História Bad Luck - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Jay Park, Lu Han
Personagens BamBam, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae+yugyeom, Bambam, Bangtan Boys, Blackpink, Duddahh, Got7, Jackbam, Jackson, Jeon Jungkook, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Markjin, Min Yoongi, Namjin, Originais, Park Jimin, Rap Monster, Suga, Vhope, Yoonmin, Yoonminkook, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 17
Palavras 3.326
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLO, HELLO, HELLO!

Quem está vivo sempre aparece não é mesmo?

RSRSRS
CAPÍTULO NOVO, EEEEEEEEEEE, FINALMENTE HEIN DUDDAHH!



LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 2 - Colégio Interno SÓ Para Garotos?


Fanfic / Fanfiction Bad Luck - Capítulo 2 - Colégio Interno SÓ Para Garotos?

Nesse momento estamos eu, Yugyeom e Lisa sentados no fundo da sala conversando sobre coisas idiotas, mas são coisas tão idiotas que se eu tentasse explicar o grau de idiotice acho que... Bom, não dá nem pra explicar o grau de idiotice, nós três já fizemos nossas apresentações, e eu juro, o professor quase me estrangulou quando terminei de falar, acho que ele só não o fez por pena e por ser amigo dos meus pais, porque preso ele não seria, eu sou tipo uma espécie em extinção, mas eu sou aquele tipo de espécie em extinção inútil, com o qual ninguém se importa, então ele não seria preso se me matasse, já que a lei não se importa, mas também não é como se ele fosse me matar, ele não é um assassino, ou é? Olhei em direção ao professor Kim Won-ho, esse que explicava alguma coisa chata no grande quadro negro, que na verdade é verde, também chato preso a parede branca, Won-ho parece um velho, isso porque ele tem 30 anos, ele se veste como velho, fala como velho, anda como velho, ri como velho, se mexe como velho, enfim, ele é um velho, mas não é como se eu me importasse com isso, todos os outros professores são velhos mesmo, pensando bem ele me lembra muito um assassino, acho que ele seria capaz de matar alguém, mas não tenho certeza disso.


-Gente... -Chamei tendo como resposta apenas um "Hum" indiferente e desinteressado.


Parece que cortar a conversa mais idiota do mundo não é a melhor coisa a se fazer, ainda mais quando são seus melhores amigos que estão a tendo, Yugyeom está confirmando isso com o olhar que o mesmo está me lançando, sabe, as vezes eu tenho medo dele, as vezes penso que ele pode arrancar meus olhos com um hashi, o que não seria muito difícil de acontecer.


-Vocês acham que o professor Won-ho é um assassino? -Perguntei fitando os olhos de ambos, esses que me olhavam pensativos, Lisa na frente de Yugyeom e eu ao seu lado, o ruim é que ficamos em fileiras diferentes.


-Você é burro Junsu? -Perguntou Lisa com um tom de sarcasmo em sua voz- É óbvio que ele é um assassino!


-Aish, vocês são tão idiotas! -Advertiu Yugyeom dando um tapa em sua própria testa- Ele só é um professor honesto e estranho, só isso!


-Ai! Viu! Ele é estranho! Kim Won-ho é um assassino! -Afirmei apontando o dedo indicador no rosto de Yugyeom.


-Sério? E por que você acha isso Junsu? -Aquela voz rouca e um tanto esganiçada entrou em meus ouvidos passando direto por meu cérebro, esse que mandou o estímulo de um arrepio terrível até minha espinha, fazendo todos os meus pelos se eriçarem.


-Won-ho, meu amigo, então você está aqui... -Soltei uma risada forçada voltando minha atenção para Won-ho, todos na sala me encaravam como se eu tivesse cometido o pior crime do mundo, merda, vão me zoar o resto do ano, como somos mais íntimos por ele ser o melhor amigo do meu Appa, Won-ho me chama de Junsu e eu o chamo de Won-ho- Nós... -Olhei para Yugyeom e Lisa, esses que me encararam com desespero ao ouvirem o "Nós", Won pode ser novo e parecer um velho, porém é um dos professores mais severos desse colégio, suspirei pesadamente voltando minha atenção para o mais velho que me encarava com raiva no olhar, acho melhor eu já me preparar psicologicamente pra minha nova suspensão- Eu te acho estranho, então quando você quase me estrangulou comecei a pensar na possibilidade de o ver matando alguém, o que não parece muito difícil de acontecer, já que você parece odiar a tudo e todos, e tenho certeza de que todos aqui concordam comigo, eles apenas tem medo de admitir.


