História Barreiras do Tempo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inu no Taishou, Inuyasha, Kagome, Kagura, Kohaku, Rin, Sesshoumaru
Exibições 77
Palavras 1.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores e amoras, tudo bem com vocês?
Já estava com saudade de escrever para meus amores :3
Aqui esta mais um capítulo novinho e cheio de descobertas para vocês :)
Espero muito que gostem...
Boa leitura ^-^

Capítulo 8 - Viagem de última hora


Fanfic / Fanfiction Barreiras do Tempo - Capítulo 8 - Viagem de última hora

Autora on:

- Bo... – Antes de Rin responde-lo seu celular começa a tocar, ela o pega só para ver quem é e percebe que é seu chefe.

- Me desculpe Kohaku, mas preciso atender. – Ela fala.

- Tudo bem. – Ele sorri para ela.

Rin sai de dentro do aconchegante restaurante e vai para o jardim que havia ali.

Ligação on:

- Alô?

- Oi Rin, sou eu o Sesshoumaru.

- Sim, eu sei.

- Liguei para avisá-la que terei que sair para uma viagem, não tenho muito tempo para explicar, só preciso que esteja pronta em 30 minutos, irei te buscar.

- Por que me “buscar”?

- Você terá que ir comigo, precisarei de ajuda.

- Mas... Mas não tenho como pagar por essa viagem.

- Isso tudo sairá por minha conta. Esteja pronta em 30 minutos, leve apenas o necessário.

Antes de Rin responder a ligação é encerrada. Ela segue novamente até onde Kohaku esta.

- E então... Era algo de importante? – Ele pergunta assim que a vê.

- Kohaku me desculpe, mas terei que ir embora. Meu chefe acabou de me ligar para uma viagem de última hora. Terei que ir junto. Desculpe-me mesmo, nos falamos depois. – Ela falou já saindo sem deixa-lo falar.

Ela foi para a entrada do restaurante e avistou um táxi parado. Sem pensar duas vezes o adentrou dando em seguida o endereço do orfanato onde ainda vivia.

O caminho foi curto, em 15 minutos já estava na frente da instituição. Pagou pela corrida e adentrou o local, seguindo para seu quarto.

- Bom, tenho menos de 15 minutos para arrumar minhas coisas. – Ela falou já pegando sua mala e colocando suas roupas na mesma.

Após fechar sua mala, ouviu a buzina de um carro, olhou no relógio e viu que se passaram exatamente 30 minutos igual Sesshoumaru havia lhe dito.

- Ele é pontual. – Ela falou descendo as escadas e indo em direção a porta com sua mala.

Quando abriu a mesma, o viu encostado em sua Lamborghini a esperando.

- Boa noite senhor Sesshoumaru. – Ela o cumprimentou.

- Boa noite. Entre no carro. – Ele falou com seu tom frio de costume, pegando a mala de Rin colocando- a no porta malas e em seguida abrindo a porta do passageiro para que Rin entrasse.

Sesshoumaru deu a volta e entrou no carro pondo-o em movimento logo em seguida. A viagem inteira até o aeroporto foi em completo silêncio. Chegando ao local, Sesshoumaru estacionou seu carro em uma das vagas e logo saiu de dentro do mesmo, contornando-o e abrindo a porta para Rin.

- Obrigada. – Ela falou descendo.

Sesshoumaru começou a andar em direção ao aeroporto quando Rin falou:

- Minha mala esta no porta-malas. – Ela disse se lembrando da mesma.

- Esta aqui. – Ele falou apontando para a mala em suas mãos.

- Ah, não a tinha visto. – Rin falou corando e olhando para baixo.

- Vamos. – Ele chama sua atenção para que continue a andar.

Andaram um pouco e chegaram dentro da sala de espera.

- Já volto. – Ele fala deixando a mala perto de Rin indo até a recepção.

Rin ficou observando o local. Era a primeira vez em que entrava num aeroporto. Mal esperava para ver como era um avião. Estava ansiosa e com medo ao mesmo tempo. Queria saber para onde iria, quando foi tirada de seus pensamentos por Sesshoumaru.

- Vamos, o jatinho já está pronto. – Ele fala andando na frente de Rin.

- Senhor Sesshoumaru, para onde vamos? – Ela perguntou.

