História Beacon Hills High School - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Aluna, Colégio, Escola, Lydia, Professor, Sexo, Stiles, Stydia, Teen Wolf
Visualizações 30
Palavras 1.708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii volteiii 😊
Não demorei tanto, e fiquei feliz que gostaram do capítulo anterior...
Gostei do resultado desse capítulo, eu adorei e espero que tenham gostado 💙
Sem enrolação, boa leitura😉

Foto pega do Google mesmo😀
*Desculpe qualquer erro de ortografia.

Capítulo 6 - Não sou safado!


Fanfic / Fanfiction Beacon Hills High School - Capítulo 6 - Não sou safado!

Narradora ON


- Eu não acredito que você fez mesmo isso Lydia! – Allison grita chocada com a amiga depois da mesma ter contado os mínimos detalhes da “conversa” com o professor.

- Calma, Alli. – Lydia diz ainda rindo da reação da amiga.

- Parece coisa de novela. – a morena comenta.

Lydia apenas balança a cabeça negativamente rindo, também não acreditava no que aconteceu, parecia que ela estava em um sonho e poderia acordar a qualquer momento.

- Você não tem medo se alguém descobrir? – Allison diz preocupada, estava feliz pela amiga mas não queria que a mesma sofresse problemas.

- Bom, na verdade eu nem pensei nisso direito. – a ruiva começa – e eu gosto do Stiles de verdade, então não me importo.

– Ah Lydia, e se ele não gostar de você? – Allison fala nervosa – Se ele te machucar de qualquer maneira, eu acabo com ele.

- Eu já disse que te amo né, fofinha? – Lydia fala abraçando Allison.

- Eu também te amo, ruivinha.

- Eu queria te pedir uma coisa – a morena se separa da amiga, a ruiva assente – vai ter uma festa hoje às nove na casa da Malia, vamos? – termina animada.

- Allison, você sabe que não vai ficar comigo em nenhum momento, vai ficar com o Isaac, e eu vou acabar sentada em algum lugar da casa bebendo vodca, pode ir mas eu não vou. – Lydia diz de braços cruzados encarando a amiga.

- Por favor, Lydia! Eu vou ficar sim com você, Isaac não vai. – Allison fala determinada a convencer a ruiva a ir de qualquer maneira.

- Não sei, não. – a ruiva diz pensativa, e Allison apenas fica dizendo “por favor, por favor ”.

- Tudo bem, eu vou. – Lydia se rende.

- Ótimo, vamos escolher nossas roupas! – Allison a pega pelo braço e a arrasta até o seu closet.

** ** **

-Você é safado, hein? – Scott fala dando mais um gole na garrafa de cerveja em sua mão.

- Não sou safado! – Stiles diz batendo a mão na bancada da cozinha seguida de uma gargalhada dos dois.

Estavam bêbados, muito bêbados, Scott já não conseguia enxergar perfeitamente e Stiles sentia o estômago revirar milhares de vezes.

- Já bebemos demais! – o Stilinski ri pegando a garrafa do amigo jogando o resto de bebida na pia e fazendo o mesmo com a sua.

- Tá bom! – Scott grita tampando os ouvidos – Só pare de gritar - caminha até o sofá e se joga e em menos de 3 minutos está roncando.

Stilinski faz o mesmo se jogando na poltrona.


Stiles ON


Acordo com a cabeça explodindo, e tontura, viro minha cabeça para o lado e vejo Scott cheio de baba jogado no meu sofá roncando, solto uma pequena risada da situação dele, o que faz minha cabeça doer ainda mais. Merda.

Me levanto indo em direção ao banheiro, tiro minha roupa e entro no boxe, tomo um banho morno e rápido somente para eu conseguir dormir direito e essa dor de cabeça passar.

Seco os cabelos com uma toalha que estava no armário do banheiro, enrolo a mesma na cintura e saio do banheiro, cutuco Scott que resmunga e se remexe no sofá caindo de bruços no chão.

- Por que fez isso? – ele reclama se ajeitando no chão e fechando os olhos.

- Scott, se você for dormir aqui, pelo menos toma um banho. – falo e subo as escadas indo para o meu quarto, coloco a primeira bermuda que eu vejo e deixo a toalha jogada em cima da cama, desço as escadas de novo e ouço o barulho do chuveiro. Ele me obedeceu.

Vou até a geladeira da cozinha procurando algo para comer, mas penso, se eu colocar qualquer coisa na boca provavelmente eu vou vomitar.

Só pego uma garrafinha de água, e me sento no sofá ligando a TV onde está passando um jogo de beisebol.

- Me empresta uma bermuda! – Scott grita do banheiro. Subo as escadas e pego a droga da bermuda, bato na porta do banheiro Scott abre e me encara maliciosamente.

- Obrigado, se a Lydia te largar eu fico com você.

- De nada, Scott. – fecho a porta do banheiro e volto assistir o jogo de beisebol.

Lydia ON

- Estou bonita? – Allison sai pela nona vez do closet, com uma roupa completamente diferente da anterior.

- Allison, todas as suas roupas são bonitas. – falo terminando de passar o meu delineado.

- Tudo bem, eu vou ficar com essa! – ela diz decidida, se olhando no espelho.

Allison está usando seu short preto rasgado, top preto, por cima uma blusa transparente, um salto pequeno mas fino nos pés, ela deixou seus cabelos soltos e uma maquiagem leve.

- Devo levar uma bolsa? – ela pergunta de dentro do closet.

- Não. Pra quê? – falo pegando meu salto de cima da cama.

- O look vai ficar mais bonito! – ela grita.

- Desnecessário! – grito de volta.

- Tá bom. – ela sai do closet tristonha – nossa, você tá linda!

