História Back for you - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Love1d
Visualizações 136
Palavras 3.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Cupcakes!! Ontem eu ia postar esse capítulo, aí está ele como eu falei é as meninas chegando ao seu destino. Obrigada pelo os comentários Lari sua fofa. Sem nada a dizer, somente boa leitura meninas!!

Beijos e abraços da Ju :D

Capítulo 5 - Hi London...


Fanfic / Fanfiction Back for you - Capítulo 5 - Hi London...

Pov Mariana:

 

  Fui acordada por um ser me balançando, que só podia ser quem? A Bia, essa ama acordar as pessoas assim ( Eu não vou me estressar...Respira...1,2,3...).  Chegamos em Londres por volta das 10:30 da manhã a viagem foi longa e um pouco entediante porque as chatas não deixaram eu me levantar da poltrona.

  Graças a Deus ocorreu tudo bem, a Rebeca quase teve um ataque quando nós decolamos. Descemos do avião feito seis crianças no Natal como tivéssemos em frente de uma árvore rodeada de novos presentes. Saímos pela aporta de embarque a caminho de pegar as malas que não foi tão difícil ou desastrado.

  Em seguida entramos em um táxi que tinha vários parados de frente ao aeroporto, não tô acreditando devo estar sonhando também devo ter xingado uns cem palavrões de tanta felicidade. Essa é a única forma que na maioria das vezes me expresso quando estou contente.

  Nós não sabíamos aonde era a casa da Maria então ligamos para o número que ela nos deu quando estávamos no Brasil caso estivéssemos perdidas, Juliana pensa em tudo que até trouxe um bloco de papel na bolsa, ela pode ter dezoito, ser a nossa amiga mas sempre vai ser a nossa Vó.

  Depois de ter anotado o endereço passou o pequeno pedaço de papel ao motorista de cabelos grisalhos, devia ter uns quarenta e cinco anos ou até mesmo quarenta no espelho do carro tinha seu crachá mostrando o seu nome: Jeff Simpson. Ele deve ser um empregado da coletiva de táxi britânica seu uniforme não mentia.

  Maria Clara ficou tão contente pela a nossa chegada falamos pelo o viva-voz que parecia que daria uma festa pela a nossa chegada. Todo mundo se "encanta" por nós e muitos tem inveja devido a nossa forte amizade. Esse era o que se mais tinha na nossa infância mas isso não vem ao caso. Só quero ver quando nós chegarmos em sua casa que vai virar uma bagunça, eu não vejo a hora de sair desse carro para poder comer algo, conhecer Londres com as meninas e claro revê-la.

  Não demorou muito para chegarmos e muito menos para Bia começar tirar centenas de fotos. Tá parecendo aquelas mais chatas que quando chega as férias de verão, vai viajar e quer tirar foto de tudo que vê pela a frente, então essa é a Bia nesse exato momento.  

  Antes de sairmos do carro pagamos o Jeff, gostei do nome é meio engraçado, ele também nos entregou o seu cartão caso precisamos de um táxi era só ligar para o seu número. É verdade os britânicos são mega educados e gentis, não quero mais sair dessa cidade!!

  Chegamos ás 11:10 ao portão daquela linda casa, tinha um casal nos esperando abraçados que claro era a Maria e seu marido, nossa o cara é gato... Maria foi certeira aposto que exiti muitos desse por aqui ao contrário do Brasil que é uma raridade.

   Jefff junto com o esposo da Maria tiraram as nossas bagagens do porta- mala, só foi nós por os pés na calçada que fomos recebidas por beijos e abraços. Maria Clara tinha mudado tanto mas seu sorriso continuava o mesmo e o corte de cabelo também.

 

-- Como vocês mudaram!! Estava com muitas saudades de vocês e aí como foi a viagem até chegar aqui??– disse Maria Clara toda empolgada.

 

-- Boa graças a Deus!!- disse Beca aliviada e levando uma das sua mãos ao peito.

