História Bad Princes - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gay, Principes, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonseok
Exibições 47
Palavras 4.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leiam as notas finais, obg <3


Boa leitura ^^

Capítulo 2 - Conheça os BadBoys...


 E um novo dia já tinha se formado, e deitado na cama estava Jungkook, havia acabado de acordar e no momento que abriu os olhos suspirou, pois sabia o que o aguardava. Fez um esforço para a frente e agora encontrava-se sentado em sua cama. E nesse momento olhou ao redor de seu quarto; Repleto de moveis caros, pôster de suas bandas e grupos e... E malas que estavam num canto do quarto.

Jogou-se na cama, deitando-se novamente, e agora estava preocupado. Ele iria para um lugar aonde provavelmente haveria pessoas que seriam reis e rainhas renomados e ele seria só mais um ali, e pior ainda... Se não conseguisse fazer nenhum amigo, ou se não conseguisse arrumar alguma namorada ou pior ainda... Ser um desses príncipes exilados, como alguns dos meninos da sua escola.

Tais pensamentos amedrontavam Jungkook, tais pensamentos o deixaram menos confiante. O que faria? O que faria para ser o mais popular, o mais pegador e tudo mais ? Em seus pensamentos, deveria agir de forma arrogante, sempre demonstrando a sua riqueza. Afinal de qualquer forma, Jungkook é lindo e é herdeiro de um dos países mais ricos economicamente.

E com isso, sua confiança voltou novamente, daria tudo certo.

(...)

Banho tomado, roupa vestida, cabelo arrumado e maquiagem feita. Jungkook estava pronto para a sua ida ao tal lugar que lhe ensinaria a ser um '' príncipe de verdade ''. E agora, estava olhando-se no espelho enquanto arrumava sua gravata, para si, no máximo era o cara mais gostoso e sex do mundo. ''Se eu visse um reflexo meu na rua, eu pegava mesmo sendo hétero ''Pensou Jungkook.

Sorriu orgulhoso de sua aparência, e escutou alguém bater na porta, o mesmo só disse '' pode entrar '', e em questão de minutos a pessoa que atrás da porta entrou, era a sua mãe junto com seu pai.

- Meu filho, esta tão lindo - Disse a mãe em puro tom de alegria, mas logo esse tom logo foi se tornando triste - Irei sentir sua falta... Meu amor - A rainha caminhou ate Jungkook e deixou um beijo em sua testa - Mamãe ama você... -  A rainha sorriu e se afastou.

- Meu filho... Estou orgulhoso, por favor não me decepcione, acredito em você - Disse o rei, Jungkook nada respondeu, então o rei continuou - O carro já esta lá embaixo o esperando para leva-lo ao aeroporto, o seu local de destino é a Inglaterra err, sentirei sua falta - Disse o rei enquanto olhava o lado.

- Também sentirei sua falta, papai... É um pouco longe, não acha ? - Perguntou Jungkook olhando para seu pai, que na mesma hora revirou os olhos e deu um sorrisinho de lado

- Sim, mais é um castelo bem grande, e ai meu deus você vai amar e... É melhor você ir, todas as suas coisas já estão guardadas no carro - Disse o pai Jungkook apenas afirmou e olhou em direção ao motorista que o aguardava.

Caminhou até seu pai e sua mãe, dando-lhes um abraço apertado e cheio de sentimento. Após isso, caminhou até a porta de saída sendo acompanhado pelo seu motorista, e antes de seu motorista fechá-la, jungkook olhou para traz e viu seus pais acenando para sí. O mesmo sorriu e deixou a porta ser fechada.

( ... )

Depois do carro tê-lo deixado no aeroporto e toda sua bagagem ter sido colocada em seu avião particular, Jungkook entrou no mesmo e sentou na poltrona mais confortável que podia haver ali, e enquanto o voou se iniciava, permitiu-se dormir, seria uma longa viajem de mais ou menos 11 horas, teria que chegar bem-disposto até o local.

E assim fechou seus olhos, permitindo-se se perder no mundo dos sonhos e expectativas, livrando-se um pouco das confusões e preocupações que rondavam sua cabeça, permitiu-se relaxar.

