História Beau Swan and Edythe Cullen - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Tags Saga Crepusculo Romance
Exibições 3
Palavras 1.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom, Edythe e Beau estão passando muito tempo juntos. O que é bom para ambos, mas agora um novo convite irá surgir e com ele, novos acontecimentos

Capítulo 5 - Capítulo 5 - O convite inesperado


Pov Beau

—Espere... - Os lábios de Edythe sussurraram contra os meus afastando-se. Meus lábios protestaram por ela se afastar, afastei-me dela permitindo que ela se sentasse na cama. 

Ela ficou sob os joelhos. Me senti envergonhado por partir em cima dela daquele jeito, mas a desejei por tanto tempo. Quando humano, era difícil me controlar perto dela, ela era tão linda. E agora que podíamos ficar um ao lado do outro sem restrições, se tornara ainda mais complicado para mim.

Edythe mordeu os lábios e me olhou com uma expressão risonha. Passei a mão pelos meus cabelos, ainda fitando o edredom. Eu pensava em algo plausível para dizer à ela. Algo que tirasse o clima pesado do ambiente e que aliviasse a tensão entre nós.

—D-Desculpe, e-eu... - Gaguejei sem saber o que dizer. Edythe me calou com um dos dedos em meus lábios, ainda rindo de mim.

—Está tudo bem. - Ela riu. Os longos cabelos cor de bronze bagunçados pela nossa agitação de alguns segundos atrás. O rosto brincalhão e os olhos dourados alegres. - Eu sei que tudo é novo para nós dois, mas você se importaria se nós... 

—O quê? - Toquei em sua mão.

—Esperássemos até o casamento? - Ela perguntou. Desta vez um pouco tímida do que estava alguns segundos atrás. - Archie viu que nós nos casaríamos, e eu gostaria de esperar. Se você não se importar, mas é que eu venho de um tempo em que...

—Não, tudo bem. - Eu disse um pouco rápido demais e ela franziu o cenho. Não queria me atrapalhar com a minha inexperiência no assunto, já que ambos éramos novos no assunto. 

—Tudo bem? - Ela questionou com os olhos curiosos.

—Sim, é que...Talvez seja melhor. - Sorri para ela. 

—Você está bem com isso mesmo? - Ela mordeu os lábios carnudos.

—É claro. Não me importo em esperar mais um pouco. - Toquei em seu rosto com a ponta dos dedos. Acompanhando cada detalhe e não deixando faltar nada ou observar nada de seu rosto perfeito. Edythe sorriu em resposta, abrindo um largo sorriso de covinhas. Sorri também, me senti bobo olhando para ela.

—Ei, pombinhos. - Uma voz veio da porta e já sabíamos quem era. Lá estava Archie, os olhos brilhantes e um sorriso malicioso. 

—Archie... - Edythe revirou os olhos e eu ri da interação entre irmãos. Archie nem esperou um convite para entrar, Jess ficou na porta por alguns segundos e entrou. O ambiente se tornou mais leve e agradeci à ela por isso.

Archie veio andando com passos graciosos de um dançarino. Ele parou e sentou no tapete cruzando as pernas. Jess fez o mesmo ao seu lado. 

—Já acabaram com a brincadeira? - Ele disse em tom brincalhão.

Juntei minhas mãos em meu colo e me afastei um pouco de Edythe. Ainda envergonhado pelo o que Archie sabia o que havia acontecido entre nós. 

—Não é da sua conta o que acontece aqui, Archie. - Edythe bufou.

—Pelo contrário, tudo o que acontece nessa casa é da minha conta, irmãzinha. - Ele riu ao ver a expressão de Edythe. 

Jess deu uma risada baixa.

—O que você quer? - Edythe perguntou.

—Você está passando tempo demais com Beau. Pelo o que você disse à Carine, você vai à escola amanhã. E nós vamos passar um tempo com Beau. - Ele falou aquelas palavras com tanta sinceridade e serenidade que eu não pude deixar de ficar surpreso. 

—Nós quem? - Edythe cerrou os olhos.

—Eu e Jess. Você vai à escola com Eleonor e Royal. Vamos fazer uma pequena viagem até Seattle. Comprar algumas coisas, levar Beau para passear e passar um tempo com o nosso novo irmãozinho. 

