História Back To Black - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Bellatrix Lestrange, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Mundungo Fletcher, Nymphadora Tonks, Regulus Black, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black
Tags Drama, Harry Potter, Sirius Black
Visualizações 70
Palavras 921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Perdoemmmm pela a demora,essa semana de feira científica e provas está botando para *#*?@/,aproveitem o capítulo babysss.

Capítulo 12 - Intervenção e banquete de boas-vindas


Capítulo doze 

Abigail.

A carruagem era puxada não mais por cavalos como eu recordava na última vez em que eu estivera em Hogwarts mas sim por um Testrálio,com um rosto que lembrava um réptil e de corpo esquelético.

Não conseguia conter minha ansiedade e até o meu medo de ir novamente a escola, durante todo o percurso minha mente foi inundada de lembranças, do baile que James havia me convidado e como Sirius ficou com raiva dele, afinal, ele sempre mostrou um certo carinho por mim.Até mesmo das brigas de Severo e Lily,eu sentia falta dos meus amigos e daquela época que não precisávamos nos preocupar com nada.Os tempos mudaram.

Suspirei pesadamente quando vi a carruagem aproximar-se do imenso Castelo.

Desci da mesma e percebi o Sr Filch vir até mim com cara de poucos amigos.

-Senhorita Givens – disse – Venha.

-É bom vê-lo novamente também – segui-o pelo enorme Castelo, o zelador me guiou até a sala de aula onde eu iria dar as aulas, aquele cheiro de livros enchia meu olhos de água, que saudade.

A sala era enorme e as mesas eram em duplas, minha mesa havia recipientes com algumas coisinhas pûde perceber um com um chifre de unicórnio e outro com insetos, uma grande lousa jazia atrás da minha mesa, as paredes eram cheias de informações históricas bruxas.

O zelador mostrou-me uma escada que dava a uma sala, aquele parecia ser meu escritório e dormitório, era aconchegante e a minha cara,eu não tinha dúvidas que teria sido Dumbledore que tenha pedido para o cômodo ser daquele jeito.

Havia uma prateleira cheia de livros e do outro lado uma escrivaninha, uma cama simples com lençóis limpos tinham ali também, minhas malas estava do lado da cama.

-O banheiro fica naquela portinha ali – disse Filch alisando sua gata.

-É ótimo – falei.

-Alvo disse que você gostava de coisas simples.

-Ele acertou mais uma vez...

-Daqui a pouco a senhorita vai precisar descer, os diabretes já estão vindo.

Eu ri.

-Obrigada Filch estou indo.

(***)

Tomei um banho e ajeitei-me para estar apresentável a cerimônia, pensei em colocar o chapéu longo e pontudo, mas logo desisti.

Pus a capa e sai do quarto a caminho do salão comunal. Os alunos do primeiro ano já estavam ali, eles estavam ansiosos, é claro aquele era o momento mais esperado de todo bruxo.

Passei por alguns que olharam-me e sorriram, outros cumprimentando mesmo não sabendo qual matéria eu ia ensinar.

Fui até a grande mesa no qual todo o corpo docente tinha que ficar, vi Severo e sentei do seu lado.

-Que bom vê-la novamente, Givens.

Fiz uma careta.

-Depois de anos de convivência não precisa chamar-me pelo sobrenome Severo.

Ele soltou uma bufada debochada, enquanto eu esperava uma resposta que não viria,revirei isso olhos.

Logo o salão começou a encher-se, meus olhos varreram o local procurando Harry, que acenou para mim e eu sorri em resposta.

Uma figura baixa e lembrante a um sapo só que com vestes rosa e uma risadinha apareceu sentando-se ao meu lado.

Lembrei da mesma de algum lugar, é claro na sala do ministro.

O professor Dumbledore estava sentado na cadeira dourada ao centro da mesa e deu uma piscadela para mim,logo,a professora McGonagall colocou cuidadosamente o banquinho diante dos alunos e recuou um pouco dando início a seleção do chapéu seletor que começou cantando uma música sobre as casas.

A escola inteira aguardava a música cessar,e a seleção começará.

Uma garota cheia de sardas tinha ido para a grifinória,depois um para lufa-lufa e logo a fila fora encurtando enquanto a cada selecionado aplaudimos entusiasmados.

-Cada centímetro desse Castelo está cheio de lembranças, você não acha Severo? – perguntei com os olhos brilhando.

-Infelizmente – disse sem expressão.

Ignorei-o afinal na época, não era recomendável que o bruxo lembrasse das “lembranças “

Comemos em silêncio e uma vez e outra a tal “cara de sapo” do ministério ia até Dumbledore e sussurrava algo no seu ouvido, alguns professores vieram até mim para cumprimentar-me e desejar sorte, logo eu e McGonagall iniciamos uma conversa excitante sobre os antigos alunos e minha avó que tinha estudado com a mesma.

Quando os alunos pareceram terminar a refeição, o nível do barulho aumentou e percebi Dumbledore levantar-se.

-Bem agora que estamos todos digerindo mais um magnífico banquete, peço alguns minutos de sua atenção para os habituais avisos de início de trimestre – anunciou o Diretor algumas proibições aos alunos do primeiro ano sobre o terceiro andar, floresta proibida...

-Houve três mudanças no corpo docente este ano,temos o prazer de dar as boas vindas a senhorita Professora Abigail Givens,que substituirá o professor Binns de História da magia – O salão explodiu em aplausos e assobios dando realmente a entender que ninguém suportava mais Binns,sorri em forma de agradecimento e sentei me novamente – A professora Grubbly-Plank retomará a direção das aulas de tratos das criaturas mágicas e por fim estamos encantados em apresentar a professora Umbridge,nossa nova responsável por defesa contra as artes das trevas.

A cara de sapo pigarreou e começou um discurso sobre a “progresso “ e “cortar práticas que devem ser proibidas”

Aquilo tinha sido mais que esclarecedor sobre a tal intervenção do ministério em hogwarts.

Os alunos tinham sido dispensados para seus dormitórios e logo os professores também.

Bocejei e levantei da mesa sendo acompanhada por Severo aquela pequena aproximação de nós dois era um pouco chata pois o bruxo não puxava assunto e nem nada, derrotada percebi que por um bom tempo eu não iria ter alguém para conversar.

Eu sentia falta de Sirius...


Notas Finais


Entãooo o que acharam? Espero que tenham gostado amores,obrigada pelos favoritos e os comentários do capítulo passado irei responder todos meus browniessss.

Ahhhh para quem curte rock,dorgas (brincadeira ) , sexo ( brincadeira....ou não heheheh) e Guns N Roses,Nirvana e os anos 90;eu estou com uma fanfic super tudo isso é a Brooklyn Rock depois dêem uma lida lá e indiquem para os Friends também.Até a próxima beijãoooooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...