dois sanduíches e com dois refrigerantes, se não tiver traga suco de laranja...- a mulher acabou de anotar e foi a mesa ao lado.

 

-- Pode me passar o número do seu celular?- perguntei quebrando o silêncio.

 

-- Depende, mentira estou a brincar. - Mariana me passou o seu número e ela fez o mesmo, que também pediu o meu.

 

-- Voltei!!- disse Louis se setando novamente. -Era as minhas irmãs que queriam saber sobre mim...-falou e em seguida bloqueando a tela do celular.

 

[...]

 

   Não demorou para a comida chegar depois de tanta conversa, Mariana se soltou rapidamente, poucas pessoas são como ela. Ela tem o seu próprio estilo e jeito, diferente de muitas garotas.

 

-- Porque não pediram o meu hambúrguer?- perguntou Louis ao ver o que nós pedimos para ele.

 

-- Se não quiser. Pode me dar que eu divido com o Niall!- disse Mariana piscando para mim.

 

-- Nãooooooo!!! Pode deixar estou satisfeito...- respondeu Louis nos fazendo rir.

 

-- Bom meninos, eu tenho que voltar. Se vemos por aí...- falou Mariana.

 

-- Puxa já? Estava tão bom você na nossa companhia.- eu disse.

 

-- É mesmo fica mais um pouco.- choramingou Louis.

 

-- Tenho que ir. As meninas vão ter um ataque de nervos daqui a pouco...- respondeu.

 

-- Tchau então!!- disse Louis tristonho. 

 

-- Até mais meninos...- disse Mariana dando um beijo em cada um.

 

-- Tchau!!- falamos enquanto ela corria de volta a sua chalé.

 

Pov Liam:

 

  A louça do almoço ficou de lado e fomos para a sala,  peguei algumas almofadas e um edredom, como ela havia dito depois do almoço veríamos o filme Toy Story, para a minha felicidade ela não me achou nenhum idiota em plenos dezoito anos.

  Pus o DVD na bandeja, quando ia dá início ao filme sua voz chamou a minha atenção...

 

-- Liam!!- chamou. - Estamos se esquecendo de algo!- disse Ju.

 

-- O que?- perguntei confuso. O que seria?

 

-- PIPOCA!!- respondeu com um enorme sorriso ao rosto.

 

-- Como eu pude me esquecer...- disse me levantando. - Fique tranquila. A pipoca só é por no micro-ondas. Deve ficar de repouso!- disse brincando com o seu nariz.

 

-- Escutei chato!!- disse rindo.

 

  Fui em direção a cozinha, abri uma das portas do armário e puxei dos sacos de pipoca, uma doce e a outra salgada. Não demorou para as duas ficarem prontas, abro o saquinho e depositei tudo em potes diferentes.

 

-- Pronto aqui está a pipoca!!- falei voltando a sala.

 

-- Obaaaa!!- disse. Deixei os potes sobre a mesa de centro, apaguei as luzes, se sentei ao sofá e por fim dei início ao filme.

 

-- Vai ficar com a pipoca toda?- perguntei ao ver os dois potes em seu colo.

 

-- Sim porque?- respondeu já rindo.

 

-- Nada!!- falei entrando na brincadeira e olhando para a televisão fingido não ligar.

 

-- Mentira Woody...- disse colocando um pouco da pipoca doce em minha mão, depois de ingerir as pipocas, nós dois caímos na gargalhada.

 

-- Acho bom!!- eu disse passando um pouco da cobertura da pipoca doce na sua bochecha.

 

   O filme já estava se passando, Juliana ficou o tempo todo com os olhos sobre a tela e comendo a sua pipoca.Seus olhos estavam quase se fechando, o sono parecia está reinando sobre ela. Voltei a olhar para o filme, até ela se pronuncia depois de tanto tempo...

 

-- Liam...- falou perto do meu ouvido, causando certos arrepios sobre mim.

 

-- Hum...- respondi colocando um pouco de pipoca em minha boca.

 

-- Posso te pedir uma coisa?- perguntou encostando a cabeça em meu ombro.

 

-- Pode.- falei.

 

-- Woody, faz cafuné em mim? - não resisti e tive que olhar em seus olhos que se encontravam pidões.

 

-- Claro que sim. Vem cá!- puxei ela para se levantar.

 

   Me deitei deixando um espaço a ela, que entendeu e logo veio para o meu lado. Juliana se virou a mim, pondo uma das suas mãos em me peitoral e com a cabeça encostada na almofada. Coloquei seus cabelos ao lado e não demorei para começar a dedilhar os meus dedos em sua cabeça.

   Já podia se sentir a respiração leve em mim, olhei novamente a ela que já dormia em meus braços, com uma visita ao hospital e um dia exaustivo qualquer pessoa ficaria assim. Me levantei delicadamente e com cuidado pus Juliana em meu colo.

   Subi as escadas e logo encontrei  a porta que levava ao meu quarto, como estava encostada abri com os meus próprios pés, arrumei ela em minha cama. Fiquei observando ela um tempo até decidir descer para a sala novamente, levei o edredom mais a cima e depositei um beijo em sua testa, apaguei as luzes e voltei.

   Não só ela que está cansada, como eu também. Desliguei a televisão sem a menos acabar de ver o final do filme, adormeci pensando no dia que tive ao lado dela.

 

Pov Zayn:

 

    Tomei um banho para alivias os músculos e com a temperatura que se faz presente nada melhor do que um banho quente. Ao voltar encontrei Harry na sala escutando música ao fone, ultimamente eu não sei o que vem acontecendo com ele, nesses dias pra cá anda quieto e pensativo. Olhei para ele que ainda não percebeu a minha presença, deixei de lado e fui até "cozinha" consegui achar um achocolato que não se tinha a validade vencida, perguntei a ele o que se passava e só respondeu que estava com "pensamentos conflitantes". Dei um abraço a ele e que me fez pensar em mandar mensagem a Isabela.

