História Bad Dream - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Asriel, Chara, Frisk, G! Sans, Romance, Sans, Traição, Undertale
Exibições 50
Palavras 1.609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Escolar, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei com mais um cap!! Espero que gostem, e boa leitura ≧﹏≦

Capítulo 6 - Quem é ele?


Fanfic / Fanfiction Bad Dream - Capítulo 6 - Quem é ele?

POV Frisk

Eu estava dormindo na minha cama, mas sou acordada pelo barulho do despertador. Desligo e vou em direção a janela  para abrir as cortinas e iluminar o quarto. Depois,  vou ao banheiro e faço minha higiene pessoal. Volto para o meu quarto e troco de roupa, optei por uma blusa azul com listras rosas, um shorts e botas marrom. Me olho no espelho que era grande o suficiente para me ver de corpo inteiro. Meu corpo havia crescido,  e meu cabelo estava comprido, e usava meu colar que Sans havia me dado no meu aniversário de 14 anos, um colar com um pingente de coração vermelho, e ele tem o mesmo colar, só que azul. Eu nunca tiro, só quando vou tomar banho. Depois de me arrumar peguei meu material , celular e fone,  e desci rumo a mesa para tomar o café.

-Oh! Bom dia, minha criança!- Toriel sendo Toriel,  mesmo tendo passado anos,  esse seu jeito nunca muda. 

-Bom dia!  

-Bom dia!  - diz Chara descendo as escadas

- Bom dia!  - eu e Toriel falamos em coro (quanto "Bom dia"...O_o)

Toriel nos entrega  pedaço da sua famosa torta de canela e caramelo.

-Obrigada, mãe!!! - falamos juntas e Toriel sorri para nós 

-E eu? - pergunta Asgore

- Sem torta para você,  já estamos atrasados,  vamos!! - ordena Toriel e logo atrás Asgore a segue com uma cara triste. 

- Pai!  - o chamo e logo entrego um pedaço de torta embrulhado para ele

- Só não conta para a mamãe - digo 

- Obrigado- diz  me dando um beijo na testa 

- Tchau!  - Me despeço deles e volto para a cozinha.

Agora,  a Toriel é a diretora de uma das grandes escolas, e a qual eu estudo. A empresa de Asgore cresceu. O Asriel, ele está na faculdade e morando em seu próprio apartamento. Sans,  repetiu de ano,  ele diz que foi porque queria ficar comigo,  mas na verdade ele faltou no dia da prova por que estava dormindo...Sans sendo o Sans,  mas ele é muito inteligente,  um gênio, seria um grande cientista que nem seu pai,  Gaster, mas pena que é preguiçoso. Papyrus cresceu, ficou até maior que Sans. Undyne e Alpys começaram a namorar. O Mettaton ficou famoso. A Giih e a Snowy mudaram de escola T_T, mas ainda continuamos amigas e mantemos contato. Moster Kid,  cresceu e ficou mais bonito,  o mesmo que Napstablook... É,  eu acho que só

Após comer, recebo uma mensagem,  era o Sans me avisando que já estava em frente a nossa casa. Abro a porta e logo corro em sua direção lhe dando um abraço

- Bom dia , kiddo- me dá um beijo que é interrompido por Chara. 

- Meu Deus,  quanto grude!!  Vou vomitar ali e já volto

-Hehe,  oi para você também Chara. - diz Sans

-Oi saco de ossos. Então, vamos? - pergunta Chara e fomos todos juntos para a escola

-Sans,  cadê o Papyrus? - pergunto 

-Ele foi primeiro, disse que tinha uns assuntos para resolver. 

- humm... 

                                              ~Quebra no Tempo~

Depois de cumprimentar os meus amigos,  o professor entrou e começou a dar a aula. Chara,  Undyne , Alphys e Sans estudávamos na mesma sala. Papy,  Mettaton e Napstablook em outra sala. 

Na escola,  o Sans era um daqueles "popularzinhos" da escola. E sempre tinha pessoas em sua volta. Chara não ficava para trás,  sempre tinha seus seguidores,  ela sabia muito bem controlar as pessoas ao seu redor. E eu?  Bem,  eu não ligava. Não me importava de ficar sozinha as vezes,  prefiro ficar só do que com gente falsa. 

Quando havia terminado a aula, fomos todos juntos para a lanchonete. Metta,  Chara e eu estávamos conversando sobre o planejamento da festa,  pois daqui a 4 dias,  nós faríamos 18 anos,  e Metta fez questão de arrumar tudo. Seria na casa dele,  pois era uma mansão e não teria nenhum responsável para atrapalhar,  ou seja,  teria bebidas. Estávamos conversando,  quando  o Sans chama Papy,  sinto cheiro de piada

- Hey Papy,  já pensou se chovesse relógios! 

- NÃO!  POR QUE EU IA QUERER ISSO? 

-Por que seria Da Hora * BA Tum Tsii*

-…

- He... 

-NYEEE!!!!

E começamos a rir

Havia tocado o sinal,  avisando que já era a hora de ir para a sala

-Vamos?- pergunto,  e estava prestes a ir mas o Sans me puxa para trás 

- Sansy? Que foi? 

- Eu não vou não. - fala 

- Sério Sansy?  

