História Bastidores - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Kookmin
Exibições 430
Palavras 3.979
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, tudo bem?
Essa já é minha segunda fanfic (estava na esperança de ser a longa, mas enfim). Acabei me inspirando nessa foto que saiu dos bastidores com o Jimin maquiando o Kook, e que fiquei oficialmente falecida com ela, não é mesmo? kkkkkk
Espero que vocês gostem, deixem suas opiniões nos comentários!
** Beijos da LL's

Capítulo 1 - Capítulo Único


A luz do dia invadia o quarto de Jimin, fazendo com que acordasse com a claridade em seu rosto. Ele ainda tenta por seu travesseiro por cima da cabeça, não queria ter que acordar tão cedo no dia em que poderia descansar um pouco mais, mas não teve jeito, a luminosidade começou a atrapalhar. Ele dá uma espreguiçada na cama, e se senta na mesma. Só depois de alguns minutos que nota um recado escrito no outro lado da cama, ele sorri curioso e pega logo o papel para poder ler.

"Bom dia, Minnie! Acabei de sair para o photoshoot, e já que minhas tentativas foram falhas ao tentar ter uma conversa verbal com você, ao menos por escrito consigo dizer o quanto eu tenho sentido sua falta, espero que possamos conversar sobre isso hoje. Te amo, mochi - JK"

Jimin mal percebeu que havia lido tudo aquilo com um sorriso bobo no rosto, mas ao notar, logo tratou de ficar sério novamente.   

- Não, e não! - Jimin dizia para si mesmo - Aquele babaca tem que aprender uma lição, e se ele acha que pode sair dessa sendo fofo, está muito enganado.

O casal havia brigado há exatos três dias por pura bobagem. Só bastou Jungkook fazer uma brincadeira infeliz em um dia que Jimin estava uma pilha de nervos, e pronto, a casa começou a cair. Houve uma discussão e um decreto de Jimin, dizendo que ele estava de greve. De início Jungkook achou que fosse birra ou brincadeira, mas percebeu o quanto foi sério, quando viu que Park Jimin já não lhe respondia mais, ou o procurava, ou ria de suas graças.

Sim, durante esses dias, Jungkook estava tentando correr atrás das desculpas. Fazendo mimos, o copiando de várias maneiras, e continuando a fazer suas graças. Mas Jimin também sabia como ser orgulhoso. Principalmente por estar nervoso e preocupado com todos os compromissos e trabalhos que o grupo tem feito ultimamente, ele não estava facilitando em nada a vida do maknae.

Jimin acabou se desprendendo um pouco de seu orgulho ao guardar a cartinha na gaveta, mas se Jungkook comentasse alguma coisa, com certeza iria mentir ou dizer que nem havia lido. Ele finalmente se levanta da cama para se arrumar, e ainda preparar suas coisas para ir até o estúdio, pois teria que fazer o photoshoot mais tarde.

Depois de tudo pronto, ele vai até a cozinha preparar seu café. Ao passar pela sala, cumprimenta Jin e Hoseok, que ainda estavam tomando café em seus pijamas, e entra na cozinha. Jin solta um grito da sala:

- Jimin! Acho que já tem uma refeição pronta pra você!

Quem diria, Jungkook havia deixado seu café pronto em cima da bancada, e ainda com direito a mais recados cobertos de coração. E mais uma vez Jimin tentou resistir, até chegou a comer o café preparado para ele, mas nunca iria admitir. Hoseok e Jin riram ao ouvi-lo reclamando do namorado, e ao mesmo tempo elogiando o prato feito por ele. Jimin era mesmo um cabeça dura.

Depois de terminar com o café e lavar a louça, Jimin sente seu celular vibrar no bolso. Ele enxuga as mãos e vai ver quem o chamava no Kakao Talk. Ainda achou que poderia ser Jungkook, mas na verdade era Taehyung.     

Tae Tae:

Peguei alguns de seus anéis emprestados pro photoshoot, espero que não se incomode rs

Eu:

Tinha que ser... Não autorizei nada, idiota.

Tae Tae:

Mas me ama mesmo assim, quando você chegar para tirar as suas, eu te devolvo.

Eu:

Já tirou suas fotos?

Tae Tae: 

Ainda não, o Yoongi ainda está tirando as últimas fotos, e Jungkook está se vestindo, parece que antes de tirar com o Namjoon, vai fazer umas individuais.

