História Bad things (Camila G!p) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren Camila G¡p
Exibições 573
Palavras 671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Você não manda em mim


Fanfic / Fanfiction Bad things (Camila G!p) - Capítulo 21 - Você não manda em mim

                  POV CAMILA


Entrei em casa correndo. MEU DEUS, MEU DEUS, MEU DEUS! A doutora me pediu um beijo, e eu beijei, e foi bom e eu.......


- Kaki? - olhei pra sofi e ela estava rindo descendo as escadas.- O que aconteceu pra você tá tão animadinha assim? - franzi a testa e ela olhou pra baixo. Segui seu olhar e........P.......sem palavrões. 


- Eu........posso explicar......n-nao é o que você tá pensando - tentei explicar tampando o volume que estava visível no meu vestido. - Eu não fiz nada de errado. - sofi começou a gargalhar e eu fechei a cara emburrada. - Sua id......- me interrompeu


- Sem palavrões bebê.- desceu rindo e bufei subindo correndo pelas as escadas. 


Subi correndo e entrei no meu quarto jogando a mochila na cama e correndo pro banheiro. Tirei minha roupa às pressas e tirei minha cueca e entrei no chuveiro, que droga. Esse short de compressão não serve pra nada. 


Comecei a tomar banho e o meu.......membro é.....não queria abaixar, comecei a me desesperar, será que isso é normal? Eu preciso de ajuda será que eu ligo pra doutora? Não......o que eu diria? . Doutora o meu membro tá duro e doendo o que eu faço? Droga. Mas.......ela disse que eu podia falar tudo pra ela. Não sem chance. Vai ficar doendo viu? Eu aguento, você não manda em mim. Falei e comecei a pegar nele, me senti um pouco aliviada. UFA! continuei a me tocar, mas do nada a doutora Lauren veio a minha cabeça e automaticamente acelerei os movimentos pensando no nosso beijo. Senti um líquido escorrer pelas minhas mãos e eu relaxei. Terminei o banho e peguei uma tolha e vesti uma roupa mais leve. 


Desci para o jantar e encontrado meus pais e sofi na mesa. 


- Desceu.......até que enfim - disse sofi olhando pro meu membro, corei e sentei na mesa. 


- Por que você demorou filha? - minha mãe perguntou


- Eu......estava.....- Sofi me interrompeu rindo


- Ela estava tentando descer o seu.....


- SOFI! - gritei e meu pai olhou pra mim assustando, assim como minha mãe. 


- Não grite na mesa Karla. E sofi para de implicar com a sua irmã. - repreendeu meu pai. 


- Desculpa....- falamos juntas


- E então filha.....Como foi seu dia? - perguntou minha mãe


- Meu dia? Por que quer saber? Eu não fiz nada de errado. 


- Alguém tá escondendo algo.....- Sofi falou rindo e meu pai me olhou


- Do que sua irmã tá falando? - perguntou meu pai - O que você tá escondendo? 


Droga sofi! E agora? Como eu vou sair dessa? Já sei! 


- PAI.....você sabia que a sofi anda fazendo algumas brincadeiras na faculdade? - falei e sofi arregalou os olhos assustada e eu ri da sua cara. 


- Você anda brincando na faculdade sofi, que história é essa? - toma, falei baixo apenas para sofi ouvir. 


- Eu.......não......pai! Você não viu que ela está mudando de assunto? 


- Não tô não sofi. Você que está mudando....- falei levando a colher a boca. 


- Então sofi, o que você faz na faculdade? - Mãe. Isso tá ficando cada vez melhor.


- Eu vou falar, eu fiz aquela brincadeira do manequim com meus colegas, mas a CAMILA chegou hoje em casa com um volume muito suspeito lá em baixo.  - me engasguei com o suco. - O que aconteceu bebê, se engasgou foi? 


- Camila....você.....- meu pai falou incrédulo e minha mãe não estava diferente, enquanto eu queimava de tão vermelha sofi ria. 


- Mãe você cuou o suco direito? Eu me engasguei com uma cimente. - falei e me levantei. - Preciso de.......um banho? 


- Mas filha.....- minha mãe tentou retrucar. 


- Boa noite - subi às pressas pro meu quarto. 


Entrei no meu quarto e tranquei a porta me jogando na cama. Ainda bem que amanhã tem consulta com a doutora, talvez eu fale com ela sobre o que aconteceu comigo hoje depois do nosso beijo, ela vai saber me dizer o porque da minha......do meu membro ter ficado tão......grande e dolorido. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...