História Basket e yaois - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Aomine Daiki, Chihiro Mayuzumi, Himuro Tatsuya, Hyuga Junpei, Kagami Taiga, Kise Ryouta, Kiyoshi Teppei, Kuroko Tetsuya, Midorima Shintarou, Murasakibara Atsushi, Takao Kazunari
Tags Aokise, Ciumes, Comedia, Gravidez Masculina, Himuro X Mayuzumi, Hyuuga X Kiyoshi, Kagakuro, Midotaka, Muraaka, Romance
Exibições 123
Palavras 1.939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shounen, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem o atraso.

Capítulo 31 - Extra:Midorima e Takao.


31-Extra01:Midorima e Takao.


"Midorima on"

Apos ter deixado Takao em sua casa fui direto pra minha casa, caminhei por 4 quarteirões pensado no beijo em que dei em Takao seus lábios macios...droga! Por que eu não consigo definir o que sinto por ele... ao chegar em casa abri a porta e surpreendi-me ao ver meu outo-san estava lendo um livro sentando na sua poltrona, fazia muito tempo que não o via assim relaxado e calmo.
Koutarou:Oyasuminasai Shintarou.-falou ele assim que me notou eu me aproximei dele e sentei-me a sua frente no sofá, ele fechou o seu livro e retirou os oculos de grau, ele me olhou e disse calmo.-algo aconteçeu? parece que perdeu alguém importante.-eu sorri, uma coisa que gostava no meu outo-san era o fato dele sempre saber o que sinto ou o que penso pelo fato de que temos a mesma personalidade.
Midorima:Acho que sim...o meu melhor amigo...-falei confuso, eu sei que o que sinto pelo Takao e mais forte do que uma simples amizade mas nao consigo encaixar um adjetivo que sirva pra esse...
Koutarou:Shintarou...quando eu tinha a sua idade eu tinha um melhor amigo, não sei se ele ainda me considera isso mas o que quero que entenda e que não desista das pessoas que são importantes pra você.-Eu olhei para meu outo-san e ele sorria, era um sorriso pequeno mas era o mais sincero que ja vi no entanto seus olhos estavam tristes.
Shintarou:Compreendo... muito obrigado outo-san...vou dormir amanhã acordaremos cedo certo?.-falei me levantando, meu outo-san me chamou pra passamos ferias juntos mas sei que ele esta fazendo isso por que ele e minha oka-san estão se separando...entendi isso já tem uns meses, não que gostasse da idéia mas posso ver que ele não está feliz com isso e espero poder ficar com ele se eles colocarem minha guarda em jogo.
Koutarou:hai, tente descansar apesar de que isso não vai adiantar meu filho.-eu suspirei cansado e logo caminhei pelo corredor ate as escadas, subi os degraus e logo caminhei pelo corredor ate o segundo quarto a direita que e o meu, entrei e olhei a mala grande e verde que estava perto do guarda-roupa, realmente hoje não foi um otimo dia para os cancerianos...retirei minha roupa e fui direto pro banheiro tomei um banho rapido e logo ja estava na cama devidamente vestido, olhei pro lado e vi um retrato, era o retrato de todos, estavamos em um restaurante logo depois do inter cup e pude ver o Takao ao meu lado com um largo sorriso so agora notei que seu rosto estava corado...Como eu não percebi antes...Como pude deixar ele sofrer dessa maneira...espero que ele fale o que tem a me dizer ou então eu que terei de fazer eu mesmo...Bocejei e logo me acomodei em meios aos lençóis fechei os olhos me entregando ao sono.