Ao mencionar o namorado, Jimin se questiona como estaria indo o seu trabalho... E claro, se também se estava tudo bem com ele, mas não queria dar o braço a torcer. Mas achou que se perguntasse para o colega de grupo, não seria tão mal assim.

Eu: 

E como é que ele está?

Tae Tae:

( ͡° ͜ʖ ͡°)

Eu:

Quer parar de palhaçada?! Não posso saber como estão as coisas?!

Tae Tae:

A nova estagiária não para de dar em cima dele.

Eu:

Taehyung, é sério, não tô com paciência pra essas suas brincadeiras.

Tae Tae:

Mas eu tô falando sério, olha só...

[Tae Tae lhe enviou uma imagem]

Jimin estava boquiaberto. A garota era aquela bem do tipo "fofa" e que ao falar, botava a mão no ombro da outra ao mesmo tempo, e pior que isso, nos braços. Para ele, ela claramente estava tentando alisar o braço de Jungkook, e isso ficou mais claro ainda algumas fotos depois em que Taehyung o mandou. Sua vontade nesse momento era de arrastar a cara da garota no asfalto, mas... E enquanto ao seu orgulho? Jimin levou um tempo para digerir o que estava acontecendo naquele estúdio, bem longe dele. E ao perceber que não iria responder, Taehyung o chama a atenção.

Tae Tae: 

Jimin?

Eu: 

Eu não ligo...

Tae Tae: 

ahduahsdihasdasdhas AH TÁ BOM, e o meu nome é Raimundo.

Eu: 

Esquece que eu te fiz qualquer pergunta, tá?! E vê se me devolve meus anéis!

Tae Tae: 

Sim, senhor!

Ele fecha a conversa com Tae, para pensar mais um pouco. Agora Jimin teria que escolher, ou ele continuava no seu orgulho patético e ia até ao estúdio na hora de seu photoshoot, ou... Ele poderia acompanhar o trabalho do namorado e dar uma boa olhada na cara da estagiária que não sabia onde estava se metendo, e impulsivo do jeito que era, achou a segunda opção excelente para o momento.  

Jimin já não se importava na maneira simples como estava vestido. Aproveitou que tudo seu já estava arrumado, pegou suas coisas, e se despediu de seus hyungs. Sua sorte foi ter chegado antes de Jungkook e Namjoon começarem, o que também fez seu manager ficar assustado ao vê-lo tão cedo naquele estúdio.  

- Ué... - diz o manager ao vê-lo - Chegou muito cedo, Jimin. Seu photoshoot é daqui há umas três horas.

- Resolvi acompanhar... - Jimin dá a desculpa e continua a andar em direção ao camarim.

Ao abrir a porta do camarim, Jimin dá de cara com Taehyung terminando de ajeitar sua roupa para as fotos. A primeira coisa que o mais novo fez foi rir e lançar "aquela cara" para ele, e Jimin revirou os olhos pela sua infantilidade. Mas Tae não pode deixar de comentar:

- Alguém se sentiu ameaçadoooo... - cantarolava Taehyung.

- Vê se cala a boca e me mostra logo quem é a garota - diz Jimin, irritado.

- Ele é vingativo, pessoal - diz Taehyung levantando os braços enquanto ria - O nome dela é Yang Mi, é a que está com uma blusa azul, e pelo que eu ouvi da conversa dos dois, ela também é de Busan.

- Ótimo, maravilhoso, vou ter um papo em satoori com ela - enquanto Jimin continuava sério, Taehyung caia na gargalhada - Eles já estão no cenário?

- Sim, Jungkook acabou de entrar - diz Taehyung - Ele deve estar sendo maquiado para começar.

- Eu vou lá - Jimin sai determinado do camarim, enquanto Taehyung teria que continuar a se arrumar. O garoto não parava rir, e negava com a cabeça ao ver que cena tudo aquilo iria se tornar.

Ao chegar no cenário, Jimin logo localiza a estagiária, que estava conversando animadamente com uma das outras maquiadoras. Ele aproveita o momento em que a outra se afastou, para poder falar com a tal de Yang Mi... Mas o rapaz de cabelos acinzentados não ia simplesmente bater boca com ela, ele já tinha um plano em mente.

