História Be Mine // Larry Stylinson - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry, Larry, Liam, Louis, Niall, One Direction, Zayn, Ziam
Exibições 43
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pra compensar a demora, mas um capitulo quentinho. E, talvez, mas só talvez, eu poste mais outro capítulo amanhã.

Boa leitura

Capítulo 3 - Capítulo 3


Depois de um dia cansativo, uma noite sem dormir, passar mais duas horas no hospital e uma conversa com seu tio que ainda não saiu da sua mente, finalmente Harry estava pronto pra ir pra casa. Ele passou na sala da irmã pra se certificar se estava tudo bem, deixou um beijo rápido na sua mãe e passou no quarto da Emma para lhe desejar boa noite.

Apesar de a pequena morar com Harry, Emma tinha um quarto no hospital no qual ficava quando reiniciava os tratamentos. Um provável estresse durante a gravides fez com que a pequena perdesse 80% dos movimentos das pernas.

Como não tinha pegado um táxi para ir trabalhar ele tinha ido com seu carro. Todos os elevadores estavam ocupados e ele resolveu descer pelas as escadas até o estacionamento no térreo.  Se arrependendo logo depois.

- AEW BRO!

Ele viu o Zayn gritar de uma distancia de uns dois metros junto com Liam, seu namorado, e o Niall. Os três já estavam sem suas roupas de trabalho e pareciam que iam pegar um taxi.

- Estão indo pra casa? - Harry perguntou já perto dos três garotos - Porque eu estou de carro e também estou indo pra casa.

...

A ida pra casa foi tranquila. Eles conversavam de como tinha sido o dia e como os pacientes eram adoráveis na maior parte do tempo. Liam e Zayn já planejando morar juntos e Niall reclamando por esta com fome. Eles também discutiam entre ir ver um jogo de futebol ou para um pub conhecido. Harry negou todas as alternativas.

Eles moravam no mesmo condomínio, apenas em blocos diferentes. Liam e Niall, por serem primos dividiam o mesmo apartamento, mas a maior parte do tempo o liam passava na casa do Zayn.

- Eu 'tô quase morrendo de fome, estão vendo como minha pele está mais branca que o normal? Estou mais amarelo do que meus cabelos!  - dramatizou o loiro tingido - Quero comer alguma coisa cheia de carboidrato ou cheia de açúcar. Resumindo:  quero uma coisa bem gordurosa.

- Mais você tomou um copo grande de chocolate quente e comeu rosquinhas! - protestou Zayn

- Niall, isso é seu psicológico. Eu sei disso porque trabalho com isso - Liam falou logo após seu  namorado - e o Zayn está certo.

Niall revirou os olhos como uma criança birrenta e notou o quanto Harry estava calado e estranho ultimamente. O loiro odiava ver os amigos tristes ou desapontados, era como uma estaca no coração de um vampiro. O de olhos azuis cutucou o ombro do Liam que estava acariciando os cabelos negros do muçulmano que estava quase dormindo com o carinho do psicólogo. Logo Liam notou a tristeza nos olho do Harry e decidiu se pronunciar antes de qualquer outro dos meninos.

- O que houve Hazza? - Liam perguntou com uma voz calma enquanto colocava a mão no ombro do amigo - quer conversar?

- Só estou um pouco cansado, preocupado também tanto com meu tio quanto com a Emma. Nada do que eu possa superar. - sorriu convencendo os amigos.

- Isso é falta de sexo - Zayn sussurrou mais acabou levando um beliscão do Liam - Isso doeu, leew!

- Você esta ficando depressivo, Hazz - Liam.

- Precisa de um namoradinho. Ou uma menina pra alimentar essa sua ilusão de ser hétero. – Niall riu concordando com o moreno e Liam apernas observou com um sorrisinho torto – cara, você não teve nada com alguém deste a Hitalia!

- Esquece isso pelo amor de Deus, Zayn – Harry resolveu se pronunciar com uma voz divertida. Ele odiava relembrar do tempo perdido com a Hitalia. – Mudem de assunto, por favor?

- Eu andei conversando com o Nick - Niall comentou, mudando de assunto como o mais novo tinha pedido - antes dele entrar de férias, logico, e ai ele falou que queria te apresenta a alguém Harry.

Harry cumprimentou o porteiro do prédio entes de entrar na garagem, ele estacionou o carro na sua vaga e pegou seu celular e alguns documentos.

- Já vem vocês com esse assunto de novo - Harry comentou descendo do carro e logo depois os amigos lhe acompanharam - eu 'tô bem só, eu estou feliz com meu trabalho e com os resultados do tratamento da Emma.

- Fiquei sabendo que ele estava saindo com o Ollie - Liam falou assim que apertou no elevador para subir - aquele que tem cara de rato.

Nick era um dos cirurgiões do hospital e tinha vários amigos no qual Harry conhecia também, e no fundo, ficou curioso de quem poderia ser.

...

Harry não culpava seus amigos por querer o seu bem. E o Liam estava certo, ele estava ficando depressivo e o Niall e Zayn estava mais certo ainda. O Harry é um gay mais não está pronto para assumir isso pra si mesmo.

Ele ligou as luzes do seu apartamento que estava levemente desorganizado, com caixas de pizza e meias espalhadas pelo chão e foi direto para seu quarto. Estava muito casado para pensar em tomar um banho. Ele tem o dia seguinte todinho para tomar um.

Ele se deitou na cama macia e levemente fria devido a baixa temperatura  de Londres e colocou seus fones, tocava Rolling In The Deep primeira musica do seu álbum favorito da Adele.

...

- Você pode ajudar? - um garoto de olhos incrivelmente azuis perguntou - tá escuro aqui.

- Quem é você? - Harry questionou vendo lagrimas começando a escorrer dos olhos do homem a sua frente - Onde estamos?

- Só me tira daqui, certo?

Eles estavam em uma sala de um lado escura e do outro lado completamente claro. O garoto de aparência de seus vinte e oito anos parecia aterrorizado e perdido.

- Eu não consigo sair só. Por favor, não me deixe aqui sozinho. Eu te imploro!

Harry apenas ficou observado, ouviu o grito do menor junto com o choro.

- Por favor, não vá!

 

Implorou o garoto de olhos verdes vendo a imagem do de olhos azuis desaparecer, talvez, tarde de mais.


Notas Finais


HAHAHAHAHAHA QUEM SERÁ ESSA PESSOA? QUEM SERÁ? KKKKKK socorro a grande quantidade anestesia que recebi ta me fazendo rir feito uma idiota kkkk não liguem kkkk

Por favor, não fiquem com raiva da Hitalia, ela será uma pessoa legal. Ou não. Mas pode ser legal. Mas pode ser uma pessoa chata também. Enfim, não a odeiem muito, só um pouquinho.

Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...