História Because... I love you - Chanbaek - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Personagens Originais, Sehun
Visualizações 94
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


[Desculpe os erros de português e outros erros]



~Boa Leitura

Capítulo 54 - Pervertido...



- e sobre o que você me contou... não sei se acredito na sua versão 
- Como não - ele olhou para mim desconfiado
- Bom... você é pervertido, e safado o suficiente pra fingir que estava bebado... e... fazer isso
- Não sou pervertido! Muito menos safado - ele fez uma expressão emburrada
- Até parece... mas com essa carinha - eu apertei suas bochechas - Parece um filhotinho de coala inocente
- Coala? - ele riu
- Suas orelhas também são parecidas - eu puxo suas orelhas
- Ai ai ai - ele faz uma expressão de dor e depois ri - Se você continuar a fazer isso... - ele me deita em sua cama e sobe em cima de mim
- O que vai fazer? - eu o provoco
- Não vai querer saber - eu puxo sua orelha mais uma vez - aah Isso é crueldade! - ele finge estar chorando
- Isso é por você ter me deixado levar aquelas malas pesadas - eu puxei sua orelha mais uma vez 
- Ai
- E isso é por você não ter falado comigo no caminho do quarto - eu puxo mais uma vez.
- Ai
- E isso é por você ter ficado longe de mim - mais uma vez eu puxo
- Ai ai - ele fecha os olhos e faz uma expressão dolorosa
- E isso é por você não ter me beijado - eu puxo mais uma vez
- Ai ai.... calma calma - ele sela um beijo estalado em meus lábios. Me fazendo sorrir
- Isso foi pelo seu beijo sem graça - eu puxo mais uma vez
- Isso é uma especie de punição? - ele ri
- Com certeza - eu puxo mais uma vez - e essa é por você ainda não ter me beijado de verdade!
- Pode puxar minhas orelhas quantas vezes quiser, com toda a força que tiver... mas enquanto não for mais bonzinho não vai ganhar um beijo de verdade - ele ri, eu puxo suas orelhas mais uma vez 
- Isso que é crueldade! - eu faço bico e uma expressão triste
- Não caio nessa - ele desvia o olhar
- Chaaan - eu viro sua cabeça para mim por meio das orelhas. Ele ri
- Tudo bem... só um beijinho - ele sela mais uma vez um beijo
- Só? Um? Beijinho?
- Você não merece mais que um beijo na  bochecha
- Aaa, por que não?
- Hum... deixa eu ver... por que será... - ele mostra as orelhas vermelhas
- Vão ficar piores se você não fizer isso direito
- Uau, você quer tanto isso a ponto de arrancar uma das minhas orelhas?
- Vou arrancar as duas
- Tudo bem - ele aproximou nossos rostos - Será que você merece me--- - eu puxo o rosto de Chanyeol para mais perto do meu, segurando as orelhas. E nossos lábios estavam grudados. Com sua lingua ele deixava o beijo ainda mais caloroso, me fazendo ficar arrepiado
Quando ficamos sem ar ele separou nossos rostos, ele me olhou com uma expressão maliciosa.
- Humm... é a vez da sua punição... - ele mordeu meu lábio inferior, me fazendo soltar um gemido baixo de dor.
- I-isso é maldade - eu falo fazendo uma expressão emburrada
- Ah, é? Não mais que isso - ele mostra as orelhas, me fazendo rir - então é engraçado? - ele me olhava com sua expressão maliciosa
- E-engraçado? Não disse que era... - ele aproximou seus lábios da minha orelha
- Vou dar um bom motivo pra você não me achar engraçado... - ele começa a movimentar sua lingua dentro da minha boca, me fazendo gemer baixo. Ele separa nossos lábios e nossos rostos. Ele tira a sua blusa. Me fazendo ficar corado. Eu estava olhando para seu corpo, ele era tão forte - Isso parece uma obra de arte pra ficar tão  concentrado?
- C-claro que n-não... - ele aproxima nossos rostos mais uma vez - Idiota... - ele ri e sela beijos estalados em meus lábios que vão descendo até o pescoço onde ele começa a depositar chupões. Me fazendo mexer na cama para evitar gemidos. Ele me pega em seu colo e eu me agarro em seu tronco. Eu já estava fraco... completamente entregue a ele. Com a ajuda dele eu retiro minha blusa também, que foi jogada junto com a dele ao chão. Ele me olhou e mordeu os lábios.
