História Bangtan Girl - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Girls' Generation, Park Shin Hye, Pinocchio
Personagens Choi In-ha, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Park Shin Hye, Rap Monster, Suga, Taeyeon, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Choi In-ha, Girls' Generation, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Park Shin Hye, Pinocchio, Suga, Taeyeon
Exibições 87
Palavras 1.506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nem vou por nada aqui kkkkk
💕🌸

Capítulo 20 - Lost my way...


Fanfic / Fanfiction Bangtan Girl - Capítulo 20 - Lost my way...


- Eu te amo Kaylla, e eu não estou brincando.
- Eu também te amo,Sehun... mas eu sei que seu coração não me pertence. Não minta para sí mesmo. Vá atrás dela logo,impeça que ela faça algum tipo de besteira por achar que realmente era você. Se você realmente me amar... Eu estarei aqui te esperando,até por que, logo logo voltaremos para Seoul. Vá em frente,Salve a garota.

Ouvir aquelas palavras vindas da Kaylla só me fizeram perceber que naquele momento meu coração não estava em Dubai e sim em Seoul. Que tudo que eu falava era da boca pra fora,já que sem meu coração,eu não tenho sentimentos.
Abraço a garota,que funga em meu pescoço. 
Limpo suas lágrimas e saio em direção ao meu quarto, colocando todas as roupas que eu encontro na mala,jogando de qualquer forma. 
Eu precisava ir atrás da garota, eu precisava do meu coração.

Pego meu celular e compro minha passagem de volta para Seoul, eu teria apenas 2h para o voo e decido ir imediatamente para o aeroporto.
Pego as malas e saio do meu quarto as pressas até chegar no elevador,no meio do corredor ouço Jin me chamar.

- Então... Você realmente vai atrás dela?
- Sim,Jin. Eu vou atrás dela.
- Se sua intenção era ser o primeiro, está atrasado. Yoongi já foi atrás dela,Namjoon também e adivinha? Eu também estou indo. Na verdade, todos nós estamos indo atrás da nossa Taeyeon. Cancele sua passagem, voaremos juntos nos próximos 30 minutos.
- Vocês... 
- Sehun, ela é nossa garota. Nunca vamos deixar de protege-la.
- Obrigado,Jin. 

No momento em que eu o agradeço, todos em conjunto abrem as portas com as malas em mãos e vem em direção a nós.

- Vamos buscar a nossa Taeyeon. - Kaylla disse com um sorriso no rosto,pegando na cintura de Namjoon. - Todos sorriram,mas o único que permaneceu em silêncio foi Jimin, que olhava para o chão sem expressar reação alguma.

Fomos em direção ao aeroporto e pegamos nosso avião particular, que graças aos céus tinha wifi.
Tentavamos de todas as maneiras nos comunicar com a Tae, uma vez ela até atendeu Yoongi mas quando ouviu outras vozes no fundo desligou e não atende mais ninguém.
Chegou a responder algumas mensagens de Jin,mas logo parou.
De repente, o celular de todos apita ao mesmo tempo. Rapidamente,todos abrem a mensagem que vinha de um numero privado.
Era uma foto,aonde uma garota estava num pier, sentada com garrafas de bebidas ao lado.
A descrição da foto era:

"Eu não sei quem são vocês,mas essa garota estava com uma foto em mãos e sorria pra ela,mas quando tirava o dedo de cima do rosto de uma pessoa,chorava. Bebia e gritava.
Por favor, aonde vocês estiverem, venham logo.
Ela está tentando subir até o alto,por favor cheguem logo."


Ouço o grito de Kaylla e seu choro constante atrás de mim, Namjoon tenta consolar a mesma,mas a garota só chorava mais e mais.
Jin jogou seu celular no chão,Yoongi e Taehyung foram até o piloto para tentar apressa-lo.
Jimin chorava em silêncio,olhando uma foto em seu celular. Era a foto dos dois no elevador.
Jungkook estava sentado no chão,com a cabeça entre as pernas chorando,enquanto Hoseok tentava ligar para a Tae,sem sucesso. 

- O piloto disse que em 30 minutos chegaremos em Seoul, ele vai mudar para uma rota mais rápida.

Os celulares novamente vibram.
Abro a mensagem e aparecem duas fotos Tae, mas ela não estava mais no pier e sim, ao alto dos andaimes que estavam ali,marcando aonde seria o farol.Ela agora,estava sentada em sua ponta,novamente com as garrafas ao lado.
Essa era a primeira foto.
A segunda foto,era a fotografia que Tae segurava. Na fotografia estavamos todos nós na praia. Ela havia rasgado a fotografia aonde eu estava. A mensagem dizia:

" Por favor,cheguem logo. 
Eu não sei o que ela vai fazer, nem ao menos pude impedi-la. 
Ela vai se suicidar,por favor... cheguem logo. "


Jogo meu celular ao chão e caio ajoelhado. Tudo isso é culpa minha,eu não consegui me explicar e agora... O meu coração quer tirar sua própria vida.
Esses 30 minutos demoraram uma eternidade para passar, eu estava tão preocupado com a Tae que minha mente não pensava em mais nada.

