História Beautiful Sunrise - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila, Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren, Lauren Jauregui, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 169
Palavras 2.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Sim eu estou apaixonado por você.


POV TROY

Sim eu estava nervoso e não sabia se ligava ou deixava pra lá. Vocês não devem ta entendendo nada ne?! Deixa eu explicar. Ja avia se passado três meses desde que eu conheci a Ally ela é uma pessoa maravilhosa e eu me encantei por ela, mais eu acho que ela só gosta de mim como amigo e eu não sei se à chamo pra sair.

Vero: O Troy para de andar de uma lado para o outro? Eu ja to ficando tonta. - Eu fui até a casa de Vero ja que eu liguei para o Telefone da casa de Enzo e quem atendeu foi a Rosa babá de Miguel e quem faz tudo lá na casa dele falando que ele e a Camila estavam dormindo então resolvi não ir pertuba-los.

Troy: Se eu soubesse que você não iria me ajudar eu teria ido acorda o Enzo mesmo. - Fiz drama so pra ela me ajudar, revirou os olhos e me olhou.

Vero: Tudo bem eu te ajudo...o que eu devo fazer?

Troy: Eu ainda tenho que ligar pra Ally e se ela aceitar eu quero que você veja algum lugar pra mim levá-la ok.

Vero: Você ainda não ligou? Você é lento mesmo em....tudo bem liga logo pra mim ver algum lugar pra você ir com ela. - Assentir e respirei fundo e disquei o número dela no terceiro toque ela atendeu.

Ligação ON

Ally: Alô?

Troy: Oi Ally, sou eu Troy tudo bem? - Olhei para Vero que revirou os olhos e foi até a cozinha.

Ally: ah...olá Troy vou bem e você?

Troy: Estou bem...então você está ocupada agora? - Morde o lábio inferior.

Ally: Estou saindo do trabalho algum problema?

Troy: Não...eu queria saber se você gostaria de jantar comigo hoje? - Fechei os olhos.

Ally: Claro por mim tudo bem...que horas devo está pronta? - Dei alguns pulinhos e vero entrou na hora e me olhou fazendo careta.

Troy: As 19:00hrs pode ser?

Ally: Claro estarei pronta as 19:00hrs, até mais tarde. - Dei um positivo para Vero que assentiu com a cabeça.

Troy: Tudo bem até mais beijos. - nos despedimos e eu comecei a pular.

Ligação OFF.

Vero: Nem parece que tem 26 anos. - Revirou os olhos. - E então ela aceitou?

Troy: Sim, sim agora você pode me ajudar a ver o local?

Vero: Claro vamos lá. - Saímos da casa dela e seguimos até meu carro. - O que acha de um restaurante?

Troy: Você acha legal? - Desviei o olhar da estrada e olhei para vero

Vero: Eu acho legal ja que é o primeiro encontro ne? - Eu e Ally ja saímos pra tomar café quando nos esbarramos.

Troy: Bom sem ser pra tomar café quando nos encontramos por ai....sim é o primeiro.

Vero: Espera...vocês ja se encontraram? - Assentir e lhe olhei. - Você é um pateta ne? - Lhe olhei sem entender parando em um semáforo vermelho. - Você ja saiu com ela e fica com cu doce porque?

Troy: Qual é Veronica nos só tomamos uns cafés e so....agora é diferente.

Vero: Tá bom...você está apaixonado por ela ne?

Troy: Sim, estou loucamente apaixonado por ela e não sei como falar. - Chegamos em frente ao restaurante de Demi. - Aqui é um lugar calmo então vou fazer reservas aqui. - Assentiu e entramos.

Vero: Que tal depois do jantar chamá -la pra ir na praça aqui perto? - lhe olhei e vir que ela estava falando sério. - e você fala que gosta dela.

Troy: Você acha que ela vai gostar? - Falei enquanto escrevia meu nome na lista. - Obrigado. - Agradeci a moça que está atendendo.

Vero: Troy...- Tocou meu ombro.- Ela vai amar tenho certeza, você é um cara legal e acho que ela gosta de você. - piscou e foi em direção ao carro.

O relógio marcava 19:00hrs e eu estava caminhando em direção á porta da casa de Ally toquei a campainha e quem atendeu foi Mani com a barriga que já estava aparecendo.

Mani: Olá Troy que bom te ver. - Me abraçou como pode. - Vem entra.

Troy: É bom te ver também e como vai esse bebê? - Passei a mão em sua barriga.

Dinah: Tira a mão da barriga da minha mulher. - Tirei o mais rápido que pude. - To brincando iai como vai? - me abraçou.

Troy: bem e você? - sentei ao lado de Mani no sofá.

Dinah: Mais feliz do que nunca...- sorriu para mani. - Agora falando sério...- Ficou séria e me olhou. - Qual suas intenções com a pequena chaveirinho?

