História Bad Liar - Kim Namjoon (Oneshot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster
Tags Aliendotaehyung, Bts, Colegial, Namjoon, Rap Monster, Romance
Visualizações 178
Palavras 1.417
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não esqueça de favoritar e deixar um comentário, é muito importante para mim!
Boa leitura :3

Capítulo 1 - Capítulo Único;


Fanfic / Fanfiction Bad Liar - Kim Namjoon (Oneshot) - Capítulo 1 - Capítulo Único;

É estranho dizer que me apaixonei por um professor? Se for, me perdoem. Mas você não imagina também como é o meu professor, ele se chama Kim Namjoon. O cara é lindo para uma porra, é um excelente professor de coreano e dono do meu coração, talvez até de outras coisas também...

Ele não é tão mais velho do que eu, ele tem 30 anos, uma bela idade. Porém, aqui na Coréia não é tão bem vista uma relação entre alguém de classe social diferente da sua. E não é bem vista pelos meus pais também né, já que vim do Brasil para Coréia do Sul sozinha e ainda tenho 19 anos.

Eu vim para a Seul no final de 2015, para trabalhar e aprender coreano, por meio de intercâmbio e desde então moro aqui. Foi complicado no começo, mas com a ajuda de algumas pessoas e do professor Namjoon, eu rapidamente já estava fluente e conseguindo me enturmar melhor com os coreanos.

Me lembro de ontem, o dia que meu professor quase me beijou, eu juro que quase infartei. Ele tem umas covinhas tão fofas e eu amo muito isso nele.

 

Flashback On...

 

Eu estava atrasada para a minha aula de coreano, mas eu não me importei, afinal, eu morava perto da escola. Peguei minha bicicleta, montei em cima da mesma e sai pedalando o mais rápido possível. Eu estava afim de me distrair, então coloquei o fone de ouvido e aumentei o volume da música. Olhei para o lado e tive quase que certeza que tinha visto Namjoon dirigindo um carro ao meu lado, mas era outra pessoa. Eu devia parar com essa loucura!

 

Cheguei na escola, estacionei minha bicicleta e a prendi com a corrente. Corri até a sala de aula e Namjoon já estava em suas considerações finais, toda a turma me olhou me repreendendo pelo o atraso. Perguntei se podia entrar e Namjoon, claro, permitiu a minha entrada e eu me sentei na última fileira envergonhada. O sinal bateu e todos se levantaram para ir ao intervalo, eu também me levantei, mas fui até a mesa de Kim Namjoon para esclarecer o meu atraso. Me curvei para o mesmo e ele sorriu. Que porra de sorriso é esse? Parecia que ele estava sorrindo maliciosamente para mim e eu não posso mentir, eu adorei sentir o arrepio que aquele olhar de reprovação causou em mim.

 

- Ah, senhorita S/n... - Ele me analisa enquanto se ajeita na cadeira- O que devo fazer com você?

Talvez me possuir? É só uma dica.

- Me desculpa, professor... - Me curvo novamente para ele- Eu perdi a hora, fui dormir tarde ontem a noite pois estava estudando para o exame de amanhã - Explico

 

Namjoon abre o diário da turma, onde fica nossas faltas e notas. Ele deslizou seu dedo indicador até o meu nome e analisou minhas faltas, tento dar uma olhada, mas ele fecha o diário no mesmo momento e muda sua atenção para mim.

- Bom, 3 faltas esse mês e uma delas foi em dia de avaliação - Ele me olha com reprovação novamente- Eu realmente não sei o que fazer com você, senhorita.

Eu juro que eu tento, tento fingir que não ligo para os sentimentos que tenho por ele, tento fazer isso desaparecer da minha cabeça, mas é impossível. É como a batalha de Tróia, não é nada sutil o que eu sinto por ele. Sempre fui péssima em esconder o que eu sinto. E eu não vejo nada de errado em desejar meu professor recém-divorciado.

- Professor, me desculpa. - Me sento na carteira a sua frente e cruzo minhas pernas- O senhor poderia me avaliar de outra forma?

Sei que isso ficou meio maldoso, talvez porquê a minha mente suja sugeria isso, mas também desejo que ele me entenda e me dê outro exame, não quero reprovar na matéria dele.

- Eu vou avaliá-la, mas terá que se esforçar bastante pois não farei nada fácil para você - Meu professor diz guardando seus materiais em sua pasta novamente

- Tudo bem, prometo que darei o meu máximo para deixá-lo orgulhoso - Sorrio animada para ele

- Ora, me deixar orgulhoso? - Ele parece surpreso

- Sim. Você é um excelente homem, digo, professor - Sinto minhas bochechas corarem e Namjoon se levanta de sua cadeira e para em minha frente, se inclinando e deixando nossos rostos próximos.

