História Bangtan Girl - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Girls' Generation, Park Shin Hye, Pinocchio
Personagens Choi In-ha, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Park Shin Hye, Rap Monster, Suga, Taeyeon, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Choi In-ha, Girls' Generation, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Park Shin Hye, Pinocchio, Suga, Taeyeon
Exibições 100
Palavras 1.671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ME DESCULPEM PELA AUSENCIA!
Eu tive alguns probleminhas além do bloqueio mental fodástico que bateu,mas eu vou compensar vocês.
Minha vida tá corridinha por causa da pastoral que eu participo mas logo tudo se ajeita e voltaremos a rotina normal.
Um beijo e boa leitura, aliás, por essa vocês não esperavam hein hahaha 💕🌸

Capítulo 17 - Dream again


Fanfic / Fanfiction Bangtan Girl - Capítulo 17 - Dream again


E eu chorava descontroladamente, eu só queria sumir.
Haviam tirado Jimin do quarto e me deixado sozinha com Kaylla que a todo momento tentava me consolar,mas não conseguia.
Eu vou embora,não dá mais.
Pego meu celular e compro uma passagem para voltar para Seoul,eu iria sozinha. Ninguém precisava saber,eu só quero ir embora daqui,eu não aguento mais tudo isso.

Em um dia,sou ameaçada e sufocada.
Em outro, a pessoa promete me proteger e não estava quando eu precisei.
Em outro, sofro uma tentativa de estupro. 
Que porra eu to fazendo aqui? Eu vou embora,mas preciso arrumar as malas.

- Kaay, ja tá tudo bem comigo. Pode ir pro quarto, vou tomar um banho e vai ficar tudo bem comigo,fique tranquila ok?
- Você tem certeza, Tae? Se quiser eu fico aqui contigo até o Jimin voltar.
- Tá tudo bem, pode ir. Eu tranco a porta, só o Jimin tem a chave.
- Ok então, estou indo. Qualquer coisa liga.
- Obrigado,Kaay.
- De nada Tae, amigas são pra isso.

Ela saiu do quarto e eu corri para trancar a porta e fui em direção ao closet,arrumando rapidamente minhas malas e deixando apenas algumas roupas para Jimin não desconfiar. 
Tomo um banho e coloco uma camiseta branca escrito: "You can be my daddy?" em rosa e um short cinza de moletom um pouco curto e vou em direção ao elevador para descer e comer, tudo ficaria bem certo? É só o restaurante do hotel.
Chegando na porta do elevador, ouço passos atrás de mim e começo a rezar para não ser nenhum dos meninos.

- Tae, por que você tá ai sozinha? Você tá bem? Não tá tentando fugir né? - Era a voz de Jin.

Me viro para trás e o vejo parado com as mãos em seu sobretudo cinza claro,da cor de meus shorts. Além do sobretudo,ele vestia uma calça jeans preta,uma camiseta azul e um tenis da mesma cor. Por incrivel que pareça,combinava. Seus cabelos loiros destacavam seus olhos castanhos brilhantes,ele estava lindo mesmo com a pouca luz do corredor.

- Olá Jin! - Digo me jogando em seus braços,sem que o mesmo esperasse tal reação. Ao cair sua ficha o mesmo me abraça, afroxo um pouco o abraço e ainda abraçada a ele o olho e respondo sua pergunta.
- Não Jin, não estou tentando fugir. Mesmo que eu quisesse muito isso.Estou apenas indo comer. O por que de  eu estar sozinha é... ah,eu apenas estou indo ao restaurante do hotel,nada demais.
- E que tal se eu te levasse em um lugar especial?

- Eu adoraria mas, eu to de Pijama, Jin. 
- Não tem problema,eu também estou.
- Jeans e tenis não fazem parte de um pijama,Kim Seokjin. 
- Tá bom, Tae. Te dou dois minutos pra você se trocar, te espero na sua porta.
- Ok,estou ind- Ele me interrompe colocando seu dedo indicador em meus lábios.
- Só vai,Princesa. Vou te esperar. - Ele disse e beijou minha bochecha, sorrio e me solto dos braços do menino,indo em direção ao quarto junto dele.

Chegando ao quarto,pego uma saia vinho e um cropped de mangas cumpridas preto escrito: "Baby girl" em branco. Arrumo meus cabelos,que antes estavam soltos em um coque,deixando alguns fios soltos na frente e no meio do coque.Coloco um salto no estilo coturno,passo delineador,um batom claro e saio do quarto.

 Vejo Jin encostado na porta do quarto de Yoongi e ouço ao longe os dois conversarem.

- Não conta pro Jimin,nem pro Sehun e nem pra sua própria sombra. Chamei a Tae pra sair.
- E ela aceitou?
- Bem,sim.
- Faça ela sorrir, ela passou por muita coisa.
- Eu farei, Yoongi.

Bato a porta do quarto com certa força e Jin se vira pra mim, empurrando Yoongi pra dentro do quarto. O loiro vem em minha direção,sua boca formava um perfeito "O", ele me abraça e diz:

- Caramba você tá... 
- Linda. - Completa Yoongi que misteriosamente surgiu ao nosso lado. 
- Obrigada Jin, Obrigada Yoongi. - Digo sorrindo e abraço os dois.
- Bem,vamos Princesa? Vai acabar ficando tarde.
- Sim,vamos Jin. Tchau Yoongi!
- Tchau Tae...

Vamos em direção ao elevador e ele logo se abre, Jin me sede passagem para que eu entre primeiro.
A viagem era rápida,porém foi o suficiente para que Jin me abraçasse de lado, do jeito que Jimin fazia, e saisse do elevador assim comigo até o carro conversível que estava parado a nossa espera. Ele abriu a porta pra mim e depois foi em direção ao banco do motorista.

