História Beco sem saída - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Romance, Suspense, Violencia
Exibições 15
Palavras 1.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi!! Tudo bem com vcs?
Eu tenho uma noticia para dar, mas não sou eu que vou contar.Castiel contará ela nas notas finais!
Boa leitura! Espero que gostem.

Capítulo 17 - Demônios, vampiros, o que mais falta?!


-Preparada? - Posso ir no banheiro antes.              -Sim - Alisson abre a porta.
   Entro no castelo, era tudo escuro, a luz da Lua iluminava aquele grande cômodo que mais se parecia com uma sala de entrada.
  -Vamos, não precisa ficar com medo - Alisson me puxa.
  -Medo é pouco pro que eu sentindo - Eu estou caminhando até a morte.
  Nós entramos em uma sala que me era familiar, ela se parecia com a sala em que o Castiel quase me matou.
  -Jessy!! - Jonas se aproxima de mim.
  -Oi... - Meu cu tá na mão.
  -Nossa, você está magnífica! - OWN!!
  -Iai maninho! A comida já tá pronta? - Castiel começa a descer as escadas e quando me vê para.
  -A gente pediu pizza!! - Não tenta melhorar as coisas Alisson.
  -O que ela está fazendo aqui? - É agora.
  -Oi Castiel, que bom revê-lo - Estendo a minha mão.
  -Não digo o mesmo! - Castiel puxa o meu braço e me joga na parede nos deixando frente à frente.
  -Castiel!! - Jonas empurra-o para longe.
  -Por que você trouxe ela aqui?! - Alisson sai da sala de fininho.
  -Porque ela é minha amiga e eu tenho esse direito!! - Ave maria, cheia de graça...
  -Você não entende, os humanos são traiçoeiros!! - CANSEI!!
  -Escuta aqui esquentadinho, se eu quisesse eu já teria contado para a polícia sobre vocês!! - Castiel arregala os olhos.
  -Eu confio nela Castiel, por que você também não pode confiar? - Jonas coloca sua mão em meu ombro.
  -Porque todos vocês são iguais - Castiel aponta o dedo para mim.
  -Você está errado, como posso te provar? - Estou brincando com fogo.
  -Eu não preciso de provas pra saber de uma coisa que eu já sei - A companhia toca.
  -Deixa comigo! - Alisson abre a porta.
  -Por acaso essa pizza é de vocês ? - Escuto a voz de um garoto.
  -Mat!! - Mat?
  -Olá Alisson! - Quem é Mat?
  -Entre!! - Um garoto de cabelos prateados, olhos negros e que usava um terno vermelho entra na sala.
  -Oh...não sabiam que tinham visita - O garoto chega perto de mim e respira fundo.
  -Bem...esse é o Mat e ele é... - Mat interrompe Jonas.
  -Oh, uma humana! É um prazer conhecê-la - Mat se curva e beija a minha mão.
  -Bem...ele é um vampiro - Por impulso puxo minha mão.
  -Parece que a ratinha se assustou - Castiel diz sentando na mesa.
  -Não se assuste, eu não mordo... - Mat sorri mostrando suas presas.
  -Vocês podem parar de assusta-la? - Alisson coloca a pizza em cima da mesa.
  -O que uma humana faz aqui? - Mat pergunta se sentando na mesa.
  -Ela é uma amiga minha - Jonas diz fixando seus olhos em mim.
  -Você quis dizer, uma amiga morta sua - Castiel diz pegando a faca em cima da mesa.
  -Não, eu quis dizer... - Jonas é interrompido por um barulho vindo de fora.
  -Que barulho foi esse? - Alisson diz paralisada.
  -Foi você!! Quem você chamou? - Castiel voa em cima de mim  envolve suas duas mãos em volta do meu pescoço e me me levanta.
  -S-S-So-c-c-corro - Eu não conseguia respirar, ele estava me enforcando.
  -Castiel!! - Mat empurra Castiel e eu caio no chão.
  -Jessy! - Jonas vem até mim.
  -Você tá bem? - Alisson pergunta desesperada.
  -S-S-Sim... - Por um momento eu pensei que ia morrer.
  -Me larga!! - Castiel gritava enquanto se debatia.
  -Castiel, você não pode sair atacando as pessoas, você nem sabe da onde veio esse barulho - Mat larga Castiel.
  -Quem você trouxe? - Castiel ignora Mat e aponta o dedo para mim.
  -Eu não trouxe ninguém - Alguma coisa no olhar do Castiel me dizia que ele não estava acreditando.
  -Eu vou perguntar mais uma vez, quem você trouxe? -Tá surdo é?
  -Eu vou responder mais uma vez, eu não trouxe ninguém - Castiel fecha o punho de raiva.
  -Deixa que eu vejo que barulho era aquele - Mat sai da sala.
  -Espera!! Eu vou junto! - Alisson grita enquanto corre para tentar alcançar Mat.
  -Espero que você esteja falando a verdade, porque se não... - Castiel me ameaça.
  -Se não o que? Vai me matar? Vai em frente! - Estico os braços me levantando.
  -Você é muito atrevida garota! - Eu e Castiel ficamos frente à frente.
  -Fique sabendo que demônio nenhum vai me intimidar! - Deu a louca em mim agora.
  Castiel arregala os olhos e senta no sofá.
  -GALERA!! - Alisson grita.
  -Olha o que eu achei - Mat entra na sala carregando um corpo.
  -N-Nina?! - Como é possível?!

