História Bate mais!(sadomasoquismo) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 129
Palavras 788
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem ^^

Capítulo 1 - Capítulo único


Em mais uma aula chata e cansativa em uma escola onde ainda era aplicada a palmatória, Carol estava fazendo alguns cálculos no quadro negro, enquanto os alunos copiavam o que ela escrevia no quadro. O torturante silêncio era interrompido apenas pelo som do giz se chocando contra o enorme quadro. Ela se virou para explicar a matéria aos alunos até que uma briga repentina entre Andy e Carlos, interrompeu a aula. Andy socou a o rosto de Carlos que caiu no chão com o nariz sangrando, mas Carol segurou o garoto pelo braço, o fazendo sentar novamente 

— Alguém leve Carlos à enfermaria -Carol falou sem deixar de olhar para Andy que estava com uma certa cara brava- o que aconteceu? -Carol perguntou calmamente-

— Eu soquei a cara do muleque, não viu? -ele riu e fazendo a professora ficar bastante irritada e ir até sua mesa, pegando a palmatória, nesse momento, Andy mordeu o lábio inferior-

— Estenda a mão! -a loira estava com uma voz notavelmente alterada-

— Com todo o prazer -Andy obedeceu e ficou olhando sua mão, esperando a palmada, ele estava ansioso por aquela palmada. Carol bateu a palmatória de madeira na mão do garoto que apenas mordeu o lábio-

- Doeu?! -ela perguntou encarando os olhos Safira do garoto-

— Nem um pouco -ele sorriu desafiador e Carol bateu com mais força. Pela primeira vez ela precisou de duas palmadas em um aluno, o que foi o suficiente para ela ficar muito excitada-

— Eu só vou parar quando você falar que doeu! -ela bateu novamente com mais força. Esse aluno estava conseguindo fazer algo que poucas pessoas conseguiram: Irritar e excitar Carol-

— Bate mais -ele sussurrou no ouvido da professora que sentiu sua vagina ficar molhada-

— Chega! -ela desistiu de castigar o garoto e assim, a aula voltou a seguir. A loira estava extremamente excitada em pensar coisas erradas com um aluno- eu vou me divertir muito com esse garoto- ela pensou enquanto mordiscava seu lábio inferior, olhando o garoto de cabelos castanhos que estava fazendo as atividades que ela passou.

Quebra de tempo, fim da aula

A aula já havia acabado, todos os alunos estavam saindo, mas quando Andy tentou passar, Carol segurou ele pela camisa e falou perto do ouvido dele

— Você fica... -ela mordiscou a orelha de seu aluno, que sentiu um arrepio por todo o corpo. Depois que todos saíram, ela trancou a porta e ficou encarando o garoto com um sorriso malicioso-

— O que você quer? -Andy perguntou tirando a mochila que estava em suas costas, a jogando no chão-

— Você sabe o que eu quero, não se faça de bobo -ela pegou ele pelo braço e o fez sentar na mesa da professora, e logo depois ela sentou no colo do garoto de frente para ele- Seu masoquista gostoso... -ela beijou o pescoço do garoto e mordeu um pouco forte fazendo o castanho arrepiar cada centímetro de seu corpo ainda em desenvolvimento, soltando um leve arfar. Carol tirou a camisa dele começou a arranhar o  seu abdômen com força.

— M-Mais forte! -ele mordeu o lábio com força enquanto sua professora o arranhava-

— Me chame de mestra, vai! -ela ordenou autoritária-

— M-Mestra....por favor...me machuque! -ele sussurrou no ouvido da mulher, que ficou extremamente excitada. Carol pegou o garoto pelo cabelo e o jogou contra o chão, subindo em cima dele, e dando alguns tapas em seu rosto e mordidas em seu peitoral-

— Good boy -ela tirou sua blusa exibindo seu belo corpo adulto e deitou sobre o peito de Andy, esfregando seus seios no mesmo- gostou deles? -ela passou a mão em seu seio direito-

— Muito! -ele ficou encarando os seios da maior. Ela deu um tapa na cara dele- Bate mais! -ele implorava a cada tapa de sua professora. Depois de longos minutos de tapas e mordidas, Carol tirou sua longa saia sentou no e sua calcinha e logo depois tirou a calça e a cueca do menor e sem perder mais tempo, fez ele penetrar sua buceta encharcada, mesmo tendo 14 anos, o membro se Andy tinha 23cm, o que foi mais que o suficiente para Carol gemer como uma louca, ela calvagava rápido e muito forte, enquanto estapeava e arranhava o peitoral do garoto. Ela gemia enquanto encarava o rosto do garoto, ela o beijou com intensidade ele retribuiu, passando as mãos por todo o corpo da  maior, os gemidos da maior deixava o pau do garoto cada vez mais duro. Depois de muito prazer e dor, Carol teve um orgasmo

— C-Carol...eu v-vou ahhh -ele gemia baixinho. A maior saiu de cima do garoto e abocanhou o membro dele, engolindo toda a porra

— Você foi ótimo...vou querer fazer isso mais vezes -ela deitou a cabeça sobre o peitoral do garoto sorrindo-







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...