História Bad Girl - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Jack & Jack, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Drama, Nash Grier, Romance, Shawn Mendes
Exibições 117
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey guys, estou de volta com esse cap meio frouxo, mas é o que temos pra hj haha, bjs e boa leitura.

Capítulo 3 - Nova Casa


Fanfic / Fanfiction Bad Girl - Capítulo 3 - Nova Casa

O vento batia violentamente no meu rosto, fazendo com que algumas mechas do meu cabelo soltassem do rabo de cavalo frouxo que havia feito.

Desde ontem, não troquei se quer uma palavra com minha mãe. O clima entre nós estava desconfortável, estamos à caminho da nossa "nova casa", e o que mais queria naquele momento era vomitar. Fechei um pouco a janela e descansei meus olhos, que estavam levemente inchados por ter passado a noite inteira chorando.

O carro parou na frente de uma enorme casa, um exagero já que só moramos nós três. Revirei os olhos, abri a porta e sai. Dei dois passos e botei tudo pra fora. Havia comido um pão, e lá se foi ele pra fora de mim. Peguei minhas malas e fui em direção à casa, que meu paí já havia aberto.
A casa era bonita, e bem espaçosa, subi para os quartos à procura do meu. Assim que o abri deitei na cama que havia ao lado da janela e encarei o teto. O quarto era espaçoso mas não tinha a mínima vontade de explorar-lo. Fiquei quase meia hora ali dentro, na mesma posição, enquanto me perguntava oque iria acontecer agora. Eu queria falar com o Shawn, contar da conversa que tive ontem com a mamãe, mas fui proibida de usar o celular, então decidi ir lá fora tomar um ar. A grama que fica em frente à casa é tão verde que dói de ver, aparenta ser bem cuidada. Passei por ela e sai andando pelo bairro, que por sinal é bem quieto, o único barulho que se ouvia era o dos carros que passava.  
O clima não estava quente, mas também não estava frio. Meu passos eram curtos e um pouco bêbados já que andava distraída, até que esbarrei em alguém.

- Oh, desculpa

Não olhei para quem era, só seguir em frente.

- Ei, eu lembro de você - A pessoa falou e me segurou pelo braço.

- Me solta - Falei e olhei pela primeira vez para seu rosto. Era ele.

- Vai dizer que não lembra de mim? O irmão do noivo… - Falou me encarando com um sorriso.

- Eu sei quem é você - Falei com desgosto, me virei, e continuei andando. Mas ele veio atrás de mim.

- Ei, tá tudo bem? - Falou passando na minha frente.

- Vai me dizer que você ainda não sabe? Seus pais não tem falaram? - Ele olhou pra mim confuso. - Pelo visto não… - Respirei fundo e falei - Eles querem nos casar.

- QUE? - Ele gritou confuso e saiu correndo, provavelmente foi para casa tirar satisfações dos pais. Espero que consiga converter a situação, por mais que ache difícil.

Resolvi voltar pra casa, pois ja estava cansada de andar. Assim que cheguei no jardim da frente, vejo o Nash saindo de sua casa, ele olhou pra mim e seguiu em frente com uma cara nada boa. E pelo visto não conseguiu mudar nada.

Entrei em casa, mas antes de subir pro meu quarto minha mãe me chamou da cozinha. Fingi que não ouvi e fui para o quarto mas não demorou muito para que ela batesse na porta e abrisse a mesma.

- Que é? - Falei seca

Ela respirou fundo e falou

- Suas aulas começam amanhã e como já falamos sobre seu novo colégio, creio que não haja nenhuma dúvida, não?

- Uhum, agora já pode sair - Disse sem olhar em seus olhos.

- Até quando você irá ser assim? É só um casamento, e outra vocês terão tempo para se conhecer. - Falou dando um sorrisinho.

- Acabou? - Ela me olhou com repressão e saiu do quarto.

Eu não queria que as coisas tivessem sendo assim entre nós, mas eles não estão me dando escolha. Fui dormir, pois soube que as aulas começam no mesmo horário que meu outro colégio e não queria que ninguém ficasse pegando no meu pé por que me atrasei.

Acordei com o sol no meu rosto, e não sei de onde tirei disposição para levantar. Fiz minha higiene e fui me arrumar, peguei a primeira roupa que vi na minha mala, já que não havia arrumado minhas coisas ainda. Desci para a cozinha e fui na geladeira pegar algo, havia vários sanduíches empacotados, peguei um e coloquei no micro ondas. Olhei no relógio e ainda eram 6:30, peguei o sanduíche no micro ondas fui em direção à porta, onde tinha um bilhete.

"A chave está em cima da mesa, não esqueça de pegar pois eu e seu pai vamos jantar com os grier" - Mom

Revirei os olhos e fui em direção à mesa, peguei a chave e saí. O caminho pro colégio foi tranquilo. Assim que cheguei percebi que havia chegado um pouco cedo pois não havia muita gente lá. Me senti meio deslocada, então decidi ir na secretaria resolver meus horários. Chegando lá resolvi umas coisas e peguei os horários, próximo passo era saber onde ficava as salas. Estava procurando-as quando encontro aquele lorinho do casamento, ele até que era legal então resolvi perguntar ao mesmo onde ficava as salas.

- Ah, oi, você pode me ajudar? - Falei chamando a atenção do mesmo que não havia me visto.

- Oi marrentinha - Falou com cara de surpreso - Você estuda aqui?

- Digamos que acabei de ser transferida - Disse tentando ser simpática - Então, vai me ajudar ou não?

- Para que precisas de mim, dama? - Ele disse com uma voz engraçada, o que pela primeira vez nos últimos dois dias me fez rir.

- To procurando a sala de matemática.

Ele assentiu e pediu para ver meus horários, eu entreguei.

- Wow, são os mesmos horários que o meu, só muda que quase nunca vou pra aula de química - Falou coçando a nuca. - Vem, daqui a pouco a aula começa.

A gente andou por uns corredores, até que chegamos na sala e quando entrei o professor ainda não havia chegado, então escolhi uma carteira qualquer e me sentei abaixando a cabeça logo depois. Uns 5 minutos depois o professor chega e não demorou muito para ele me chamar para me apresentar. Me levantei e fui para a frente, vendo todos os alunos que estavam ali me encararem, principalmente ele, Nash. 


Notas Finais


Entao... O que acharam? podem comentar ai pra eu saber :) kisses e até a proxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...