História Barreiras do Tempo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inu no Taishou, Inuyasha, Kagome, Kagura, Kohaku, Rin, Sesshoumaru
Exibições 148
Palavras 624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores desculpe pela demora, estou muito atarefada na escola. Estou estudando o dia todo e quando chego em casa mal tenho tempo de comer pois tenho que fazer minhas lições. Bom espero que me entendam.
Boa leitura...

Capítulo 5 - Amigos?


Fanfic / Fanfiction Barreiras do Tempo - Capítulo 5 - Amigos?

Autora on:

Depois de comprar os materiais e se despedir de Kohaku, Rin entrou no prédio e foi em direção ao seu novo local de trabalho.

Chegando ao andar onde trabalhava, Rin colocou as coisas sobre a mesa e decidiu levar o restante do dinheiro que sobrou a seu chefe.

Bateu na porta e como resposta escutou um “entre”.

- Com licença senhor, vim trazer o restante do dinheiro que sobrou das compras. – Ela falou entrando na sala e caminhando em direção à mesa de seu chefe colocando o dinheiro sobre a mesma.

- Pode ficar com o troco. – Ele falou sem olha-la.

- Não é necessário senhor. Com licença. – Rin falou saindo da sala.

- Nossa ele é sério e frio, nem ao menos sorri, ele deve ter sofrido muito. – Rin falou para si mesma triste e começou a arrumar suas coisas.

Duas horas haviam se passado, Rin já havia organizado tudo e estava sentada na mesa tentando ligar o computador.

- Nossa será que sou tão ruim assim que nem o computador consigo ligar? Terei que pedir ajuda á alguém. – Ela falou e levantou-se de sua mesa indo em direção ao elevador.

Rin desceu até o andar que havia ido antes e encontrou a mesma moça que havia ajudado-lhe.

- Com licença moça meu computador não esta ligando e preciso de ajuda. – Ela falou chegando perto da mulher.

- Ah olá, me chamo Kagome, siga-me irei chamar alguém para ajuda-la. – A moça falou sorridente para Rin e começou a andar.

- Olá me chamo Rin, obrigada pela ajuda. – Ela falou seguindo Kagome.

- Disponha. Creio que é seu primeiro dia certo? – Rin afirmou. – Sei como é no meu primeiro dia eu não achava nada e não tinha alguém para me ajudar, não quero que passe pelo mesmo então te ajudarei.

- Obrigada.

- Você trabalha de que? – Kagome perguntou a Rin.

- Sou secretária do senhor Sesshoumaru Taisho.

Quando Rin falou isso à face de Kagome mudou totalmente e ela parou de andar.

- Meu deus! Tome muito cuidado, aquele homem é louco. Uma secretária nunca ficou mais que uma semana trabalhando para ele, e todas elas saiam chorando no final.

- Que horror. Por que saiam assim? – Rin perguntou.

- Ele é uma pessoa muito fria. Ele não tem sentimentos.

- Todo tem sentimentos.

- Eu sei Rin, mais tome cuidado.

- Irei tomar. – Rin falou e continuaram a andar.

Depois de achar alguém para ajuda-la, Rin foi para seu andar com a companhia do ajudante.

- Espero que você consiga arruma-lo, eu estava tentando ligar mais não consegui.

- Consigo sim, esses problemas acontecem regularmente aqui na empresa. – O homem alto, moreno, com um rabo de cavalo e olhos azuis falou.

Rin afirmou com a cabeça e o guiou até o computador assim que as portas do elevador se abriram.

Como iria demorar ela então decidiu fazer café para levar ao seu chefe. Depois de feito o café Rin colocou uma xícara na bandeja, açúcar, colher e alguns biscoitos e levou em direção a sala de seu chefe.

Bateu na porta e entrou quando ouviu a resposta.

- Com licença senhor vim trazer um café para você. – Ela falou assim que entrou na sala colocando tudo em cima da mesa.

- Não quero que me atrapalhe com coisas desnecessárias, já lhe avisei e é a terceira vez que entra em minha sala sem ser chamada. – Ele falou com um tom de voz mais frio do que antes.

- Me desculpe senhor. – Rin falou com a cabeça baixa. – Só achei que gostaria de um café.

- Pois achou errado. Saia da minha sala e não entre se não for chamada. – Ele falou jogando o bule de café no chão derramando tudo. 


Notas Finais


Bom gente este foi o capítulo de hoje. Espero que tenham gostado. Deixarei o link de uma outra fanfic minha.
Love Under Attack:
https://spiritfanfics.com/historia/love-under-attack-5235937
Até o próximo!
Beijinhos!!
*sem previsão*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...