 

-- Cara, você que mudou muito. Se não fosse pelo seu sorriso nós não iriamos de reconhecer!!- disse Ju.

 

-- E a Julia e a Luiza??- perguntou Maria Clara.

 

  Essas outras duas loucas que nunca sai da nossa cabeça me qualquer momento, só faltam elas para o time ser completo...Elas também são nossas amigas de infância todas se conhecemos e até hoje temos uma relação forte, infelizmente nós se vemos poucas vezes. 

 

-- Bom a Luiza têm ficado um bom tempo com a Fernanda, sua irmã mais nova que deve estar com 11 anos pois seus pais andam trabalhado muito e viajando e a Julia está seguindo a mesma carreira de sua mãe!! – eu disse soltando uma alta gargalhada. 

 

-- Pensei que elas também iriam vim tinha até arrumado mais duas camas para aquelas duas malucas!!- disse Maria Clara.

 

-- Quem sabe marcamos para elas virem nas férias!! – disse a Bia animada.

 

-- Será ótimo mas isso vai demorar. E quem é esse??- disse Bela na maior curiosidade.

 

-- Ah esse é meu marido. Nem deu tempo de apresenta-lo a vocês, ele se chama Steven moramos aqui já faz uns 3 anos e meio... Vocês irão adorar esse lugar!! – disse Maria abraçando seu marido de lado.

 

-- E aí não vai apresentar a casa para nós também?- disse Lari entusiasmada.

 

-- Ah claro!!- disse Steven - Então vamos. Meninas e Mari estão com fome??- disse Maria Clara.

 

-- Sim como você adivinhou? Estou com um pouco de fome!- finalmente alguém pensou em mim e do meu estômago.

 

-- Você com pouca fome? Nossa milagre...- disse Bia.

 

-- Não preciso adivinhar esqueceu que você pegava o lanche da cada uma. Preparei um belo almoço para, só espero ter ficado bom. - disse Maria Clara abrindo a porta de sua casa.

 

-- Nossa Maria Clara, sua casa é muito linda!- falei, sério a casa dela é mesmo linda, bem espaçosa e aconchegante.

 

-- Ah amor leva as malas das meninas para cima para nós. Por favor.- pediu.

 

-- Claro meu amor!! – respondeu seu marido Steven dando um selinho em seus lábios.

 

 Em seguida ele subiu com algumas malas deixando outras aqui em baixo, pois não tinha como ele subir com todas pensamos em ajuda-lo mas Maria Clara nos proibiu dizendo que ele que se virasse.

 

-- Hum Maria sua safadinha! Se deu bem. – disse. Estávamos na cozinha conversando com a Maria que o mesmo tempo esquentava o almoço.- Tem uma linda casa, um marido fofo podemos ser novas mais isso nunca vaia acontecer o mesmo com agente...- falou Ju e todas nós assentimos.

 

-- Exatamente!!- disse Lari.

 

-- Meninas não fiquem assim. Aposto que já,já irão encontrar rapazes para vocês que vão estar se ajoelhando em seus pés pela as mãos de vocês. Imagina encontrar suas almas gêmeas aqui? Em Londres? – disse Maria.

 

-- É Maria esperamos o que você está falando seja uma possibilidade nós não colocamos tanta esperança. Namorar está difícil para nosso lado, diferente da Mariana... Sabe tem uns rolos acontecendo aí...- disse Bia olhando para a mim.

 

-- BIAAAAAAA!! – exclamei.

 

-- Ah agora eu quero saber Mariana. Pode me contar tudo!! – disse Maria arrumando a mesa para o almoço.

 

-- Já né que a Bia boca de matraca falou...Vou ter que infelizmente dizer.- expliquei  tudo para a Maria Clara com maior vergonha do mundo porque isso já significou pouco e hoje não tem nada mais além de uma simples amizade de mulher e homem.

