História Beautiful Devil - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Anjos, Anjos Caídos, Demonios, Drama, Jikook, Namjin, Romance, Vhope, Yoonjin
Exibições 193
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiin
Demorei povo?

Capítulo 2 - Chapter Two: Knowing a little more


Fanfic / Fanfiction Beautiful Devil - Capítulo 2 - Chapter Two: Knowing a little more

Kim Seokjin

Fiquei cerca de dois minutos parado tentando entender o que havia acontecido quando me dei conta que estava atrasado para aula. A professora apesar de me achar um bom exemplo de aluno á ser seguido, teve de me mandar para a diretoria afinal eram regras do colégio.

Não fiquei surpreso quando vi Namjoon na mesma situação esperando sentado em uma das cadeiras próximas á sala. Me aproximei e ele sorriu assim que me viu, logo iniciamos uma conversa amigável.

-Então...você é daqui mesmo?-A pergunta é aleatória, não sei o que dizer, nunca fui bom em iniciar conversas com desconhecidos ou até  mesmo com conhecidos, sempre fui um pouco tímido.

-Não. Eu vim pra cá porque meu appa acha que eu e os meus amigos estamos muito irresponsáveis, acredita que agora temos uma babá? Tipo, temos o que? Nove anos e meio?-Namjoon diz um pouco frustado e rio, imaginando o que ele teria feito para ser castigado á ponto de ter uma babá.

-O que você fez para ter um castigo desses?-Pergunto um pouco curioso, afinal não é todo dia que vemos um adolescente quase adulto que tem uma babá.

-Digamos que..eu coloquei fogo na minha antiga escola "sem querer".-Ele faz aspas com os dedos nas duas últimas palavras e arregalo os olhos um pouco surpreso.

-Como você...? Como você conseguiu colocar fogo em uma escola?-Novamente pergunto, claramente mais curioso a cada segundo que se passa dessa conversa.

-Bem, não é tão difícil sabe. Eu estava com tanta raiva da vice-diretora que simplesmente falei: "Ei pessoal, vamos colocar fogo na sala dela?" E os meninos responderam: "Só se for agora." Só que fomos descobertos e mandados para cá, triste não?-Coloco a mão na boca rindo, esse plano tinha tantas falhas que não me admira ter dado errado.-Aaah, não ria! Foi um ótimo plano!

-Considerando que existiam mais de cem coisas que poderiam dar errado.-Digo ainda rindo, fazia um tempo que não ria como estava rindo agora. Entretanto, havia algo que me perturbava, eu sentia que Namjoon escondia algo grande, percebia isso pelos seus olhos peculiares como uns de um demônio.

"Não." Pensei. "Namjoon não é um demônio, não pode ser."

-Me fale sobre você, Seokjin.-Ele diz se propondo a me encarar.

-Não há muito o que dizer sobre mim. Eu apenas....sou um adolescente normal que mora sozinho que os primos que vivem se metendo em confusões e que adora cantar.-Falo brevemente.

-Você canta?-Namjoon pergunta e apenas assinto.-Quero que cante pra mim um dia, aposto que sua voz deve ser linda.

Tenho 99% de certeza que minhas bochechas passaram de cor-de-pele para um tom de vermelho mostrando que eu estava bastante envergonhado, ninguém além de minha mãe e meu irmão diziam que eu tinha uma voz bonita, afinal eu também só cantava para eles.

Eu iria dizer algo bem idiota provavelmente se não fosse interrompido pelo diretor que nos chamava para nos dar nossas advertências por atraso. Nunca me senti tão feliz em ter que ir para diretoria como me senti naquele dia.

Sem muita delonga somos liberados para esperar o término do primeiro horário e o começo do segundo, penso em seguir próximo á minha sala mas sou impedido por Namjoon que me chama.

-Posso te mostrar um lugar? Temos um tempo antes do segundo horário começar.-Assinto e ponho-me a segui-lo pelos corredores do colégio.

