História Beautiful Liars - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~dark_lih

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Mike Montgomery, Mona Vardewaal, Personagens Originais, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Emison, Ezria, Filhos, Haleb, Interativa, Interativas, Mistério, Pretty Little Liars, Romance, Spoby, Spoilers
Exibições 126
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey, hey, hey!

GENTE DO CÉU VOCÊS NÃO SABEM O QUANDO EU E LIH ESTAVAMOS ANSIOSAS PARA COMEÇAR!

Antes uns avisos:
- A Spence e o Toby estão morando em Washington, a Hanna e o Caleb em Manhattan, Nova York, e a Aria e o Ezra em New York City (Isso soa melhor em inglês e.e)

- As meninas voltaram para o velório da Tia Mary Drake, isso quer dizer que a fanfic contém MUITO spoiler, principalmente sobre a 6b e 7a, e tudo o que aconteceu nessas temps também estarão aqui.

- Filhos de Moke, no próximo!

- Todo mundo já se viu uma vez na vida, menos os filhos de Haleb e Spoby, que não se conhecem... Ainda.

- Vocês, provavelmente, verão mais a Lih (@lihlih21) lá nos comentários e eu (@Crystin) postando os caps.

É isso, leiam as notas finais e boa leitura!

Capítulo 4 - This Town - Chapter 1


Fanfic / Fanfiction Beautiful Liars - Interativa - Capítulo 4 - This Town - Chapter 1


It’s funny how things never change in this old town, so far from the stars. Over, and over, the only truth: Everything comes back to you.

– This Town, Niall Horan. 

O carro era dirigido numa velocidade razoável. Spencer era motorista, enquanto Elizabeth se encontrava de mal humor no banco do passageiro e Eleanor no banco de trás. O porquê de seu mal humor? Ela queria ter ficado junto com o pai por mais alguns dias, em Washington DC. Sua cara emburrada deixava o silêncio ainda mais perturbador. Num suspiro de longa duração, a mãe começou a falar: 

— Você realmente vai ficar com essa cara no enterro? — sua voz soou calma e exausta pelas horas de viagem. Não houve resposta vinda da morena.

Elizabeth estava mal humorada e não era bom tentar faze-la mudar de humor. Depois de mais alguns minutos, Liz revirou os olhos e se voltou para a mãe: 

— Okay! Prometo fazer o meu melhor para não parecer emburrada. — cedeu, finalmente. 

— Acho bom! Mas agora, não quero ter que manda-las de volta para Washington porque não me obedeceram, okay? Ambas assentiram com a cabeça. 

A mãe das meninas manobrou o carro algumas vezes antes de estaciona-lo certamente na vaga mais próxima que acho do local marcado: The Brew. Após desligar o motor, todas desceram do carro, com os saltos batendo no asfalto da rua, aparentemente deserta. Em vários passos apressados, chegaram em frente da porta do estabelecimento. Spencer empurrou a porta do local onde, praticamente, todo mundo que havia marcado presença estava. Todos olharam para a entrada, afim de ver quem chegará, e as amigas da mãe vieram para cima dela para matar a saudade. Sentindo-se totalmente deslocadas no meio de tanta gente desconhecida, as irmãs foram beber do café distribuído gratuitamente ali. 

****** 

Sair de Nova York havia se tornado estranho para Hanna, assim como para Blair, principalmente quando não era para ir a alguma Fashion Week ou simplesmente tirar férias da movimentada Manhattan. Não que ela não gostasse de retornar a sua cidade natal, mas, eram muitas lembranças, e o que a fez voltar também não era muito convidativo. A morte de Mary Drake havia afetado duas de suas melhores amigas, e ela precisava voltar. Era estranho como Spencer e Alison tinham lidado com a situação: Spencer tinha realmente se conectado com Mary, assim como Alison e Jason, que com o passar do tempo a tomaram como a mãe que lhes faltava. A loira olhou para o relógio do painel do carro: 19:30. Eles estavam atrasados, as antigas amigas iriam se reunir as 19:00, e bem, não seria nada legal. 

— Blair, acorda, nós chegamos. – Hanna falou, tentando despertar a filha que estava esparramada no banco de trás, ocupando os três espaços disponíveis. Seus dois meninos tinham vindo em outro carro, por um motivo inexplicável de querer ter um carro para poderem sair para festas na temporada que iriam passar ali. Assim que a torre de celular começou a pegar, os celulares das mulheres ali presentes começaram a vibrar e bipar, anunciando as várias mensagens e chamadas perdidas que elas tinham. O celular de Hanna começou a tocar, na tela o nome de Aria Montgomery, a loira atendeu encontrando a outra gritando do outro lado da linha :

— AONDE VOCÊS ESTÃO? – Aria perguntou, ao fundo uma alta conversa “Não estávamos indo em um enterro?”

— Literalmente passando a placa da entrada da cidade. Aonde você está? 

— No The Brew, onde você deveria estar á meia hora atrás! Até o Apolo e o Vincent já estão aqui!

