História Be Arrogant (hiatus) - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~S_A_T_U_R_N

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 18
Palavras 1.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Querido Ninguém


Fanfic / Fanfiction Be Arrogant (hiatus) - Capítulo 5 - Querido Ninguém

O sinal bate e Keiko sai toda avoada. A garota sai da sala meio alegre e vê Yang

 -Yang!!!

 Keiko chama feliz

 -É assim que você me chama depois de envergonhar meu irmão no refeitório?

 -Mas, do que você tá falando?

 -Você pensa que ele não me contou? Tudo bem não gostar da personalidade de uma pessoa mas ser grossa à ponto de fazer ela chorar já é de mais.

 -Ele estava chorando?

Keiko pergunta receosa

-Não interessa mais.

 -Yang... Keiko engole à seco -Me desculpe...

 Keiko diz com um pouco de remorso

 -Woah!! Pedir desculpas é fácil... Agora fazer o problema se resolver...

Yang diz com raiva

-Yang.. A única vez que eu te peço desculpas você me trata assim?

Keiko pergunta decepcionada

-Keiko... Eu sou sua amiga a cinco anos, e você resolveu se importar comigo em algum desses anos, Keiko? Não! Você me da nojo! Você só se importa consigo mesma! Esta pouco se lascando pras pessoas ao seu redor, eu cansei Keiko, não sou obrigada a nada! Estou cansada de você deixar os outros pra trás, em tudo que faz! Você é a melhor em tudo...

 Yang diz a ponto de chorar

 -Realmente Yang... Eu só me importo comigo, até porque se eu não me importasse comigo, quem se importaria..? Eu vim pedir desculpa mas já que você não quer, eu é que não vou ficar me arrastando atrás de você! E, eu não tenho culpa de você ter toda essa inveja de mim...eu não tenho culpa se estudo que nem uma louca pra ser "boa em tudo" como você diz...eu não tenho culpa de você não estudar!

 Keiko diz com raiva e sai dali. A garota caminha até sua casa pensando na briga com sua única e melhor amiga.

 "Que merda eu fiz? Eu pensei que ela era minha amiga....mas estava muito enganada"

Keiko sai correndo pra não começar a chorar ali no meio da rua. Assim que a menina chega em casa ela joga a bolsa em qualquer lugar e cai aos prantos, quando do nada o celular apita.

*Chamada On*

 Keiko: alô?

 Numero desconhecido: Olá, quem estás falando?

Keiko: Keiko, Keiko Yoon

Número desconhecido: Ah... Então eu acertei... Senhorita Yoon... Sinto lhe dizer, mas, seus pais sofreram um acidente de carro e não resistiram...

 ***

Do nada o cara desliga. O mundo de Keiko tinha desabado em sua cabeça, a garota começa a chorar desesperadamente.

-Appa...

Keiko soluçava

-O...oque eu vou fazer da minha vida..?

Keiko continuava a chorar

"Eu não tenho ninguém...eu não tenho ninguém...oque eu vou fazer da minha vida..? Eu...preciso de alguém.."

Keiko aos poucos se levanta mas, logo cai ao chão novamente.

"Ta...Taehyung..?

Keiko engole à seco.

"É isso..."

Keiko se levanta e sai andando pela rua.

Ela  segue até a casa de Yang e bate na porta duas vezes, quando do nada Tae abre.

-Taehyung...

-Keiko? Oque faz aqui à essa hora?

 -Eu...eu queria falar com você sobre como eu tenho te tratado.

 -Ah, não se preocupe, eu não me importo mais.

 -Tae...meus...pais..

 -Não diga nada...eu não me importo mais com sua personalidade, nem com oque você diz, não me importo também com oque você vai dizer...não quero mais saber de você Keiko...

 -Kim Taehyung...

 Keiko diz soluçando.

-Pode ir embora...não vou atrapalhar mais você.

 Tae fecha a porta e Keiko ouve o barulho das chaves trancando. Tae senta no chão apoiando as costas na porta com as mãos na cabeça. Keiko anda um pouco até ficar parada no meio da calçada e da rua deserta.

"pode ficar pior?"