Won respirou fundo e fechou seus olhos, acho que ele está tentando se controlar, sabe, só pra não acabar me atacando -Sr. Kim Junsu, recolha seu material e vá para a diretoria, você está suspenso!- Droga, eu sabia! Sabia que ficaria suspenso, justo no primeiro dia de aula, merda.


Já até imagino meus pais me espancando e me xingando, ter Kim Jaebeom como Appa e Kim Lu Han como Omma é um tanto quanto estressante, Appa e Omma vivem pegando no meu pé com esse negócio de boas notas e esses caralho tudo aí, mas gente, eu tenho 17 anos, preciso curtir a vida, senão, de que adiantaria estar vivo? Suspirei me levantando da cadeira, como eu sou uma pessoa muito estudiosa, não tirei meu material de dentro da mochila desde que cheguei na sala de aula/câmara de tortura, peguei minha mochila jogando sua alça direta sobre o meu ombro direito, caminhando furiosamente até a porta e, antes de sair daquele porre, me virei olhando uma última vez para Won-ho, esse coiso vai falar um monte de merda pros meus pais, já tô até vendo, sai da sala e fui, praticamente, correndo para a diretoria, não tô afim de ouvir Won-ho falando sobre as responsabilidades de um homem, isso porque as responsabilidades de um homem não tem nada a ver com o assunto pelo qual estou sendo suspenso, assim que adentrei aquele local sujo, que fedia a café e cc, fiquei paralisado no lugar ao ver uma mulher linda conversando com a sra. Ymu, a mulher era loira, a pele dela era branca, mas não muito, ela também tinha uma pinta em baixo do olho esquerdo, não muito chamativa, mas que dava um charme a mais pra ela, usava um shorts de cintura alta preto, um blusão branco e um All Star azul meio fosco, eu não entendi direito qual era a finalidade daquela faixa vermelha na cabeça da mulher, mas mesmo assim gostei, o problema é que ela parecia ser mais velha que eu e eu não gosto de relacionamentos onde sou o mais novo.


-Se você está pensando em tentar alguma coisa com ela, já pode ir tirando os olhos, ela é a minha mulher! -Won-ho disse aparecendo ao meu lado, dei um pulo no lugar, da onde esse capiroto saiu, véi?


-Ela é... Ela é sua mulher? -Perguntei sem acreditar, como ele conseguiu alguém como ela? É, opostos se atraem.


-É sim, minha mulher... -Sorriu orgulhoso de si mesmo, estufou o peito e mandou uma piscadela pra moça, que sorriu sem graça- Kim Hyuna, ela tem 25 anos e nunca ficaria com alguém como você, coisa estranha!


Fiz a melhor reação indignada que eu pude ao ouvir o insulto, respirei fundo pronto para devolver a altura -Eu sou a coisa estranha? E você? Seu assassino velho!- Agora é verídico, tô fodido.


-Como ousa seu pirralho? Só por isso, vai ficar suspenso a semana toda! -Disse já indo falar com a sra. Ymu para ela ligar pros meus pais.


-Ainda bem, assim, não preciso ficar olhando pra essa sua cara feia! -Mostrei a língua pra ele, mesmo sabendo que ele não veria por estar de costas pra mim.


Calmamente, fui em direção a uma das cadeiras da sala de espera do colégio, me sentei jogando a mochila ao chão, sem me preocupar com algo quebrável que estivesse dentro da mesma, peguei meu celular em meu bolso desbloqueando-o rapidamente, procurei por entre meus diversos aplicativos, com a qual a maioria eu não uso, o KakaoTalk, avistando-o ao lado do Facebook, cliquei então no app que eu mais uso no momento, logo entrando no grupo criado por Jackson, "Problemáticos", onde estão as seguintes bestas: Kim Taehyung, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Min Yoongi, Park Jimin, Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Park Jinyoung, Choi Youngjae, Jackson Wang, Kim Yugyeom, Lalisa Manoban e Jennie Kim, mandei uma mensagem já sabendo o que viria a seguir.



~MENSAGEM ON~



Eu_

Hello gente!


Yugie_

Caralho você tá bem?


POR FAVOR ME DIZ QUE ELE NÃO TE MATOU!


Lisa_

Tu tá vivo né disgraça?


Não é entidade nem nada do tipo nénon?


Eu_

CALMA CARAIO!


É claro que eu tô vivo, Yugyeom!


E nem existe esse negócio de entidade Lisa!


JaeJae_

Tu não fala assim com o meu bebê, desgraçado! 


Não é culpa dele que você foi pra diretoria! 


Eu_

Tecnicamente Youngjae, a culpa é sim do seu namorado.