Troy: eh....bom...eu gosto dela e-e eu gosto dela...- Dinah me olhou com cara de "Sério nem sabia"

Dinah: Olha vou te falar uma coisa...a Ally gosta de você e acho bom você não mágoa-la se não eu vou atrás de você e te mato...ninguém mágoa meu chaveirinho. - Assentir rapidamente. - Ótimo.

Mani: Não liga pra ela Troy...oh ai está ela. - Apontou para trás aonde Ally estava descendo as escadas.

Troy: Olá...você está linda. - Levantei e caminhei até ela e lhe dei um beijo na bochecha.

Ally: Oi e obrigada e você também está. - Sorriu. - Então meninas estou indo. - Foi até elas e deu um abraço em cada uma e beijou a barriga de Mani. - Vamos? Até mais tarde meninas.

Mani: Até e se divirtam. - lhe dei um beijo na bochecha e passei a mão em sua barriga. - Cuida dela ok.

Troy: Pode deixar que cuidarei. Boa noite. - Fui até Dinah que lhe dei um abraço.

Dinah: Cuida dela pra mim. - Assentir e sorriu. - Boa noite.

Saímos de sua casa e entramos dentro do carro. Seguimos conversando até o restaurante depois fomos até nossa mesa onde jantamos ela me contou que está morando com Dinah e Normani porquê Dinah não deixou ela se mudar e quer que ela fiquei com elas por causa da Mani, mais eu sei que Dinah adora essa baixinha por isso não deixar ela ir embora. Seguimos com o jantar entre risadas e conversas até terminamos e eu paguei a conta.

Troy: O que acha que dá uma volta na praça aqui perto? - Abrir a porta do carro pra ela e dei a volta entrando no mesmo.

Ally: Eu adoraria. - Sorri e dei partida até a praça. Chegando lá descemos e vimos que tinha alguns casais e família ali. - Uau aqui é bem bonito ne?

Troy: Sim aqui é lindo...- Sorri e lhe olhei. - Vamos sentar ali. - apontei pra um banco perto do lago. - Eu queria te falar uma coisa...- Depois de uns minutos em silencioso eu falei.

Ally: Claro pode falar. - Sorriu em minha direção.

Troy: Na verdade eu não sei como falar...- Rir de nervoso. - Sabe dês de quando nos conhecemos no almoço na casa dos Jauregui's eu não consigo para de pensar em você por um momento...O que eu quero dizer é que eu estou apaixonado por você. - Lhe olhei esperando ela dizer alguma coisa.

Ally: Apaixonado? - Cheguei perto e ela não recuou.

Troy: Sim eu estou apaixonado por você. - lhe beijei e ela retribuio e isso é bom sinal certo?. Separei e encostei nossas testas.

Ally: Posso te dizer uma coisa? - Assentir. - Eu também estou apaixonada por você. - Sorri e lhe beijei novamente. E assim passou a noite ficamos na praça até meia noite e eu levei ela em casa e depois fui pro meu apartamento e dormir mais feliz que nunca.

POV CAMILA

Acordei com algo vibrando no criado mudo e vir que era o celular de Enzo e era Keana o que será que ela quer as 02:00hrs da madrugada? Atendo ja que Enzo Está dormindo.

Ligação ON

Camila: Alô? - Ouvir um soluço.

Keana: Enzo? - Ouvir outro soluço.

Camila: É a Camila, Keana ta tudo bem? - Ouvir algo caindo no chão. - Keana?

Keana: Camila eu preciso de ajuda. - Ouvir ela começar a chorar. - Por favor me ajuda.

Camila: Tudo bem..o que tá acontecendo? - Me levantei em quando balançava Enzo. - Enzo...acorda amor...! - Abriu lentamente os olhos. - Keana ainda está ai?

Keana: Sim...me ajuda por favor... ele me bateu...eu me tranquei no banheiro...Camila me ajuda eu estou sangrando...- Meu coração apertou.

Camila: Calma...estou indo...fica calma não abri à porta só quando eu chegar ta bom. - Enzo me olhou preocupado se sentando na cama. - Enzo se arruma rápido. - Ele correu para o closet e eu paguei minha roupa que estava jogada no chão mesmo. - Eu estou indo...vou desligar.

Keana: To esperando...- Fiz um som nasal e desliguei.

Ligação OFF.

Vestir a roupa e Enzo apareceu.

Enzo: Amor o que aconteceu? - Vei até mim e me ajudou a fechar a saia.

Camila: A Keana ligou pro seu celular e eu atendi e ela estava chorando falando que o Ele bateu nela....nós precisamos ir tira-la de lá. - Ele assentiu.

