História Bangtan Boys VS Bangtan Girls - Interativa. - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Allison_Hale

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alegria, Amor, Bangtan Boys, Bangtan Girls, Big Hit, Brigas, Bts, Bty, Dor, Drama, Festas, Fic Interativa, Gayo, Interativa, K-pop, Momentos Clichês, Momentos Hots, Músicas, Ódio, Romance, Sete Garotas, Sete Garotos, Sete Mais Sete, Sexo, Treta
Exibições 112
Palavras 1.790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


- Oi pessoas!
- Desculpem os erros.
- O que estiver em Curvisa pode ser um pensamento, flashback, sentimento, sussurro ou leitura mental.
- Capa: Young e Taehyung. TaeKi ou Taeung S2, se tiverem um melhor, digam! Kkkkk~
- Capítulo começa sendo narrado pela Youngzinha! S2
- Beitura leitura!! >.<

Capítulo 7 - Vish. Fui pego...


Fanfic / Fanfiction Bangtan Boys VS Bangtan Girls - Interativa. - Capítulo 7 - Vish. Fui pego...

Com o anuncio do Sr. Bang o clima voltou a ficar incômodo. Sarah estava disposta a ignorar o fato da ruiva ter ido embora, mas ela não deixaria o grupo por uma briguinha tola, não mesmo. Durante os anos que estivemos juntas pude analisar as meninas perfeitamente, entre nós sete Mikaela é a mais orgulhosa e risonha, já havíamos discutido uma vez ou outra, mas não como hoje, não dessa forma.

- Youngzinha. - A voz do ruivo ecoou do meu lado, o olhei séria. - Não vai vir? - Olhei ao redor, somos os únicos na sala, ele estendeu sua mão, eu a empurrei indo na frente para alcançar as meninas, que estavam na entrada me esperando.

- E o Tae? - Mih perguntou, dei de ombros.

- Vocês irão pro apê?

Elas negaram dizendo que iriam jantar fora, assenti, chamei um taxi e fui pra casa. Meu apartamento é o 321 e fica acima do de Mikaela, que é o 320. Ouvi sons de coisas se quebrando de lá, receosa fui retificar. Bati em sua porta duas vezes.

- Já disse que já vou! - Sua voz estava mais alterada do que hoje cedo, demorou um pouco para atender e quando o fez me olhou curiosa com seu sorriso debochado. - Ah... Young? O que faz aqui? - Ela havia trocado de roupa, colocou uma mais formal e há duas malas do lado da porta.

- O presidente disse que você havia ido para casa, ouvi uns barulhos e vim confirmar se era você. - Ela riu sem graça, me deixando passar, entrei lentamente analisando as coisas ao redor, há vidros quebrados, almofadas do sofá, entre outros objetos espalhados pelo chão. Me sentei no sofá de três, ela se sentou do meu lado. - Por quanto tempo ficará fora?

- Hm...  - Se fez pensativa olhando pra cima igual aos desenhos animados. - Vai depender se eu conseguir resolver as coisas lá. - Disse se referindo a sua casa do Reino Unido.

- O pessoal está achando que você deixará o grupo.

- Eu vou. - Disse séria. Arqueei a sobrancelha, ela começou a rir descaradamente. - Devia ter gravado sua reação! - Secou lágrimas invisíveis, peguei uma almofada que havia no chão e lhe golpeei, ela não revidou apenas se defendia rindo. - Young chega, vai, para. - Deixei de lhe acertar, jogando a almofada para longe. - Posso te pedir um favor? - Assenti. - Pode cuidar da Triz enquanto eu estiver fora?

- Claro. - Sorri. - Afinal cadê ela?

- Deve estar dormindo embaixo da cama. Você pode vir aqui se quiser ficar um tempo só. -  Assentiu para si. - Só não traga ninguém. - Riu irônica, fiz beiço. - To brincando, sei que não fará isso, enfim, se algum imbecil tenta algo com você me avisa que venho correndo, tá? Ou voando, no caso. Ah! Você entendeu! Mais uma coisa, pode pedir pra alguém vir limpar isto? - Fez uma careta engraçada sinalando a zona ao nosso redor.

- Mika. - Me fitou curiosa. - Você me acha artificial?

- Não. - Sorriu sincera. - Eu disse aquilo da boca pra fora, as vezes meu orgulho vence meu bom senso. - Se espreguiçou, bagunçou meus fios castanhos, fiz uma careta por seu ato, não curto que façam isso, ela riu satisfeita e se levantou. - Eu vou indo. - Andou até a porta, abriu-a. - Pegue, só não se esqueça de trancar tudo. - Jogou sua chave, segurei-a. Pegou suas malas e a porta se fechou.

