História Bangtan Boys VS Bangtan Girls - Interativa. - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Allison_Hale

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alegria, Amor, Bangtan Boys, Bangtan Girls, Big Hit, Brigas, Bts, Bty, Dor, Drama, Festas, Fic Interativa, Gayo, Interativa, K-pop, Momentos Clichês, Momentos Hots, Músicas, Ódio, Romance, Sete Garotas, Sete Garotos, Sete Mais Sete, Sexo, Treta
Exibições 96
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


- Oiiiiii seres lindos!!!
- Este é um bônus de um casal superzinho fofinho, que mostra spoiler dele na capa, como sempre, né... MiKook!
- Este capítulo começa sendo narrado pela MiHyeon.
- Como eu disse: é um bônus (bem pequeno) mostrando o que rolou no cinema com o Cookie e a Mih.
- Desculpem se tiver algum erro!
- Boa leitura!! *^*

Capítulo 9 - Por favor! Vamos! (Bônus).


Fanfic / Fanfiction Bangtan Boys VS Bangtan Girls - Interativa. - Capítulo 9 - Por favor! Vamos! (Bônus).

- Que filme você quer ver? - Ele perguntou olhando para a tela onde está a mostrar os filmes que estão ou começarão a passar. Entre eles estão três de terror e um de romance, sugeri um de terror, ele assentiu com um pé atrás dizendo que ficaria com medo.

- Eu te protejo. - Brinquei.

O filme começaria em dez minutos, a fila para a pipoca estava pequena então foi rápido e conseguimos pegar o filme do início, nos sentamos no fundo, havia poucas pessoas na sala. No começo estava tudo indo bem, até que tomei um susto com uma cena em que uma mulher macumbeira surgiu do nada correndo igual uma louca atrás das vítimas, dei um grito, o que fez ele rir e as poucas pessoas que estavam ali me fuzilarem.

- Não quero mais ver! Vamos sair! - O fitei fixamente, ele negou dizendo que quer ficar. - Por favor! Vamos!

- Acho melhor ficarmos... - Deu um sorriso de canto. - Nonna, eu posso te fazer esquecer o que viu. Quer ver como? - Inclinei a cabeça confusa, assenti, ele riu. Foi se aproximando cada vez mais, tocou meu rosto delicadamente e sorriu dócil.

- Como isso pode aju... - Fui interrompida por seus lábios tocando aos meus, fiquei paralisada por breves segundos, após o toque de nossos lábios ele se afastou sorridente. - J-Jungkook...! - Sem esperar uma resposta voltei a juntar nossos lábios, dando início a um beijo calmo, repleto de desejo. Não conseguimos prestar atenção no filme, pois estivemos saboreando um ao outro, mas não passou de beijos.

Voltamos para o apê, ele me deixou na porta do meu apartamento, o 324, eu disse que não precisava, mas ele insistiu.

- Mais um? - Me puxou pela cintura. - Nonna! - Lhe dei um selinho demorado e entrei rapidamente sem dizer tchau. Tirei os sapatos, bebi um corpo d'água e vi Helena sentada na sala mudando de canal a cada dois segundos. - Cheguei! - Ela acenou sem deixar de prestar atenção na TV. - Até amanhã! - Voltou a acenar sem olhar pra mim, fiz careta e corri para o quarto.

. . .

Já de banho tomado e vestida, me joguei em minha cama quentinha, peguei meu celular, havia mensagens no whats, facebook e twitter. Entrei no whats para responder os grupos de família, amigos e aos PVs.

- ''Já dormiu?'' - Um número desconhecido me mandou mensagem há poucos minutos. Respondi:

- ''Quem é?''

- ''Jungkook.'' - Colocou emojis tristes.

- ''Ah, desculpa. Como conseguiu meu número?''

- ''Sempre tive seu número, só nunca puxei assunto. Você não tinha o meu?'' - Mandou junto de emojis com gotas nas cabeças.

- ''Não... Pera.'' - Fiquei off e o adicionei em meus contatos. - ''Voltei.''

- ''Pra onde foi?''

- ''Te adicionar, uê!''

- ''O que você colocou?''

- ''Coloquei ''Cookie <3''.'' - Mandei corações.

- ''Vou te fazer uma pergunta, mas não ria.''

- ''Ok.''

- ''Então... Sobre hoje...'' - Mandou emojis corados. - ''Quer ser minha namorada?''

- ''Bem...''

- ''O quê? Você não quer? É isso?''

- ''Não, eu quero.’’ - Voltei a mandar corações. - ''Eu aceito, seu bobo.''

- Menos mal, achei que você ia dizer não e que o de hoje foi apenas um passa tempo. - Mandou áudio, sua voz estava trêmula e baixa, ri ao escuta-la. Quando ia respondê-lo meu celular travou, bufei de raiva com vontade de terminar de quebra-lo, depois de vinte minutos ele voltou ao normal.

- ''Foi mal. Celu bugou!'' - Suspirei ao lembrar a situação de segundos atrás. - ''Estou com sono, vou ir dormir, até amanhã Jungkook!'' - Mandei emojis mandando beijos e distintos corações, mas ele não respondeu, a última vez que entrou foi há quinze minutos.

Deixei o sono vim e adormeci com um sorriso bobo nos lábios ao relembrar do nosso beijo.


Notas Finais


- Eu disse que era pequeno... e-e
- Haverá outro bônus: JiLena.
- Pra quem não sabe, nonna é como um garoto pode chamar uma mulher mais velha que ele.
- Acho que só... Beijinhos!~^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...