- Oi, bom dia! - Jimin dava seu famoso eye smile.

- Jimin-hyung? - ela dizia surpresa ao encontrar o ídolo, não esperava ele tão cedo.

- Sim, sou eu - ele continuava a sorrir - Mas, então... O manager me pediu um favor, ele queria que eu ajudasse com a maquiagem para uma Bangtan Bomb, só que não tem outra bolsa que eu possa usar, acho que vou ter que pegar a sua emprestado, se importa?

- Ah... Mas... Eles pediram que eu fosse-

- Não se preocupa, eles sabem que eu vou maquiar - Jimin interrompe, tranquilo - Como você é nova, achei que não fosse atrapalhar tanto as outras maquiadoras mais experientes.

- Ah, tudo bem - Yang Mi retira sua pochete de maquiagem, e dá a Jimin.

- Obrigado, querida - Jimin logo bota a pochete.

Jungkook se posicionava para tirar as fotos, quando Jimin surge no cenário para poder retocar sua maquiagem. Ao vê-lo, Jungkook não pode conter seu sorriso.

- Jimin? - Jungkook estava contente e confuso ao mesmo tempo por encontra-lo ali tão cedo - O que faz com isso? Cadê a Yang Mi?

- Park Jimin vai ser seu maquiador! - Jimin queria enfiar o pincel de maquiagem em sua mão na garganta dele por ter mencionado a estagiária, mas ao invés disso, força um sorriso - Algum problema?!

- Não estou reclamando - Jungkook ri da situação.

Jimin começa a passar o batom nos lábios do rapaz, e depois de alguns minutos, um frio na barriga constante toma conta de seu corpo. Ele estava há exatos três dias sem beijar aquela boca carnuda, sempre tão bem desenhada, que já havia lhe tirado tantos suspiros, em tantas noites no dormitório. Ao ter esse flashback na sua mente, começou a ganhar um tom vermelho em seu rosto. Jungkook, que estava o encarando a todo momento, logo percebeu, e não perdeu tempo para mexer com ele. 

- Está demorando com isso, Jiminie - comenta Jungkook, ainda o encarando de leve - Algum problema com a minha boca?

- Na verdade, vários... - Jimin comenta baixo, ainda levemente avermelhado com aquilo.

- Quer tentar resolver? - a voz de Jungkook pesa, fazendo Jimin estremecer.

- E-Eu estou trabalhando, ok?! - Jimin não se rende, tenta logo mudar de assunto - E para de falar, se não vou me desconcentrar.

O novo "maquiador" fez um grande sucesso nos bastidores. Aquela ideia mal planejada por ele arrancou risadas da staff, e com certeza, olhares apaixonados de Jungkook, mas apesar de Jimin ter o ignorando o tempo todo, continuava de olho nos passos da nova estagiária pra cima do seu namorado, ele só estava cuidando do que era dele afinal. O próprio Namjoon já havia percebido que ele estava com ciúme, e ainda ficou ameaçando contar de brincadeira.

Jimin apenas forçava uma risada diante das brincadeiras sem graça do líder. Mas o pior é que estava cada vez mais ficando óbvio, já que aquela garota não sabia ficar na dela. Por exemplo, naquele instante ela passava por Jimin levando uma garrafa d'água para fazer um agrado a Jungkook, que havia acabado de terminar seu ensaio. Só de ver aquilo, o mais velho não pensa duas vezes se não impedir.

- Pode deixar que eu levo isso! - Jimin pega a garrafa das mãos da estagiária, sem aviso.

Yang Mi já estava começando a se irritar com aquelas atitudes impulsivas, até porque ele estava conseguindo atrapalhar todos os momentos oportunos que ela teve para conversar com o maknae, mas continuava a observar tudo aquilo calada, pelo menos enquanto ainda estava paciente. Jimin chega até Jungkook com a garrafa. 

- Toma - Jimin entrega a garrafa para Jungkook, que continuava a encará-lo - Para de ficar me olhando assim, o que te deu hoje?

- Engraçado, ia te perguntar a mesma coisa - Jungkook sorria - Até onde eu sei, você não tem falado comigo direito há três dias. Acabou a greve?

- Acha que sou fácil assim? - Jimin retruca - Só quis acompanhar o trabalho de vocês, por isso vim mais cedo.