Liguei para a faxina do local pedindo para amanhã vir arrumar as coisas, eles irão vir por volta das quatro da tarde. Antes de sair coloquei comida e água para Triz.

Entrei no apartamento 321, Hazel havia ido jantar com as meninas, então estou sozinha. Quando nos mudamos para cá o Sr. Bang disse que ficaríamos em cômodos em duas duplas e um trio, porém a ruiva decidiu ficar só. A divisão dos quartos foi aleatória na época, estranho no começo, afinal viver com desconhecidos é estranho querendo ou não, mas com o passar dos meses fomos nos acostumando umas com as outras. Mikaela ficou no 320, Hazel e eu ficamos no 321, Sarah e Sun Hee no 322, Mih e Lena no 324, após o 323 Namjoon e Jin o ocupam.

Tomei um banho de água quente, coloquei um conjuntinho de pijama rosa bege, tranquei a porta, tentei arromba-la para ter certeza que ninguém poderá entrar e fui me deitar. Enquanto o sono não vinha me pus a pensar na coreografia e na letra da música ''Rain Stops, Goodbye''.

- Mesmo se eu estiver em sintonia com a música, nunca irei chegar a você... - Comecei a cantar minha parte baixinho. Meus olhos foram ficando pesados e minha voz falha.

. . .

As seis da manhã todos já estavam prontos, fomos em duas van para a Big Hit, chegando lá correramos para o sala 07, onde o Sr. Bang, o coreografo e nossos staffs se encontram.

Passamos o dia ensaiando como condenado. Assim foram as duas primeiras semanas desde a ruiva viajou, ninguém parecia se importar com sua ausência, nem mesmo buscaram saber o motivo repentino de seu ato. Às oito da noite, o presidente nos libera, nisso vou para o apartamento dela, coloco comida pra Triz, brinco um pouco com a mesma e volto para o meu.

Na terceira semana, numa segunda-feira, Hazel teve a ideia de fazer uma live para agradecer os apoios dos fãs. As meninas estavam sentadas ou deitadas no meio da área de ensaio, cansadas por passamos o dia dançando e repassando os passos de Rain Stops e os meninos estavam no mesmo estado, porém por cima dos colchonetes. Hazel se levantou, ligou sua câmara frontal do celular e começou dizendo animada com um sorriso encantador nos lábios:

- Oi Candies! Como estão? Após dias enfiadas em cavernas...

- MEU QUARTO NÃO É UMA CAVERNA CARALHO! - Sarah gritou rindo olhando pra azul-esverdeada, rimos de seu comentário, até as risadas dos meninos saíram de fundo.

- Viemos agradecer! - Mih exclamou sorrindo de forma fofa. - Pelo apoio de vocês! Estamos muito felizes por isso! - Ela, Lena e Hazel fizeram corações com as mãos.

- ''Mandem um salve pro Brasil! Beijokas para todas!'' - Li o comentário de uma tal de Panda Kalol.

- Do você está rindo? - Hazel fez biquinho. Disse às meninas que não sabem português a tradução do comentário da Panda Kalol, que sorriram mandando um ''Annyeonghaseyo!''.

- Já sei! Digam ''Abraços, Candies!'' que quer dizer abraços em português! - MiHyeon e Sarah disseram animadas. As demais fizeram isso e mais comentários foram chegando dizendo que nos ama, que somos fofas e que estão ansiosas para uma canção própria do BTY.

- Também queremos dizer oi! - Hoseok e Taehyung exclamaram se levantando, vieram correndo para cima de nós, juntos dos outros. O ruivo pulou em cima de mim e Hazel, quase caímos, me arrepiei e o fuzilei, ele fez bico de peixe pedindo desculpas. Afastei-me indo para longe dele, fiquei entre MiHyeon e Sarah.

Ficamos conversando com as Armys e as Candies durantes uns minutos mais, até nossos staffs disserem que estava ficando tarde e que tínhamos que sair. Nos despedimos, saindo da live, foi quando Hazel gritou:

- PESSOAL! TIVEMOS MAIS DE 900 MIL DE VISUS!!!

- Eu disse que gostariam de vocês. - Namjoon disse confiante. - Sempre tenho razão.

- Convencido. - Sun Hee disse lhe dando uma cotovelada de leve em seu ombro.

Era às dez e pouco quando terminamos a live, por estarmos muito cansados fomos direto para o apartamento, esperei todos subirem e fui falar com o porteiro.

- Chegou alguma coisa pra mim? - Perguntei meio tímida, um tanto arrogante.

- Sim, duas cartas. - Ele pegou duas cartas de baixo do balção da recepção e me entregou. Uma de cor lisas e outra azul claro.