****************
Acordei ao ouvir o despertador tocar sonoramente, sonolento hergui meu braço o procurando pela escrivania o achando e desligando o barulho logo em seguida, sentei-me na cama e bocejei sentindo meu corpo pesar logo procuro por meus oculos e os acho, coloco em meu rosto e olho pra janela notando que o sol ainda não surgira mas esta rasoavelmente claro.
Me levantei da cama e segui até o banheiro, retirei meu pijama e logo adentrei no box fechando a porta de vidro, liguei o chuveiro sentindo a agua morna cair no meu corpo fazendo meus musculos relaxarem, fecho os olhos apreciando a sensação gostosa que a água morna deixa em meu corpo...Imagens da noite de ontem passam em minha mente e rosno frustrado, por que e tão dificil achar algo que possa explicar o que sinto pelo Takao...tsc...termino de tomar banho e logo desligo o chuveiro, enrrolo uma toalha branca em minha cintura saindo do banheiro em seguida, caminheio até a minha escrivania onde estava a muda de roupa que eu deveria vestir e o item da sorte que era um chaveiro de ursinho marrom, vestir minhas roupas e coloquei o chaveiro entre minhas chaves, peguei minha mala e o meu celular em seguida sai do quarto fechando a porta logo em seguida, caminhei pelo corredor até as escadas descendo-as com calma, sinto o cheiro delicioso de café assim que chego no corredor, dou alguns passos e chego na cozinha onde vejo meu outo-san fazendo panquecas, ele estava usando uma camisa verde escuro de mangas compridas, uma calsa jeans preta e um sobretudo marrom, eu uso uma camisa verde de gola v, um moletom preto e uma calsa jeans.
Koutarou:Ohayõ Shintarou dormiu bem?.-ele sorriu de canto e eu revirei os olhos.
Shintarou:basicamente, meus pensamentos estavam confusos e ainda estão por isso espero que possa encontrar a solução para isso.-falei cansado, ele terminou de fazer as panquecas e colocou o prato em cima da mesa, me sentei e ele fez o mesmo.
Koutarou:Shintarou não podemos esconder e nem tentar achar motivo ou nome para os nossos sentimentos eles ja estão claros basta você enxergar isso.-eu fiquei surpreso com sua fala mas logo sorri e agradeci mudo, tomamos café em silêncio no entanto ouvimos o celular do outo-san tocar, ele se levanta da mesa e vai ate a sala atender ele começou a falar algo e parecia um pouco feliz reviro os olho, deve ser do consultório.
Koutarou:Shintarou ikimasho temos um avião pra pegar.-falou ele com uma expressão leve em seu rosto, estranho ele geralmente é serio e denso.
Midorima:hai outo-san.-eu me levantei e ele pegava seu sobretudo que estava sobre a costa da cadeira, vestiu e logo fomos pra sala peguei minha mala verde e ele uma maior da mesma cor, fomos para o genkan e ele calsou as botas pretas e eu meu tenis preto.
Saimos de casa e fomos ate o taxi que estava estacionado em frente a nossa casa, meu outo-san trancou a porta enquanto eu levava as malas e colocava na traseira do carro, entrei no mesmo e esperei meu outo-san que logo adentrou o local fechando a porta.
Koutarou:aeroporto de Narita onegaishimasu.-falou ele e logo o motorista assentiu dando partida no carro, liguei meu celular e mandei mensagem para o Takao.

*Midorima
Ohayõ estamos indo para o aeroporto de Narita... Quero dizer que vou sentir sua falta Bakao.

Enviei a mensagem não esperando por uma resposta, devia ser por volta das 6:30 e provavelmente ele não estaria acordado a essa hora.
Koutarou:se acalme filho...você vai gostar do que tem no litoral.-eu nao o olhei apenas encostei minha cabeça no vidro da janela olhando o céu se colorir de amarelo e laranja...Takao espero te ver logo.
"Midorima off"