— Okay, desculpa, mas culpe a Blair, ela quis parar em um Starbucks na vinda de LA para cá! 

“ISSO, CULPE A SUA FILHA!” a morena reclamou do banco de trás, procurando em sua bolsa Chanel uma escova de cabelos, seu batom pink e um óculos de sol. O comentário da menina fez as mulheres rirem. 

— Chegamos, tchau. 

Caleb estacionou na frente da cafeteria, que fora praticamente fechada para as mulheres. Sim, Ezra ainda era o dono, então era fácil fazer algo assim. Hanna abriu a porta revelando suas amigas, maridos e filhos sentados em vários pontos do The Brew. Assim que a mulher entrou, Emily a puxou para um abraço apertado. 

— Por favor, vão para um quarto! – Spencer disse, recitando as palavras da última vez em que estiveram naquela situação. 

— Vamos precisar de um bem grande – Aria falou, também relembrando o momento, e todas se abraçaram.

Vincent e Apolo, que já tinham participado de toda aquela farra, estavam sentado sentados cada um de um lado de Eleanor Hastings e Charlotte DiLaurentis em um sofá. 

— Quem é aquela? – a filha de Spencer, Eleanor pediu timidamente para os meninos e a loira ao seu lado 

Aquela é Blair Marin: o mal em figura de gente. Ela parece uma garotinha egoísta, traiçoeira e descarada, mas na verdade ela é muito, muito mais que isso. – Vincent começou. 

Ela é a Abelha Rainha, as outras não são nem zangões dela – Apolo terminou, entrando na brincadeira do irmão. 

— Ai gente, parou né? Ela é bem legal quando ela quer ser! – Charlotte disse, olhando para a amiga que estava atrás dos pais que cumprimentavam os antigos amigos, e, após a garota também o fazer, ela olhou para onde eles estavam. 

— LOLO! — Blair gritou e veio de encontro a loira, que também se levantou para abraçar a amiga.

— BLUE! — ambas riram no abraço e se separaram. 

— Então, você é a Regina George? — Eleanor se levantou e estendeu a mão para a morena, tentado deixar sua timidez de lado e ser simpática com a garota que parecia ter saído de “Meninas Malvadas” — Eleanor Hastings Cavanaugh. 

— Meus irmãos disseram isso? Eles são uns babacas! – B olhou para os garotos que riam sem parar – Blair Marin Rivers – Ela apenas acenou para os outros ali presentes, afinal conhecia todos. 

— Aquela é minha irmã, Elizabeth, ela está meio emburrada, se eu fosse você não me aproximava! — a Hastings disse, e Blair se sentou em uma poltrona ali perto deles. 

Mesmo que estivesse razoavelmente longe, Elizabeth foi capaz de ouvir o comentário da irmã. Se levantou do banquinho em que estava sentada e andou até Eleanor. Lançou-lhe o seu melhor olhar de reprovação, fazendo a irmã soltar uma risada baixa. Saiu dali assim que percebeu os olhares pousados na morena. Pegou mais um copo descartável e o encheu de café, logo depois lhe depositando algumas colheres de açúcar. Tomou num gole só, se sentia extremamente cansada das horas de viagem e sentia o quão adormecido estava seu corpo por ficar sentada. Um suspiro escapou pelos seus lábios. Estava pronta para encher novamente seu copo com café quando alguém a interviu. 

— Eu acho que você devia maneirar no café. Muita cafeína não faz muito bem, falo isso por experiência própria! — Eleanor chegou para perto da garota. Seus olhos azuis a encararam por alguns míseros segundos antes de mudar a direção. Pensou rapidamente nas palavras dela e, sem pensar duas vezes, jogou o copo descartável no lixo ali perto. Sua barriga roncou pela falta de comida das últimas horas. 

— Estou com fome... cadê a comida? — falou num sussurro para si mesma.

— Eu te acompanho para perguntar onde ela está, porque, sinceramente, também estou com fome! - Sua irmã disse, e Liz sorriu quase inevitavelmente.

As duas foram até a progenitora que conversava animadamente com as amigas sobre algum assunto banal. Cutucou levemente o ombro da mãe que se virou imediatamente. 

— Mãe, estamos com fome. — Eleanor falou quase num sussurro. 

— Daqui a pouco iremos comer, esperem mais uns minutinhos... — Spencer sussurrou de volta. Com um suspiro frustrado, Elizabeth puxou a irmã para um canto mais afastado do estabelecimento. Sentaram-se em um sofá vermelho que tinha lugar apenas para duas pessoas, e começaram a conversar. 

******** 

O clima ali estava tão descontraído, entre Alison, Emily, Hanna, Spencer e Aria, que nem parecia que elas tinham vindo para um enterro. As antigas amigas colocavam o papo em dia enquanto bebericavam seus cafés, sentadas no mesmo sofá de sempre. 

— Hey, você e Aria não estão morando em Nova York? Quero dizer, você em Manhattan, mas é quase o mesmo lugar... Porque você chegou depois dela...? – Alison perguntou à Hanna, estranhando o atraso da amiga.
 
