História Beasts - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Originais
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kankuro, Kiba Inuzuka, Madara Uchiha, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Zetsu
Tags Beasts, Naruto, Originais, Thewolve
Exibições 7
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


IAE GALERA! Sim, as postagens estão sendo adiantadas pra eu ficar tranquilo na semana de provas que vai vir por ai. Boa leitura seus lindo!

Capítulo 8 - O verdadeiro poder de um guerreiro - Part I


 ~Ryan

Eu estava muito assustado para parar de correr, minhas pernas e braços não me obedeciam, apenas continuavam correndo da mesma forma que animais quadrúpedes correm. Senti uma pontada de dor na minha perna e vi que aquela Kunai estava cravada ali, bem no meio da coxa, parei derrapando no solo e respirei um pouco para recuperar o fôlego. Olhei para aquele objeto que parecia inofensivo à primeira vista, porém causava uma dor enorme.

Levantei e pulei em um pé só até uma grande árvore que tinha raízes não subterrâneas, tomando uma forma arredondada. Sentei no chão e fui retirando aos poucos a Kunai da minha perna, soltando grunhidos de dor a cada centímetro retirado. O sangue jorrou quando ela saiu completamente, a joguei de lado e coloquei dois dedos pressionando o local do corte, para prevenir perda de sangue em excesso.

Respirei um pouco mais e olhei pros lados e para cima, me certificando de que eu estava sozinho, alcancei o bolso de trás da mochila e de lá tirei algodão e bandagens, os quais usei para fazer um curativo na coxa. O sangramento havia parado um pouco mais e a dor também, porém eu não poderia sair, não enquanto eles estivessem atrás de mim...

~FLASHBACK ON~(porque Naruto não é Naruto sem Flashback)

Andamos um bom pedaço até a vila vizinha, aparentemente tudo normal, nada nem ninguém nos incomodou durante a viagem. Porém, demoramos mais do que deveríamos por lá e acabamos tendo que acampar na volta, pois a noite chegou mais rápido do que esperamos. Neji montou uma fogueira no meio de um descampado, utilizando galhos e troncos de madeira, ele tentava fazer fogo utilizando duas pedras mas não conseguia nada.

- Eu avisei para o Naruto trazer fósforos...- ouvi ele praguejar.

- Bem, eu posso dar um jeito!- me aproximei e produzi uma pequena labareda de fogo, a qual atirei no amontoado de madeira.

- Uhn... Obrigado.- ele disse simplesmente e foi pegar algo em sua mochila.

- Oe! Estou de volta!- Naruto disse bem alto enquanto surgia do meio das árvores, carregando uma porção de coelhos no ombro.

- Nós vamos comer... Isso?- perguntei olhado pra ele.

- Sim, qual o problema?- ele largou os coelhos mortos no chão.

- Não nenhum...- "Onde tem um McDonalds por aqui?"

Neji se aproximou e recolheu o que seria nosso jantar, vi que ele tinha armado uma espécie de mesa com duas pedras e uma longa tora de Madeira cortada dos dois lados, ficando bem plana.

Da mochila ele tirou vários potes com o que parecia ser temperos e começou a preparar os coelhos ali na mesa improvisada.

- Como ele consegue?- disse me sentando ao lado de Naruto.

- Ah, Neji é muito bom nessas coisas de sobreviver na floresta.- e olhou pro Hyūga, que cortava um dos coelhos.- Ele sabe se virar!

Algum tempo depois, estávamos sentados em volta da fogueira tomando sopa de coelho, no começo achei que seria uma má ideia, porém tinha um gosto excelente. Devorei tudo aquilo rapidamente, inclusive uma perna de coelho que estava no meio da sopa.

- Vou lavar os pratos!- disse o Naruto recolhendo tudo.

- Deixa que eu te ajudo.- me prontifiquei e fui seguindo ele.

Adentramos um pouco a floresta, Naruto apontou uma direção e fomos andando para lá, conforme nos moviamos, pude ouvir o inconfundível som de uma correnteza. Despontamos à beira de um pequeno rio que serpenteava desde um local desconhecido até outro local desconhecido. Me abaixei e comecei a lavar alguns pratos e utensílios enquanto conversava com o loiro, que falava mais sobre o mundo ninja.

Nesse meio tempo, ouvimos uma explosão e muita fumaça subindo, na direção do acampamento. Naruto largou os pratos e correu, eu não entendi muito bem, mas pelo jeito era algo ruim. Muito ruim. Quando cheguei à clareira, vi Neji lutando com alguns ninjas enquanto Naruto usava seus clones para lutar com os demais, o som de gritos e metal colidindo era intenso ali. Neji usava suas técnicas que eu não lembrei o nome, mas fazia uma fileira de ninjas voarem com apenas um golpe no ar. Já Naruto combatia dezenas de ninjas que chegavam usando Kunais.

Olhei para cima e vi um cara loiro sobrevoando o local da batalha montado num grande pássaro Branco, ele soltou alguns objetos também brancos que explodiram logo que tocaram o solo. Me abaixei atrás de um arbusto pra me proteger, levantei a cabeça assim que a poeira baixou e constatei a cratera que a explosão fez. Naruto havia sido pego em cheio e estava todo fodido no chão, assim como Neji.

- Huhuhuhu! Saudades?- disse o cara loiro desconhecido, ele vestia um manto negro com detalhes vermelhos e tinha uma cara de psicopata.

- Argh... Deidara.- disse Neji se levantando devagar.

Nesse momento, duas coisas que pareciam cordas saíram da escuridão e contornaram o corpo de Neji, o prendendo dos pés até o peitoral. Um segundo cara, com o mesmo uniforme saiu das árvores e ficou ao lado de Deidara.

- Kakuzu!- dessa vez foi Naruto quem gritou. O loiro rosnou e fez o Rasengan em uma mão, avançando na direção de Kakuzu.

No momento seguinte, ele foi erguido no ar e lançado bruscamente contra o chão. Das sombras, surgiu aquele velho conhecido nosso: sobretudo cobrindo o corpo e um chapéu de massa. Ele parou perto de Kakuzu e riu.

- Já capturaram todos?- ele perguntou.

- Ainda falta aquele garoto.- disse Deidara, soube na hora que ele se referia a mim.

- Vocês não vão pegar ele nunca...- disse Naruto se levantando.

O cara de sobretudo fez um gesto com a mão e Naruto foi erguido no ar e jogado no chão como um saco de lixo.

- Hora seu...- Neji começou.- Vocês não irão pôr as mãos nele. Garoto, corra!

A princípio me assustei com o gesto dele, porém entendi a mensagem e comecei a correr pra longe, no caminho ouvi um "atrás dele" e logo em seguida três ninjas atrás de mim. Percebi que não conseguiria fugir correndo normalmente e passei a correr de quatro, me distanciando dos ninjas perseguidores, um deles jogou uma Kunai que se fincou em minha perna, grunhi de dor e soltei uma rajada de fogo que atrasou eles, enquanto eu fugia pela floresta.

~FLASHBACK OFF~ (Flashback em 90% do capítulo sim!)

 Respirei fundo e coloquei a mochila nas costas, levantei e pulei num pé só até a estrada que cortava a floresta, não havia sinal de nenhum ninja naquele lugar. Voltei para meu esconderijo, deitei colocando a cabeça sobre a mochila e adormeci.


Notas Finais


Obrigado por ler. Comenta o que achou e o que precisa melhorar na Fanfic, favorita pra não perder nenhuma atualização e é isso. Vlw^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...