Jimin ainda chorava,sozinho olhando para as fotos dos dois.
Kaylla havia tomado calmantes e agora dormia no colo de Namjoon.
Finalmente chegamos em Seoul. 

Pego meu carro e abro a porta da frente e entro, escuto as portas traseiras sendo abertas e delas entram Yoongi e Jin.
Arranco com o carro em direção ao pier que ficava a 1h do Aeroporto,mas quem se importava? 
Corri o máximo que pude, por diversas vezes eu quase bati o carro.
Entrei em caminhos que nem eu mesmo conhecia e conseguimos chegar ao pier em 15 minutos. Eu não ligo pras multas, eu quero salvar a minha garota.

Chegamos ao pier, abro a porta e saio correndo,junto de Yoongi e Jin. Olhando para cima vimos a garota com seu vestido lilás e seus cabelos castanhos voando ao vento,as garrafas de bebidas,Tae se pendurava a todo momento,indo para frente e para trás,tomando coragem para pular.
Vimos pessoas ao redor dos andaimes do farol e a frente, uma menina chorando desesperadamente com o celular e a foto rasgada em mãos.

- P-Por fa-v-vor,salv-em a g-garo-t-ta
- Foi você quem mandou as mensagens?
- S-sim... 
- Obrigado. 

Jin subiu as escadas dos andaimes com o máximo de silêncio possível,conseguiu chegar até o ultimo espaço aonde Tae se encontrava e se aproximou.

                                                                                         ~ Sehun OFF ~
                                                                                           ~ Jin ON ~

- Park Taeyeon,por favor não faça isso.
- Isso o que,Seokjin? Acabar com uma vida inutil? De uma garota que quase foi estuprada,que foi traída com uma prostituta... Eu não preciso mais estar aqui. - Ela disse,se virando pra mim. Mostrando seu rosto com olheiras enormes,roxos pelo seu corpo e cortes em suas pernas.

- Tae,pare de dizer besteiras. E... por que você fez tudo isso?
- Do que adianta viver, se todos me odeiam? Eu sou uma pessoa detestável,Jin. 
- Tae... Vem aqui.

Cheguei perto da garota e consegui ver suas lágrimas,tentei chegar mais perto,mas a mesma deu passos para trás.

- J-Jin... 

A garota caiu em meus braços e não se movia. Seu coração ainda batia,mas ela não se movia.

- Tae, por favor acorda 
- Taeyeon por favor,acorda!

Pego a garota em meus braços e desço as escadas novamente, chegando lá embaixo corro com a garota no colo até o carro de Sehun e a coloco no banco de trás, deitando a mesma em meu colo como se fosse uma criança. Coloco sua cabeça em meus ombros, e seu corpo "sentado" em meu colo. Yoongi tinha ficado com a garota das mensagens e disse que levaria a garota pra casa e depois iria ao hospital.  
Sehun corria o máximo que pudia,cortando todos os caminhos possíveis e impossíveis.

- Tae,por favor acorda... Por favor... 

Eu dizia em meio as lágrimas descontroladas que escorriam pelo meu rosto,a garota não se movia, tudo que eu podia fazer era acariciar seus cabelos e abraça-la com força enquanto Sehun dirigia o mais rápido possivel. Pegamos um enorme engarrafamento perto do hospital,faltando duas quadras. Sehun buzinava,mas o engarrafamento era imenso.

Abro a porta do carro e desço,corri sem parar por dois quarteirões com a garota em meu colo.
Corri o máximo que pude,até chegar ao hospital.
Ao me ver com a garota no colo e meu desespero,a enfermeira logo chamou uma equipe que trouxe consigo uma maca.
Coloco a garota na maca e tento seguir a equipe médica,mas a enfermeira me pede para permanecer na recepção.

Caio ajoelhado,chorando em prantos. O que aconteceria com a garota? Estava tudo indo bem, eu havia conseguido faze-la sorrir, consegui dançar com ela... O garçom do restaurante que fomos havia tirado algumas fotos nossas e me enviou pelo celular e eu as revelei.
Estavam todas em meu bolso.
Eu chorava e olhava as fotos, e para minha surpresa, apareceram duas fotos que eu não havia visto antes.
Uma,era a que eu estava colocando o anel na mão de Tae e a outra, era a nossa em que quando dançavamos... eu a beijei.
Eu sorria em meio as lágrimas por lembrar daquele bom momento com ela.
 Seokjin vai ficar tudo bem. Ela vai ficar bem.

Ver o seu sorriso me fazia sentir que tudo ficaria bem, se eu perde-la agora...
Eu não sei o que fazer,como um clarão ela entrou em minha vida e iluminou a escuridão aonde eu me encontrava.
Eu poderia perde-la, eu poderia perder meu unico caminho de salvação,meu refúgio.

- Senhor,Seokjin?
- S-sou eu.
- O Senhor é namorado dela?
- N-não... é que...
- Desculpa, é que tivemos que tirar o anel do dedo dela e tinha um nome,perguntei na recepção e a enfermeira disse que era você.
- Ah... entendo.
- Bem... A paciente está em um estado delicado.
- O que ela tem?
- Tentativa de suicídio seguido de coma alcoólico,só Deus sabe quando ela vai acordar. 
 


Notas Finais


💕🌸 NÃO ME MATEM 💕🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...