- Entendi... - diz Jungkook, sem se convencer.

Ao notar que a nova estágiaria vinha em direção aos dois, Jimin fecha a cara novamente. Será que essa garota nunca ia desistir?

- Suas fotos ficaram ótimas, Jungkook-ah! - comentava Yang Mi ao se aproximar dos dois - Tenho certeza de que as ARMY's vão adorar!

- Ah, obrigado, Yang Mi! - Jungkook responde com um sorriso, enquanto Jimin continuava encarando a garota com um olhar sério.

- Você deve estar livre agora, não é? - comenta Yang Mi - É meu intervalo também, devo sair para comer alguma coisa, quer ir junto?

- Eu-

- Ele não pode ir, sinto muito - Jimin se intromete no mesmo minuto, não deixando o namorado falar.

- Acho que devo ouvir uma resposta dele, Jimin - Yang Mi o responde, também séria.

- Escuta, queridinha... - Jimin começa a perder a paciência - Se eu disse que ele não vai, é porque ele não vai!

- Até onde eu sei você não é nada dele pra mandar ou desmandar alguma coisa!

Ok. Ela realmente queria brigar. Jimin logo aumenta seu tom de voz para discutir com ela, e a mesma também. Algumas pessoas da staff já estavam percebendo que se tratava de uma briga, então Jungkook se desespera. Ele conhecia muito bem o namorado, e ao ver aonde aquilo iria dar, tenta logo intervir para que não ficasse pior.

- Gente! - Jungkook quase grita -  Por favor, vamos manter a calma... Yang Mi, eu adoraria comer com você, mas eu ainda tenho outro compromisso depois daqui, tenho que arrumar minhas coisas no camarim ainda.

- Ah... - Yang Mi fica surpresa com a desculpa - Bom... Então sem problemas, Kookie.

- ...Kookie? - Jimin diz surpreso, e um tanto irritado, ao ouvi-la chamar seu namorado pelo apelido. Ela tinha muita sorte de ainda respirar naquele momento, mas para ele, não seria por muito tempo.

- Vamos, Jimin! Vamos logo pro camarim! - Jungkook sai puxando Jimin pelo braço, antes que ele a responde-se e alguma tragédia acontecesse - Você ainda precisa se arrumar pro seu photoshoot!

Durante o caminho até o camarim, Jimin xingava Jungkook por ter o empedido de dar uma lição na estagiária atrevida. Porém, o maknae não respondia e nem comentava nada, só estava esperando eles estarem a sós para começar a falar. Ao entrarem no camarim vazio, ele finalmente comenta:

- Ah tá... - diz ele, em meio a uma leve risada.

- Ah tá, o que? - Jimin pergunta sem entender.

- Você tá com ciúme - Jungkook continuava a rir.

- E eu vou ter ciúme de você, garoto?! - Jimin sentia seu rosto queimar de vergonha - Tá se achando demais, viu?!

- Então porque esses ataques a Yang Mi? - questiona Jungkook.

- Porque a garota não conhece a palavra "limites" no dicionário - Jimin comenta irritado, fazendo Jungkook rir novamente - E pelo visto, nem você!

- Meu Jiminie fica tão fofo quando está com ciúme - Jungkook diz, se aproximando dele.

E ele ia se aproximando cada vez mais do menor, que por sua vez estava recuando ao seu encontro. Jimin sabia bem o que ele queria, e também sabia que poderia estar a um fio para ceder. Ele recua até sentir que havia batido contra a penteadeira, e não havia mais para onde fugir. Seu coração começava a bater acelerado.

- J-Jungkook... - Jimin fala, ao se sentir encurralado contra a penteadeira do camarim, pelo namorado pervertido - O que está...?

- Sinto sua falta, hyung - Jungkook roça seu nariz contra o dele, fazendo Jimin se arrepiar com o toque - Eu fui um idiota com você, eu realmente estou arrependido...

- A... A culpa também é minha - confessa Jimin - Eu inventei essa história de greve sem pensar direito, tinha ficado com raiva na hora, isso também me faz um idiota.

- Isso quer dizer que estamos fazendo as pazes? - Jungkook pergunta com um sorriso.

- Me beija logo, bobo - Jimin também sorria.