- Brasil. – Ele fala acabando com o assunto indo em direção ao estacionamento de aviões onde seu jatinho estava.

*************

Já acomodados no interior do jatinho, Rin e Sesshoumaru encontravam-se sentados de frente para o outro.

- Se quiser pode dormir. A viagem demorará. – Ele falou olhando para a janela vendo o avião decolar e a cidade ficar cada vez minúscula a seus olhos.

- Okay. Boa noite. – Rin falou, olhando para a janela fechando seus olhos em seguida.

*************

Rin acordou com a claridade do Sol batendo em seu rosto, ainda estavam no ar e provavelmente demoraria mais um pouco, pois um vôo do Japão para o Brasil demora aproximadamente vinte e quatro horas. Percebeu que havia um cobertor em torno de si e se questionava em como ele foi parar ali.

- Você estava tremendo então a cobri. – Seshoumaru falou assustando Rin.

- Obrigada senhor Sesshoumaru. – Ela fala ouvindo o barulho de sua barriga reclamar de fome.

- Parece que está com fome. Você precisa se alimentar. – Ele fala tocando uma campainha e logo em seguida uma comissária aparece trazendo diversas comidas para Rin.

- Coma. – Ele ordena e Rin sem contrariar o obedece.

Após comer e se satisfazer, Rin decide ver as mensagens em seu celular, ao abri-las vê que são todas de Kohaku.

- Poxa, ele não dá um tempo. – Rin pensa alto.

- Ele quem? – Sesshoumaru pergunta.

- Ah... Ninguém. – Rin fala se odiando por ter falado alto demais.

- Nós iremos visitar uma de nossas empresas aqui. E tentarei fazer alguns negócios. Voltaremos em torno de três semanas. – Sesshoumaru fala.

- Mas... Eu só trouxe roupa para no máximo uma semana. – Rin fala.

- Se for o caso, compre novas roupas. – Ele fala dando de ombros.

- Se o meu dinheiro permitir. – Ela fala se sentindo triste.

- Então comprarei para você. – Ele diz.

- Não é preciso. – Rin contraria.

- Já esta decidido. Quando chegarmos, ligue e avise seus pais que ficaremos 3 semanas. – Sesshoumaru fala.

- Não tenho pais. – Rin diz abaixando a cabeça.

- Não? – Ele já sabia a resposta pois, havia buscado-a em um orfanato, mas perguntou para incentiva-la a contar sua história.

- Não.

- O que aconteceu?

- Quando eu tinha cinco anos, meus pais precisaram viajar. Eles eram cantores e viviam em turnê. Um amigo próximo deles, ficou doente e eles foram o visitar. Como na época eu era muito pequena, meus pais me deixaram com uma tia avó muito velha, pois era o único parente vivo. Eles ficaram fora por dias, até que em uma madrugada minha tia avó me acordou dizendo o que havia acontecido. Eles estavam voltando para casa a noite no meio de uma tempestade. Meu pai perdeu o controle e o carro caiu de um morro, matando-os na hora. Eu não entendia o que estava acontecendo, então todas as noites eu chorava de saudade deles, perguntando para ela quando eles iriam voltar. Quando fiz sete anos e já entendia o que tinha acontecido, eu ainda vivia com ela. Dois meses depois do meu aniversário ela ficou doente e foi internada. Tive que ficar em um orfanato até ela sair de lá, mas isso não aconteceu. Ela havia morrido. Então passei a morar no orfanato desde então. Sabe, mesmo depois de tanto tempo, eu ainda sinto saudades dos meus pais e dela. O destino foi tão cruel de mim. Retirou tudo de mim, me arrancando tudo que eu tinha de precioso. – Quando terminou de contar, percebeu que estava chorando. Mesmo depois de muito tempo, isso ainda a abalava.

- Sinto muito. – Essas foram às únicas palavras de Sesshoumaru.

- Eu também. – Rin falou fechando seus olhos, permitindo- se sonhar com o rosto de seus pais. 


Notas Finais


Bom meus lindos este foi o capítulo de hoje. Deixarei aqui o link da minha outra fanfic, caso queiram conhecer meus outros trabalhos.
Love Under Attack (fanfic solo);
https://spiritfanfics.com/historia/love-under-attack-5235937
Tenham uma boa semana :)
Até o próximo capítulo :3
Beijinhos :*
*sem previsão*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...