Enzo: Ok eu vou ligar pra vero vim ficar com o Miguel ta...- Assentir. - pega a chave do carro e me espera lá em baixo. - Desci e esperei ele na sala. - A vero está chegando. - Terminou de falar e campainha tocou. - Vamos. - abrimos a porta e vero entrou. - Obrigado por vim. - Enzo abraçou Vero e Lucy me abraçou. - Nós ja voltamos. - Saimos correndo até o carro e Enzo dirigiu o mais rápido possível até a casa de Keana. Entramos no elevado que dava ate o apartamento dela e vimos que a porta estava entreaberta. - Amor espera aqui...

Camila: Não...eu não vou te deixar entrar sozinho eu vou com você. - Ele me olhou e viu que discutir não mudaria minha decisão.

Enzo: Ok...mais eu vou na frente...- Assentir. - Silêncio. Ele puxou uma arma da sua cintura olhei espantada mais agora não é hora pra perguntar, seguimos para dentro do apartamento e não vimos ninguém.

Camila: Vamos ver no quarto. - Ele assentiu e subimos para o segundo andar. Entramos no quarto e não vimos ninguém. - Ela está no banheiro. - Bati na porta do banheiro. - Keana sou eu a Camila abri a porta...- A porta foi aberta e Keana se jogou em meus braços e começou a chorar. - Shiiii....vai ficar tudo bem...calma nós não vamos deixar acontecer nada com você....- lhe abracei e logo sentir Enzo nos abraçando também. - Vem...vamos embora daqui. - Ela assentiu e Enzo pegou ela no colo. Não reclamei por ela ta toda quebrada então nada de ciúmes. Abrir a porta de trás pra Enzo colocar ela lá e logo entrei no do passageiro e Enzo no do motorista. - Vamos pra casa. - Ele assentiu e deu partida no carro em direção sua casa. Chegamos lá e estava tudo silêncio pelo menos ninguém está acordado pra ver Keana assim...Enzo à pegou no colo novamente e levou ela pro quarto de hóspedes e deitou ela na cama.

Enzo: Amor pega o kit de primeiros socorros na gaveta do banheiro. - Assentir e fui pegar quando voltei Enzo entrou no quarto com uma bolsa de água quente. - Você pode pegar alguma roupa pra ela? - Assentir e fui até o outro quarto pegar uma roupa de Enzo pra ela.

Camila: Aqui amor...- Lhe entreguei e ele me deu um selinho. - Ela vai ficar bem? - Mesmo eu achando que ela não não é uma boa pessoa eu estou preocupada.

Enzo: Sim meu amor, só vou limpar os machucados passar uma pomada e dá um remédio pra dor que ela ira dormir tudo bem...- Assentir e fui até ela tirando seus sapatos. - Pronto...você poderia trocar ela? - Assentir. - Vou pegar algo pra ela comer e o remédio.

Keana: O-obrigada por tudo...- Enzo sorriu e assentiu logo saiu pra buscar as coisas. - Camila?...- lhe olhei enquanto abotuava a camisa que eu estava colocando nela. - Muito obrigada p-por ir a-até lá...obrigada p-por tudo. - tocou minha mão.

Camila: não agradeça querida...sempre que precisar estarei aqui...você sabe que amanhã você tera que contar o que aconteceu certo? - Ela assentiu. - Ótimo agora espera Enzo trazer algo pra você comer ta? - Assentiu e ficamos conversando pra ela não dormir. Até que ela é legal logo Enzo apareceu com um sanduíche de mortadela e um suco de laranja Keana comeu, tomou o remédio e dormiu lhe embrulhei e eu e Enzo fomos para o quarto, tirei a roupa e deitei Enzo fez a mesma coisa e deito ao meu lado fiquei olhando para o teto e Enzo deitou de lado e me olhou.

Enzo: O que foi linda? - Acariciou meu rosto e eu fiquei de lado também.

Camila: Eu está pensando na Keana, quem será que teve coragem de fazer isso com ela. - Uma lágrima solitária desceu pelo meu rosto. - Ela não merece isso nenhuma mulher merece. - Enzo me abraçou forte.

Enzo: Não chora amor...ninguém merece isso...vai ficar tudo bem. - beijou minha testa e secou minhas lágrimas.

Camila: Enzo aonde você conseguio aquela arma? - Ele sorriu sem jeito.

Enzo: Bom...quando eu viajei pra Paris eu fiz aulas de tiros, então tenho uma arma pra quando precisar....- lhe dei um tapa. - Ai amor...doeu. - Fez biquinho.

Camila: É pra doer! porque você não me falou antes. - Continue lhe batendo até ele segurar meus pulsos e sentou em minha cintura sem colocar seu peso.

Enzo: Eu ia te contar...mais não agora. Desculpa amor - Fez biquinho e eu revirei os olhos.

Camila: tudo bem mais nunca mais ta ouvindo? Nunca mais minta pra mim. - Apontei o dedo em seu rosto quando ele deitou novamente ao meu lado e fez sinal de positivo e eu lhe dei um beijo. - Eu te amo.

Enzo: Eu te amo mais. - Me deu outro beijos e me puxou para o seu peito e logo nós pegamos no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...