Sem cerimônias, Jungkook invade a boca do namorado com vontade em um beijo desesperado. Já fazia um tempo desde o último encontro de suas línguas, queriam aproveitar cada pedacinho do tempo que tinham para matar a saudade. Jungkook não perde tempo com a chance que teve para brincar com os lábios de Jimin, enquanto os mordia, adentrava sua mão por debaixo da blusa do mais velho, descendo-a até a barra da calça, foi então que Jimin percebeu que o clima estava prestes a mudar, por isso tentou puxar a mão do namorado. 

- K-Kookie, calma - comenta Jimin - Ainda estamos no camarim.

- Eu vou trancar a porta - diz Jungkook, indo até a mesma.

- Que?! - Jimin começa a rir nervosamente - Toda a produção está lá fora, acha mesmo que vamos conseguir...

Jimin fica sem palavras ao sentir as mãos de Jungkook o pegando pelas suas nádegas e o erguendo, o mais velho afasta sem cuidados as coisas que haviam em cima da penteadeira, e o maknae acaba o botando sentado nela. Jimin gostava quando ele o dominava desse jeito, ainda ficava mais excitado quando o que estavam fazendo se tornava perigoso. Mas eles realmente precisavam parar antes que fosse tarde. Jungkook parecia não se importar, e continuava a invadir o corpo dele com seus beijos e sua mão boba.

- Jungkookie... - Jimin suspirava, mas tentava hesitar - N-Não podemos...

- Me peça pra parar então, Jimin - diz Jungkook - Diga que quer parar.

Aquilo era um golpe baixo, Jimin nunca iria pedir para que parasse, e ele sabia disso. Bastou que Jimin ouvisse o som de seu zíper sendo aberto para perder a razão, e se entregar de uma vez para o maknae. Jungkook acariciava seu membro ainda coberto, e Jimin jurava que iria enlouquecer.

- A-ah... - Jimin solta um gemido baixo, não sabia o quanto estava necessitado de Jeon. 

O maknae levanta lentamente a camisa de Jimin, passando sua boca pelo abdômen em seguida. Jimin arfava com os beijos e mordidas bem distribuidas em seu tronco, quando Jungkook chega a virilha, ele puxa a roupa íntima, fazendo com que o membro de Jimin saltasse para fora. Ele não hesita e logo lambe sua glande, e também não tarda ao abocanha-lo com tudo em seguida. Um suspiro prazeroso de Jimin surge mais uma vez, o movimento da boca que deixava sua mente turva, só o enrijecia cada vez. 

Jungkook volta a encarar Jimin com um olhar sensual, e leva três de seus dedos até a boca do mais velho, para que fossem lubrificados. Jimin os lambia sem desviar de seu olhar penetrante em nenhum momento. Quando bem lubrificados, Jungkook finalmente colocava seus dedos na entrada apertada, depositando um de cada vez.

- Hmm! - Jimin mordia os lábios, se controlando para não gritar.

Depois de preparar a entrada, era a vez de Jungkook abaixar suas calças e libertar seu membro que já se encontrava dolorido há tempos. Jimin morde o lábio inferior ao ver o membro rígido se aproximar de sua entrada, enquanto Jungkook separava as pernas dele, agarrando-o bem pelas coxas. Não demorou muito tempo para que se encontrasse dentro dele por completo, Jimin arfava ao senti-lo. O problema era que Jungkook ainda estava lento demais com a estocada, e Jimin sabia bem que aquilo não passava de uma provocação infeliz, mas não tinha jeito, ele teria que pedir, e como detestava ter que implorar por aquilo.

- Jungkookie-ah... E-Eu quero... 

- O que? - Jungkook lançava um sorriso cínico.

- V-Você sabe... - Jimin ainda se sentia envergonhado por dizer aquilo.

- Me peça - Jungkook ordena.

- Merda, Jungkook! - sua voz sai em um tom mais alto, Jimin não aguentava mais o ritmo lento da estocada, precisava de mais - Me fode com força logo!

Como pedido, Jungkook aumentou o passo. Ele segurava bem as pernas de Jimin, para que se posiciona-se melhor entre elas, e levava a estocada a fundo. Era forte, e ganhava um ritmo cada vez mais rápido a cada uma delas, por suas vez, Jimin já dava gemidos sucessivos, e ainda mais roucos, e agarrava-se as costas dele de maneira aparentemente desesperadora.    