- Tem certeza? – digo me olhando no espelho.

- Sim, você tá linda! – ela me encara pelo espelho com um sorrisinho no rosto.

Eu estou usando uma calça jeans, regata branca, por cima jaqueta de couro, um salto fino que a Allison me forçou a usar, deixei os cabelos soltos e maquiagem básica.

- Vamos? – me viro para ela.

- Vamos! – ela responde animada.

Pego as chaves do carro em cima do criado-mudo e trancamos todas as portas e fechamos as cortinas das janelas.

...

A música eletrônica podia ser ouvida ainda do lado de fora, alguns alunos que já tinha visto na escola bebiam na calçada, Allison acenou para alguns deles que retribuíram o ato.

Allison, a simpática.

Entramos na casa e Allison já andava rebolando no ritmo da música, passamos pelas pessoas que dançavam igual a loucas, andamos até a cozinha onde na bancada havia bebidas, pego a primeira garrafa de tequila e despejo em um copo vermelho, bebo e sinto o líquido queimar a minha garganta, fecho os olhos por míseros segundos e abrindo vejo Allison conversando com Malia, as duas bebem.

- Isaac! – Allison grita abraçando o mesmo. Ela disse que ele não viria.

- Oi Lydia! – a Malia empolgada se vira para mim, eu não converso muito com ela, algumas vezes no intervalo, só temos aula de biologia juntas, e nas aulas de biologia eu estou preocupada com a minha nota baixa, e o professor, mas ela parece ser legal.

- Oi Malia- falo sem animação, não estou sendo grossa com ela, só estou chateada pela Allison ter mentido.

- Está triste? – ela pergunta – Beba isso vai ficar melhor. – ela me oferece um copo, pego sem hesitar e bebo um gole, é gelado e parece ter menta, tem um toque doce não sei o que é. Mas é bom.

- Obrigada! – digo e ela assente.

Ando até o lado de fora onde há uma piscina, algumas pessoas estão sentadas na beira da mesma, outras são jogadas, a música podia ser ouvida de longe.

Me sento encostada na parede da casa, ainda com o copo na mão, vou bebendo aos poucos, quando um garoto se senta do meu lado, não consigo ver o rosto dele direito.

- Oi, Lydia. – ele fala e me inclino um pouco para conseguir ver quem era, Jackson.

- Jackson. – falo simples, eu ainda não me considero muito amiga dele, afinal saímos de uma relação nada agradável, bom talvez para mim.

- Então, quem vêm à uma festa para ficar sentado em um canto isolado? – ele fala irônico, solto uma pequena risada e levanto a mão e ele faz o mesmo, rimos.

- Nós! – falamos juntos, me senti confortável perto do Jackson, ele tá diferente.

- Você não iria mudar de escola? – pergunto para ele que bebe sua garrafa de cerveja.

- Sim, mas minha madrasta preferiu ficar na cidade. – ele responde.

Dos adolescentes que eu conheço, só eu e a Allison moramos sozinhas, não foi decisão nossa, talvez nós tenhamos dado a ideia. Nossos pais sempre viajam a trabalho, então nós duas com alguns truques os convencemos de deixar morarmos sozinhas, mas eles sempre aparecem do nada para ver se está tudo bem.

Começamos a conversar coisas aleatórias, já conseguia sentir o efeito da bebida, parei de beber.

- Lydia! Eu estou te procurando igual a uma louca! – Allison se aproxima de nós dois – ah, oi Jackson.

- Me procurando?! – me levanto estressada – você me disse que o seu namoradinho não viria e ah, o que aconteceu, ele veio! – grito, eu estou brava com ela mas a bebida, com certeza fez eu ficar mais alterada.

- Lydia, calma! – ela fala alto o suficiente, para eu me calar – Eu não sabia que ele viria! E eu não te deixei de lado se é o que você tá pensando. Estava te procurando. Mas acabei ficando mais com o Isaac. Me desculpa! – ela termina me segurando pelos ombros.

Cruzo os braços.

- Vou embora, você vêm? – falo e ela balança a cabeça – tchau, Jackson. – me viro para ele e o mesmo me dá um breve aceno.

Eu e Allison damos a volta na casa e vamos até o carro, abrindo a porta do motorista, Allison me impede batendo a porta novamente.

- Eu dirijo. – ela diz firme, dou de ombros, e vou até o banco do passageiro meio sonolenta, Allison liga o carro e começa a dirigir, encosto a cabeça na janela.

- Você bebeu muito? – ela pergunta.

- Não sei. – respondo, não lembro de quantos copos ou garrafas bebi, qualquer coisa que o Jackson oferecia, eu aceitava. Acho que fui burra. Podia ter até veneno nas bebidas. Ou álcool demais.

- Nunca mais me deixe sozinha em uma festa, Argent. – falo e ela ri fraco, abro um pequeno sorrisinho.

- Claro, Martin. Eu juro. – ela diz e nós duas sorrimos uma pra outra, é a nossa forma de fazer pazes, sempre foi assim. Sorrisos.

Chegamos em casa, destrancamos a porta, depois subo as escadas indo até o meu quarto, tomo um banho, na esperança da ressaca não ficar forte. Saio do banho me secando na toalha cinza, tomo um remédio de dor de cabeça, coloco uma camisa grande e larga branca, qualquer calcinha e me deito na cama, adormecendo logo depois.




Notas Finais


E aí, gostaram?! 👍
Essa festa, hein?! Será que o Jackson e a Lydia vão voltar a ser amigos? 😶
Adorei a Lydia e a Allison fazendo as pazes, gostei, ficou fofo💙
Scott e Stiles bêbados🍻

*Desculpe qualquer erro de ortografia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...