História Beautiful Liar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Tags Jaehyun, Jaeyong, Taeyong, Winter Challenge
Visualizações 29
Palavras 552
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi bbs

Segunda OS do desafio Winter Challenge. Esse é o tema 04 (Algo inspirado em uma música escolhida por outra pessoa). Minha amiga escolheu idfc, Blackbear, então está aí.

Dedicada a você, Niq bb.

Coloquei a letra da música para vocês não ficarem perdidos.

Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


❝ Você esteve fora durante toda a noite, eu não sei onde você esteve. Você está pronunciando todas as suas palavras não fazendo qualquer sentido, mas eu não ligo, nem um pouco ❞ 
​ 

Seus olhos lacrimejavam e a respiração estava pesada, mas não cederia. JaeHyun se recusava a chorar por Taeyong. Em sua mente só lhe passava a pergunta que não podia ser respondida; ele o amava? Jung não conseguia entender a forma como seu relacionamento se encaminhava. Amava Taeyong, verdadeiramente e totalmente, mas como dizer aquilo tão abertamente quando tudo o que recebia eram traições e palavras rudes? Talvez a solução fosse acabar com tudo aquilo e seguir em frente.
 

Era mais uma noite ao qual o Lee não havia voltado para casa. JaeHyun tentara ligar para o rapaz, mas este sequer o atendera. Onde poderia estar? Desistindo de tentar contata-lo, o rapaz deixara o celular sobre o criado-mudo, deitando-se na cama em seguida. Seus olhos se fecharam quase que automaticamente, não demorando a sentir algo mácio tocar estes. Era ele.

ㅡ JaeHyun...ㅡ A voz embargada murmurou, mas Jung não abrira seus olhos.

ㅡ Onde você estava, Taeyong?
 

A resposta não viera. Ele nunca lhe respondia. Yunoh sentia-se um idiota por não conseguir seguir com aquilo. Ou talvez justamente por seguir com aquela relação abusiva. Sentiu as mãos do Lee percorrerem seu tronco até chegar em seu quadril, lhe arrancando suspiros.

ㅡ Isso não interessa.

ㅡ Interessa sim. Eu preciso ouvir de você, por favor. ㅡ Jung sussurrou, sentindo os beijos do Lee chegarem à tez de seu pescoço. ㅡ Taeyong, diga que me ama. Eu só preciso disso.

❝ Me conte lindas mentiras. Me olhe no rosto. Diga-me que você me ama, mesmo que seja falso, porque eu não ligo nem um pouco ❞ 

O silêncio se fez presente no cômodo espaçoso, podendo ser ouvida apenas as respirações pesadas de ambos. JaeHyun ansiava tanto pelas três palavrinhas que se atreveu a encarar o Lee, tendo as orbes deste fixas nas suas semelhantes. Doía. Doía como uma surra, talvez mil vezes pior.

ㅡ É isso o que quer ouvir?
 

JaeHyun assentiu, fechando seus olhos ao sentir algo quente escorrer pelo canto de seus olhos. Estava chorando. Não queria, mas era inevitavel. Entre-abriu seus lábios e desviou seu olhar, ouvindo a voz doce contra sua audição.

ㅡ Eu amo você, JaeHyun.
 

Mesmo que fosse uma bela mentira, Jung precisava ouvir aquilo. Queria sentir-se amado da mesma forma que amava.

❝ Porque eu tenho muitos sentimentos por você. Eu ajo como se eu não ligasse, porque eu estou tão assustado ❞ 

Era bom sentir os toques em sua pele, a forma como Lee sorria ao olha-lo com luxúria após despi-lo. As mãos quentes tocando toda e qualquer parte de seu corpo e principalmente os gemidos do rapaz enquanto invadia seu interior com maestria, indo e voltando de forma calma.

ㅡ Taeyong...
 

Os murmúrios escapavam de sua boca sem permissão, fazendo com que abraçasse o corpo do Lee com toda a força que podia, desejando nunca separar-se dele. Não sabia como seria o amanha, mas sempre estaria ali, esperando por ele e ansiando para ouvir daquelas três palavrinhas novamente.

❝ Eu sou apenas um tolo por você, e talvez você seja bom demais para mim. Eu sou apenas um tolo para você ❞



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...