História Be my princess - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Bts, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Suga, Taehyung, Vampiros
Visualizações 17
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Wings


Fanfic / Fanfiction Be my princess - Capítulo 11 - Wings

- Jimin - 

 

- Taehyung.... - avancei para acariciar a sua bochecha, eu tinha saudades da sua pele macia.

O vi desviar o meu dedo, me olhava pálido e sereno 

Taehyung: Jungkook tinha razao. Tu nunca sabes como seguir á regra um plano, acabas sempre por estragar tudo, o que lhe vais fazer afinal?

- Me respeita  - Passei os dedos sobre meus fios - Eu nao tenho paciencia ok? É uma mera Humana...além que nem na cama serve - Suspirei um sorriso seco - Mas.... ambos sabemos com quem me dou bem na cama.

 

Taehyung continuava me olhando quieto, como o cheiro dele me acalmava, eu podia viver só de respirar o seu cheiro, ele me mudava , ele me fazia ser um Jimin que eu nunca havia conhecido antes, apesar de ele ter ainda sangue humano correndo nas suas veias, ele nao e igual aos outros que o transformei, nao chega aos pés de Jungkook.

 

x

 

Naquela noite gelada, 

Que eu teimo em recordar, esta memoria só pode ser recordada por mim e Seokjin . 

 

Quando as doenças matavam milhares de pessoas, eu e Seokjin caminhávamos pelos corpos, imortais, eram outros tempos, a Coreia nao é a civilização que nos apresenta hoje. Eram campos vazios, com gente pobre. Gente que trabalhava de sol a sol, só quem possuía dinheiro conseguia sobreviver. Claro, nós imortais, vivíamos de burguesia , tempos em que se aceitava matar humanos para alimento. 

 

E foi isso que Taehyung foi para mim, em momentos, alimentos. Ele tinha três anos quando eu e Seokjin o encontramos perdido em um campo, meus instinto foi mata-lo, ele deveria agradecer a Seokjin que nao se sabe divertir , ele deveria agradecer se ele se lembrasse.

 

Tudo que Taehyung se lembra é de eu o ter criado, como um filho, e quando atingiu a maioridade, ele mesmo decidiu se tornar um de nós. Mas ele nao imagina que fui o monstro , como ele mesmo chama....que matou a sua família

 

x

 

Me aproximei lentamente batendo o salto da minha bota no soalho, sorrindo

- Não sentes a minha falta....TaeTae? - Desci a ponta dos meus dedos sobre seu pescoço fino, apetecível . 

Taehyung:  Aish..... Chega Jimin, Vim aqui vem como estão as coisas....e pelo que vejo, nada bem.

- Foi Jungkook que te enviou? - Bufei- Eu nao fiz nada, ela mesma se colocou nesta situação.

Taehyung: Chega Jimin, quer que ela morra e para nas masmorras do castelo? - Vi Taehyung se mexer seguindo até a cama, se ajoelhando - Ela está fraca, vai deixar seu erro nos matar a todos Jimin?

- .... como pode dizer isso? - Segurei seu pescoço- nao acha qe esta faltando ao respeito ao seu pai?

Taehyung: Pai? - Ouvi seu riso abafado pela roupa da cama - Jimin.... voce e tudo menos meu pai -  virou o rosto- Pai nao faz aquilo que voce me faz, pai nao beija como voce me beija

- E eu quero beijar voce agora .

Taehyung: Temos de a levar ao Namjoon , agora, larga meu pescoço - Ouvi sua boca mexer perto da minha orelha, ele me vencia todas a s vezes, de qualquer maneira 

Ele tinha razao, tenho certeza que se Kook estivesse aqui estaria me rezando na pele.

 

x

Jungkook 

A noite parecia calma, olhava a janela, bebericando do wisky, só havia algo que me incomodava, antes de partir , pedia  a Tae que vigiasse Jimin, sabia que a sua possesão iria colocar nosso plano em perigo.

Meus pensamentos voaram quando ouvi ____ murmurar algo do quarto . Virei o rosto mais rápido que pretendia, e a vi mover nos lençóis



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...