História Be quiet, okay? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 1
Palavras 952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem deste capítulo ^^
Bjo bjo
E boa leitura

Capítulo 4 - He will kill his first victim


           *CAPÍTULO ANTERIOR*

- você vai ser um psicopata jeon jungkook, vai fazer tudo que eu mandar, sem pensar duas vezes, e seu nome vai ser reconhecido no mundo todo, policiais vão tentar descobrir quem é este famoso assassino e nunca vão o desmascarar, vai matar cada pessoa que ama, todos entraram em desespero quando ouvir seu nome - ri - você vai ser um grande psicopata jungkook, vai ser o meu psicopata. 

           *CAPÍTULO ATUAL*

- Puff, tá brincando com a minha cara né "senhor misterioso" - falou jungkook juntinho com um tom de ironia na voz e fazendo movimentos com os dedos. - Até parece que eu vou matar alguém aqui, o mundo já está cheio de idiotas matando pessoas por "diversão" não vou virar mais um! - falou kook cruzando os braços 

Então Taehyung saca uma arma que estava segundo atrás em sua cintura e mira na direção da testa de jeon - Fale mais uma vez desse jeito cmg Jeon que você vai ver sua morte em segundos. - disse o mesmo com uma voz calma mas ao mesmo tempo grossa e com um olhar sério, ambos ficaram calados até que Taehyung coloca novamente a arma em sua calça 

- V-você é louco? Você poderia ter me matado se tivesse puxado o gatilho por inteiro - kook ficou em choque, mal sabia o que dizer 

- Mas eu puxei? Não né, então cale a boca! - disse Taehyung já de saco cheio - Venha! Vou explicar tudo o que deve fazer e quando vai começar seus assassinatos - o mesmo foi saindo e se guiando ao seu escritório.

Jungkook ficou calado e seguiu o mesmo até chegar em frente de uma porta de madeira toda branca, quando Taehyung abriu a mesma jung avistou um jimin caído com uma certa quantidade de sangue em sua perna no chão, Jung correu em sua direção desesperado

- você está bem, jimin? - perguntou o mesmo colocando a mão no local machucado da perna de jimin 

- J-jungkoo?! - jimin fez uma cara de assutado mas ao mesmo tempo de supreso 

- Aaaah vamos parar com esta baboseira, só está com um furinho de bosta na perna, isso não mata ninguém não - falou Taehyung revirando os olhos 

Logo jung que estava agachado ao lado de Park se levantou ajudando o mesmo a fazer o mesmo que tinha feito segundos atrás

- Bom, acho que jimin teria condição de meu escritório sem a ajuda de ninguém não é mesmo, querido jimin? - fala Taehyung batendo suas mãos em cima de uma mesa pequena ali no local 

Park olhou sem nenhuma animação para o mesmo que tinha perguntado algo segundos atrás - C-claro - logo saiu com uma certa dificuldade e fechou a porta 

- Então, Jeon Jungkook, sente-se aqui - falou Taehyung apontado para uma cadeira que estava em frente a mesa que o mesmo estava apoiando as mãos. Jeon fez o que o outro tinha pedido.

- Jeon, chegou a conhecer seu pai? - Taehyung perguntou mexendo em seus próprios dedos. Jeon respondeu negativamente com a cabeça. - Bom, seu pai tinha gostos diferentes das pessoa de hoje em dia, tinha prazer de ver pessoas morrendo em sua frente, até chegar ao ponto de provar a fazer está ação; tinha tramado de se encontrar em frente ao um lago no meio de uma floresta imensa de árvores com seu melhor amigo, Matthew Yoshida, o mesmo estava indo com a maior inocência pensando que iria ser um encontro normal entre melhores amigos, conversar pra cá, segredos pra lá, mas estava totalmente enganado ao chegar no local, avistou seu pai com uma faca na mão esquerda, o mesmo correu na direção do que tinha acabado de chegar e segurou com a mão direita em seu pescoço logo em seguida jogando-o no chão com toda sua força, então encostou a faca na face de Matthew 

- porque está tão sério, amigo? - logo depois de falar isso passou a faca nos lábios de Matthew fazendo com que quase 75% de seu rosto ficasse deformado, por fim, matou seu melhor amigo por causa de seus gosto pessimista e não conseguiu sair mais daquele vício, continuou até o dia de sua morte, foi oficialmente conhecido como um dos melhores assassinos em Seul, e com certeza ficaria feliz em receber a notícia de que seu filho deu continuidade às mesma ações que fazia antigamente, mas então Jeon Jungkook, não vou perguntar se quer dar está continuidade, pois já sei sua resposta, mas você está sendo obrigado, por bem ou por mal, então... escolhe ia pelo caminho mais fácil ou pelo mais complicado? - finalizou Taehyung com uma simples pergunta 

Jeon ficou cheio de dúvidas sobre está história que ainda não sabia sobre seu querido, papai. - C-como ficou sabendo desta história? - estava quase surtando por dentro - Tenho minhas fontes Jeon - depois desta resposta jeon abaixou sua cabeça e ficou pensando 

"Não vou conseguir sair do meio desta história e também não quero que me machuquem, então estou sendo praticamente obrigado a concordar a fazer isto, estou arrependido comigo mesmo por esta decisão estúpida minha!" 

- Já que não tenho outro meio de saída, vou ter que aceitar... - Taehyung fez com que brotasse um sorriso em seu rosto 

- Que bom que escolheu o caminho mais fácil - sorriu novamente - você irá começar a fazer isto amanhã à noite com a companhia de Park Jimin, entendido? - Taehyung falou já indo em direção à porta - Mas antes terá um treino comigo no salão Ok? - jungkook afirmou positivamente com sua cabeça 

- Ótimo, espero por você - o mesmo sai da sala deixando Jeon sozinho em cima de uma cadeira 



Notas Finais


Desculpa pelo capítulo pequeno, tentei dar o meu melhor
Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...