História Bad things - Camren - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camren, Larry, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 180
Palavras 1.369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 12 - Você é a única.


Fanfic / Fanfiction Bad things - Camren - Capítulo 12 - Você é a única.

- Dormiu bem? - perguntei a latina qua acabara de acordar.

- AAAAHH- tapei sua boca antes que chamasse mais atenção

- Pequena, sou eu

- Como você entrou aqui?

- Camila está tudo bem? - perguntou seu pai do outro lado - ouvi um grito. Você está bem?

- TÁ TUDO BEM PAI! - gritou para que ele escute - O que está fazendo aqui?

- Eu estou bem obrigada por perguntar e você como está?

- Sua ridícula. - disse em meio a um riso me dando um tapinha no braço.

- Nossa, você estava com uma saudade imensa, né? - perguntei irônica enquanto revirava os olhos.

- Desculpe, Lo. Também estava com saudade.

Tentei lhe dar um selinho mas ele recuou.

- O que foi? - perguntei confusa.

- Ainda não escovei os dentes - disse tapando a boca com as mãos.

- Pequena

- Não. - disse e correu para o banheiro.

Após dois minutos Camila sai do banheiro corre até mim e me dá um selinho.

- O que?

- O que o que? - perguntou ela

- EU estou em casa morrendo de saudades de você saio da minha casa de madrugada pra me deitar com você, invado seu quarto, te espero acordar quando acorda nem me dá atenção, te espero escovar os dentes e só ganho um selinho?

- Você invadiu meu quarto?

- Você ouviu o que eu disse?

- Por que invadiu meu quarto?

- Olha ontem você estava bem mais carinhosa.

- Desculpe, bebê. Mas você invadiu meu quarto por quê?

- Repete.

- Invadiu meu quarto por quê?

- Não a outra parte.

- A parte carinhosa?

- É. A que você me chama de...

- Bebê. - completa me fazendo sorrir.

Vou até ela e a pego no colo e a beijo. Tenho 116 anos e nunca beijei alguém com o beijo tão bem como Camila. Ela arranhava minha nuca enquanto nos beijávamos.

- Agora sim. Isto é um beijo. - disse lhe dando mais um selinho.

- Você está bem?

- Passei a noite com você não tem como ficar melhor. - disse a dando um selinho. Ela ainda estava em meu colo.

- Sabe você é a bebê.

- O que? - perguntou confusa.

- Você é a bebê. Você é a mais nova.

- Tenho 17.

- Tenho 116.

- Tem razão você é minha velhinha.

- Sua idiota. - disse com um bico que logo saiu após ela morder.

- Continue.

- Bom... Você é mais nova, mais frágil e vai ser de quem eu vou cuidar e proteger. - disse com um sorriso tímido.

- Você é tão fofa. - disse me dando um beijo.

Pedi passagem com a língua e caminhei em direção a sua cama a deitando e ficando por cima sem depositar todo meu peso em cima dela. Nosso beijo estava ficando intenso quando uma batida na porta nos fez separar me fazendo bufar.

- Camila. Sua amiga está aqui.

- O que? Espera ai.

- Eu ainda estou aqui. - disse sussurrando.

- Eu sei - sussurrou de volta. - Pai seja quem for eu não estou em casa.

- Ah, é? E quem está falando? Um fantasma?

- Mani? Oh meu Deus, Mani. - se levantou correndo e abriu a porta. Por sorte sou rápida e me escondi debaixo da cama. Qual é? Ela se esqueceu de mim?

- E então como você está? - Normani perguntou.

- Eu estou bem. E você como está?

- Dinah estava no shopping ontem.

- E? - perguntou Camila.

- Ela estava com uma garota.

O que? Dinah com uma garota? Essa idiota não viu a Normani atrás dela não?

- Podia ser alguma irmã.

- Não era. Conheço as irmãs dela e nenhuma delas estava ali.

- Como ela era? - Camila perguntou.

E agora eu também estou interessada. Que história é essa da Dinah com uma garota?

- Ela tinha cabelos azuis, olhos meio verdes.

Cabelo azul? Eu só conheço uma pessoa com cabelo azul. Mas o que essa puta tá fazendo na cidade? Deus, senti tanta saudade daquela vaca.

