História Thanks for Everything - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Show Nu, Won Ho
Tags Jookyun
Exibições 33
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi

Boa leitura ^-^~

Capítulo 2 - Meu passado


Changkyun ON

Queria me satisfazer......

Bem, ainda estava na sala,  e por várias vezes jooheon me deixou corado, sim ele me deixou, ficava falando que eu era bonito, que jogava bem, entre outros comentários, que bem,  me deixaram constrangidos.

Mas a minha fome de tortura não parava, então decide ir pra casa.

- Eu já vou pra casa -Falei, me levantando do sofá.

- Mas ainda está cedo - Jooheon falou.

- Bem e que eu quero.....- Pensa-...dormi e eu quero dormir - Falei, corando um pouco.

- Dorme aqui - Dessa vez disse Shownu.

- É dorme aqui I'm - Disse jooheon, com um pequeno sorriso nos lábios. Outra mentira,  pensa... pensa...,já sei!!!

- Bem, eu até gostaria mas eu tenho um peixe, e acabei esquecendo de alimentar ele - Falei de forma clara,  com que eles acreditassem.

- Ata......então tchau I'm - Disse jooheon,  sorrindo e deixando suas covinhas a mostra.

- Tchau Honey,  tchau Shownu - Falei e sai da casa dele,  mas deu pra escutar um " Que!! " do jooheon.

................

Porão do Changkyun

-  Bem vamos começar a brincadeira - Falei pro carinha que estava na minha cadeira da tortura.

- ME SOLTA SEU IMBECIL - Disse o carinha se debatendo na minha cadeira.

- Não posso,  por que primeiro terei que me satisfazer depois eu te solto...... Isso se você ainda estiver vivo - Falei.

Fui até meu armário,  pegar umas facas pequenas e alguns alfinetes, para começar.

...................

Aquele carinha não sobreviveu.

Ainda era cinco da tarde, então decide fazer as lições que tinha.

...................

Terminei de fazer todas,  agora são sete horas, vou pedir um pizza.

Disquei o número da pizzaria,  estava esperando chegar.

................

A pizza já tinha chegado, então comi óbvio.

Comi eram oito horas e alguns minutos então decide pegar mais uma vítima.

Sai de casa a procura de mais uma vítima. Mas achei algo que não devia achar.

.....................

O que ele fez aqui?  Ficava me perguntando.

Eu deveria ter te matado Kihyun,  mas eu te amava.

História do passado / Narrado por I'm

Eu nunca me dava bem com meus pais, mesmo pequeno eu sempre apanhava.

Deve ser por isso que eu gosto de tortura, eu nunca fui amado.

Bem, aí teve um dia que eu não aguentei, matei meus pais.

Deixei os corpos pela casa,  como se alguém tivesse entrado e matado meus pais, naquele dia,  fingi que eles foram assassinados. Fiquei com a guarda dos meus tios,  naquele dia eu tinha quinze anos e agora tenho dezesseis,  bem só se passou um ano, mas pra mim parece que se passou vários anos.

Agora moro sozinho, mesmo eu não tenho meus dezoito,  meus tios não me queriam,  então fizeram um acordo com o governo. Eu recebo dinheiro do governo para me sustentar, quando eu completar meus dezoito eu vou ter que começar a trabalhar.

Eu conheci o Kihyun na escola,  eu era um aluno novo, e Kihyun foi meu primeiro amigo. Mas essa amizade se tornou maior.

Durante um mês, eu comecei a gostar dele, mas eu pensava que ele não gostava de mim, eu estava errado.

Eu me declarei para ele, ele assentou meus sentimentos.

Foi o dia mais feliz da minha vida, finalmente eu seria amado.

Kihyun, me pediu em namoro, e depois nos oficializamos.

Estava perfeito, depois de uma semana eu decidi contar meu segredo.

Quando ele descobriu, ele entrou em pânico, falava que eu era um louco.

Ele foi embora, ele mudou de cidade.

Eu pensava que finalmente poderia ser amado por alguém.

Kihyun foi a primeira pessoa que eu amei e que me amou por um tempo.

Quando Kihyun me deixou, eu comecei a matar gentes e não torturar.

As vezes a vida é assim. Espero encontrar outra pessoa pra amar e que essa pessoa me entenda e que me ama.

Fim da história do passado

   


Notas Finais


Eeee mais um, eu sei que de morou mas eu prometi que iria sair hoje né?! Então foi isso até agora.
Vai ser uma pequeno história por que eu fico pulando parte então talvez acabe rápido.

Amanhã tem mais ^-^~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...