- Isso parece uma obra de arte pra ficar tão concentrado? - eu sorri
- Sim... você é uma obra de arte... a mais preciosiosa... - Isso me fez ficar corado, escondi meu rosto no pescoço de Chanyeol. - Isso é vergonha...? - ele pergunta rindo
- Ahn... ta-talvez... - eu estava sentindo o aroma forte do perfume de Chanyeol, era tão bom. Então nem percebi que minha resposta tinha saido em um tom tão manhoso. - Você cheira bem... - ele riu
- Talvez por que eu tomo banho...? - ele riu
- Isso não é sabonete! É... perfume
- Você tá me cheirando? - ele solta uma gargalhada
- N-não!
- Você tem cheiro de... - ele passou seus lábios e nariz pelo meu pescoço me fazendo ficar ainda mais arrepiado - cheiro de doce... seu cheiro é doce... seu lábio é doce, mas você por outro lado é todo azedinho e amargo
- Não sou amargo...
- Azedinho
- Não sou
- As minhas orelhas não acham isso...
- Suas orelhas falam agora? - eu ri
- Talvez... - eu aproximei meus lábios de sua orelha. Ele levou a cabeça um pouco para o lado.
- Orelhas... eu só queria dizer que... se vocês podem ver... por favor tampem os olhos... eu e o Chanyeol estamos um pouco ocupados... entende? - eu sussuro 
- Elas disseram que não podem ver, e que prometem não falar pra ninguém... 
- Que bom - eu comecei a beijar Chanyeol. Explorando toda a sua boca com a minha lingua. Eu estava deixando escapar alguns gemidos baixos. Ele me deitou em sua cama enquanto ainda estavamos juntos. Eu o ajudo com sua calça, e a jogo no chão junto com as blusas, ele também desabotoa a minha e a puxa rapidamente e depois a joga no chão. Nós já estavamos meio ofegantes graças aos beijos. Ele retira minha cueca e depois a sua. Ele olhou para mim e mordeu os lábios mais uma vez - C-Chanyeol... - meu tom de voz ainda estava manhoso, mas tentava sussurrar - Não podemos fazer barulho... - Eu tinha lembrado: além de já ser tarde da noite, agora tinhamos uma vizinha de quarto...
- Por que? - ele sussurrou 
- Temos uma vizinha... - ele revira os olhos
- Ela já deve estar dormindo... e além de tudo... vou tentar, não fazer barulho - ele lambou os lábios - mas você também tem que tentar
- C-certo - ele se aproximou mais de mim, eu entrelacei minhas pernas em seu torso. E segurava em seus ombros
- Ei... se isso doer... me diga - ele com delicadeza colocou seu membro dentro de mim, eu tampei a boca para abafar meus gemidos de dor. Eu me agarrei em seu pescoço quando ele começou seus movimentos, eram devagar no começo, porém profundos, com o tempo ele começou a acelerar o ritmo. Me fazendo escapar sem querer gemidos manhosos, enquanto eu me mantinha agarrado em seu ombro, eu o mordia se doía, mas aquilo começou rapidamente a ser prazeroso. Meus gemidos manhosos e chorosos se misturavam com os resmungos e gemidos de Chanyeol, nossos batimento acelerados e nossos Cabelos molhados de suor, ele trocou nossas posições, agora ele estava deitado e eu estava sentado em seu colo, seu membro ainda estava dentro, ele segurava minha cintura me guiando para cima e baixo, Enquanto ele masturabava meu membro. Nós estavamos ofegantes e suados. Os resmungos de Chanyeol estavam altos, e o sons estalados de nossas peles suadas se encontrando toda vez que Chanyeol me subia e decia. Eu ainda tentava segurar os meus resmungos, mas não conseguia. Depois de mais algum tempo assim. Nós dois chegamos ao nosso ápice. Eu me deitei ao lado de Chanyeol, apoiando minha cabeça em seu peito, ele acariciou minha nuca. Ele beijou minha testa. Ele se levantou e pegou suas coisas, ele ia tomar um banho. Depois que ele saiu do banheiro, já limpo e dessa vez com os cabelos molhados de aguá e shampoo, foi a minha vez, também peguei minhas coisas e fui tomar banho. Terminei o banho e voltei para o quarto. Eu estava um pouco exausto demais. Me deitei junto com Chanyeol e cai no sono com Chanyeol acariciando minha nuca


Notas Finais


*to be continued*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...