Yugie_

Ok, ok, ok, talvez eu tenha errado em não falar que eu e a Lisa também estávamos envolvidos nessa trama toda aí, mas o mais errado foi você Junie, QUEM MANDOU VOCÊ FALAR QUE O PROFESSOR ERA UM ASSASSINO?


Eu_

Meu subconsciente.


Yugie_

Idiota.


Jacks_

Tá, chega né gente, olha só, assunto importante agora, eu quero muito pegar o aluno novo!


Eu_

Que aluno novo?


Jiminnie_

E desde quando isso é importante?


Jenniezin_

O Baekhyun, da nossa sala.


Jiminnie_

Por que isso é importante?


Coelho_

Quer dizer que o Jackson quer pegar esse tal de Baekhyun?


Jiminnie_

ALGUÉM ME EXPLICA PORQUE CARALHOS ISSO É IMPORTANTE?


Jacks_

Claro! Puta gostoso do caralho!


Jiminnie_

Affes, desisto.


Tae_

Ah, oi Chiminnie!


Jiminnie_

Vadia!


Açúcar Azedo_

Ô SEUS PORRA, SERÁ QUE DÁ PRA CALAR OS DEDOS?


EU QUERO DORMIR CARALHO!


MAS QUE INFERNO TIO!


SE É LOKO MANO, NÃO PODE NEM DORMIR MAIS!


Eu_

Yoongi, tu tá dormindo na faculdade?


Pink Princess_

Ele sempre dorme na faculdade ¯\_(ツ)_/¯


Eu_

Vou contar tudo pro Omma, cê vai ver só! 


Açúcar Azedo_

Conta, tô pouco me fodendo.


Lisa_

Gente, vocês magoaram o Jimin.


Coelho_

Amor?


Jiminnie_

VÃO TUDO SE FUDE!


Tae_

Ui violenta!


Yugie_

Idiotas.


Eu_

Tchau povo, eu não quero ficar de vela enquanto o Jungkook tenta acalmar o Jimin, vou ir pra minha casa ficar uma semana inteira suspenso que eu ganho mais!



~MENSAGEM OFF~



Suspirei pesadamente sabendo que mais tarde teria de consolar Yoongi Hyung, Jimin e Jungkook são dois idiotas mesmo, será que eles não podem ficar espalhando o amor deles em outro lugar? Tem que ser justo na frente do Hyung?, mudei o volume do meu celular para mudo, guardando-o novamente em meu bolso, não quero ter que ficar ouvindo aquele "Ote" de quando chega mensagem no KakaoTalk, não muito tempo depois avistei meu Omma e Appa entrando pela porta da diretoria, suspirei audivelmente engolindo em seco com o olhar mortal de meu Omma sobre mim, eu acho que dessa vez não sobreviverei pra contar a história, peguei minha mochila do chão colocando ambas as alças sobre meus ombros, Omma veio até mim cruzando os braços como sempre fazia quando estava irritado ou com raiva de algo ou alguém, tive que conter o riso quando Appa ficou atrás do Omma imitando todos os movimentos deste.


-Junsu! Você não tem vergonha na cara? Uma semana de suspensão! Como você pôde chamar seu professor de assassino!? Qual é o seu problema moleque? Hoje eu te mato! Quando chegarmos em casa, você vai apanhar de cinto! -Omma falava gesticulando com os braços e, logo atrás de si, Appa imitava seus movimentos, só que exageradamente, me fazendo querer rir- Não é Amor? Fala pra ele que ele está errado, aja como Appa uma vez na vida e não seja uma criança!


-Você chamou seu professor de assassino, Junsu? -Appa perguntou parando ao lado de meu Omma, fingindo estar sério.


-Sim Appa...


-Caraca filho, você é foda! -Falou erguendo a mão em punho, ergui a minha também, assim nos dando a chance de fazer um "toquinho", e foi o que fizemos, Omma encarava tudo indignado.


-Seu idiota! -Advertiu dando um tapa no braço do Appa- Eu falei para você brigar com ele, não para falar que ele é foda! Aish, vamos embora!


