História Bad things (Camila G!p) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren Camila G¡p
Exibições 514
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Primeiro beijo


                  POV LAUREN


- Eu estava pensando em você - meu mundo parou, minha voz sumiu, por favor alguém me fala qual é o meu nome. Camila se tocou pensando em. CAMILA SE TOCOU PENSANDO EM MIM! desculpa o surto, NÃO eu tenho o direito de surtar. - Doutora? - camila me olhou com uma expressão que eu não soube decifrar. Voltei para a terra e vi camila se afastando, antes dela se afastar eu segurei sua mão que ainda estava no meu rosto.


- Não... - camila me interrompeu


- Desculpa eu não queria.....


- Hey! - acariciei seu rosto - Olha pra mim - Camila me olhou com os olhos marejados - Não sinta vergonha.....eu gostei de saber que você pensa em mim. - falei e camila me olhou confusa. 


- Eu sei, quer dizer, eu acho que é errado pensar em você. - agora foi a minha vez de lhe encarar. 


- Por que? 


- Eu não quero que o seu marido lhe chame de vagabunda. - falou e eu segurei a vontade de rir


- Por que ele diria isso? 


- É que.......eu...eu queria fazer uma coisa......com....- se interrompeu


- Que coisa você queria fazer? - perguntei confusa, mas camila abaixou a cabeça, segurei se queixo delicadamente obrigando-a a me encarar - Eu não vou te privar de fazer qualquer coisa camila. - ela me olhou profundamente e umideceu os lábios, automaticamente olhei os mesmos sendo hipinotizada, camila respirou fundo - O que você quer fazer? - perguntei e camila me olhou nos olhos, se aproximou mais de mim e segurou meu rosto com as duas mãos pequenas e macias. Me surpreendi quando camila aproximou o rosto do meu, senti sua respiração e fechei os olhos, quando senti seus lábios no meu parece que o mundo parou, foi só um selinho tímido mas foi o suficiente para molhar minha calcinha, DROGA! abri os olhos e camila se afastou vermelha igual um pimentão, sorri com sua timidez. 


- E-eu.......eu...des....- antes dela terminar segurei seu rosto com carinho e cuidado e acariciei sua pele macia. Camila me olhou surpresa e dessa vez foi eu quem tomou a iniciativa. Aproximei meus lábios do seu, inicialmente foi apenas um selinho mas eu abri mais meus lábios me movendo com cuidado e delicadeza, camila suspirou e eu aproveitei e passei a língua entre seus lábios pedindo passagem, ela abriu a boca timidamente recebendo minha língua sedenta que foi desesperadamente a procura da sua, camila estremeceu quando nossas línguas se encontraram. Aprofundei o beijo levando uma mão à sua cintura a trazendo mais pra perto de mim, com a outra eu acariciava seu rosto, camila timidamente levou suas mãos ao meu rosto acariciando, esse beijo me levou as nuvens meu corpo inteiro se arrepiou e minha calcinha? Deve ter escorrido com a cachoeira que estava nela, não pode ser isso, não. QUE NÃO SEJA UM SONHO, QUE NÃO SEJA UM SONHO. DROGA! Ar por que você precisava faltar. Camila separou o beijo aos poucos e me olhou ofegante. Tentei recuperar minha respiração enquanto tentava não me levantar do sofá, vocês já devem saber porque né? 


- É......- tentei falar mas as palavras não saiam


- Acho que.....- Agora foi a vez de camila tentar falar. Mas não completou. Timidamente vi camila levar a mão ao seu membro e......NOSSA! Deus porque isso pra quê isso, eu não vou aguentar, eu preciso sentir camila dentro de mim. É errado é, sou casada sim, mas a camila vale a pena, eu quero a camila. - Eu acho melhor eu ir....- falou camila vermelha


- Eu.....acho que.....- não deixa ela ir lauren pensa em algo, isso! -Eu posso te pedir uma coisa? - perguntei receosa


- Você......não se preocupe eu não vou falar nada e...- a interrompi


- Não é isso. Eu quero mais um beijo. - falei e camila corou e arregalou os olhos em surpresa. 


- Você....Por quê? - perguntou confusa


- Porque eu gostei. 


- Sério? - assenti - Mas eu nunca beijei antes. Você gostou? 


- Amei. E posso te garantir que você tem o melhor beijo que eu já provei. - disse e ela corou, me levantei me aproximando de camila, tentando esconder o sofá, eu sei vergonhoso. Cheguei próxima a camila e coloquei uma mecha de cabelo atrás da sua orelha, levantei seu queixo - Posso? 


- S-sim - gaguejou nervosa, me aproximei do seu rosto e quando eu ia....TOC TOC


- Droga! - bufei irritada, camila se afastou no pulo


- Licença doutora, a sua reunião começa em 5 minutos


- Tudo bem nanda, já vou indo - falei contragosto e nanda saiu, olhei para camila que se encontrava vermelha. - Infelizmente a nossa consulta acabou. 


- Érrrr....e-eu.....já vou indo então. Tchau. - saiu apressada. Me sentei no sofá e......preciso trocar de calcinha. 


                      PPOV CAMILA


- Que cara é essa bebê? - minha mãe perguntou assim que entrei no carro - Parece que viu um fantasma. 


- Eu não fiz nada de errado! - me defendi mas de que? 


- Eu não falei nada, mas o que você está escondendo? - perguntou desconfiada, gelei.


- E-eu, nada, só tô com......fome. é isso fome. - falei e minha mãe riu


- Vou fingir que acredito. - falou e arrancou com o carro. 


MEU DEUS! EU BEIJEI A DOUTORA. E foi o melhor beijo do mundo, quer dizer, foi o meu primeiro, mas sem dúvida é o melhor de todo o mundo. E ela gostou, e queria mais, ela queria mais, e eu também. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...