( ... )

Jungkook estava loucamente retocando a sua maquiagem tentando pelo menos esconder a sua cara de cansado. Havia sido uma longa viajem e agora estava dentro do carro que o levaria para a tão falada escola. O que o irritava era que sempre a dominavam de '' escola '', '' aquela droga não tem a porra de um nome não '' pensou Jungkook.

E agora estando a caminho dela, Jungkook sentiu uma pontada de saudade de seus pais,  e de alguns amigos seus, que parando para pensar, nem eram seus amigos de verdade. Jungkook era do tipo de pessoa que vivia dando presentes para as pessoas, ou seja, estavam com ele apenas por interesse.

E assim, Jungkook foi despertado de seus pensamentos, quando o carro parou e a porta foi aberta. Passou pela porta e levantou-se observando a vista que havia a sua frente, e meu deus do céu... Pra Jungkook, aquela '' escola '' era linda demais.

Na frente de seus olhos havia uma enorme construção, enorme mesmo, um castelo tipo daqueles de príncipes e princesas, tentava ver o final tanto da largura quanto da altura, mas era algo impossível em seu pensamento, era alto de mais. ( /Imagens do castelo nas notas finais )

Olhou para traz, e viu que o seu motorista havia ido embora com o carro e que suas coisas estavam no chão, olhou para os lados e não vi ninguém. E agora? O que faria? Essas eram as perguntas que rondavam por sua cabeça. '' Ok, ok jungkook... Lembre-se de que você é um Badboy que fora mandando para uma escola de príncipes e princesas perfeitos, aja como se não se importasse, meta o foda-se '' Pensou Jungkook, e logo suspirou e abriu a porta que estava em sua frente.

Ao passar pela porta, fechou-a de forma grosseira e isso causou um barulho um pouco alto e quando olhou para a sua frente, varias pessoas - que deviam ser estudantes - o olhavam assustados. Jungkook, apenas disse '' perderam alguma coisa '' e fez uma cara arrogante, os demais alunos reviraram os olhos e voltaram as suas atividades.

Jungkook não sabia o que fazer a partir dali, e começou a andar observando o local, mais ai se lembrou de suas coisas e isso o deixou preocupado, mas estava numa escola para futuros reis e rainhas, ninguém iria rouba-las até por que isso seria muito perigoso para quem quer que fosse a pessoa. E tal pensamento o deixou tranquilo, mas agora precisava decidir o que faria daqui para frente.

Como era uma escola, deveria ter alguma coordenação ou direção, então voltou a andar para observar o local. A cada passo que dava, percebeu que o castelo era bem adaptado a tecnologia assim como percebeu que devia ter poucos alunos ali. E enquanto ia andando, sentiu algo ir rapidamente ir contra o seu peito, o fazendo o cair.

Abriu os olhos e olhou o que estava acima de si, era um cachorro que nunca havia visto na vida.

O cachorro o lambia, o cheirava, fazia de tudo com Jungkook, enquanto o mesmo tentava tira-lo de cima de si e tentava se levantar. Até que depois de tanto lutar para tira-lo de cima de si, Jungkook parou por cansaço, logo sentindo o peso do cachorro diminuindo, alguém o havia tirado de cima.

- Me desculpe pelo meu cachorro - Disse um garoto que usava a farda da escola, provavelmente mais um dos estudantes, mais é claro que Jungkook não ia deixar aquilo passar a limpo. Levantou-se rapidamente, e olhou no fundo dos olhos castanhos do garoto.

- Desculpa? Você é alguém imbecil de deixar esse cachorro andando por ai atacando as pessoas ? - Falou de forma grosseira, ignorante ate demais. O outro garoto o olhou desacreditando no que acabará de ouvir, dando um pequeno sorriso de deboche.

- Você sabe com quem esta falando, menininho ? - Perguntou o garoto com uma postura arrogante, enquanto deixava seu cachorro no chão. Jungkook apenas revirou os olhos e respondeu:

- Não sei, não me importo e tenho raiva de quem sabe - Disse Jungkook fazendo o outro soltar novamente um sorrisinho de deboche enquanto revirava os olhos.

- Sou Kim Taehyung, herdeiro do trono da Coreia Do Sul, tome cuidado como fala com as pessoas, não tem noção do quanto sou poderoso - Disse Taehyung em puro tom de arrogância e desafio. Tais palavras e tais posturas impostas por Taehyung, causaram um ataque de riso em Jungkook.

