História Barriga De Aluguel - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan
Tags Amor, Barriga De Aluguel, Contrato, Directioner, Fanfic, Gravidez, Louis Tomlinson, Love Story, One Direction
Exibições 284
Palavras 1.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Efeito colateral da gravidez


— Tem sorvete e Torta de morango — digo enquanto entro na sala de jantar — O que vocês vão querer?

— Foi o Louis que trouxe a torta — Alysson comenta e Louis sorri.

— Pode misturar Serena? — Taylor pergunta enquanto pega um potinho de vidro.

— Melhor não, você vai passar mau depois — eu coloco um pouco de sorvete para ela.

        Brooke me ajuda a servir-los, pego um pedaço de torta e me sento ao lado de Isaac e dou um pouco para ele, Louis pega o sorvete e volta a sentar. Broo serve Holder por último em seguida senta ao meu lado, as meninas contam como foi o dia no colégio e Aly diz que tirou a nota máxima em uma prova de matemática.

— Você é esperta Aly, eu odiava matemática — Brooke comenta e ri.

 — Aly herdou a facilidade com números do nosso pai, ele era um gênio nisso...

— Você também Serena — Alysson fala do outro lado da mesa e apenas concordo.

        Nós terminamos a sobremesa e levamos tudo para a cozinha e limpo a sala de jantar enquanto eles vão para a sala assistir desenho animado com as garotas. Eu me sinto enjoada e preciso me segurar na bancada, fecho os olhos e respiro fundo, contudo o enjôo vem novamente e tenho que correr porta a fora antes de vomitar tudo na cozinha.
        Corro até o canto da cerca de madeira, e me apoio nela antes de vomitar tudo o que tinha acabado de comer. Sinto um gosto ruim na boca, quando me viro para trás Louis está me encarando com cara de preocupado e eu sorrio indicando que está tudo bem.

— Belo jeito de se despedir de mim — ele ri enquanto coloca sua mão em minha cintura.

— Efeito colateral da gravidez, acostume-se — eu baixo o olhar para a grama enquanto caminhamos e Louis coloca uma mecha de cabelo meu atrás da orelha.

— Tem certeza que está tudo bem? — ele abre porta e entramos dentro de casa novamente.

— Sim... — eu me sento na cadeira e passo as mãos pelo rosto — Você já está indo?

— Se você estiver bem mesmo, sim — ele se apóia no armário e enfia as mãos no bolso.

— Estou, vou colocar as crianças para dormir.

— Tudo bem — eu faço menção de me levantar mas ele me impede — Sei o caminho, não precisa.

— Tudo bem... Tchau... Então — digo sem saber o que fazer.

        Ouço as crianças darem Tchau a Louis, assim como Holder e Brooke. Eu bebo um pouco de água e vou até a sala para mandar as meninas irem escovar os dentes, colocar o pijama e irem para suas camas por que era hora de dormir.
        Depois que elas sobem eu me sento na poltrona e peço ao Holder que não conte a ninguém sobre essa noite, ninguém pode saber que Louis Tomlinson esteve na minha casa ou que o conhecemos. E só depois de quase me ajoelhar e pedir por favor, ele disse que não contaria para ninguém, porém eu sabia que ele iria encher o saco da Brooke se ela não contasse o que estava acontecendo, só espero que ela não conte.

        Depois de dar um beijo de boa noite nas meninas, trocar Isaac e o colocar para dormir eu vou tomar um banho e me deitar também, já que estava cansada.

"Mensagem de Louis: Você tem uma consulta amanhã antes do almoço. Passo aí para de pegar."

"Mensagem de Louis: A gente precisa conversar"

"Precisamos sim. Ah, quando vier me traga Muffins e um chocolate quente. Deu vontade.
Obrigada Louis"

•••

        Assim que sai do banho eu parei em frente ao espelho que ficava preso na porta, minha barriga estava ficando maior a cada dia e eu precisava mesmo contar aos meus irmãos sobre o bebê. Prendi meu cabelo em um coque e peguei minha roupa íntima pata vestir, daqui a pouco iria ter que comprar algumas novas, além de calças e blusas.

"Mensagem de Louis: Estou aqui na frente"

        Eu passei um batom, e fui espirrar o perfume, porém ao sentir o cheiro senti meu estômago embrulhar e o deixei de lado. Peguei minha bolsa, o celular e desci as escadas indo em direção a porta de entrada, o carro de Louis estava parado em frente a minha casa, eu caminhei apressadamente até ele e entrei no carro.

— Bom Dia, Serena — Louis me cumprimenta e estende um copo e uma sacola pra mim — Dizem que não é bom grávidas passarem vontades.

        Eu abro um sorriso e me seguro quando tenho vontade de abraça-lo: — Obrigada Louis.

        O motorista dirige até a clínica onde faço as consultas que Simon pede, no caminho eu tomo o chocolate quente que Louis trouxe e quando ofereço um muffin para ele, o mesmo recusa. Quando saímos do carro Louis passa seu braço por meus ombros e baixo a cabeça enquanto entramos na clínica, a recepcionista diz para sentarmos e aguardarmos um minuto que o médico já irá nos atender. Enquanto esperamos Louis mexe no celular e eu cutuco os cantos das unhas.
 
— Preciso atender — diz ele se levantando.

        Balanço a perna freneticamente enquanto o médico não chama e Louis está lá fora, uma das recepcionista me encara mais de uma vez e então cochicha algo para a que nos atendeu. Louis volta e senta-se ao meu lado e explica alguma coisa sobre a ligação, mas não dou a mínima.

— Esta tudo bem? — ele pergunta e dou de ombros — O que foi?

— Nada Louis — fecho os olhos e inspiro.

— Louis? — a garota que estava me encarando na recepção o chama e ele olha para — Posso tirar uma foto com você?

— Claro — ele se levanta e segue até o balcão da recepção, a garota sai de trás dele e fica perto dele. Depois da foto ela o abraça e me encara novamente.

— Você parece diferente das fotos — diz a garota e engulo em seco — Ela está mesmo grávida de você?

— Esta sim, não sei por que acham o contrário... — ele parece bravo.

— Desculpa — garota fala baixo — Fico feliz por você.

        Ela volta para o seu lugar e Louis senta-se novamente ao meu lado, eu não volto a encarar a garota. Depois de algum tempo o médico chama pelo nome da Briana e eu me levanto.
   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...