História Before afternoon than never - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2
Palavras 996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie, sou a Hatsuo, e estou fazendo minha primeira fanfic aqui no Spirit! Espero que gostem, e me perdoem se estiver uma grande merda, eu juro que estou tentando! Ksksks
A fanfic vai ser do Taehyung, mais vai ter umas coisinhas que eu vou colocar, mais chega de enrolação e vamos para a fanfic!

Boa Leitura!

Capítulo 1 - Capítulo 1 - "Garoto do café.."


Fanfic / Fanfiction Before afternoon than never - Capítulo 1 - Capítulo 1 - "Garoto do café.."

Estava frio, o vento soprava em meus cabelos os jogando para trás, meus lábios estavam secos e um pouco partidos, meu nariz estava gelado assim como meus dedos, tanto do pé, quanto da mão. Andava pelas ruas molhadas e escuras de Seoul, que era iluminada por pequenos postes, que iluminavam pouca parte da Rua, só queria sair logo dali, foi quando senti que estava sendo observada, olhei para os lados, mais sem sucesso.

Ninguém estava me olhando muito menos me seguindo. Continuei meu caminho, andando calmamente e sem pressa, assim chegando a uma pequena cafeteria, creio que era aberta 24 Horas por dia. Havia um grande poste de luz em frente a cafeteria, que a iluminava, mostrando sua estrutura. Era bonita. Sem pensar duas vezes, entrei na mesma, quando adentrei o local, um barulho agudo me assusta, olhei para cima e tinha um pequeno sino em cima da porta, olhei para frente vi uma mulher mexendo em um celular, seu visual era de uma senhora de idade, fui até ela e pedi um café forte e com dois cubos de açúcar.

Após meu pedido, ela foi preparar o meu café, e eu fui me sentar. Quando me sentei em uma das cadeiras perto de uma grande janela, escutei o barulho do sino da porta novamente, olhei para a porta rapidamente, estava curiosa, quem iria sair de casa a essa hora? E lá estava um menino, um garoto tão lindo, sua aparência era de um anjo! Fiquei o encarando até nossos olhares se cruzarem, minhas bochechas esquentão e eu logo viro para frente. A senhora chega com meu café e eu logo agradeço fazendo uma leve reverência, levei a xícara até minha boca, sentindo o aroma adocicado do café, sorri e logo tomei um gole. No fundo, se podia ouvir os dois conversando.

"- Poderia me dar uma bebida alcoólica?" - Fala o garoto enquanto olhava para a senhora que estava esperando o pedido do menino.

"- Hã...Qual sua idade?" - Diz a senhora um pouco desconfiada, o garoto bufa e revira os olhos, com tédio.

"- Tenho 21 anos! Agora pode me dar uma bebida?" - O garoto fala em um tom um pouco mais alterado, a senhora, ainda desconfiada, o olha com os olhos semi-cerrados.

"- Poderia me  sua identidade?" - A senhora pede e o garoto revira os olhos, pegando a carteira no bolso de trás da calça, logo a entregando para a senhora, que estava prestando atenção nos movimentos do menino - "Bom, está aqui!" - A mulher pega uma das bebidas e entrega para o menino, que logo paga para a senhora.

Antes do menino sair, ele me dá uma rápida olhada, o que me faz corar e abaixar a cabeça. Algo naquele menino, havia me intrigado. Sai de lá rápidamente - Já que eu já havia pagado o café - a procura do garoto. Virei a primeira esquina e o vejo mexer em seu celular enquanto bebia de sua bebida que havia comprado antes mesmo. Continuei a segui-lo, quando ele olhou para trás, rapidamente me escondi perto de uma casa. Quando senti que ele não estava mais olhando para trás, são do meu "esconderijo" e continuei a segui-lo.

Então, começo a escutar uma conversa.

"- Espero que tenha trago o que eu te pedi, pirralho!" - Uma voz Grossa e máscula, falou, deveria estar se referindo ao menino de antes.

"- Sim, eu trouxe Sim! Agora pode me entregar a recompensa!" - O garoto fala com um tom um pouco calmo, e o homem que havia falado com ele, da uma risada nasal.

"- Taehyung...Taehyung! Acho que você está mexendo com fogo! Primeiro mostre se trouxe de verdade!" - O homem fala com um tom de deboche, o garoto Bufa e logo pega alguma coisa do bolso, logo entregando para o homem - "Espero que tenhamos nos entendidos, amanhã mesmo, eu vejo se deixo seu queridíssimo amigo sair da jaula!" - O homem fala é logo sai rindo, enquanto o menino bufa com raiva, o mesmo, joga a garrafa no chão, a fazendo quebrar e me assustar. Sem querer, com o susto, acabo derrubando uma pilha de caixas fazendo um barulho alto.

O menino logo olha para trás, me olhando, ele solta uma risada nasal, o que me fez ficar um pouco corada. Me levanto e o olho. 

"- Estava me seguindo, menina?" - Ele fala com um tom um pouco alterado, o que me faz abaixar a cabeça.

"- Me desculpe...sim...eu estava lhe seguindo!" - Falo um pouco tímida, aquele menino transmitia um jeito bravo, o que me fazia ficar com medo.

"- Uma menina bonita não deveria estar andando por aqui a essas horas, volte para a sua casa! Antes que alguma coisa aconteça de mal com você!" - Ele fala se virando, mais eu continuo indo atras dele.

"- Não posso voltar para casa, eu fui expulsa de lá!" - Falei ainda com medo, mais tentando manter o tom de voz firme.

"- E por que?" - Ele se vira e me encara.

"- Meu pai não permite o que eu quero, ele queria que eu fosse advogada, mais eu não quero isso...e por isso Fui expulsa de casa..." - Falo de cabeça baixa, mexendo meus pés, o menino ainda me encarava e eu sentia minhas bochechas virarem.

"- Eu te deixo dormir na minha casa, vem!" - Ele fala indo até mim, o que me faz olhá-lo surpresa. Nunca pensei que ele iria dizer isso...

"- Sério? Mas...seria incômodo! - Falo tímida, e o vejo rir

"- Não vai ser incômodo nenhum, vamos logo!" - Ele pega em minha mão e começa a andar, me arrastando, logo eu cedo e comecei a andar com ele, era vergonhoso... - "A propósito, meu nome é Kim Taehyung, mais me chame de Tae!" - Ele sorri de canto.

"- Sou Yoomin, Park Yoo-Min...prazer em conhecê-lo!" - Sorri sem mostrar os dentes, e logo fui retribuida com outro sorriso.

Continuamos a andar, até chegarmos em frente à uma casa. Era muito grande e bonita. O olhei de relance e logo sorri....

Continua?





Notas Finais


Primeiro episódio bem lixoso, mais obrigado por ler e...se quiser continuação, podem me dizer, e eu aceito sugestões e críticas...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...