-Sim- diz na maior inocência - Vamos?  Podemos ficar lá no térreo - lá era um lugar trancado por um cadeado,  e por ser a querida filha da diretora,  eu sei a senha

- Você realmente pretende cabular aula e me levar junto? - pergunto e ele balança a cabeça 

-Humm,  deixa eu ver...  Nop

- Ahh,  vamo lá Frisk! 

- Sansy,  tem uma coisa chamada obrigação,  e eu levo muito a sério isso. Então,  minha resposta continua sendo não. E me dá licença que tenho coisas para fazer,  como por exemplo,  ser um aluna exemplar e ir para a aula. E você deveria fazer o mesmo. - falo 

-FRESKona- diz fazendo um trocadilho

-Também te amo- dou lhe um beijo

- Frisk!!!  Vamos!! - Chara me chama e vou em sua direção. Aceno para ele e o mesmo retribui com um sorriso

- E o Sans? - pergunta Chara

-Ele disse que não vai. 

-Humm

Quando entrei na sala sentei na minha carteira. Agora,  era aula de História da professora Fernanda. E depois da sua aula seria Sociologia,  uma matéria que não gosto tanto assim, não pela matéria, e sim  por causa do professor. Ele era um velhinho e sempre dormia no meio das suas explicações de pé, e todos os alunos começavam a bagunçar. 

Na aula de História,  Chara disse que não estava bem,  e foi para a enfermaria.

                                         ~ Quebra no Tempo~

-Kiddo - chama o Sans - Quer ir para o Grillby's? 

-Desculpa, Sans,  mas você sabe que eu tenho curso hoje. - falo

-Tsk - ??

-Sans? - ele me ignora e sai andando

- Hey!!  Sans!! - corro até ele - Por que diabos você está me ignorando??- pego no seu braço

-SANS!! - ele puxa seu braço com força me fazendo cair no chão sai andando. 

- FRISK?? - pergunta Papyrus - O QUE OUVE??

- Nem eu sei... 

- Vou falar com ele- diz Chara correndo até  o Sans, e Papy me ajuda a levantar

- Punk!!?? /Frisk!!??- Undyne e Alphys aparecem

- O que houve?? - pergunta Undyne

- Nada não...  Vou para casa. 

-EU TE ACOMPANHO- diz Papy

- Não precisa,  eu quero ficar sozinha. - digo e começo a andar

Estava pensando no que havia acabado de acontecer. Porque o Sans estava bravo?  Só porque eu recusei seu convite de ir ao Grillb's? Eu estava triste antes,  mas agora,  estava irritada. Estava tão brava que não prestava atenção ao meu redor e sem querer me esbarro em alguém

- Olha para onde anda!!! - grita um rapaz

- D-desculpa- digo e sigo em frente , mas o mesmo me puxa pelo braço 

- Você pensa que vai aonde?? Você é bem bonitinha, que sorte a nossa. - diz 

- Me larga- tento me afastar,  mas logo um outro rapaz aparece

- Hey gata,  não precisa ter medo. Só vamos nos divertir um pouquinho. - diz um outro rapaz. Chuto no seu ponto fraco,  e ele cai no chão. * minha chance* penso e saio correndo. 

- Vadia - diz e corre atrás de mim. Corro o máximo que pude,  e consigo os despistar. Me escondo em um beco e respiro fundo,  pois estava sem ar. 

-Ufa!  Consegui...  Despistar... Eles... 

- ELA TÁ AQUI!! - diz um rapaz

- Droga - saio correndo e viro á direita,  mas me arrependo, pois deparo em um beco sem saída. 

- Ora,  ora - diz o rapaz indo na minha direção, pego a primeira coisa que encontro para me defender e aponto para eles

-Pff, vai fazer o que com esse graveto?  Não precisa ter medo não gostosa,  vai ser divertido. 

- N- não se aproxime!!! 

- Se não? 

- Se não você vai ter um Bad Time!! - fala uma pessoa aparecendo do nada. Todos nós nos viramos para ver quem era

- Você é o quê??  Namoradinho dela? - pergunta o rapaz 

- Não- diz acendendo um cigarro

- Então não se intromete arrombado!! 

- 1, 2, 3, 4 …5 caras contra uma mulher. - o rapaz fez sinal para avançarem no desconhecido,  mas ele desvia e dá um soco na barriga de um deles o fazendo cair 

- Ora seu... - todos se preparam para atacar e vão para cima,  mas o  ??? desviava de todos os socos com facilidade e também atacava com facilidade.  Quando havia sobrado apenas o líder deles, com medo caí no chão. 

- P-por favor,  não me machuque!!! - diz ele pedindo piedade

- Não era você que estava todo convencido?  E agora pede por piedade? Parece que o jogo virou,  não é esmo?Até parece... - diz preparando um soco,  mas logo seguro seu braço o impedindo

- !!!! -  Ele fica surpreso com o meu ato

- Ele já recebeu o que merecia!! - falo

- Tsk. Vaza- diz  e o rapaz saí correndo

- Haaa- suspiro aliviada

- Por que o poupou? - pergunta - Ele teria te estuprado se eu não tivesse chegado

- Ele não queria mais lutar,  não havia motivo para continuar. 

-... É melhor você ir,  é perigoso ficar aqui. 

- Obrigada!! - digo e sorrio para ele,  pego minhas coisas e saio correndo

- Quem era ele? Não sei, mas ele me salvou. Espero algum dia reencontra-lo de novo- falo para mim mesma e vou em direção á minha casa,  e dessa vez prestando muita atenção ao meu redor.

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...