***************
"Takao on"
Acordei ao ouvir meu outo-san me chamar, me sentei na cama e ele tinha um singelo sorriso no rosto.
Unari:dormiu bem Kazu-chan?.-perguntou ele sentado na beira da minha cama, eu suspiro cansado e subtamente lembrando do sonho que tive com o Shin-chan...sinto vontade de chorar mas apenas engulo em seco e digo.
Takao:hai, ou quase isso...sonhei com...-parei ao perceber o que iria falar e corei intensamente, meu outo-san não sabia da minha preferencia sexual e abaixabdo o rosto ouvir ele rir baixo.
Unari:hahaha com quem você sonhou Kazu-chan? Apesar de que tenho uma suspeita...Kazu você sabe que pode me contar tudo! E digamos que eu sabia que você tem uma queda pelo seu amigo apesar de não falar muito dele.-surpreso e corado olhei para o meu outo-san que tinha um belo sorriso no rosto.
Takao:etto...como você..?.-ele riu mais ainda e disse.
Unari:Kazu-chan eu não sou tão velho e ja fui adolescente como você e digamos que eu tenho as mesmas preferencias.-arregalei os olhos surpreso, ele tambem era gay?!!! Mas como... a mamae e a onee-chan!!!.-Antes que faça um escandalo ouça o que tenho a dizer ok.-ele falou pegabdo as minhas mãos.
Takao:ok outo-san.-falei calmo, sua expressão era de pura tristeza e eu me senti pior ainda.
Unari:tudo começou quando eu tinha a sua idade...eu havia acabado de entrar no ensino médio e por coincidencia eu entrei para o clube de basket assim como você...lá eu conheci meus melhores amigos mas havia apenas um deles que me deixava...nervoso...esse era o Kou-chan...nos tornamos melhores amigos e as nossas jogadas eram tão sincronizadas que eu não precisava de sinais pra fazer nossos lances.-eu o olhava atonito ele estava con um enorme sorriso no rosto parece que eu não sou o unico apaixonado aqui...-Eu fui me aproximando cada vez mais do Kou-chan e logo eu ja me encontrava apauxonado por ele...foi dificil no começo pois eu não queria perder o meu melhor amigo...então para não perde-lo eu tive que tomar uma decisão.-ele me olhou intensamente e nos seus olhos eu pude ver a escolha que ele tomou e a dor que veio com essa decisão.-Eu decidi nunca revelar isso a ele...então foi quando dois dos nossos amigos se apaixonaram pela mesma garota e foi quando tudo mudou...eu começei a namorar sua mãe e a tratei com muito carinho mas mesmo assim meu coração nunca foi dela...descobrir que o Kou-chan tambem namorava a melhor amiga da sua mae e nossa...Foi como se meu peito estivesse rasgando....-lágrimas passaram a molhar o seu rosto no entanto o sorriso não deixa seus lábios.-E...então sua mãe ficou gravida de você e logo nos casamos quando nos formamos...3 meses depois dedcobri que ele havia se casado com a namorada pois ela rambem engravidou desde então não tinhamos contato um com o outro.-ele enxugou o rosto e deu mais um sorriso so que esse era de tristeza e decepção.-Kazu...há três meses descobrir que sua mãe esta me traindo...-eu fiquei estático mesmo assim não chorei ou espernei, via com meus proprios olhos o que ele tava sentindo...agora entendo o ppr que da minha oka-san ter saindo de casa derrepente dizendo que estava indo pra casa da oba-chan.
Takao:continue...-falei apertando suas mãos e dando-lhe forças para que ele continuasse a falar.
Unari:Eu...queria continuar...a nossa familia mas...não dá...e a sua irmã...e filha do amante da sua mãe...-cada palavra dita sentia meu peito se apertar e a raiva crescer, como a minha mãe pode! Ele deu tudo...menos amor mas mesmo assim a tratou com carinho e cuidou dela...-ela pediu o divorcio e eu assinei por isso ela foi embora... ela me deixou você meu filho...-eu sorri e o abraçei, ele chorava escandalosamente como eu logo ele foi se acalmando.
Takao:outo-san ikimasho, temos uma viagem pra ir.-falei sorrindo e ele se afastou enxugando o rosto em seguida disse.
Unari:vamos, o café esta pronto irei me arrumar e você faça o mesmo.-falou dando um enorme sorriso
em seguida ele saiu do quarto fechando a porta, suspirei decepsionado não posso acreditar que meu outo-san passou a vida inteira sofrendo...tsc! me levanto da cama irritado e vou pro banheiro tomo um banho e em seguida me arrumo vestindo uma camisa preta de gola em V, calsa jeans justa, colete verde claro logo pego minha mala preta e saio do quarto.
Chego a cozinha e logo tomamos café rápidamente e logo ele se levanta pegando nossas malas vai pra fora onde o taxi nos espera, eu tranquei a porta e logo entrei no taxi o esperando ele estava falando ao telefone e parecia muito feliz acho que deve estar falando com seu antigo amor, sorri de canto e olhei pro ceu pela janela...Shin-chan...queria poder dizer pra você o quanto eu te amo...Sorri de canto ao lembrar do beijo que ele me deu logo eu balanço a cabeça pra espantar esses pensamentos noto meu outo-san entrar no carro e ele parecia muito feliz.
Unari:Ikymasho nos leve ao aeroporto de Narita.-falou ele com um sorriso no rosto espero que essa viagem me ajude a tirar o Shin-chan dos meus pensamentos...

"Takao off"


continua....

Notas Finais


comentarios e sugestoes eu aceito.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...