 

  Depois de eu terminar de falar Maria Clara que riu de se acabar até colocar o almoço, Steven seu marido depois de colocar as malas nos quartos desceu para almoçar também, ele e ela forma um belo casal, seu marido é super simpático, culto e ao mesmo tempo não perde o jeito de um adolescente. O almoço estava uma delícia que ao fim foi acompanhado por uma bela sobremesa, meu estômago estava muito feliz, eu e ele estávamos sorrindo de tanta felicidade. Comida é melhor coisa que tem nesse mudo tenho a sorte que comer tanta porcaria  e não engordar, deixo até as meninas com raiva. Hahaha só eu mesmo.

 

Pov Isabela:

 

 Depois do almoço Maria Clara terminou de apresentar a casa e nos levou para os nossos quartos. Na casa havia dois quartos que um era deles, outro é de hospedes, ou seja, três iria dormir em cada quarto. Eu,Larissa e Bia saímos pelo o tapa que ia ficar com a Mariana ( Concorrida né? Mas ela só minha, as meninas ficam boladas com isso... Eu e Mari temos certos momentos de melação que bate uns ciúmes bestas) no final no quarto que eu ia ficar dividiria eu, Bia e Mari e no outro Ju, Beca e Lari.

  Combinamos para não desmontar as malas só pegar algumas roupas para usar nesses dois dias, depois iremos começar a estudar mesmo e se hospedaremos nos próximos anos na Universidade. Colocamos nossas tralhas no guarda- rupa e descemos para a  para botar conversa em dia já o Steven seu marido está lá fora cortando as plantas. Deixando nós a sós.

 

-- Então quer dizer que a Mari anda de rolo com o Rafael ainda?- disse Maria Clara assustada com a notícia.

 

-- Isso mesmo que você ouviu na cozinha!! – eu disse provocando a Mari.

 

-- Ou o que importa agora que nós estamos em Londres e dá pra parar de pensar nesse idiota? Pelo menos aqui.- disse Mari.

 

-- Tenho que sair para resolver algumas coisas, mas não fiquem me esperando. Vocês podem sair para conhecer Londres antes de entrar para a Universidade. – disse Maria Clara. - Andam vão se divertir! Que pena que agora eu não tenho tanto tempo para isso.

 

-- Só com o Steven né Maria?- falei.= que todas soltaram um "Awn" não de fofo e sim de malicia fiz ele ficar vermelha pra caraca.

 

-- Ótima ideia. Vamos meninas?- disse Ju animada.

 

-- Porque ainda estão sentadas então? Vamos logo!- disse Lari apressada puxando cada uma pelo os braços.

 

-- Se acontecer qualquer coisa vocês me ligam, qualquer coisa e mais tarde nós conversamos bastante. – disse Maria Clara subindo a escada para se arrumar nos mandando beijos.

 

  A tarde em Londres estava ótima, fazia sol e ao mesmo tempo soprava aquele vento gelado que deixava o corpo todo ficar arrepiado. Mesmo assim fomos nada nos desanimou, só pegamos as nossas bolsas e saímos. Maria Clara já havia saído a muito tempo e Steven estava arrumando o jardim que parecia enrolado com a tarefa. 

 Primeiro fomos conhecer London Eye ela é uma das maiores rodas gigantes do mundo, Rebeca estava com um pouco de medo e como nós somos fodas, conseguimos fazer com que ela fosse... Tiramos muitas fotos e prestigiamos a paisagem. O dia ajudou bastante para fazermos isso.

  Não resistimos e fomos as compras, passamos somente nas lojas que nos interessava assim não ficaríamos cansadas... Não demorou muito para a Mariana começar a reclamar.

 

-- Eu estou com fome! Vamos comer algo? Pelo amor de Deus. – disse Mari com a mão em sua barriga e resmungando como um bebê.

 

-- Só porque eu encontrei uma loja ótima!- disse Lari.

 

-- Amor da minha vida você terá outras oportunidades para passar aqui quantas vezes você quiser. - tentou Mariana na calma e no amor.