- Ma-mais rápido, me fode mais rápido... - implorava Jimin, enlouquecendo com o membro do mais novo dentro de si - P-Por favor, Kookie-ah!

Jungkook acerta no ponto de Jimin, fazendo um grito inesperado escapar. Ele volta a acertar de novo, e o menor crava ainda mais suas unhas nas costas dele, e então mais uma vez, e um grito ainda maior saira. Já era incansável, Jimin não estava conseguindo mais controlar sua voz, gritava cada vez mais alto, então para que ninguém ouvisse, Jungkook cola os seus lábios com os dele na tentativa de afabar os gemidos. Agora tudo o que se ouvia naquele sala era um som alto e frequente das peles se chocando, e de um beijo desajeitado de duas bocas que ainda estavam sedentas. 

O ápice estava cada vez mais próximo, bastou outra estocada forte, fazendo com que o maknae se retirasse de dentro dele rapidamente, e gozasse sob o abdômen do mais velho. Ele solta um suspiro satisfeito ainda com os lábios colados aos de Jimin. Eles se afastam do beijo para procurar ar, e agora colam suas testas. Chegou o momento de Jimin chegar ao prazer, Jungkook não poupou ao masturba-lo e Jimin pouco se importou com o som dos seus gemidos, pois ele finalmente havia gozado. 

Jimin tomba sua cabeça para trás, exausto, batendo contra o espelho de leve, enquanto Jungkook, também cansado, apoia sua cabeça contra o peito do mais velho, fechando os olhos em seguida. Jimin acariciava as costas do namorado, e com a outra mão, também retirava seus fios molhados no rosto do mesmo. Então, enquanto também descansava, Jungkook abre os olhos devagar e comenta: 

- Estamos ficando cada vez melhores nisso... 

Jungkook levanta a cabeça para encará-lo e lança um sorriso pervertido após o comentário, deixando Jimin envergonhado por completo. O mais velho então dá um tapa no ombro dele como resposta a sua piada sem graça, arrancando risos do maknae.

- Precisamos nos lavar... - Jimin muda de assunto, depositando um beijo na testa do namorado.

- Tem um banheiro que vive vazio no estúdio, e acho que fica perto do camarim - diz Jungkook.

Jimin concorda, e pede ajuda para descer da penteadeira. Antes de saírem do camarim, se limpam previamente e ajeitam um ao outro para que evitassem olhares desconfiados no corredor. Porém, eles acabaram sendo surpreendidos quando deram de de cara com Taehyung, que já estava esperando por eles do lado de fora há muito tempo.

- Bonito, hein! - comenta Taehyung ao verem os dois saindo finalmente do camarim - Os dois fizeram uma "reunião" de pazes, e ainda trancaram a porta, com todas as minhas coisas aí dentro!

- Fala baixo, caralho... - Jungkook reclama, observando ao redor - E me fala pra que lado fica o banheiro.

- É logo ali... - Taehyung aponta para uma porta esquerda no final do corredor - E Jimin, acho melhor correr, estão terminado de montar o novo cenário para tirarem minhas últimas fotos.

- Ai não, se eu me atrasar, o manager me mata - Jimin se preocupa - Vamos logo, Kookie.

O casal se afasta com Jimin puxando Jungkook apressado pelo braço, apesar de não estar em condições para andar depressa. O mais novo ainda tenta fazer graça com ele no meio do corredor a fim de distraí-lo, e acaba dando lhe um backhug apertado, com direito a um beijo estalado em seu pescoço. Jimin reage na hora o repreendendo, eles tinham que ser rápidos, mas Jungkook como sempre ria e concordava com ele ao mesmo tempo. Taehyung havia assistido aquela cena fofa deles, e agora negava com a cabeça em meio a uma risada.

- Esses dois não tem jeito... - Taehyung comenta para si mesmo antes de entrar no camarim.


Notas Finais


Primeiramente,
Me desculpem pelo Lemon merda, ok? kkkkk Primeira vez que eu escrevo desse tipo, então não estou tão acostumada, mas prometo melhorar :*
Segundamente,
Obrigadaaaa por lerem, em breve devo estar voltando com minha long fic (não prometo datas porque sou enrolada sim), mas já comecei a escrever, de repente apareço aí quando menos vocês esperarem! Tchau, tchau e...
**Beijos da LL's


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...