- Coreia do Sul ? - Mais risos - Sabe quem eu sou? Provavelmente não... então direi. Sou Jeon Jungkook, herdeiro do trono do Japão, você é engraçado Kim Taehyung ! - Disse Jungkook enquanto estava umtapinha no peito de Taehyung- Eis herdeiro de um trono de um pais emergente e fica se achando por ai, faça-me o favor - Disse Jungkook enquanto mais e mais risadas saiam de sua boca.

- Vai tomar no meio do céu cu, Jeon - Disse Taehyung que estava possesso de raiva por tais palavras que saíram da boca de Jungkook, não sabia mais o que dizer, mais sabia o que faria.

- Vai você que está mais acostumado - Disse Jungkook, enquanto encarava Taehyung vitorioso, tinha sido uma boa resposta. E com tais palavras ditas, ouvia-se uns '' Wow '' sendo pronunciados por algumas pessoas a sua volta, estavam o tempo todo sendo observados por outras pessoas.

- Você me paga, Jeon Jungkook - Disse Taehyung enquanto apontava o dedo indicativo para Jungkook e logo virava-se para ir embora. Jungkook apenas fez uma cara de inocência, e acenou para Taehyung. Voltou a olhar ao redor, e viu que aos poucos os estudantes estavam saindo, porem ainda tinha uns que o observavam.

-Vejo que já chegou causado na escola, Jeon - Disse uma mulher de meia idade que se encontrava ali o observando.

- Se não fosse pra causar, eu nem tinha vindo então - Disse Jungkook em tom de arrogância. A mulher apenas abaixou a cabeça e deixou um sorriso escapar.

- Seja bem-vindo a escola, sou a diretora Rose, me siga que eu irei te explicar algumas coisas da escola - A direto falou e logo virou-se andando para a frente, Jungkook apenas disse um '' tá '' e passou a seguir a diretora.

A diretora e Jungkook, já estavam andando a um bom tempo pelos locais sem falar uma única palavra, Jungkook já estava cansado disso, ate por que não era legal ficar andando ao lado de uma inglesa ou britânica com uma cara séria como se estivesse te levando para um enterro.

- Pronto, vamos começar conversar - A direto falou abrindo uma porta, que tinha escrito '' diretoria '' , logo entrando e abrindo passagem para Jungkook passar, o mesmo fez isso e logo viu ela se sentando e indicando uma cadeira que ficava a sua frente.

A sala em que estavam era chique demais, parecia que cada móvel daquele lugar refletia a sua imagem, era limpo demais. Não que o seu castelo não fosse assim, mais é que o lugar em que estava era sinônimo de perfeição e isso era esperado, afinal o lugar abriga príncipes e princesas.

-  Bom, aqui na escola somos muito rígidos, afinal queremos que cada um dos nossos alunos seja um Rei ou uma Rainha de sucesso, que entre para a história - Disse a Diretora, Jungkook apenas fez sinal de afirmação e deixou  que ela prosseguisse - Bom, aqui você vai ter apenas português, matemática, história e algumas lutas-marciais como matéria, serão seis horas de aula todos os dias - Disse a diretora, Jungkook a interrompeu.

- Todo santo dia? - Perguntou Jungkook.

- Sim, todos os dias. Porém, a tarde você estará livre para fazer o que quiser isso inclui andar pelo castelo com amigos, ou fazer atividades extras como natação, vôlei, handebol, basquete. E sempre ira atividade para praticar fora de sala de aula, ou seja... você terá bastante tempo - Disse a diretora.

- Os meninos estudam e dormem longe das meninas, há um dormitório para meninos e meninas, e em cada quarto dorme duas pessoas. Fora de horários escolares ou da hora de dormir, meninos e meninas podem se encontrar para namorar, deixamos por que é fundamental casar com uma rainha para unir os países e coisas do tipo, acho que você já entendeu - Disse a diretora.

- E vocês ficaram aqui até a formatura final, e ela ainda não está decidida quando vai ser... Pode durar meses ou até anos. E antes que pergunte, sim aqui tem ferias, mais elas são apenas de três semanas e nada a mais disso - Disse a diretora.

- Pera, como assim? Isso aqui é tipo uma faculdade? - Perguntou Jungkook.