- Pra onde a gente vai,Jin?
- Pra um lugar bem legal, espera pra ver!
- Eu to curiosa, me conta!
- Você ja vai saber.
- Aish,Jin me conta!
- Não. Alias, abre o porta luva.

Ao abrir o porta luvas eu encontrei uma caixinha de veludo preta, abro a mesma e dentro dela havia um anel com várias pedrinhas e um nome gravado dentro, viro o anel contra luz e vejo que dentro está escrito seu nome.

- É lindo,Jin. E tem seu nome,é bem legal!
- É pra sempre que você sentir medo ou se sentir sozinha,lembrar que eu estarei com você.
- Obrigado,Jin. De verdade.
- De nada Tae, me promete uma coisa?
- O que?
- Que vai guardar ele pra sempre, nunca vai tirar.
- Eu prometo,Jin. - Tento colocar o anel,mas ele o tira de minha mão e pegando as mesmas, o coloca em meu dedo anelar da mão direita e assim que termina beija a mesma.
- Obrigado Jin... - Beijo sua bochecha e o mesmo volta a dirigir.

O caminho não foi muito longo, mas logo chegamos ao destino.
Era um restaurante como todos os outros, entramos e Jin me levou em direção ao elevador,apertando o ultimo andar.
A porta se abre e o que vemos é a mais incrivel vista de Dubai. Era uma espécie de jardim, com um deck de madeira com uma mesa e duas cadeiras com velas e uma rosa ao meio. Ao fundo do jardim, um piano branco e um pianista sentado.
 Jin puxa a cadeira para que eu me sente e logo após isso,ele senta a minha frente e pergunta o que eu quero e eu apenas digo para que ele peça algo gostoso para nós. Ele pede uma espécie de frango frito com shoyo e outros temperos,junto com arroz,kimchi e legumes. Para beber,ele pede vinho.
Ele pega minhas mãos e começa a falar.

 -Você está linda. Mas,seus olhos cinzas sempre estão escondidos por uma lente castanha... Por que os esconde?
- C-como você sabe?
- Você esqueceu de colocar suas lentes antes de ir pro restaurante do hotel e agora,você também está sem elas.
- Eu... Não gosto muito deles, é uma mutação ridicula minha. Então,desde criança eu uso lentes castanhas.
- Se seus olhos castanhos ja são lindos, você nem imagina seus olhos cinzas.
- Obrigado,Jin. Você é muito atencioso,sabia?

- Você está radiante com essa roupa, com esse olhar e com o cabelo desse jeito. Sobre a luz das estrelas e com a lua atrás de nós, me pergunto quem brilha mais e obviamente, seu brilho ofusca todo e qualquer brilho das estrelas.
- Jin...
- Você é linda, Taeyeon. Não deixe nunca as pessoas  dizerem o contrário,ok? Você tem algo de precioso dentro de você,e esse algo se encontra aqui. - Jin se esticou na mesa e colocou minha mão direita sobre o meu coração.
- Você é uma garota especial,Tae. Não deixe esse lindo sorriso se apagar ok?

Eu e Jin conversamos muito, até que ele decide me propor algo...

- Tae,vamos dançar?
- Dançar,Jin? O que seria?
- Você vai ver.

Jin foi em direção ao pianista e o mesmo começou a tocar minha musica favorita, Tenerife Sea.

You look so wonderful in your dress
I love your hair like that
The way it falls on the side of your neck
Down your shoulders and back
(Você está tão maravilhosa neste vestido
Eu amo seu cabelo deste jeito
O jeito como cai ao lado de seu pescoço
E sobre seus ombros e costas)


Jin me pega em um abraço e começa a dançar comigo lentamente,olhando em meus olhos.

We are surrounded by all of these lies
And people who talk too much
You got the kind of look in your eyes
As if no one knows anything but us 
(Estamos cercados por essas mentiras
E pessoas que falam demais
Você tem aquele olhar em seus olhos
Como se ninguém soubesse de nada, só nós)


Nesse momento,ele me gira e beija minha mão direita, acima do anel.

And should this be the last thing I see
I want you to know it's enough for me
'Cause all that you are is all that I'll ever need
(Esta deveria ser a última coisa que vejo?
Quero que você saiba que é o bastante para mim
Pois tudo o que você é, é tudo o que preciso)


Jin coloca as mãos na minha cintura e me puxa pra perto de sí,fazendo com que eu olhe para baixo,com a cabeça em seu peito.

I'm so in love, so in love, so in love, so in love 
(Estou tão apaixonado, tão apaixonado, tão apaixonado)  


Ainda abraçado a mim,ele levanta meu queixo com seu dedo indicador e me beija,colocando sua mão em minha nuca,ao som do piano ao fundo. 
Era um beijo sem pressa,apaixonado. Ele me envolvia de uma forma que ninguém havia feito, seu carinho e seu respeito por mim era incrível.
Nos separamos do beijo,eramos um só em coração e em aura. Sorrimos e dançamos juntos enquanto a musica ainda tocava ao fundo. 
O sonho havia se repetido mas, não era Sehun,e sim,Jin. O que tornou tudo mais lindo e  perfeito.
Por um momento, eu havia me esquecido totalmente do que havia acontecido nos ultimos dias.

Eu havia me esquecido de tudo e aproveitado cada segundo daquele beijo,daquele abraço e daquela noite.
Era minha ultima noite em Dubai e... foi a melhor de todas.

 


Notas Finais


VOCÊS NÃO ESPERAVAM NÉ? HAAAAAAAAAAAAAAA 💕🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...