História Back to You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Reign
Personagens Francis II of France, Greer of Kinross, Kenna, Lola, Mary, Queen of Scots
Tags Frary
Visualizações 31
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá essa é minha primeira tradução.
Créditos a maravilhosa "anddirtyrain"

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Back to You - Capítulo 1 - Capítulo 1

           Toda a cerimônia, Mary sentiu como se estivesse do lado de fora olhando. Ela sentiu-se desconectada de seu corpo, observando-se em pé no altar, prometendo-se a Francis na frente de Deus, mas não sentindo nada em seu coração. Tudo o que ela sentia era terrível.

O casamento deles, ao invés de ser cheio de felicidade como sonhou quando era criança, ou amoroso, como pensou que seria nos meses passados, sentiu-se mais como uma sentença de morte para ela, pois se ele morresse certamente, ela faria também. Ela não queria casar com Francis. Ela o amava mais do que a vida, mas ela trabalhou o tempo todo para manter as lágrimas à distância. Ela não queria isso.

Seu coração doía ao pensar que ela iria acabar com sua vida. Ela tentou explicar sobre Nostradamus e a profecia e sua mãe, mas ele ignorou sua situação; descartando tudo como superstição. Não importa o quanto ela tenha lutado, não foi permitido quebrar o tratado entre o seu país e a França. O que a deixou consternada de que o casamento ainda acontecesse, e o coração de Francis sentia que tentaria tão difícil sair de seus planos, que antes lhe causará tanta alegria. Naquele dia cheio de amor e a luz solar já havia desaparecido.

Ela sabia que ele estava zangado com ela por fugir e ela não pediu perdão. Ela não queria. Mary não podia se arrepender do que tinha feito porque tinha feito isso por amor. E ela também pensou que, se Francis a odiasse, ele iria pedir para acabar com seu casamento. Mais uma vez ela piorou as coisas ao tentar protegê-lo.

Ele recitou seus votos como se ele recitasse os poemas que seus tutores lhes atribuíam quando crianças e falar com a voz dele sentiu-se que algo afiado em seu peito quebrou. Mary olhou para baixo quando saíram da igreja pois não podia suportar encontrar seus olhos. Até que a morte nos separe.

Eles cavalgaram até o castelo após a cerimônia em lados opostos da carruagem, esgueirando-se um do outro. Eles mal falaram nas últimas semanas, seus votos de casamento eram o máximo que eles haviam dito um ao outro, depois de seu primeiro dia de volta e sua briga. Ela não conseguiu evitar que uma lágrima escorregase enquanto pensava em como tudo isso se sentia errado, como ela deveria estar cheia de felicidades recém casada e não essa sensação pesada e pressódica no poço de seu estômago. Ela temia cada passo que ela tomava como sua esposa porque poderia ser o único que colocou sua morte em movimento





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...