Esbravejou começando a pisar forte em direção a porta de entrada da diretoria, eu e meu Appa nos entreolhamos rindo baixo antes de começar a seguir o Omma, Appa é muito brincalhão e infantil na maior parte do tempo, menos quando o assunto em questão é sobre a empresa do Vovô, que agora é dele, ou outra coisa mais séria, já o Omma, bom, Omma tem pavio curto e é extremamente bravo, tudo e qualquer coisa o irrita, só á alguns momentos em que ele está mais calmo e brincalhão, que são quando damos chocolate pra ele, tirando isso, ele é o mesmo bravinho de sempre, respirei fundo passando pelo portão de entrada do colégio, o Omma nos esperava dentro do carro, Appa e eu acabamos suspirando, já sabíamos o que estava por vir, entrei no carro me sentando no banco da janela, fechei a porta assim que o Appa entrou no banco do motorista, Appa fechou a porta dando partida no carro, já ia me antecipar e pedir desculpas ao Omma, mas o Appa foi mais rápido.


-Amor, nos desculpe, a gente só estava brincando, e não tem porque ficarmos bravos com ele, é super normal um garoto da idade dele falar esse tipo de coisa, eu já falei coisas piores pros meus professores, ele só falou uma coisa um pouco infantil, só isso, o Won-ho que é um idiota de merda por dar uma semana de suspensão pro Junsu só porque ele é meu filho, você sabe muito bem que mesmo o Won sendo meu amigo ele ainda me odeia por ter ganho a empresa do meu Appa e ele não ter ganho a do Appa dele. -Eu já falei que eu amo o meu Appa, pois então, eu amo o meu Appa, esse cara me protege e defende de um jeito sobrenatural, cara, eu sempre vou amar meu Appa.


-Eu sei disso tudo Jay, mas logo na primeira semana de aula ele é suspenso! -Omma bufou bagunçando seu cabelo- Foi assim no ano passado e olha só onde ele está agora! Ele repetiu de ano! Você entende isso Jaebeom? Se ele repetir de novo o que você vai fazer? Vai fazer carinho na cabeça dele? É isso? Ele já não é mais um bebê Jaebeom, e você precisa entender isso, ele tem que ter responsabilidade, mas ele não tem responsabilidade com nada, como você quer que ele seja alguém responsável, forte e inteligente quando maior? -Puta merda, o negócio tá sério mesmo, o Omma nunca chama o Appa de Jaebeom, é sempre Jay ou Amor, ou aqueles outros apelidos melosos de casais, Appa gosta que todos o chamem de Jay Park, porque é o apelido dele de quando ele era rapper nos Underground's da vida, o Park é porque esse é o sobrenome de solteiro do Appa, ter o Omma chamando o Appa de Jaebeom não é nada bom.


-Jaebeom? Porra, o negócio tá sério mesmo, hein... -Suspirou desanimado engolindo em seco- Bom, já que você quer que eu seja mais severo com ele, e já que você acha que um adolescente de 17 anos precisa ter a responsabilidade e os problemas de um adulto de 30 anos, eu vou manda-lo pro mesmo colégio interno só para garotos onde meus pais me colocaram pra mim criar toda essa responsabilidade absurda e esses problemas idiotas, agora você está feliz? Espero que esteja, porque eu não vou mudar minha decisão.


-J-Jay, eu não disse isso! -Omma começou a ficar nervoso, assim como eu, QUE PORRA É ESSA DE COLÉGIO INTERNO? PRA PIORAR, UM COLÉGIO INTERNO SÓ PARA GAROTOS? -Não precisamos mandar o Junsu para um cole-


-Essa foi a minha decisão e ninguém irá mudá-la, essa semana mesmo Junsu já estará matriculado no meu antigo colégio interno, dessa vez você vai ficar satisfeito com as porras das responsabilidades e dos problemas idiotas e sem sentido que eles darão pro seu filho, Luhan. -Appa disse sério, sem tirar os olhos da rua.


-Appa, como eu vou ter alguma namorada se lá só tem garotos? -Perguntei já querendo chorar pela idiotice que meu Appa estava cometendo.


-Simples, não namorando, como eu já estudei no colégio que irei te mandar, vai ser mais fácil pra mim te colocar lá dentro, quero que deixe suas coisas arrumadas, talvez amanhã ou depois de amanhã mesmo eu já te mande pra lá. -Avisou virando a esquina de casa.


-Pera... Eu vou morar lá? -Omma deu um pulo no banco olhando pro Appa com indignação.


-Ele vai morar lá? -Omma.