 

-- Mas acho que vai ser difícil na próxima vez que eu vier aqui, eu não vou encontrar essa coleção mais. - deus uma piscadela a Larissa.

 

-- Lari já decidiu o que vai comprar??- eu disse.

 

-- Cacete!!- a calma que ainda restava de Mari acaba de ir por água a baixo.

 

-- Sim só falta eu pagar é rapidinho!!- disse Lari- Clama mari já estou indo, respira...

 

-- Ok... Então você compra as coisas e depois saímos para comer algo! Tudo bem?- falou Ju olhando para as duas.

 

-- Por mim tudo bem só falta a Mari aguentar e esperar um pouco!- disse Lari.

 

-- É né fazer o que? Eu espero, mas anda logo Larissa, vai logo pagar!!– disse Mari revirando os olhos e se sentou na poltrona que a loja tinha. Em cinco em cinco minutos ela vazia uma cara de emburrada!!

 

  Larissa havia comprando as suas coisas, eu e as outras meninas também menos Mariana que só pegou um anel, porque só pensava na comida, Então combinamos em passar no StarBucks, um lugar preferido de todas para tomar um belo café da tarde, no Brasil fazíamos o mesmo. Andamos só um pouco, já marcava 17:30 da tarde, Mariana andou o caminho todo com um sorriso no rosto. Um belo café faz as coisas ficarem boas.

 

Rebeca:

 

 Chegando no Starbucks, no lado de fora havia duas mesas e uma estava livre então se sentamos nela. Enquanto umas de nós foi fazer o pedido, eu e outras ficamos aqui mesmi na mesa. Não demoramos e começamos a conversar até o pedido chegar.

 

-- Finalmente... Comida!- disse Mari em ver seu pedido na mesa.

 

-- Hum deve esta um delícia - disse.

 

-- Então vamos comer logo se não irá esfriar!!- disse Mari preocupada.

 

-- Isso mesmo, vamos parar com o papo e prestigiar essa delícia...– disse Bela.

 

  Começamos a comer, Mariana comia tão devagar para degustar a comida, eu e as outras comíamos pessoas normais. Fomos ao caixa pagar o frio já era maior, daqui a pouco precisaremos de cobertores para sairmos e ir até a casa ad Maria. 

  Larissa decidiu pedir mais um café para a volta então ficamos lá fora conversando mais um pouquinho e esperando por ela que o seu pedido não demore, agora o estabelecimento estava mais movimentado. 

 

Pov Larissa:

 

  Como fazia muito frio resolvi pedir mais um café para o caminho, não sei como que as meninas não fizeram o mesmo para elas, logo o meu café saiu eu já tinha pagado... Só fui pegar o café, mas ainda não havia guardado o troco no bolso.

   Ao me virar sem querer cabei esbarrando em um menino que estava acompanhado por outros meninos, não seu se estão o acompanhando ou se estão provavelmente são amigos do menino. Meu café caiu todinho em sua blusa não restou nada, se fosse a Maria nessa situação sairias aos tapas com o rapaz por derrubar o seu café, sorte nossa que ela comeu tanto quando pedimos.

 

-- Desculpa! Aí meu Deus eu te sujei!-  disse, pensando em fazer alguma coisa, logo peguei um papel para limpar a blusa do menino. Que vergonha!!

 

-- Desculpa nada... Eu que não prestei atenção. No caminho até o balcão o meu celular vibrou e fui ver o que era, que acabei esbarrando em você. Eu que peço descupla, Qual é seu nome?? – disse o menino se explicando.

 

-- Larissa – eu disse - E o seu nome??

 

-- O meu é Harry. Não se preocupe com a minha blusa e vou pagar um café para você, mais uma vez desculpa Larissa. – disse o tal de Harry.

 

-- Ah... Não precisa minhas amigas estão me esperando a um bom tempo, deve estão virando umas feras! Tenho que ir...- eu disse toda sem graça.

