História Beautiful Dangerous Evil - Capítulo 48


Escrita por: ~, ~lovestyles_ e ~Paynoo

Postado
Categorias Ariana Grande, Bella Thorne, Dove Cameron, Elizabeth Gillies, Gigi Hadid, Selena Gomez, Sofia Carson
Personagens Ariana Grande, Bella Thorne, Dove Cameron, Elizabeth Gillies, Gigi Hadid, Personagens Originais, Selena Gomez, Sofia Carson
Tags Ariana Grande, Bella Thorne, Dove Cameron, Elizabeth Gillies, Pretty Little Liars, Selena Gomez, Sofia Carson
Exibições 71
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores :3

Me desculpem a demora de postar, ok? :3

Espero que gostem do capitulo de hoje <333


Boa leitura <333

Capítulo 48 - "It's The Only Way"


Fanfic / Fanfiction Beautiful Dangerous Evil - Capítulo 48 - "It's The Only Way"

P.O.V  Gregg

Como aquele professorzinho de merda, teve a coragem de me bater?

- Oi amor. – Disse Camila aparecendo.

- Oi...

Respondi seco e sem um pingo de humor.

- Que foi meu lindo?

- Encontrei a Bella e o Theo, e o professor de merda teve a coragem de me dar um soco. – Falei nervoso.

- O que? – Disse nervosa. – Eu não vou deixar assim, ele vai pagar por ter mexido com o meu namorado. E a Bella vai sofrer.

- Não... não Camila, deixa quieto.

- Como é?

- Não vale a pena, eles não significam nada pra mim, e acho que mereci o soco.

- Sério? – Assenti. – Você é muito pateta Gregg. – Suspiro.

- Vamos nos divertir, estamos aqui pra isso, não?

- Sim amor, mas...

- Camila? – Bufou.

- Está bem. – Sorriu e depois me beijou.

Acho que estou esquecendo a Bella mesmo, Camila mexe muito comigo. Ainda estou confuso com os meus sentimentos, mas me sinto bem com ela, e tenho ciúmes em ver outros caras a olhando. Não digo que a amo ainda, mas gosto muito dela.

Eu quero mudar a Camila, fazer ela sair dessa vida de vingança, e ser uma pessoa melhor. Sei que ela tem magoa, mas vingança nunca é a solução.

Só piora tudo.

P.O.V  Dove

- Meu deus Dove, escolhe logo uma roupa. – Disse Sofia.

- Relaxa, eu não posso ir de qualquer jeito pra festa.

- Grande festa, vamos levar alguém pra uma furada... – Disse Elizabeth.

- Cara, a Bella que é a mais inocente quer isso e você não. – Suspirou.

- Achei que também não queria?

- É... mas o que podemos fazer? Quem vai nos ajudar?

- Ela tem razão, só resta aceitar. – Disse Sofia.

Olho para a Ariana que estava cabisbaixa e acariciava sua barriga.

- Amiga? – Ela me olhou.

- Que foi?

- O que foi pergunto eu.

- Só estou preocupada com a vinda do meu futuro filho. – Disse e a abracei.

- Ou futura filha. – Disse Sofia.

- Não tem graça. – Disse Ari.

- Amiga, você quer esse bebe? – Perguntei a ela.

- Não, eu não quero ter que cuidar de um bebe ainda na escola, eu não quero isso pra mim agora... só mais pra frente, depois de uns vinte e poucos anos quem sabe...

Começou a chorar, e eu não sabia como ajudar minha amiga.

- Amiga relaxa, é só você dar o bebe quando nascer. – Disse Elizabeth.

- Como assim? Eu não vou abandonar uma criança... – Assenti.

- Eu não disse abandonar, dar, pra alguém que queira que seja confiável, ou dar pra adoção.

- É uma boa idéia. – Eu falo.

- É... vou conversar com a minha mãe no final de semana sobre o bebe.

- Boa sorte.

Uma hora depois...

P.O.V  Theo

- Que lugar lindo... – Sorri.

- Achei que ia gostar.

- E eu gostei.

Depois Bella reparou numas borboletas e foi até elas que nem uma criança, ri da cena.

- Desculpa... estou sendo muito infantil. – Disse ela.

