História Because I loved you - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Caitlinbeadles, Justinbieber, Ryanbutler
Exibições 17
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Difficulties...


POV. Scarlett

Acordei no dia seguinte com a Anne me batendo, acho que ela tava sonhando. Ela deve ter chegado tarde ontem, ainda está com a mesma roupa.

Me levantei da cama, quando eu pisei no chão, senti uma gosma bem nojenta, era vomito.

Anne tinha vomitado no chão do quarto

Fui pro banheiro  fiz minha higiene matinal e tomei um banho.

Eu vou  acorda a Anne no grito pra ela limpar aquela merda toda.

- ANNEEEEEEE ACORDA AGORA, ANDA GAROTA ACORDA.

- Qual é Carle me deixa dormi.

- Não mesmo você vomitou no chão do quarto e tá fedendo muito aqui. Agora levanta daí e vem limpar logo.

- Droga,  Scarlett eu limpo depois ok,  pega remédio de dor de cabeça pra mim vai

– Depois ? Aaah nem ferrando Anne. Você vai tomar o seu remédio e vem limpar isso aqui.  – disse saindo do quarto.

Fui até a cozinha peguei o remédio e um copo de água pra Anne.

Anne estava sentada na beira da cama com a mão no nariz.

- Nossa tá fedendo de mais.

- Eu disse que tava... Vai limpar isso que eu vou fazer o almoço.   –   disse indo em direção à porta.

- almoço agora?! – disse Anne confusa. 

- Anne querida, são quase uma da tarde.  – Anne levanta da cama com os olhos arregalados e com a mão no nariz - por causa do fedor -  e vai até o banheiro.

- Nossa eu durmi bastante.

- Que horas você chegou ontem?

- Na verdade eu cheguei agora de manhã devia ser uma seis horas por ai.

- Não vou nem perguntar onde você passou a noite.  – falei rindo.

- Melhor não pergunta mesmo. –  disse Anne com um sorriso malicioso no rosto.

Um dia depois...

Enquanto Anne estava no banheiro eu fazia o café da manhã,  já que hoje é segunda e nos duas trabalhamos até tarde. Agora de manhã eu vou pra escola de ballet e Anne vai direto pra locadora.

- Anne o café tá pronto !  Já saiu do banho ?

- Já sim. Tô indo.

- Anda eu to morrendo de fome.

- to aqui relaxa. Tem quantas aulas pra dar hoje.

- de 8 horas as 11 horas. Tenho tempo livre de meio dia às duas horas.

- Duas horas vai pra locadora?  – respondi que sim com a cabeça ja que estava com a boca ocupada.

- Claro né, a gente precisa do dinheiro.

...

Estava chegando na minha sala pra dar aula e me deparei com Hanna. ( Minha " chefe " )

- Oi, Hanna  - disse com um sorriso no rosto.

-Oi Scarlett, eu estava precisando mesmo falar com você. Vem vamos a minha sala.  - Hanna parecia estar preocupada com alguma coisa.

- Aanh... mas eu preciso dar aula, não ?! – perguntei um pouco confusa e também preocupada, Hanna nunca tinha me chamando pra conversar antes e muito menos em sua sala. – Hanna, tá tudo bem ? Você parece um pouco tensa e preocupada, aconteceu alguma coisa ?  – Hanna deu uma pausa, como se estivesse pensado na coisa certa pra falar.

– Sim Scarlett aconteceu uma coisa é eu preciso muito conversar com você.  - Hanna abriu a porta de sua sala (escritório) Entrei e me sentei na caldeira de frente para mesa de Hanna. 

- Scarlett, tem acontecido algumas coisas aqui na escola que talvez você não tenha percebido, nos perdemos muitas alunas este ano.  Éramos no total quase trezentos alunas(os) e agora só temos a metade dessa quantidade. E conforme perdemos essa imensa quantidade de alunas(os) também perdemos uma boa porcentagem de dinheiro, ja que a escola é bancada pela mensalidade de cada aluno(a)  Eu não queria ter que fazer isso mas nos estamos numa situação muito difícil aqui na escola... eu sinto muito Scarlett mas não vou poder manter você aqui.

- Mas e o Dr. Dickinson ? Ela sempre ajudava nas despesas da escola Hanna.

– Pelo o a esposa dele disso, ele não poderá mais  ajudar a escola, ele está com problemas de saúde e está gastando muito dinheiro com o tratamento dele e não poderá ajudar mais a escola. Isso foi o que a esposa dele disso, mais eu aposta que é uma grande mentira a Sra. Dickinson ela nunca gosto que o seu marido ajudasse a escola provavelmente inventou alguma lorota para que ele não nos ajudasse mais... Eu sinto muito Scarlett mais não posso mais te manter aqui.

– Mas, eu preciso muito do emprego Hanna, eu sou de menor e é muito difícil arranjar um emprego sendo de menor e nao tendo faculdade ainda. (Eu me formei na escola um ano mas cedo. Eu era inteligente shuahsua). Se for preciso pode abaixar o valor do meu salário eu não ligo mas ficar sem esse emprego não dá.

- Eu sei Scarlett, mas o problema é que não podemos te pagar nem um centavo no momento. Você é uma ótima professora e eu nunca tive problemas com você mas não dá mais pra pagar.

A escola não está mas sendo bancada.  Estamos sem muitos recursos e perdemos muitas alunas. Eu sinto muito Scarlett, eu sinto mesmo, sei que você precisava do emprego.

eu estava um pouco triste com a notícia eu adorava dar aulas de ballet pra aquelas garotinhas... e agora como eu vou pagar as contas só com uns 300 dólares que recebo na locadora?

- Está tudo bem Hanna eu entendo seu lado... Aaahn.. posso pelo menos me despedir das meninas?

- Oh, pode sim. Elas estão em aula agora mas você pode ir lá.

Fui até a sala das meninas e falei com cada uma delas. Rolou até um choradeira. Eu amava aquelas pestinhas.

Depois de me despidir fui pra casa. Tinha que falar com Anne mas ela deve estar na locadora agora então melhor eu falar depois.

...

Quando cheguei em casa fui correndo pro banheiro queria muito fazer xixi. Mas quando cheguei no banheiro Anne estava lá.

- Opa pera, não era pra você esta na locadora ?

- E não era pra você estar dando aula ? - nos duas suspiramos juntas e dissemos A seguinte frase:

- Eu fui despedida

- Você também Anne... Isso só pode ser um pesadelo.

- Pesadelo seria melhor que isso não acha não Carle? O que a gente vai fazer agora ? Duas de menores sem emprego algum ! –

- Eu também fui despedida da locadora? - a situação so piora puta que merda.

- É... você também.

A minha vida não podia estar melhor, agora eu não tenho emprego nenhum e Anne também não.


Notas Finais


Mas um capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...