História Bangtan Boys? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Coréia, Real Bts
Exibições 135
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais uma fic tentarei atualizar o mais rápido essa e a outra.
Espero que gostem...

Capítulo 1 - Meu pai é o Hit Man??


Fanfic / Fanfiction Bangtan Boys? - Capítulo 1 - Meu pai é o Hit Man??


   -Vem Ana eu sei que você quer!!-Diz o namorado de minha mãe segurando meus braços completamente bêbado e chapado.

   -Sai, seu drogado de perto de mim!-Tento me soltar em vão.

   -Pensei que gostaria do jeito fácil, mas estou vendo que te agrada o difícil.-Diz me jogando no sofá puxando minha blusa.

  Ouço a porta se abrir e rezo que pra quem estiver a aberto me ajude.

   -Freddy o que você pensa que esta fazendo!!-Grita minha mãe.

  Ela poderia estar bêbada, um pouco drogada e pouco parecer não se importar comigo, porém ela se preocupa e é minha mãe. Ela veio correndo e puxou "Freddy" de cima de mim.

   -Já pro meu quarto teremos uma conversa!-Grita para ele e o mesmo obedece.- Tudo bem filha? Ele tocou em você?

   -Quero dormir na minha avó hoje!!-Ela assentiu.

  Fui para meu quarto pegando uma mochila com o necessário e pensei: Sempre que ele faz algo de errado ela fala "Vamos conversar" e toda vez eu penso que ela vai terminar com ele para eu me livra desse homem de uma vez e no outro dia estão lá os dois juntos e ela com margura em seu rosto.

  Saio de casa passando pela sala não encontrando ninguém, talvez estivessem "conversando". Ando pelas ruas, que mesmo às 19:00 da noite já estavam desertas e vou para a casa de minha avó. Chegando lá a vejo assistindo o jornal, avisei que o clima não estava bem lá em casa e ela já sabia do que se tratava me deixou ficar lá.

  Apenas fui para o quarto que de tanto ficar lá se tornou meu, me deitei na cama e adormeci.

     ~~~ POV Regina ~~~

  Não agüento mais isso! Freddy é uma boa pessoa quando não está bebo, não sei o que deu nele hoje. Só eu tenho que aguenta-lo fazendo merdas e não a Ana uma criança.

  Ligo para meu ex marido e pai da Ana e falo que "Quero que ela tenha um futuro e não fique jogada no mundo. Eu não tenho nada a oferece-lá além de um teto e comida". Ele me entende mesmo que não seja tão presente por eu não deixar ele falar com ela por orgulho.

  Estou desabando agora e não quero que minha peguena me veja assim.

     ~~~ POV Regina Off.~~~

     ~~~ POV Ana ~~~

  Acordo com a luz do sol batendo em meu rosto, me levanto indo para a cozinha vendo um café-da-manhã farto e pela cara bastante delicioso. Tomo meu café, me arrumo e por último me disperso de minha amada avó e vou para casa já esperando o pior.

  Quando chego não encotro ninguém apenas a casa "um brinco" coisa que não se via a muito tempo. Logo recebo uma ligação e Número Desconhecido.

   ~> Ligação On.

   -Alô? -Ouço uma voz masculina do outro lado da linha. -Filha??

   -Pai? Como você...-Nem falo direito e logo sou interrompida.

   -Filha saiba que eu estou com sua guarda. -Como assim? -Sua mãe me entregou ontem, e já que agora eu tenho sua guarda você terá que vir morar aqui comigo.

   -Como assim?!- Eu ainda estava em choque. Irei para Coréia do Sul??

   -Já comprei sua passagem para hoje.-Me espanto com a rapidez dele.-Então vá arrumar suas coisas e quando der 14:01 no horário brasileiro irei te ligar. Ok-Apena respondi um Ok e a ligação foi encerrada.

     ~> Ligação Off.

  Havia dito tudo que aconteceu noite passada à ele e assim o mesmo midou seu tom de voz para desespero e perguntou se eu estava bem.

Vou correndo para meu quarto e começo a arrumar minhas coisas na mala e colocando algumas coisas em minha mochila. Passo para me despedir de minha vozinha e volto em casa e vejo que ninguém não apareceu, então pego um taxi para o aeroporto.

    ~*~* Quebra de Tempo *~*~

Havia acabado de fazer o check-in e recebo a ligação de meu pai dizendo que teria uma moça que iria me acompanhar até onde ele estava e avisou que ela estava na praça de alimentação me já esperando.

Chego na praça de alimentação e uma moça loira com traços asiáticos vem até mim.

   -Olá eu sou a Lisa. -Fala e eu aceno.

   -Prazer sou a Ana.

  Ficamos conversando um pouco até dar 15:13 que seria o horário que iriamos embarcar. Nós embarcamos e já que o vôo teria escala em EUA fiquei rabiscando em meu caderno, logo as aeromoças vieram trazer nossos lances.

  Depois de uns 25 minutos pousamos para fazermos nossa escala. Entramos no outro avião com destino Seul - Coréia do Sul e eu fui dormindo a viagem toda, por sorte eu dormi, passo mal quando ando de avião.

    ~*~* Já em Seul... *~*~

   -Ana já que pegamos as malas você me espera um pouquinho na van. Porque ainda falta umas pessoas chegarem e eu vou lá buscar eles.- Ela fala e eu assinto a vendo sair correndo.

  Aliás ela passou no meio de várias pessoas que pareciam esperar, com certeza eram fãs. Estava com meus fones ouvido House Of Cards enquanto lia uma fic, estava realmente entretida quando vejo Lisa se aproximando junto a ela vinham 7 garotos disfarçados. Eles entraram e em seguida Lisa também se sentando ao meu lado, não estava nenhum pouco curiosa para saber quem eram eles, aqui na Coréia tem muitas pessoas estranhas.

  A van parou em um beco e Lisa pegou em minha mão para entrar os garotos entraram e foram para no direção oposta. Assim que eu entro me encanto, era muito lindo. Um lustre de cristal bem no meio do hall as paredes todas pintadas de branca e a logo da Big Hit ao lado.

  Big Hit!! Eu estou na Big Hit?! Acho que erraram de garota!

  Lisa me acompanhou até a frente de uma sala e bateu na porta, tendo como resposta um "entre". Entramos e a sala era enorme, meus olhos pararam na cadeira que estava virada de costas para nós mas que lentamente foi virando até eu ter sua visão compçeta.

   -Pai?! -Falo sem acreditar.

   -Tudo bem querida?-Fala se levantando de sua cadeira.

  Lisa sai da sala nos deixando a sós. Falamos de tudo um pouco, ele me contou como virou o Hit Man. Ele me falou que eu iria viver no apartamento que a Big Hit paga para seus astros.

  Depois de nossa conversa vou para o apartamento que era ao lado de onde eu estava. Passo pelo hall de entrada me registrando, quando vejo os 7 garotos "misteriosos" entrarem, vou para o elevador e os vejo entrarem também.-Fico nervosa "Quem são eles?".- Eles tiram suas máscaras e disfarces do rosto.

  Se antes eu estava nervosa por não saber quem são, agora estou nervosa por saber...
   


Notas Finais


Como ficou??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...