- Você tem quantos anos mesmo? - Namjoon pergunta enquanto observa meus olhos

Meu olhar se direciona para seus lábios avermelhados que estavam bem próximos de meu rosto, eu suspiro e acabo por morder meu lábio inferior ao vê-lo subir sua calça.

- 19. - Solto um suspiro e ele se afasta arrumando o cinto de sua calça

- Ótimo. - Novamente ele solta um sorriso malicioso e pega suas coisas- Vá amanhã em minha casa depois da aula, te avaliarei lá.

Ele simplesmente disse isso e saiu, me deixando com o coração acelerado e quase tendo falta de ar. Caralho! Como pode ser tão sexy e safado sem nem ao menos se esforçar para ser, quem seria a doida que se divorciaria desse homem?!

 

{...}

 

Flashback Off...

 

E aqui estou eu, deitada em meu quarto que parece 10 vezes maior do que costuma ser. Se meu professor quisesse usar ele para me avaliar, eu emprestaria sem nem ao menos exigir aluguel.

 

Me levanto da minha cama e vejo que está na hora de ir para casa de meu professor, pego minha mochila e vou caminhando até a casa do mesmo.

 

Chegando lá, toco a campainha e aguardo o mesmo aparecer. 3 minutos depois ele aparece apenas de regata branca e uma calça moletom, era uma tarde de verão, então ainda estava claro o céu. Ele me convida para entrar e assim eu faço. Tiro meus calçados e me sento em seu sofá, ele me oferece um refrigerante e eu aceito.

- Pronta? - Ele pergunta e eu me arrepio pensando no que poderia acontecer ali

- É... Hum... Acho que estou... - Dou um risinho envergonhada e ele se senta ao meu lado colocando sua mão em meu ombro.

- Vai ser rápido e tenho certeza que você vai gostar, é uma matéria gostosa. - Ah, aquele sorriso ladino dele... Nossa! Suas covinhas estavam à mostra e eu estava quase arreganhada para ele, esperado que ele quisesse me possuir.

- Estou louca para começar - Molho meu lábios com minha língua

 

Meus sentimentos estão em chamas, sinto como se minha pele estivesse queimando, eu estou tão feliz por dentro que se eu morrer hoje, eu vou morrer feliz da vida. Seu toque foi como uma pílula da felicidade, eu acho que sou uma péssima mentirosa, porque eu tento esconder o quão interessada nele eu estou, mas fica evidente que está quase escrito na minha testa: “Me possua, caralho!”

Ele está roubando toda a minha atenção, mas minha mente me leva para outro lugar. Namjoon está me explicando a matéria, mas a única coisa que eu estava conseguindo fazer era olhar para seus lábios, eu juro que estou prestes a cometer um erro.

 

Ah, que se foda! Ele estava investindo também, então ele está tão interessado quanto eu, certo? Então eu vou me jogar. Vou atacá-lo, afinal, estamos só nós dois aqui. Não tem como ele fugir do meu poder de sedução, eu acho.

 

Me inclino para frente, o fazendo parar de falar e me observar surpreso. Fecho os meus olhos e faço biquinho na intenção de que ele corresponda, até que... Ouço um barulho vindo da cozinha. Abro meus olhos assustada e logo vejo a esposa do Namjoon invadir a sala vestido com um avental.

- Olha só, essa é a S/n? - Ela pergunta sorrindo para Namjoon e ele assente com a cabeça sem graça- Namjoon falou muito bem de você! Vai ficar para o jantar?

O QUE? COMO ASSIM? MINHA AMIGA DISSE QUE ELE ESTAVA DIVORCIADO! AH, QUE MICO!

Me levanto rapidamente e pego minhas coisas, sem saber aonde enfiar minha cara, apenas vou até a porta e eles me observam confusos.

- Está tarde, tenho que ir para casa. Eu termino em casa, obrigada. - Digo e saio porta fora, sem olhar para trás.

Está doido? Ele é bonito, mas eu não vou ficar com um homem casado! Aish, que vergonha. Queria ser um avestruz para cavar um buraco e esconder meu rosto dentro do mesmo. Depois disso, aprendi a nunca mais tentar dar o primeiro passo.


Notas Finais


Fim. Espero que tenham gostado, não esqueçam de favoritar :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...