 

-- Então... Até por aí! - disse Harry sorrindo.

 

-- Até mais - eu disse andando rapidamente que logo encontrei as meninas lá fora, que se levantaram pondo as bolsas nos ombros.

 

-- Larissa cadê o seu café?- reparou Ju.

 

-- Ahh... Eu acabei de esbarrar o café em um menino chamado Harry e sujei a blusa dele!!- eu disse cheia de vergonha - Não me matem florzinha lindas.

 

-- Não acredito fiquei aqui maior tempão e você me volta sem o café!! Tinha que se uma desastrada mesmo!!- disse a Bia.

 

-- Ah mais ele era bonito?? – disse Mari perguntando na maior empolgação.

 

-- Sei lá...- disse fria “Sei lá” para disfarçar, mais ele tinha um sorriso tão fofo e seus cabelos na ponta era encaracolados. Só reparei isso.

 

-- Agora eu só saio daqui quando eu ver a cara desse garoto!! – disse Beca rindo, como sempre fazendo isso para me irritar e dando apoio a Mariana.

 

-- Mas... Nós estamos cansadas!! Lembram??- disse Bela confusa.

 

-- Bela nós estávamos!!- disse a Bia apoiando a ideia da Rebeca e da Mariana.

 

-- Que tal na próxima vez que eu esbarrar nele!!- disse eu irônica e soltando um risinho no rosto- Pessoal a Maria Clara deve estar preocupada. Vocês de esqueceram que nós estamos hospedada em sua casa?

 

-- É pessoal a Lari esta certa, já esta anoitecendo, é melhor nó irmos para a casa da Maria.- disse a Ju.

 

-- Tá bom!Vamos então?- disse Beca.

 

-- Eu quero jantar!!- disse Mari.

 

-- MARIANAAA!!!- gritamos todas.

 

-- Nós acabamos de tomar café e você foi a mais demorada para comer e ainda está com fome? – disse a Bela olhando para a Mari.

 

-- Calma gente!!- disse a Mari fazendo beiço.

 

  No caminho falamos cada besteira, que nem queira saber, quando chegamos em sua casa os dois estavam abraçados no sofá vendo uma coisa na TV. Já são 19:00 da noite, anunciamos que chegamos, todas nós subimos para um belo banho e depois descemos para jantar.

  Jantamos quase 21:00 da noite e depois ficamos conversando na varanda. Eu, Maria Clara e as meninas estavam com cobertores, devido o vento gelado que passava pela a varanda o seu Marido preparou um doce para comermos que depois entrou. 

  O assunto mais falado foi sobre o que ocorreu hoje e lembramos os nossos momentos juntas quando nós tínhamos nove anos e doze anos. Entramos 23:00 da noite. para mexer no computador e ligar para os nossos pais, fomos descansar por volta da 01:20 da manhã. O fim de semana seria longo e vamos aprontar bastante.

 

Pov Harry:

 

 Cheguei em casa e fui trocar a blusa que a menina, quer dizer a Larissa, que eu esbarrei fazendo com que derrubasse café em mim, só me vez lembrar do momento e fazer com que eu risse. No dia que fui vim ver como era a Universidade e como se matriculava, acabei conhecendo uns dois meninos que serão da minha sala, uma eu sem querer encontrei no banheiro e o outro veio da Irlanda para estudar aqui. Se chamam Louis e Niall.

  Trocamos os números pois vamos ficar na mesma sala, portanto já tenho companhias, hoje marcamos para beber um café no Strabuck e acabou acontecendo isso, agora eles irão dormir aqui na casa do meu pai para aproveitarmos o fim de semana juntos.

  O início das aula será depois desse final de semana, eles ligaram o vídeo- game e ficamos altas horas de frente e televisão ou para a tela do computador e celular.

 

Notas Finais


Ei comentem meninas faz uma autora feliz... O que acharam do dia das meninas? Mando beijos mais uma vez para vocês :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...