- Sim, uma faculdade que ajudará você a ser um rei, afinal pelo seu histórico você precisa de ajuda, e outra coisa Jungkook... - Disse a diretora com certo receio de continuar, Jungkook apenas disse '' hum '' e a diretora tratou de continuar - Todos uma vez matriculado aqui não pode sair da escola, você só será um rei se nós aprovarmos caso o contrário, ficara aqui até que achemos que você serve para ser um rei, entendido? - Perguntou a professora.

- Sim... Eu acho pelo menos, aqui é barra pesada né? - Perguntou Jungkook.

- Na verdade não, só complica por que tem aquele grupinho de plays boys ou de patricinhas que ficam fazendo bagunça pela escola e você encontrou e discutiu com um deles, Kim Taehyung - Disse a diretora, olhando acusadoramente para Jungkook.

- E isso é ruim? A proposito com quem eu dividirei o quarto? - Perguntou Jungkook.

- Com Kim Seokjin, ele é um amor de pessoa e entrou a alguns anos atrás. Ele lhe explicará algumas coisas que não expliquei e lhe ajudará quando pedir, ele é uma pessoa muito gentil - Disse a diretora, e no mesmo momento batidas foram escutadas no lado de fora.

- Deve ser o Seokjin, pedi pra ele vir busca-lo aqui, pode ir Jungkook e espero não vê-lo novamente - Disse a mulher com  um sorriso e Jungkook não entendeu o que ela quis dizer com aquelas últimas palavras, mas preferiu não comentar nada.

Jungkook acenou para a diretora, e se levantou indo em direção a porta, quando chegou na mesma, pegou na maçaneta e a abriu, logo deparando-se com um garoto extremamente bonito, parecia até mesmo um príncipe, alias era um, o mesmo possuía cabelos rosas. Jungkook achará estranho, até porque não era algo normal alguém da realeza com cabelos coloridos.

- Olá, sou Kim seokjin - Disse o garoto a sua frente em puro tom de simpatia, recebendo-o com um lindo sorriso e curvando-se em reverencia.

- Oi eu sou o Jungkook - Disse Jungkook, logo arrependendo-se, pois, soará rude demais - EEr... digo sou Jeon Jungkook - Curvou-se em reverencia - Desculpe se saiu rude demais eu so... - Tentou desculpar-se porem Seokjin o interrompeu.

- Tudo bem garoto, esqueça isso - Disse simpaticamente - Agora temos um tuor para fazer, tenho tanta coisa para mostra-lo, estou tão animado... Alias, você é muito bonito, seremos grandes amigos - Disse Seokjin em puro tom de animação, Jungkook observando tudo aquilo apenas teve tempo para erguer uma das sobrancelhas antes de ser arrastado por Seokjin a algum lugar.

(...)

Quando finalmente sentiu a mão de Seokjin largar a sua, estavam em um corredor  enorme com umas 4 portas e a distância que separava uma da outra era enorme. Cada porta tinha uma cor diferente e em cada uma delas tinha uma bandeira. Viu que na segunda porta do lado direito tinha uma da França e outra do Japão.

- Esse é o nosso quarto - Disse Seokjin logo arrastando Jungkook e abrindo a porta.

Quando a porta se abriu Jungkook pode ver que o quarto era realmente enorme, ‘’tudo nesse lugar é enorme’’, pensou Jungkook. O quarto possuía duas camas de casais, e do lado uma escrivaninha com computador e coisas do gênero. E havia uma porta ali também, mais de todas as coisas, o que intrigou Jungkook foi que não tinha um guarda-roupa ali.

E com tais pensamentos, Jungkook acabara adotando uma cara confusa, e Seokjin havi apercebido isso, logo correndo para abrir a porta que estava dentro do quarto. Quando Seokjin abriu a porta, Jungkook pode ver que além de ser um banheiro era um closet e um dos bem chiques, um dos que nem ele tinha no seu próprio quarto.

Jungkook andou em passos lentos até lá, e pode ver que todas as suas coisas estavam lá, e foi nessa hora que se lembrou do seu celular, mexendo desesperadamente em seu bolso e verificando se estava lá '' graças aos deuses está aqui '' pensou jungkook, quando sentiu o celular em seu bolso.

