História Before The End Of Summer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Personagens Cascão, Cebola, Denise, Magali, Mônica, Xabéu, Xaveco
Tags Tmj, Turma Da Mônica Jovem, Xavenise
Visualizações 6
Palavras 938
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi minhas tortinhas de morango do palácio! Tudo bem? Eu espero que sim.
Bom, essa é minha primeira fanfic de tmj, e vou começar logo pelo meu otp: Xavenise.
Espero muito que vocês gostem, e fiquem com o primeiro capitulo:

Capítulo 1 - A viagem


Fanfic / Fanfiction Before The End Of Summer - Capítulo 1 - A viagem

-É isso mesmo pessoal, eu estou mesmo sendo obrigada a ir parar um lugar deserto onde não tem shopping, loja, sinal de celular, resumindo não tem vida.

- Parou de drama Denise?

-Drama mãe? Drama?- Eu dizia enquanto gravava tudo com meu celular.

-Drama sim querida, é só uma casa no campo.

-Que fica pelo menos à uma hora e meia da cidade mais próxima, que por sinal é minúscula.

-Denise para de birra, ou vai ficar sem celular também!- Respondeu meu pai focado na estrada.

-Gente #SaveDeniseJoyce!

Parei de gravar e guardei meu celular dentro da bolsa.

Comecei a olhar pela janela, os pingos de chuva já escorriam por ela. Meu pai pisava firme no acelerador. Mesmo do banco de trás pude ver suor escorrendo por sua testa, minha mãe pôs a mão sobre o ombro dele, lhe dando apoio para continuar. Todos nós temos pavor de chuva, mas não é um medo bobo de criança quando se escuta um trovão, era um medo com uma história que me assombrava até hoje.

-Pai, vai mais devagar, por favor!

-Tudo bem, já estamos chegando.

Fechei meus olhos com muita força, queria muito dormir, sabia que logo os olhos de minha mãe iam ficar tristes e meu pai ia começar a correr para chegar logo na nossa casa. Que bom que meu desejo foi atendido.

Acordei quando faltavam uns quinze minutos para chegar, a chuva tinha parado.  Que alivio. Peguei meu pau de selfie, e meu celular, arrumei tudo e comecei a gravar mais uma parte do meu vlog.

-Voltei meus lindos e lindas, sentiram minha falta? Acho que não até porque na edição faz menos de um segundo que eu sai, então estamos chegando ao lugar de tortura extrema, onde serei isolada da vida humana e terei que sobreviver em meio dos animais...

-Vai parar de ser dramática também?

-Mãe! Para de interromper meus vídeos!

-Não se preocupem pessoal, a Denise não vai ficar sozinha, tem um rapaz muito bonito que vai cuidar dela. – Revirei os olhos. Sério que minha mãe falou isso?

-Ai não mãe, ta tentando me juntar com o Xaveco? Por falar nisso dica pra ele, muda de apelido que esse é muito escroto.

-Ah Denise, como é que vocês dizem mesmo? Eu shippo.

-Para mãe, você faz parecer muito brega. Eca!

-Você que é rabugenta!

-Só para mãe, dá vergonha de te ver falando!

-Chegamos!- Meu pai anunciou assim que estacionou o carro em frente a uma casa bem menor do que a minha, e desembarcou para tirar as minhas malas do porta-malas. Novamente guardei meu celular na bolsa e desci do carro.

-Vocês vão mesmo me deixar sozinha nesta manifestação do inferno na terra?

-Denise para de ser besta, é uma casa como várias outras, você vai ter um colchão pra dormir, coisa que muita gente não tem, então vê se cresce um pouco minha filha. – Meu pai disso.

-Humph...

A porta da casa se abriu, e um garoto veio correndo em nossa direção.

-Madrinha! Padrinho!- Xavier abraçou minha mãe e meu pai. - Quanto tempo!- Gente isso é muito brega.

-Nossa como você cresceu!  - Cada vez piora, pera deixa eu adivinhar a próxima frase : Eu lembro de quando você era só um bebezinho.

-Eu lembro de quando você era só um bebezinho.- Ok, já posso morrer, por favor avisem que quero que joguem  minhas cinzas no topo do Himalaia.

-Sério isso, o que vai ser a próxima fala? “Como é que vocês estão?” “Ah estamos bem e você?” “Também. Não quer entrar para tomar uma xícara de café?” “Depois da senhora.”

-Oi pra você também Denise!

-Humph... Oi! Agora você já pode largar os meus pais antes que eles morram sufocados, se bem que se é pra eles me mandarem para lugares como esse pode matar mesmo.

-Denise! -Minha mãe exclamou. – Mostre um pingo de educação e fale um oi direito para o Xaveco. –Ela saiu dos braços do Xavier e me empurrou pra frente dele.

-Oi direito!- Senti um tapa na minha cabeça- Ai!

-A senhorita está pedindo para ficar de castigo.

-E aí, você ta bem? Que bom, eu também to bem.  Onde fica meu quarto mesmo?

-Querida! Nós temos que ir, se não vamos perder o avião. – Meu pai disse já entrando no carro.

Sério que eles iam me deixar sozinha com um cara que não viam a mais de dez anos? Ele podia ter se tornado um maluco psicopata e quando eles saíssem minha vida estaria no fim, eu nem poderia me despedir dos meus fãs. Eles só iam sentir minha falta quando encontrassem meu corpo jogado na beira de um rio por ai. E então o Xaveco ia fugir pra Suíça onde faria novas vitimas enquanto meus pais iam estar chorando pela morte da filha tão jovem. Um destino cruel pra alguém tão bonita como eu. 

Minha mãe veio até mim e me abraçou forte.

-Tchau meu amor. – Ela disse e deu um beijo em minha testa. – Se cuida! Juízo hein! Tchau Xaveco, cuida bem do meu bebe.

-Pode deixar. – Ele deu uma risadinha pra mim e sibilou “bebe”. Mostrei a língua pra ele.

-Tchau mãe!

Minha mãe entrou no carro. Logo em seguida meu pai deu a ré e eles saíram.

 Okay, eles iam voltar em 3... 2... 1...

-Seu quarto é lá em cima, terceira porta a direita, agora eu vou assistir minha série, falou.

-Ei, faz o favor de pedir se eu quero ajuda com as malas. –Ele bufou, pegou duas malas, uma em cada mão, e saiu andando para dentro da casa.

Aqui que o pesadelo começa?

Fim do capitulo 1.


Notas Finais


Espero que tenham gostado minhas tortinhas ( sim vou chamar vocês assim )
Até o próximo capitulo ( que eu não tenho a minima ideia de quando sai)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...