  *Volta no tempo*

  Nina Pov:

    -Não, oi é muito clichê - Do que ela tá falando?
  -Olá, que prazer em revê-lo Castiel! - Então quer dizer que ela já viu esse Castiel...
  -Iai, como tá a vida? - Você já foi melhor Jessy.
  -ARGH! Não sei o que dizer! - Jessy para em frente ao beco e abre a câmera frontal do celular.
  -Perfeito, mas como eu vou entrar? Eu não sei aonde eles moram - Eles?! Então é mais de uma pessoa?
  -Eu? - Jessy começa a falar sozinha.
  -Se eu estivesse enxergando - Acho que ela tá ficando louca mesmo.
  -Desculpa, é que eu não tenho poderes igual a você - Poderes?!
  Uma nuvem de fumaça se forma ao lado de Jessy.
  -Ok, vamos! - Tá amarrado!
  Jessy entra em uma fenda na parede junto com a nuvem de fumaça.
  -Por que raios ela tá entrando lá dentro?! - Eu realmente estou ficando assustada.
  Perco Jessy de vista.
  -Ok, o que eu faço? - Eu não estou afim de entrar naquela fenda.
  -Eu prometi para mim mesma que descobriria o que a Jessy está escondendo - Agora é a minha chance.
  Me aproximo da fenda e olho dentro dela.
  -Eu nunca havia visto esta fenda aqui - Obra do capiroto.
  -Isso parece que não tem fim!! - 1...2...3...e...
  -Já! - Entro dentro da fenda e começo a caminhar apertada.
  -Puta que pariu!! - Depois daquela fenda eu encontro um castelo enorme e sombrio.
  -Eu to sonhando! Não é possível!! - Dou vários beliscões em mim mesma.
  -Aí!! Eu não to sonhando! - Inspira, respira e não pira!
  O céu estava roxo e todas as plantas estavam mortas.
  -Deu até arrepio agora - Vejo Jessy e a nuvem de fumaça entram no castelo.
  -Tá, eu preciso continuar - Caminho até a porta do castelo.
  -Eu não posso entrar pela porta, vai ficar muito óbvio - Começo a procurar alguma janela ou buraco para que eu possa entrar.
  -Achei!! - Dou a volta pelo castelo e acho uma porta, que se parecia com um porão.
  -É por aqui que eu vou entrar - Puxo a porta mas ela não abre.
  -Tinha que dar algo errado - Olho para os lados tentando achar alguma coisa para desemperrar a porta.
  -Vai assim mesmo! - Chuto a porta e ela se abre.
  -Coragem! - Entro dentro daquela espécie de porão.
  Haviam espadas, caixões vazios, teias de aranha e várias outras tralhas.
  -Onde que fica a saída desse lugar - Começo a procurar alguma porta.
  -Mas o que... - Avisto uma estátua de cavaleiro e atrás dela havia uma porta escondida.
  -Acho que ia me trolar estátua? Se você achou que ia me trolar, você se enganou, porque eu sou milhões de vezes mais inteligente! - Uma mão toca meu ombro.
  -Você é tão inteligente que acabou fazendo um barulhão - Fico frente à frente com garoto de cabelos prateados, olhos negros e que vestia um terno vermelho.
  -Prazer eu sou a nova... - O garoto aproxima sua boca de meu pescoço.
  -Sangue fresco! - Q-Q-Que?!
  Uma fumaça negra se formou em minha frente e logo em seguida eu apago.


Notas Finais


Oi! A Giuni me pediu para dar uma notícia para vocês (pediu não né, ela meio que me obrigou, mas ok) agora haverá 2 capítulos por semana, um segunda e o outro na sexta (isso não é totalmente certeza, a Giuni quer fazer um teste pra ver se funciona)
Então é isso, tchau e...que que eu tinha que falar mesmo? Aé! Espero vocês no próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...