Direcionei os meus olhos para Edythe. Não me importava em ficar com Archie, pelo o que me lembro, ele me considerava o melhor amigo dele. Isso era novo para mim, mas poderia ser legal passar um tempo com eles. Tentei imaginar o que Edythe estaria pensando disso.

—Você quer isso? - Ela me olhou com os olhos pidões. Como os de um cachorrinho que caiu do caminhão de mudança. 

—Não faça isso, Edythe. Quando ela não consegue o que quer, ela apela para métodos sujos. - Archie chamou sua atenção. Não pude deixar escapar uma risada, até Jess estava rindo.

—Sério que você vai tirar ele de mim? - Ela segurou firme em meu braço com os olhos no irmão.

—Ora, você já passou tempo demais com ele. Vamos, Beau diga para ela que você quer sair com a gente. Somos mais legais que ela. 

—Não me importo em ficar um tempo com eles. - Me manifestei pela primeira vez durante aquela discussão. Edythe olhou para mim desacreditada pela minha falta de fidelidade. - Vá para escola, quando você voltar já estaremos aqui.

—Isso é o que ele acha. - Archie disse baixinho para Jess e ambos trocaram risadas silenciosas. 

—Não ouse roubar ele de mim, Archie. 

—Já roubei e deixe de ser egoísta, saiba dividir com seus irmãos. 

—Eu irei com eles, vá à escola. Você tem que manter às aparências, e eu não quero ficar aqui dentro de casa sem nada para fazer. Pode ser bom para mim e para você.

Edythe fitava o edredom.

—Tudo bem, eu vou. - Edythe voltou com os olhos em mim. - Cuide dele Archie, ou nem pense em voltar para casa. 

—Pode deixar, capitã. - Ele fez um cumprimento de marinheiro e levantou-se graciosamente. Jess já estava de pé ao seu lado. - Não se preocupe, Beau. Será divertido largar Edythe um pouco, você vai ver. - Ele deu um sorriso e saiu de mãos dadas com Jess.

Direcionei meus olhos para Edythe.

—O que vai comprar em Seattle? - Ela perguntou com os olhos em mim e um sorriso. Mordi os lábios ainda pensativo.

—Quer que eu traga algo para você? - Entrelacei seus dedos aos meus e ela riu em resposta.

—Me surpreenda. - Edythe sussurrou em meu ouvido. 

...

—Ande logo, Beau! Não temos o dia todo. - Archie já me chamava dentro do carro com a cabeça para fora na janela. 

Edythe estava encostada na porta do Volvo. Os cabelos cor de bronze presos em um rabo de cavalo, ela usava uma jaqueta de couro cinza, jeans e botas de coturno. 

Naquela manhã eu usava um moletom azul marinho, jeans e os meus velhos tênis que eu teimei em trazê-los para cá. 

Os olhos dourados me avaliavam, seus dedos estavam entrelaçados aos meus e eu tinha que olhar para baixo para olhar para ela. 

—Se cuide, não me faça sair de Forks atrás de você. - Ela riu com às covinhas expostas e eu não pude deixar de rir. 

—Como se não fôssemos cuidar dele... - Archie praguejou dentro do carro. Eleonor passou por nós com uma careta engraçada, observando a situação com zombaria. Royal não disse uma palavra, apenas entrou no banco de trás do carro de Edythe. 

—Você já o perdeu uma vez, não tem moral para falar nada aqui. - Edythe rebateu os resmungos de Archie e eu ouvi a risada monstruosa de Eleonor no banco do passageiro. 

Edythe voltou com os olhos para mim e eu me abaixei para beijá-la. Ela me deu um beijo rápido, mas ainda me segurava com força. Apertando-me contra ela, mesmo eu sendo o mais forte ali no momento, eu não questionei.

Soltei sua mão com um sorriso e a vi entrar dentro do Volvo. Entrei no carro de Archie.

—Até que enfim. Pensei que essa despedida dos dois iria durar pela eternidade. - Ele resmungou e Jess riu. Eu ri baixo, apesar de estar envergonhado pela situação. - Seattle lá vamos nós. - Ele disse com um sorriso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...