-Ah, pode me chamar só de Jin, é meu apelido.-Ele se vira pra mim e sorri mostrando suas covinhas que achei simplesmente encantadoras assim como seu cabelo prata que combina perfeitamente com seus olhos.

-Certo, Jin.

Em uma fração de segundos ele abre uma porta e percebo que estamos no terraço que eu nem suspeitava que existia. A visão é maravilhosa, podia ver a cidade até onde meus olhos alcançavam, o vento soprava em meu ouvido só me dando mais sensação de liberdade, me sentia tão..tão...em paz.

-Sabe, eu venho aqui sempre para aliviar minhas frustrações e para relaxar. Nunca trouxe ninguém aqui, até hoje.-Ele me encara sorrindo. Aigo! Este garoto quer me matar com esses sorrisos?

-Presumo que eu deveria me sentir lisonjeado por estar aqui, certo?-Digo encarando o céu claro e sentindo a brisa em meu corpo.

-É, deveria mesmo.-Namjoon responde com os olhos fechados, faço o mesmo sem me preocupar com nada e começo a cantar uma melodia qualquer que me vinha á cabeça, minha omma sempre a cantava para mim e eu para ela.

Passados alguns segundos o sinal toca nos apressamos para irmos as nossas respectivas salas que por coincidência eram as mesmas. Não conversei com Namjoon depois disso, pois, nossas salas do 3º tempo eram diferentes.

Dado o horário de intervalo espero por Jimin e Hobi que não demoram tanto, o mais velho estava feliz pois contava sobre um elogio dado pelo professor, já o mais novo apenas dizia que o seu paquera não havia o notado. Partimos em direção ao refeitório que já estava lotado mesmo tendo passado apenas alguns minutos desde o batimento do sinal.

-Aish!-Jimin exclama.-Está todo lotado.

-O que faremos agora Omma Jin?-Hobi diz e coro.

-Hobi, não me chame de Omma Jin na escola, é constrangedor.-Não me lembro ao certo quando o apelido veio, surgiu derre pente e acabei por deixar que continuassem me chamando dessa maneira.

Estava tão perdido em meus devaneios que quase não notei Namjoon articulando para que nos sentássemos com ele. Fui até a mesa e me sentei ao lado do platinado agradecendo por dividirem a mesa conosco, Hobi por sua vez se sentou ao lado de um garoto loiro que usava lentes azuis cujo nome acho ser Taehyung enquanto Jimin se sentara entre Min Yoongi (da classe de inglês) e um garoto de cabelo castanho que não parava de o encarar e vice-verça, deve ser esse o garoto que ele estava á fim.

-Então...hora das apresentações!-Hoseok exclamou feliz.-Bem, eu sou Hoseok mas prefiro ser chamado de Hobi, ou Hope!

-Sou Jungkook, mais conhecido como "João Cu" ou só Kook mesmo.-O paquere de Jimin diz e todos rimos por um dos seus apelidos.

-Min Yoongi, Suga, não sou nenhum pouco doce.-Yoongi diz parecendo com sono.

-Sou Kim Taehyung, o alien!-Rimos outra vez.-Brincadeira, só Tae mesmo.

-J-Jimin, alguns me chamam de Minnie e....s-só isso.-Jimin parecia nervoso com a presença de Jungkook.

-Seokjin, mas, por favor me chamem apenas de Jin.-Digo.

-E por fim, eu! Ah, sou Kim Namjoon e hã, esses três otários aqui me chamam de Nam.-Namjoon diz.

No fim do intervalo todos já éramos grandes amigos, parecia que havíamos nos conhecido há anos, ríamos tanto que todos ao redor nos olhavam, alguns parecia até querer estar nessa mesa outros até tentavam entender do que tanto ríamos. Taehyung sugeriu que fossemos para um parque de diversões e todos concordamos prolongando o dia divertido que estávamos tendo.

 

 

 


Notas Finais


CAPITULO CURTO PQ TIVE QUE DIVIDIR ELE EM DOIS POR MOTIVOS PESSOAS QUE SÓ MOAR ENTENDO OK? OK
Gente quem vai no show do BTS em SP?
EU VO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...