E quando se deu conta, um forte barulho se fazia presente no local, uma sirene daquelas do tipo escolar. Jungkook em primeiro momento levou um susto, mas Jin estava com uma feição bastante tranquila, parecia até mesmo estar em transe.

- Ahh, desculpe eu estava pensando no que te mostrar primeiro... essa sirene indica o horário do almoço, nós precisamos ir... hoje eu almoço com você, e enquanto comermos eu vou te explicando umas coisinhas - Disse Seokjin logo agarrando na mão de Jungkook, e o levando para algum lugar.

(...)

Quando finalmente Seokjin parou de puxar Jungkook, o mesmo pode perceber que estavam a frente de um daqueles restaurantes super chiques de Paris, ou melhor estavam na área de almoço da sua escola. O lugar - como todos os lugares até agora visto por Jungkook - era enorme, e tinha várias mesas com cadeiras para pelo menos quatro estudantes sentarem.

Jungkook olhou para Seokjin, e ambos caminharam até a mesa vazia mais próxima, Seokjin sentou-se sendo seguido por Jungkook. Jungkook olhou em direção ao lugar que ele e Seokjin entraram, e o mesmo pode ver que dali vinha vários estudantes, e que muitos desses que vinham, o encaravam. Até que Jungkook viu que uma dessas pessoas era Kim Taehyung e que o mesmo estava acompanhado de dois garotos, que também o encaravam.

- Qual a deles? - Perguntou Jungkook para Seokjin, que também parecia estar os encarando.

- Bom... Eles são os Bad Boys daqui, sempre andando em trio, tem até mesmo o quarto junto. O líder ali é o Kim Namjoon, herdeiro do trono dos Estados Unidos, ele é o que está do lado esquerdo do Kim Taehyung que é o herdeiro do trono da Coreia do Sul... - Disse Seokjin, o mesmo ia continuar a falar, se não tivesse sido atrapalhado pelo suposto garçom.

O garçom entregou um pequeno livrinho -que parecia ser um cardápio- tanto para Jungkook quanto para Seokjin, Jungkok folheou o cardápio e decidi-o que iria comer Japchae, enquanto Seokjin escolhia inúmeras coisas, o que  havia deixado Jungkook meio assustado. Ao terminar de fazer seus pedidos, o garçom recolheu os cardápios e seguiu caminho para anotar o pedido de outras pessoas.

- Continuando... - Disse Seokjin - O Namjoon só é considerado líder por que é herdeiro do trono do pais mais industrializado do mundo, mas quem manda ali é o Kim Taehyung mesmo. Ai do lado direito do Taehyung é o Min Yoongi, ele é herdeiro do trono da Australia maior encrenqueiro, não queira puxar conversa com ele... Mas por que o interesse ? - Perguntou Seokjin.

- Tive uma pequena discursão com o tal do Taehyung hoje - Disse Jungkook, o que fez Seokjin ficar como os olhos arregalados - O que foi? - Perguntou Jungkook.

- Você discutiu com Kim Taehyung e ainda está vivo? Ha - Disse Seokjin logo soltando um sorriso de surpresa.

- Arrg, acha mesmo que Kim Taehyung pode comigo? Eu quebrou a cara dele em dois - Disse Jungkook fazendo Seokjin sorrir discretamente.

- Você tem muito o que aprender dessa escola, sinceramente... - Seokjin ia falar algo a mais, mais assim que levantou a cabeça, pode ver que a mesa da frente estava sendo ocupada pelos Bad Boys, e viu também que Min Yoongi apontará para a mesa dele e de Jungkook, sua fala morreu ali, e isso não passará despercebido por Jungkook.

- Qual o problema? Você viu algum fantasma enquanto conversava comigo? - Perguntou Jungkook, Seokjin nada respondera apenas continuava olhando na mesma direção, Jungkook já ia se virar para ver o que havia deixado Seokjin assim, quando uma voz surgiu do além no meio daquilo tudo.

- Jin hyung... - Disse Min Yoongi, que estava ao lado de seokjin, '' Como ele havia chegado até ali sem que eu visse ?'', Perguntou-se Jungkook e quando foi perceber, Kim Namjoon e Kim taehyung estavam ali também.

- O que você quer... me deixem em paz... - Disse Seokjin com uma cara um tanto assustada.

