História Bad Girl - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Joseph Morgan, Lily Collins, Nina Dobrev, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Elizabeth "Lizzie" Saltzman, Esther Mikaelson, Finn Mikaelson, Freya Mikaelson, Giuseppe Salvatore, Hayley Marshall, Henrik Mikaelson, Hope Mikaelson, Isobel Flemming, Jenna Sommers, Jeremy Gilbert, Josette "Jo" Laughlin-Saltzman, Josette "Josie" Saltzman, Joshua "Josh" Rosza, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Lilian "Lily" Salvatore, Lucas "Luke" Parker, Lucien Castle, Malachai "Kai" Parker, Marcellus "Marcel" Gerard, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Olivia "Liv" Parker, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Vicki Donovan, Vincent Griffith, Zachary "Zach" Salvatore
Tags The Originals, The Vampire Diaries
Visualizações 160
Palavras 1.415
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Bitch, please


Fanfic / Fanfiction Bad Girl - Capítulo 4 - Bitch, please

Não negaria se perguntassem sobre estar curiosa em conhecer Elena Gilbert, a pergunta mais correta agora é como sei sobre todos dessa cidade. A resposta certa é, alguém que os conhece veio para Mystic Falls e fez o grande favor de me contar sobre cada um. Segundo ele Elena é a cópia exata da minha mãe, essa seria a chance mais perfeita de pelo menos ter uma noção de como ela é.

Eu tenho 527 anos, vivi séculos sem uma família que me desse aquilo que eu precisava, talvez seja esse o motivo que me fez ser quem sou, uma Vadia para alguns, uma mimada para outros, cansei de tentar querer ter uma família.

Venho buscando a séculos as respostas para a únicas perguntas que me faço desde que nasci. Por que fui levada da minha mãe? Porque não me deixaram conhecê-la? Porque não me deixaram ter alguém para chamar de mãe? Por que me privaram desse privilégios? Talvez nunca ninguém me responda nem eu mesma saiba como responder tais perguntas, coisas que não entendo e que me deixam ainda com mais sede de vingança, não pela minha mãe mas por mim por ter sido a grande vítima dessa história toda. Sobre o meu pai, muitas das coisas que penso e que com certeza ele não sabe sobre mim, sendo um vampiro Original grandes deveres o chamam inimigos prontos para atacarem, mas nem por isso penso em abandonar tudo o que planejei, desde da morte dos Caçadores na Inglaterra.

Parada em frente a casa dos Salvatores imaginei a vida que eles levaram a Katerina, se ela realmente os amou ou se apenas usou os dois transformando-os logo em seguida, uma vadia completa. Ouvi alguém parando atrás de mim virei encarando a moça loira que tinha quebrado o pescoço.

-Caroline!- Exaltei

-Sua vadia você quebrou meu pescoço-Disse se aproximando

-Você está bem, pare de drama- Falei

-Drama? Eu já sei o que você é e que conheceu Damon e Stefan, o que quer por aqui?-Perguntou

-Troquem de pergunta por favor terceira vez já estou começando a ficar irritada. Mas então Barbie o assunto que tenho a tratar é com os Salvatores e com a Duplicata da minha mãe- Respondi

-Sua mãe? Sua mãe é Katherine Pierce?-Perguntou novamente

-Ela trocou de nome, esse ficou mais vadia. Sim é ela- Digo

-O que você quer com a Elena? Ela está dormindo desde de um feitiço- Falou

-O que você disse Barbie? Ela está dormindo?- Perguntei não esperando uma resposta

Vi ela assentir, caminhei em direção a casa com a loirinha na minha cola. Sabendo disso fiquei mais mais curiosa em saber sobre Elena, pelo pouco que soube isso me deixa intrigada mais intrigada ainda sobre quem colocou esse feitiço nela. Caroline entrou primeiro parando na porta, uma vampirinha um pouco idiota, logo ao seu lado Stefan Salvatore estava parado.

-Eu preciso de convite amor- Falei

-Entra Allison- Disse dando espaço para que eu entrasse

-Pelo menos aqui alguém tem educação- Sussurrei

Damon, Alaric é uma garota que eu desconhecia estavam parados na sala, Damon segurava um copo de Bourbon enquanto os outros dois de braços cruzados. Sorri me aproximando da garota com a pele escura mas muito bonita

-Hey eu sou Allison-Estendi minha mão

-Bonnie- Levantou a sua apertando a minha

-Que fofa, gostei dela- Falei para o Damon que apenas negou com a cabeça rindo

Me atirei no sofá como se já fosse de casa recebendo olhares de todos, sorri debochada

-Vai direto ao ponto Allison-Disse Alaric

-Quero conhecer a Elena- Digo direta e reta

-Você está brincando?-Perguntou Caroline

-Não estou brincando Barbie. Quero conhecê-la, mesmo sabendo que ela está dormindo- Levantei encarando eles

-Leve ela até a Elena- Damon falou- Ela não vai mata-la

-Porque você quer conhecer ela?- Bonnie me olhou perguntando

- Ela é a duplicata da minha mãe, não a conheço, Elena por enquanto é a minha única opção- Digo quase que num sussurro o que surpreendeu até a mim.