- Tudo bem meu amor, vem me ajudar a arrumar o piquenique. – Assentiu.

Assim ela veio até mim e depois arrumamos tudo no chão, debaixo de uma arvore. O tempo estava meio nublado, com um pouquinho de sol. Tinha um ventinho bom, deixando o momento maravilhoso.

- Nem acredito que estou aqui você. – Sorri.

- Sei, estar num encontro romântico, com o seu antigo professor. – Assentiu. – Nem eu pensava estar agora com uma antiga aluna, e que eu estivesse apaixonado por ela.

- Como é?

- É... estou apaixonado por você Bella. – Sorriu e depois me beijou. – E você, o que sente exatamente por mim? Também me ama?

- Eu... gosto muito de você, mas não sei se eu te amo. – Suspirei. - Desculpa Theo, você é incrível e quero ficar com você, me da um tempo. – Assenti.

- Tudo bem...

- Não está feliz, não é?

- Só espero que não mude de opinião sobre querer ficar comigo.

- Depois de tudo o que aconteceu eu fiquei confusa, mas senti muito sua falta, e quando te vi de novo foi a melhor coisa do mundo.

- Fico feliz em ouvir isso.

P.O.V  Zayn

Será que eu fiz certo em largar a Ari? Quando ela me deu a noticia eu entrei em pânico, ser pai no colegial não estava em meus planos.

Acho que eu fui um completo babaca, perdi a garota que eu realmente amo, por ser um filho da mãe que não agüenta nada, afinal, a culpa também é minha.

- Oi amor. – Disse Perrie entrando no quarto, só de roupas intimas.

- Eu não estou afim.

- O que?

- Perrie... eu quero terminar.

- O que? Não pode fazer isso comigo, achei que tivemos uma ligação.

- Eu também achei, mas agora eu estava refletindo, e não quero te magoar, então eu quero terminar, eu amo a Ari.

- Então por que quis ficar comigo?

- Eu não sei, por atração talvez, desculpa. – A abraço e depois Le dou um ultimo beijo. – Tchau gata, a gente se vê na escola.

Depois saio do seu quarto e depois de sua casa, entro em meu carro e vou a uma praça. Eu precisava de um tempo para organizar as idéias na minha cabeça.

[...]

P.O.V  Dove

Estava quase na hora de ir a festa, o Justin foi buscar a Gigi, assim como combinamos. Ele por ser homem e lindo, Gigi iria cair fácil na dele.

- Olá, filha. – Disse minha mãe entrando em meu quarto.

- Oi mãe.

- Está bem mesmo para ir na festa?

- Estou sim, melhorei bastante, foi só um resfriado. – Assentiu.

- Pois é, fico feliz que esteja melhor. – Sorri.

- Então, era só isso?

- Na verdade não, é que eu tenho uma novidade pra te dar.

- Que novidade?

- Eu estou grávida.

- O QUE?

P.O.V  Justin

- Anda logo Gigi, vem comigo. – Falo implorando.

- Por que eu devia?

O único jeito de a convencer vai ser mentindo feio, só espero que a Dove não fique brava quando descobrir. É o único jeito.

- Eu estou planejando com os meus amigos, humilhar a Dove na frente de todo mundo.

Ela começa a rir me deixando mais nervoso.

- Acha que eu vou acreditar nisso?

- Tem que acreditar sua idióta.

- Como é?

- Eu não amo a Dove, só queria me aproveitar dela.

- Sei...

- Eu gosto de você.

- Como é?

- Eu fiz uma aposta para conquistar a Dove e consegui, agora que a aposta acabou, eu vou humilhar ela na frente de todos.

- Você gosta de mim?

- Muito, você é linda, me encantei desde que te vi pela primeira vez, desculpe não ter falado nada antes.

- Tenho que admitir que depois que esqueci o Liam, comecei a sentir coisas por você.

- Sério? – Assentiu. – Então, vem comigo pra festa para participar da humilhação da Dove. – Sorriu.

- Claro. – Sorri.

Depois ela entrou em meu carro e suspirei. Me senti tão mal falando aquelas coisas, mas foi preciso. Tenho que ajudar a minha Dove.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3


XoXo Lua <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...