Keiko pensa logo antes de começar à cair pequenas gotas de água em sua cabeça. Ela anda um pouco mais rápido até chegar em sua casa, abre a porta meio apressada e entra molhando tudo. Ela se ajoelha no chão ao lado do retrato de seus pais e chora abraçando o mesmo.

"Nada pode ser fácil pelo ao menos uma vez..?"

Ela continua a chorar. A garota deixa o retrato de seus pais de lado e caminha até seu quarto.

Ela abre a gaveta de sua escrivaninha e pega um caderno.

Escrever a faz bem.

"Querido ninguém...seja quem for que estiver lendo isto...eu estou cansada da minha vida...nada tem sido fácil esses dias...ninguém se importa comigo...e, ainda por cima...eu recebi a terrível notícia que meus pais morreram..."

Keiko rasga o papel e joga em qualquer canto do quarto.

"Estou cansada..."

Ela volta a abrir a gaveta e encontra ao lado de uns papéis velhos uma lâmina, a garota pega a lâmina, que por um acaso estava bem afiada e enfia em seu braço, formando cortes de todas as formas. Começa a jorrar sangue no chão...a garota sabia que aquilo tornaria um vício.

Mas ela já não se importava...até porque, se alguém soubesse, ninguém se importaria mesmo.

E com isso a garota resolve tomar banho. Ela deixa as gotas de água cair no corte, aquilo poderia infeccionar?

Talvez, mas não importava.

***

Keiko acorda e percebe que a casa está mais silenciosa do que o normal, quando ela lembra do que aconteceu.

A garota caminha até o espelho e vê que seu rosto está extremamente inchado, por ter chorado e também por ter acabado de acordar. Sem pressa nenhuma a garota caminha até o banheiro e faz suas devidas higienes.

Ela coloca seu uniforme e pega um casaco.

A garota sabia que não podia usar casaco em sua escola, mas ela não podia deixar seus cortes à mostra.

Então ela deixa seu casaco de lado e pega o kit de primeiros socorros, ela faz um curativo rapidamente e desce. Estava quase atrasada, então ela prefere comprar um milk-shake no caminho.

Ela sai de casa apressada, quase correndo e entra no Starbucks e compra seu shake de chocolate, e volta a correr até a escola.

Assim que ela chega na mesma, ela vê Yoongi sentado em baixo de uma árvore.

Ela resolve se aproximar, mas ele já estava acompanhado.

Yang estava ao lado do rapaz.

"Realmente...sem ninguém"

A garota vê aquilo e resolve sair de lá e se isolar em um canto.E ela o faz, ela corre em direção a biblioteca e se joga no puff que tinha lá. O bom de ser extremamente inteligente é que ela não precisava fazer atividades. E nem estudar. Ela já estava totalmente passada na escola. E ia à escola apenas pra cumprir a cargo horária.

"Por que há tanta inveja no mundo..?"

Keiko lê este pequeno trecho em um livro qualquer e o deixa de lado, após ter lembranças do dia seguinte.

Ela resolve sair da biblioteca, mas quando a mesma ia saindo de lá Yoongi e Yang entram.

-Keiko!!

Yoongi diz feliz por ver a garota com quem tinha feito tanta afinidade em apenas um dia.

-Oi!

Keiko força um sorriso

-Woah! Eu não sei se você a conhece...ela é a Kim Yang..

Yoongi diz colocando Yang a sua frente

-Ahn...legal

Keiko tenta sair dali o mais rápido possível,  mas Yoongi a puxa pelo braço, fazendo o mesmo doer.

-Yoongi.. meu braço

Ela diz e o garoto solta o braço dela pra poder ver.

-Keiko.. oque é isso?

Ele diz se referindo à seu braço

-N...não é nada, Yoongi..eu estou atrasada...tenho que ir, depois nos falamos!

Keiko diz e acena, mas logo depois se afasta.

Ela caminha até sua sala e se senta na cadeira.

Pega um livro qualquer de sua bolsa e começa a ler...


Notas Finais


KYYAA!! MAIS UM CAP QUE ACABA DE SAIR DO FORNO...COMO VAI A VIDA DE VOCES??
LALALALA...COMENTEM!! AMANHÃ TEM MAIS...

obs: o cap demorou, mas saiu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...