História Banana Pancakes - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Exibições 14
Palavras 812
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Musical (Songfic), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Dois motivos importantes para essa fic
Meu casamento com uma autora, que eu amo...
e o aniversario da minha amiga Cup.. Menina tu não sabe o quanto tu significa para mim
Peço desculpas pela demora a postar... e espero que gostem...
ela foi inspirada na música BANANA PANCAKES do Jack Johnson, recomendo lerem ouvindo

Capítulo 1 - Capítulo Único


Grossas gotas de água caiam do lado de fora, dando inicio a uma chuva forte, e acordando o garoto de cabelos castanhos naquele horário, ele iria se levantar se o mais novo não puxasse seu pulso o fazendo cair deitado na cama novamente e o puxasse pela cintura para perto.

-Onde vai Baek?- O mais novo pergunta com a voz rouca

-Me arrumar para trabalhar

-Está cedo ainda, fica deitado aqui comigo pequeno.

-Eu tenho que ir me arrumar Yeollie- o pequeno diz tentando se levantar novamente e foi impedido pelo mais novo.

-Pequeno, então posso te mostrar uma coisa antes?

-Anda logo então amor

ChanYeol se levantou da cama e foi até o quarto, que era no caso seu estúdio, e pegou seu violão, logo voltando ao quarto. Ele se sentou perto do mais velho e dedilhou as cordas antes de começar a cantar

Você não consegue ver que está chovendo?
Não há necessidade de ir lá fora

Mas, querido
Você dificilmente percebeu
Quando eu tentei te mostrar
Que essa música é pra te impedir
Das coisas que você precisa fazer
Acordar muito cedo
Talvez a gente pudesse dormir mais
Fazer panquecas de banana
Fazer de conta que é fim de semana
Nós podíamos fingir isso o tempo todo
Você não percebe que está chovendo?
Não há necessidade de ir lá fora

ChanYeol terminou de tocar a primeira parte da música tão conhecida pelos dois e assim que ele dedilhou os próximos versos, Baek cantou junto

Mas talvez, halaka ukulele
Mamãe fez um bebê
Realmente não me importo de praticar porque você é meu pequeno príncipe
Baby, Baby, me ame, porque eu amo deitar com você, sua preguiçoso
Nós podíamos fechar as cortinas fingir que não há mundo
Lá fora
Nós podíamos fingir isso o tempo todo

 

Logo Baek parou de cantar e deixou o ruivo continuar a música cantando sozinho

Você não percebe que está chovendo?
Não há necessidade de irmos lá fora

Não há necessidade, não há necessidade
Você não percebe, você não percebe?
Chove o dia inteiro, mas eu não ligo

Mas o telefone está cantando e tocando
É muito cedo, não atenda
Nós não precisamos
Nós temos tudo
Que precisamos aqui
E tudo que precisamos é suficiente
É tão fácil
Quando o mundo inteiro se encaixa em seus braços
A gente realmente precisa prestar atenção no despertador?
Acorde devagarinho
Acorde devagarinho

Mas, querido
Você dificilmente percebeu
Quando eu tentei te mostrar
Que essa música é pra te impedir
Das coisas que você precisa fazer
Acordar muito cedo
Talvez a gente pudesse dormir mais
Fazer panquecas de banana
Fazer de conta que é fim de semana
Nós podíamos fingir isso o tempo todo
Você não percebe que está chovendo?
Não há necessidade de ir lá fora
Não há necessidade, não há necessidade
Chove o dia inteiro e eu realmente não me importo
Você não percebe, você não percebe?
A gente tem que acordar devagarinho”

 

Baek riu assim que o ruivo terminou de tocar e colocou o violão de lado olhando para o lado.

-Ainda vai ir mesmo trabalhar pequeno?

-Vou avisar o Junmyeon que não irei hoje, nem o resto da semana- O menor avisa, e puxa o ruivo para perto selando os lábios do mais novo e logo se afastando- te amo

-Te amo muito mais baixinho

Os dois voltaram a se beijar, mas logo após ouvirem um choro estridente se separam e foram para o quarto que ficava ao lado do deles e abriram a porta

- O que foi TaeHyung?- o casal perguntou, enquanto o mais velho puxou o garoto de seis anos para o próprio colo

-Eu tive um pesadelo- o garoto diz escondendo o rosto na camiseta do mais velho da família- posso dormir com vocês agora?

-Então vamos dormir- o ruivo riu e pegou o filho no colo, e puxou BaekHyun para irem ao outro quarto dormir lá. O moreno mandou uma mensagem para o chefe avisando que teve um imprevisto e teria que faltar o resto da semana. Assim que ele chegou no quarto, ele viu o Marido e o filho deitado já, e se apressou a fechar as cortinas do quarto e logo indo para a cama junto com sua pequena família.

-Amo vocês appas- o garotinho diz, logo caindo no sono

-A gente também te ama pequeno- Baek diz baixo e acaricia o cabelo do filho que já ressonava baixinho no meio dos dois

-Baek?

-Fala amor?

-Quando acordarmos novamente, o que acha de fazermos panquecas de bananas em família?

Os dois riram ao se lembrar de que se conheceram em um café e Baek acabou derrubando um prato com panquecas de bananas em cima de ChanYeol. O mais velho concordou com a cabeça antes de fechar os olhos e sentir um selar em sua testa e entrar de vez no mundo dos sonhos, logo sendo seguido pelo ruivo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...