-Sim, o colégio fica localizado em um espaço muito longe de qualquer civilização ou cidade, é como uma fazenda, só que gigante, claro que você poderá usar wifi, celular, notebook e todas essas coisas, porém não poderá sair de lá, o colégio tem o famoso toque de recolher e se te pegarem fora do quarto depois do toque você fica uma semana sem acesso a tudo que seja tecnológico, nós teremos que te visitar uma vez por semana, no dia da visita, e o colégio fica no meio de uma floresta densa, não dá pra se perder, mas é possível conseguir um tempo longe dos professores, monitores ou tutores se você souber onde se esconder, vão te explicar tudo quando estiver lá. -Explicou estacionando o carro em frente a nossa casa- Eu juro que não queria te mandar pra lá, mas seu Omma não me deu outra escolha, lá não é um lugar ruim, fiz boas amizades, amizades que carrego comigo até hoje, eu prometo, Junsu, que se você não conseguir se dar bem lá, poderá voltar pra casa, mas quero que você tente, por favor, não faça por mim ou por seu Omma, faça por você.


Não aguentando mais ouvir aquelas merdas, saí do carro as pressas puxando minha mochila junto a mim, bati a porta daquela lata velha em um baque correndo em direção a porta de casa, eu sabia que eles ficariam naquele carro discutindo por um bom tempo, e eu sei que não quero participar disso, entrei em casa batendo a porta igualmente ao que eu fiz com a do carro, subi as escadas as pressas, eu sei que ele não está fazendo isso porque quer ou porque ele se sente bem assim, mas isso vai estragar a minha vida, eu vou ficar longe dos meus pais, dos meu irmãos e dos meus amigos, e eu sei que em colégios como esses aqueles que não obedecem apanham, já tiveram até casos onde adolescentes foram estuprados e molestados, eu não preciso disso pra minha vida, não mesmo, entrei em meu quarto batendo a porta atrás de mim, joguei minha mochila em qualquer canto antes de me jogar sobre a cama, abracei meu travesseiro pensando em para qual dos meus irmãos patetas eu daria a notícia primeiro, decidi que seria para o mais velho entre nós, no caso, o Yoongi, peguei meu celular em meu bolso desbloqueando-o rapidamente, comecei a procurar entre os aplicativos diversificados que se encontravam espalhados em pastas inúteis, achando o KakaoTalk novamente ao lado do Facebook, cliquei no aplicativo de logo amarela, logo indo atrás do nome "Suga" na lista de contatos, no grupo o nome do Hyung foi salvo como "Açúcar Azedo", mas no nosso chat particular está como "Suga", ao invés de mandar uma mensagem pra ele, decidi que ligaria, então me sentei na cama ainda abraçado ao meu travesseiro, eu sabia que ele entenderia que a situação era séria assim que atendesse, afinal, eu quase nunca ligo pra ele, só ligo quando Omma ou Appa pedem, iniciei a chamada levando meu celular até minha orelha, esperando assim o mais velho atender, o que não demorou muito.



~LIGAÇÃO ON~



-Hyung... -Chamei com a voz abatida, recebendo como resposta um suspiro desanimado.


-O que aconteceu? -Perguntou desconfiado, ele já sabia que a bosta era grande.


-Appa vai me mandar para um colégio interno só para garotos... -Assim que terminei recebi apenas silêncio do outro lado da linha, até Yoongi não conseguia acreditar.


-Bom, você obviamente está fodido, porque tipo, se ele tomou essa decisão, ninguém vai conseguir mudar a cabeça dele, você sabe disso certo? -Suspirei em resposta, e parece que o Hyung entendeu já que continuou falando- Claro que eu vou tentar convencer ele a mudar de idéia mas, por favor, não tenha esperança de que vá funcionar, porque também é bem óbvio de que não vai funcionar.


-Porra Hyung, seu incentivo é como uma flecha com fogo nas minhas costas, você podia ser mais legal né? -Suspirei me jogando na cama- Mas de certa forma você está certo, ele não vai mudar de idéia facilmente... Tudo bem, pelo menos tente ok? Por mim! Agora, eu tenho que ir, tchau Hyung.


-Vou tentar, prometo, tchau Junie. -E nesse momento eu tenho certeza que o Hyung sorriu.



~LIGAÇÃO OFF~



Bufei jogando meu celular na cama, será que minha vida nunca vai melhorar? Vai ser sempre a mesma merda? Bom, eu espero que não... Appa disse que fez amizades que ele carrega com ele até hoje, pelo menos isso eu espero conseguir por lá.


Já que vou ter que passar um tempo nessa merda... Que venha colégio interno.


Notas Finais


Bom gente, eu andei pensando seriamente e decidi que vou TENTAR atualizar essa fanfic todas as segundas e/ou terças feiras, quero deixar claro que se eu for postar na terça eu vou postar só de noite.

Espero que estejam gostando da história porque eu realmente estou me esforçando ao máximo para escreve-la para vocês!

Desculpem qualquer erro, tentei deixar o mais correto possível.





BEIJO NA BOCHECHA ESQUERDA E ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...