- Obrigada. - Disse olhando fixamente para as cartas, quando ia chamar o elevador esbarrei em alguém. Era Taehyung. Estendeu sua mão para me ajudar a levantar, recusei-a, me levantando só. - Estava me esperando? - Franzi a testa.

- Vish. - Corou de leve sorrindo alargado, igual uma criança quando vai pedir dinheiro pra mãe. - Fui pego... - Brincou, fiquei o observando por breves segundos. Balanceei a cabeça negativamente ao perceber tal ato. Ele não é confiável. Fiquei repetindo isto em minha mente, ele chamou o elevador, saiu primeiro, já que seu apartamento é o 318.

Corri para meu quarto as pressas, não tomei banho, nem me troquei, foquei em apenas abrir as cartas.

Abri a lisas e passei lê-la mentalmente:

Oi Sonâmbula. Tudo bem por ai?

''Por que você está enviando carta em pleno século 21?'' Então... Fiquei sem celular, deixei o meu cair na privada S/2, triste, né? Agora estou à moda antiga, hahaha. Por isso, é possível que eu fique sem entrar em contato diariamente com você, já que é a única que faz questão de falar comigo... Não que eu esteja sentida pelas meninas e meninos estarem me ignorando, não é nada disso, só que... Cê sabe, gosto de atenção! Mas me conta, e a Triz? Se ela estiver dando trabalho, manda ela pra um Pet Shop. MENTIRA, FAZ ISSO NÃO! AMO MINHA BEBÊ! Er... Ver se me responde caralho! Nem que seja por uma folha de palmeira escrito com sua própria baba! Ok... Isso seria nojento, prefiro que não me escreva se fizer isso. Tenho que ir, manda um beijo pra Triz e pro pessoal, mesmo que eles não merecem... RUM! BYE-BYE SLEEPWALKER!!l

PS: No outro envelope tem dinheiro pra compensar os gastos com a Triz e umas fotos pra você não se esquecer de minha face maravilhosa!

Ri ao terminar de ler a carta, entre todas as meninas me dou melhor com a ruiva, somos tão diferentes... Se eu fosse ter uma irmã desejaria que fosse ela. Havia algumas partes que ela destacou para dá mais sentido a sua escrita, ri novamente a imaginando fazendo careta enquanto escrevia a carta.

Abri o outro envelope, havia distintas fotos dela em lugares turísticos do Reino Unido, em três delas ela estava acompanhada com uma mulher de meia idade e numa acompanhada de uma mulher semelhante a ela. Na foto com a de meia idade estava em pontos turísticos e a única em que estava com a outra, a mulher dormia numa cama e Mika fazia caretas mostrando a língua em quase todas as fotos.

Guardei os envelopes na gaveta do meu criado mudo e me deitei para dormir sem me importar por ainda estar com a roupa em que passei o dia todo usando.


Notas Finais


- A partir desse capítulo a Mikaela não aparecerá, por enquanto.
- Sobre a carta dela, não se zanguem, ela é orgulhosa, nunca admite um erro.
- Qualquer dúvida só dizer.
- Candies é o nome do fanfom de BTY.
- Sleepwalker quer dizer sonâmbula em inglês.
- Se algo estiver fora da personalidade da Young, me diz tá fror? Que eu arrumo pra você, Ally! ^-^
- Beijinhos da Pands!

PS: IMPORTANTE! LEIAM! (Recebi isto de uma leitora desta fic mesmo e fiquei bem triste..)
''Eu não sei se vocês sabem,mas atualmente vem acontecendo coisas que tem deixado o J-Hope bem triste. A uns dias atrás,Hoseok começou uma live,na qual ele estava sozinho (sem os outros membros),porque queria interagir mais com as armys,mas ao invés de conversarem com ele,elas apenas perguntaram onde estavam os outros membros,e ele ficou muito triste dizendo "Parece que só eu estou animado aqui".E saiu da live.Isso deixou muitas das armys com o coração partido.E então,eu e mais algumas armys resolvemos levantar uma hashtag para dizer ao J-Hope o quanto nós,armys brasileiras,o amamos.Então a partir de hoje(11/10/16) nós vamos levantar a tag #BrazilianArmysLovesYouHoseok.
A partir das 13:00 e vamos usá-la ate ela atingir os trend topics.Repasse essa corrente para todos os seus grupos de BTS! Vamos mostrar para o J-Hope o tamanho do nosso amor por ele.
~Giovanna Lasso''
Quem puder ajudar, a gente agradece! As armys que fazem isso são umas sem noção, cara, isso não se faz, não notam que ele também tem sentimentos? Enfim... Agradeço bastante se fizerem isso, não por mim, pelo nosso Garoto Esperança.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...