- Oh... nada não... apenas... - Min Yoongi virou o rosto para Jungkook - Conte a verdade ao seu único amigo que até agora é o Jeon Jungkook... antes que eu conte - Min Yoongi disse e deu um sorriso... um sorriso, um sorriso que parecia se de satisfação por alguma coisa. Jungkook não estava gostando daquilo.

- Saiam daqui e larguem Seokjin, não tem mais o que fazer não? - Perguntou Jungkook, olhando firmemente para Min Yoongi.

- Aaa você é um novato não é?  Não me lembro de ter batido em você... E olha que eu lembro de todos os meus brinquedinhos, portanto... tome cuidado garoto - Disse Min Yoongi olhando friamente para Jungkook.

- Primeiramente não sou um brinquedo, segundamente você me respeita que eu não sou um dos seus parceiros pra você sair falando assim, agora dá licença que eu estou com fome e tenho mais o que fazer do que perder o meu lindo tempo com você, vá embora - Disse Jungkook de forma arrogante e desafiadora.

- Seu... - Min Yoongi estava preparado para dar um belo soco em Jungkook, porem Kim Taehyung agarrou sua mão que estava quase indo de encontro com o rosto de Jungkook. Min Yoongi o olhou para Taehyung desacreditando.

- Aqui não - Disse Taehyung, Min yoongi apenas afirmou com a cabeça logo olhando para Jungkook e murmurando palavras parecidas como '' você me paga '' ou '' nós veremos amanhã '' Jungkook não entenderá nenhuma delas.

- Nossa... - Disse Seokjin que estava limpando uma pequena lagrima de medo que sairá de seu olho- Não sei se te chamo de louco ou se agradeço... - Disse Seokjin.

- Não se importe com isso, mas me diga... Do que ele estava falando ? - Perguntou Jungkook. Seokjin estremeceu.

- Bom... Eu não tenho amigos aqui, só você agora, eu acho... não que eu seja alguém ruim ou coisas do gênero, é por que... - Disse Seokjin, mas o mesmo não queria prosseguir com aquilo e Jungkook percebera.

-Seokjin, se você não se sente confortável para dizer agora tudo bem, eu respeito, porem uma hora eu vou querer saber... - Disse Jungkook, o que fez Seokjin ficar aliviado.

- Muito obrigado Jungkook, nunca alguém foi tão bom assim comigo... Aliás, me chame de Jin, me sinto mais confortável - Disse Jin para Jungkook.

- Tudo bem, mas agora você me chame de Jeon ou Kook, acho o nome Jungkook muito formal e eu odeio coisas formais - Disse Jungkook, o que fez Jin sorrir minimamente.

- Você é uma pessoa legal, espero que possamos ser amigos - Disse Jin.

-  Eu Também espero, alias... você não me disse de qual pais é herdeiro - Disse Jungkook.

- Haaa... Eu sou herdeiro do trono da França, você não viu as bandeiras? - Perguntou Seokjin, e foi aí que Jungkook lembrou-se.

- Ah é verdade... me desculpe, sou meio esquecido as vezes - Disse Jungkook logo dando um sorriso envergonhado.

Seokjin em resposta também sorriu e viu que o garçom caminhava em direção da mesa deles com ambos os pedidos, logo chegando e colocando-os encima da mesa, Jin e Jungkook sorriram satisfeitos, ambos os pratos tinham um cheiro magnifico.

- A comida daqui é a melhor, juro - Disse Jin para Jungkook.

- É o que vamos ver - Disse Jungkook, logo atacando o seu prato de Japchae.


Notas Finais


Vou explicar algumas coisas :

No universo da minha fic, todos falam a mesma lingua.
O mundo é dividido nos mesmos paises normais que o mundo do dia de hoje.
Todos os paises tem um Rei e uma Rainha.
Vai aparecer alguns integrantes dos grupos Exid, Boys Republic e talvez AOA.
A fanfic é inteiramente focada no TAEKOOK, podendo ter alguns shippers segundario.
Todos os integrantes do BTS vão aparecer na fic ao decorrer da historia.
Acho que devo estar esquecendo de algo... Ha seila heuehuehe
Foto do castelo : http://blog.culturainglesasp.com.br/wp-content/uploads/2012/10/windsor.jpeg
Ate mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...