- Olha e se ela tiver ficando com ela?

Dinah não ficaria com outra pessoa, ela é louca por você, pensei.

- Olha deve ser só uma amiga. Vai pra casa, descansa e relaxa.

- Está me expulsando? - perguntou Normani brincando.

Nos pensamentos dessa garota só sai Dinah. E aquela idiota não toma nenhuma atitude. Mereço.

- O que? Claro que não. - respondeu Camila. Mas eu sabia que ela queria que sua amiga realmente fosse embora e no momento eu também.

- Tudo bem. Tchau, Mila.

- Tchau, Mani.

Depois eu só consegui ouvir uma porta batendo.

- Tudo bem, não abra mais portas enquanto eu estiver no seu quarto.

- Sabe. Acho que meu pai não ia gostar de saber que eu estou ficando com uma garota que entra no meu quarto de madrugada e ainda quer porta fechada. - disse dando um sorrisinho cínico.

- Minha vez de dizer que você não é certinha, Cabello.

- O que? Eu sou um anjo.

- É, tem razão. O anjo mais perfeito e delicado que já vi. - disse vendo-a corar. - E fica ainda mais perfeita corada. - disse dando um selinho nela.

- Sabe, Jauregui. Eu estou ficando muito trouxa por você.

- É recíproco, Cabello. Pequena, eu quero te fazer um convite.

- Que convite?

- Meus pais jogam beisebol hoje. E eu queria te levar comigo. E então o que me diz?

- Hoje? Mas bebê eu não sei jogar beisebol. E se seus pais não gostarem de mim? Não está muito cedo para conhecê-los? Olha eu gosto muito de você mas Lauren e se..- interrompi sua fala com um selinho.

- Pequena, meus pais vão te adorar. E já que estou gostando mesmo de você e pretendo me entregar a este sentimento você pode ir a um jogo. E olha quanto a você não saber jogar eu te ensino. Bebê, por favor. Me diz que sim. Ainda está muito cedo pra isso, mas... Quando eu te pedir em namoro minha família já vai te conhecer.

- Pretende me pedir em namoro?

- Pensa que eu estou te enrolando?

- Não. É só que.. Eu não sei.

- Não quer namorar comigo?

- Isso é um pedido de namoro?

- Não. Pretendo fazer algo especial para você.

- Mas é claro que quero namorar com você. Só não quero que você se arrependa depois.

- Pequena, olha pra mim. Eu jamais, entendeu? Jamais vou me arrepender de ficar com você. Eu estou apaixonada por você. E esse sentimento é muito novo pra mim. Porque acredite ou não eu nunca me apaixonei. Você é a primeira.

- E vou ser a última?

- Você vai ser a primeira e última paixão. Sabe por quê?

- Por quê?

- Porque você é a única que tem a chave do meu coração.

- Isso é tão lindo. - disse me dando um selinho. - Olha sei que você pode não sentir o mesmo mas eu estou com um sentimento forte muito mais que paixão por você. Não quero nomeá-lo porque ainda é cedo mas eu gosto muito de você de verdade.

- É bom saber que não sou a única apaixonada aqui. - disse antes de beijá-la.

Nosso beijo era calmo porém intenso. O sentimento que estou sentindo por esta latina é muito forte mas assim como ela não quero nomeá-lo.

- Lo. - chamou-me após quebrar o beijo.

- Oi.

- Vou ser transformada?

- Como?

- Se vou virar uma de vocês. Você vai me transformar, não é?

- Pequena não posso fazer isso. Irei tirar sua alma não quero que isso aconteça. Não posso e não vou fazer isso. Tiraram a minha alma e eu não quero fazer o mesmo com a sua. Estou condenada ao inferno não quero isso pra você.

- Mas..

- Tente entender. - disse vendo-a assentir.- Isso não é filme, baby. Isto é real. E é bem mais complicado do que parece não quero te fazer passar por isso. Mas, você aceita ir conhecer minha família hoje?


Notas Finais


Esse capítulo ficou bem merda, desculpa mesmo eu tô sem inspiração. Nos vemos no próximo cap pessoas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...