Relutante Caroline me levou até onde o caixão da Elena estava, mórbido ter um caixão de alguém de casa mas né vou relevar. Com a pontinha aberta vi seu rosto, algo nela me fez ficar bem, esqueci por um momento aquela sensação de ódio que até poucos segundos atrás estava sentindo. Acariciei seu rosto imaginando minha mãe ali, vendo Elena tive a certeza do quão linda minha é.

Bulgária, 1495

Eu corria feliz pelo quintal da casa, apenas 5 anos e tudo parecia tão bom pra mim, não imaginaria o meu futuro em alguns anos. Ouvi um grito raivoso vindo de dentro de casa, meu nome foi gritada diversas vezes, parada na porta fui puxada com brutalidade

-Você não me ouviu te chamar sua idiota?- Minha vó disse com o sotaque Búlgaro

-Me..me desculpa vovó-Falei

Eu era tão inocente nessa época, tão quieta poderia até dizer que era a garotinha perfeita, mas mesmo assim minha avó não me valorizava, me tratava como lixo mesmo sendo uma menina de cinco anos

-Cale a boca- Falou me jogando no chão

Me calei nesse exato momento, segurando as lágrimas, sabia que seria pior se eu chorasse então não arriscaria.

-Sua mãe nunca terá você. Você nunca tera ela pra cuidar de você. ELA NUNCA TE QUIZ.Criança idiota- Gritou ela novamente

Sem ainda responder eu apenas me encolhi no canto, com mais medo dela. Mas tudo se calou, ela havia deixando meu quarto me deixando ali num canto com medo de tudo.

Minha vó é culpada plea garota que sou hoje

Mystic Falls:

Segurei minha lágrimas enquanto lembrava dessa cena. Me virei vendo Damon se aproximar só aí notei que Caroline estava mais aqui, ao lado do caixão havia uma lareira em frente algumas estacas, peguei essa estaca puxando Damon para um canto deixando ele entre mim e a parede.

-Gostou de ficar colada em mim?-Damon perguntou sorrindo sarcástico

-Você vai gostar disso- Falei enfiando a estaca em sua barriga vendo ele se agachar

-Vou pedir com educação dessa vez. Quero a ajuda de você e do Stefan com a minha mãe. Caso o contrário- Ameaço girando a estaca dentro

-Tão vadia quanto a mãe- Sussurrou com dificuldade

-Obrigada- Sussurrei de volta- Então, posso contar com você e o Stefan? Ou vou ter que apelar

-Eu te ajudo- Falou

-Ótimo, bom fazer negócio com você Damon- Joguei a estaca no jogo na lareira

-O que você vai querer?- Ele perguntou

-New Orleans- Virei as costas e sai

Na sala Alaric, Stefan, Caroline e Bonnie continuavam parados. Sentei no sofá novamente, vendo Damon se aproximar com a mão na barriga.

-O que você fez com ele?- Perguntou Alaric

-Apenas pedi com educação um favor. Aliás espero isso de todos- Sentei no sofá- Sei que odeiam a Katherine, mas ela é minha mãe, quero a conhecer assim como quero conhecer meu pai. Mas nada disso é sobre querer uma família. Mas sim uma vingança.

Eles escutaram tudo o que eu disse, prestando atenção em cada palavrinha. Algo neles me fez confiar e saber que me ajudariam

-Como saber se podemos confiar em você?- Stefan me olhou intrigado

-Confiem no meu pai- Falei levantando do sofá caminhando para a porta

-E quem é o seu pai?- Bonnie perguntou

-Elijah Mikaelson- Respondi batendo a porta atrás de mim

Não sei qual foi a sua reação e nem usei minha audição para escutar qualquer coisa que foi dito por eles. Agora mais do que nunca eu preciso beber. Fiz meu caminho para o Grill, esse lugar virou meu favorito da cidade. Sentei numa mesa esperando por algum garçom e quando ele veio pedi o que sempre parecia me deixar mais leve, logo ele deixou na mesa uma garrafa de Bourbon é um copo, seu olhar entregava acusação, revirei os olhos servido um gole no meu copo. Um homem bonito entrou no Grill, sentou na mesa ao meu lado. Olhei para ele sorrindo maliciosa o mesmo repetiu meu ato, saindo de sua mesa sentando na minha.

Ficamos conversando por um longo tempo, parecia um cara legal, mas na minha cabeça eu queria outra coisa, olhei para o seu pescoço e sua veia latejava, sorri voltando minha concentração a ele que falava sem parar.

Soltei seu corpo drenando o chão em um beco atrás do Grill, limpei minha boca suja de sangue, agora sim eu estava satisfeita. Olhei com desprezo paro o corpo do rapaz sem vida. Me agachei ficando cara a cara com ele

-Era bonito, mas pena que não calou a boca a tempo-Falei

  Levantei saindo dali. Esse será só o começo do que pretendo fazer e Mystic Falls


Notas Finais


Kisses!💟😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...