     Reagindo mais uma vez por impulsos, mandei mesmo porque Harry irá ficar assim um bom tempo, Isabela mexe com os meus sistema nervoso que só pode ser isso. Pouco tempo de convivência mais ela mexe algo em mim...

 

 “ Olá! Estou entediado, será que você pode aceitar me encontrar no banco que tem aqui perto da chalé? Traz seu Ipod por favor :D Xx Z. "

 

    Minhas mãos estavam trêmulas, será que ela vai me responder? Me livrei de meus pensamentos de ligando no fogão com o leite que ainda estava a esquentar, pelo tanto de achocolatado que se tinha daria para ser feito um para mim, Isabela e para o Harry.

 

 “ Entediado? Impossível quando se está com Niall, Louis e Harry, mas eu topo! Só tem um problema eu não sei em qual vocês estão... Xx Bebela"

 

" Tudo bem eu sei aonde estão se encontramos no banco que tem a frente. Hoje eles estão desanimados... Xx Z."

 

"Ok"

 

    Invés de ficar olhando ao fogão fui até ao quarto onde deixei a minha mochila e coloquei uma blusa de manga comprida com mangas coloridas, fiquei com o mesmo moletom e não pude deixar de arrumar meu cabelo. Louis gritou dizendo que chocolate estava pronto, ao voltar ele já tinha deixado todos prontos, mentalmente agradecendo, só não falo porque já estou vendo o quis de perguntas. 

    Com tudo pronto caminhei em direção a porta, mas fui abordado pelo o Niall...

 

-- Obaa Chocolate quente! É pra mim? Valeu Zayn!!- disse Niall com o seu enorme sorriso no rosto e já querendo tirar a xícara de minhas mãos.

 

-- Não...- eu disse se desviando de sua mão.

 

-- Puxa como você encontrou isso? Eu pensei que só tinha barras de cereais e frutas por aqui... Mas me enganei.- disse Niall tristonho.

 

-- Poder do Malik!!- eu disse rindo.- Quando você sai a comida resolve parecer, mas não fica triste eu te amo Irlandês...

 

-- Também de te amo gostosão!- respondeu Niall com a gargalhada que só ele tem.

 

-- Eu fiz um chocolate para o Harry vê se ele não divide com vocês ou faz outra, ainda tem mais lá dentro...- disse.- Agora eu tenho que ir. Pessoal!! Vocês me dão licença...- disse pegando o meu Ipad e quase saindo da chalé, até o Louis dizer e fazer eu parar.

 

-- Zayn vai para um encontro!!- disse Louis que até fez Harry sair de transe e me olhando.

 

-- Encontro!?- disse Harry confuso.

 

-- Nada haver...- eu disse.

 

-- Então pra quê duas xícaras?- perguntou Louis desconfiado.

 

-- Ué é duas xícaras!!- eu disse.

 

-- Então que dizer que Zayn anda saindo com seu amigo imaginário ou amiga imaginária?! Conta outra... – disse Niall rindo de mim e se jogando no sofá.

 

-- Estou indo...- eu disse abrindo a porta que só deu para escutar Harry gritar que queria saber tudo depois.

 

Pov Isabela:

 

  Desde que as meninas me chamaram para uma partida de jogo eu já pus meu pijama, fiquei surpresa pela a mensagem vinda de Zayn nós trocamos número a um tempo, bem depois da festinha na casa do Harry. Eu nunca pensei que ele mandaria algo a mim.

   Já tinha se passado dez minutos depois da mensagem, dei uma olhada pelo o vidro da janela que dava a frente a chalé e ao banquinho de madeira, Zayn já se encontrava lá, nem cogitei em trocar de roupa, pelo o que vi ele nem esta arrumado.

    Antes de sair prendi o meu cabelo em um rabo de cavalo firme e puxei as minhas pantufas, no fim peguei o meu Ipod e sai rapidamente evitando os comentários das meninas. Sai da chalé e fui se aproximando do banquinho.

 

-- Quem é?- disse com as mãos ao olhos de Zayn.

 

-- Niall?- falou rindo que já sabia ser eu.

 

-- Errou, mais uma chance.- disse.

 

-- Isabela!- falou pondo as mãos sobre a minha e se virando para me ver.

 

-- Oi Zayn!- eu disse.

 

-- Oii!! Como você está linda!!- comentou ao olhar para trás.

 

-- Estou de pijama!! Recebo isto como elogio ou zoa?- perguntei rindo e se sentando ao seu lado.

 

-- Elogio...Você cismou que só fica linda de um jeito, isso não é verdade!!- ele disse acho que corei um pouco.

 

-- Obaa chocolate quente!!- eu disse animada quando vi as xícaras.

 

-- É eu preparei.Trouxe o IPod?- perguntou.

 

-- Sim!!- eu disse.

 

-- Toma o seu chocolate! Espero que goste...- disse me dando uma xícara.

 

-- Valeu!!- eu disse dando uma golada. Quando ele me perguntou- Você confia em mim??

 

-- Quem sabe?- eu respondi.

 

-- Sim ou não? - perguntou mais uma vez. Mais porque essa pergunta agora?

 

-- Por que?- perguntei.

 

-- Nada...- falou cabisbaixo.

 

-- Fale!- ordenei depois de beber um pouco do chocolate.

 

-- Vem comigo?- perguntou se levantando e estendendo a mão a mim.

 

 


Notas Finais


O que será que vem por aí? Zayn misterioso HUAHUAHUA!!! Espero que tenha gostando :D
Momento Juliam Ownttttt!! É isso até o próximo capítulo.

Malikisses Cupcakes <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...