— Estávamos em Los Angeles, eu á trabalho, eles apenas aproveitando. – Hanna disse rindo 

— Vocês poderiam ficar esse ano aqui né? – Emily disse, ainda meio abraçada a Hanna – Olha, nossos filhos podem estudar juntos na Rosewood Day, vocês podem, sei lá mandar o trabalho para cá... Imaginem nós juntas de novo? – A morena disse, um pouco sonhadora.

— Não sei não, Toby ainda está em Washington, e, já está tudo tão bom lá... – Spencer falou, pensativa.

— Eu voltaria. Meus pais estão aqui, eu e Ezra estamos apenas terminando de escrever o livro em casa... – Aria disse.

— Eu também não sei... Viajo muito sabe? E eu gosto de acompanhar o trabalho de fazer as peças, e não apenas desenhar e esperar que aconteça... – Hanna falou, escorando — a cabeça no ombro de Emy.

— Então, imagine, um ano apenas sobre você despreocupada com os bordados de seus vestidos, apenas indo a desfiles e os vendo abalar? – Emily tentou novamente – Você também Spence, sua mãe, Veronica, consegue trabalhar daqui sem problemas... Vamos lá! 

— Okay Em, vamos pensar – As mulheres disseram juntas, fazendo as outras rirem. 

******

— Então é assim, você chega atrasada e nem dá oi, é isso? – Scott Fitzgerald disse um pouco atrás de onde Lottie, Vince, Apolo e Blair estavam sentados.

A morena levantou e abraçou o garoto.

— Também, você sumiu e agora brotou! – Ela disse, quando se separam.

Logo depois, Beatrix e Sasha se juntaram a eles, assim como Charles DiLaurentis. Sasha, Charlotte e Blair, literalmente, não calavam a boca. As três juntas tinham assunto para uma semana, mais ou menos. Todos conversavam e davam risada de histórias contadas, assim como seus pais. 

— Beatrix, Sasha e Scott, vamos logo porque ainda temos que passar na casa dos seus avós! – Aria disse chamando os filhos – Amanhã será às 09:00? – Ela perguntou a Alison, que assentiu. Então, ela, Ezra e os três saíram da cafeteria.

******* 

Após um tempo papeando sobre coisas diversas com sua irmã, Elizabeth sentiu a garganta secar.

— Vou beber um copo d'água e já venho! — avisou a irmã. Se movimentou entre algumas pessoas, chegando até o balcão onde tinha garrafas de água. Pegou uma e começou a voltar, porém no caminho esbarrou em alguém. Levantou os globos oculares para a pessoa. Um moreno de olhos castanhos a encarava. 

— Olha por onde anda da próxima vez!
— Vincent soou rude e impaciente.

— Olha você por onde anda! — Liz apontou o dedo indicador no peito do garoto.

Se afastou assim que viu a proximidade entre os dois. Lançou à Vincent um último e mortífero olhar antes de sair com passos curtos e agitados. O moreno a viu se afastar da multidão para um canto meio deserto com um sorriso maroto estampado no rosto. Deu de ombros e prosseguiu sua rota inicial.
Elizabeth assim que chegou onde a irmã estava, se jogou no sofá ao seu lado. Eleanor desconfiou do comportamento de Liz imediatamente.

— O que houve e quem foi? — perguntou automaticamente. 

— Um idiota metido a último biscoito do pacote! — desabafou, irritada. Pessoas daquele tipo a tiravam do sério. 

— Sabe o nome? Ele é bonito?

— Não tive paciência para perguntar e não tive tempo para reparar na cara do garoto!

O silêncio se mostrou presente depois da conversa curta entre elas. Uma brincava com os fios de cabelo da outra, totalmente distraídas, mas o barulho do salto de Spencer as fez parar com aquilo.

— Venham, meninas! – A mãe das meninas as chamou. – Vamos deixar as malas no hotel e ir comer. — Assim, as três saíram da cafeteria, Spencer pensando seriamente na proposta da amiga "Talvez voltar não seja uma má ideia...".

— Também vamos, né? – Hanna perguntou, olhando para o marido. – Minha mãe já me ligou três vezes!

— Vamos, antes que ela venha aqui. – Caleb disse, com a saída de Ezra ele era o único homem ali, e ele ficaria totalmente excluído dos papos das mulheres.

— Já estamos aqui – Vincent falou, ele e Blair vieram de braços dados, e Apolo veio logo atrás.

— Vamos então — a loira disse, rindo. — Até amanhã meninas! 

— Até, e não se atrase, ok? — Alison disse, num tom quase de brincadeira.


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores!
Ah, não se esqueçam daquele ~formulário~ do cap passado, e, só pra avisar, o Charles, a Blair, a Elizabeth e o Vincent não estão disponíveis e nem todas as meninas vão ter par que são filhos de outras liars! Todo mundo vai ter um boy, sim, mas outros personagens vão aparecer mais pra frentes ;)

Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...