História Before The Force Awakens - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Han Solo, Kylo Ren, Leia Organa, Luke Skywalker, Personagens Originais, Rey
Tags Ben, Família, Gravidez, Han Solo, Leia, Star Wars
Exibições 61
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, vocês talvez estejam familiarizados comigo por causa da minha fanfic After The Force Awakens, mas eu já terminei aquela fanfic e agora estou começando outra, a After mostrava o que acontece depois do Despertar da Força, a Before mostrará o que aconteceu antes do Despertar da Força e depois de O Retorno de Jedi, espero que vocês gostem dessa fanfic que eu fiz com muito carinho.

Capítulo 1 - A Gravidez


Fanfic / Fanfiction Before The Force Awakens - Capítulo 1 - A Gravidez

P.O.V Leia

Já fazem dois anos que o Império acabou, muita coisa aconteceu de lá pra cá, Han e eu nos casamos, e depois da nossa lua de mel, compramos uma casa em Naboo, nós moramos nela até hoje, tivemos nossa primeira vez, que foi ótima, meu irmão Luke também havia comprado uma casa em Naboo, a casa dele não fica muito longe da nossa, ele ainda mora lá junto com R2-D2 e C-3PO, Chewie também mora em Naboo, a rainha ficou tão impressionada com as habilidades dele que fez do Chewie o capitão da guarda de Naboo, eu e Han morávamos sozinhos ,mas víamos o Luke, o Chewie, o R2 e o C-3PO todo mês, eu tinha uma vida estável e muito feliz com o Han, ele era o melhor marido do mundo, ambos trabalhávamos, eu era senadora, e o Han transportava cargas importantes com a Falcon, nossa casa era enorme, eu tinha tudo que alguém poderia querer, ultimamente eu estava me sentindo muito mal, eu sentia enjôos e as vezes vomitava, eu tentava esconder do Han, porque o que eu menos queria era deixá-lo preocupado, mas ele já havia percebido, já era noite e nós estávamos na sala jantando, de uns tempos pra cá eu havia aprendido a cozinhar, e para deixar de pensar nos enjôos que eu estava sentindo, eu decido puxar conversa com o Han.

-Amor, como foi seu dia ?

-Foi bom, tirando a parte que eu tive que fazer umas três viagens hoje pra levar várias cargas, e o seu ?

-Hoje teve outra reunião no senado, foi bem cansativa, mas estou feliz por já ter acabado e poder ficar com você.

-Eu te amo, Leia.

-Também te amo, Han.

Eu comecei a me sentir muito enjoada, Han logo percebeu.

-Leia, você está bem ?

-Estou, não é nada.

-Eu já percebi que você tem sentido enjôos.

-Eu não estou tendo enjôos.

-Está sim, não tente esconder de mim.

Eu senti que iria vomitar, fui correndo para o banheiro e vomitei, Han me seguiu e segurou meu cabelo, eu continuei vomitando, era bom saber que nas horas mais difíceis eu podia contar com o meu marido, depois que eu terminei de vomitar, fui na pia lavar meu rosto.

-Leia, você precisa ir pro médico.

-Ok, eu vou marcar uma consulta.

-Não, até lá você vai continuar vomitando e tendo enjôos, vamos agora.

-Agora já está tarde.

-Eu vou ligar para o doutor e ver se podemos ir agora, espere aqui.

Depois de ligar para o doutor, Han voltou para o banheiro, que era aonde eu estava, e disse :

-O doutor disse que está disponível, mas que é pra irmos agora.

-Está bem.

Han e eu fomos até a Millenium Falcon e ele pilotou a nave até o hospital, quando chegamos lá, fomos até a sala do doutor, ele disse que era pra o Han esperar lá fora e que ele faria alguns exames comigo, Han ficou na sala de espera. O doutor me pediu para deitar, eu deitei e depois dele me examinar, ele pediu para eu levantar e disse :

-Meus parabéns, senadora, a senhora terá um bebê.

Meu mundo começou a ruir assim que ouvi o médico falar isso, eu, ser mãe ? Ter um bebê ? Eu nunca pensei nisso, acho que o Han nunca pensou nisso também.

-Senadora, a senhora está bem ?

-Não.

Eu saí correndo da sala do doutor e passei pela sala de espera, Han me viu, mas eu não olhei pra trás, eu fui embora do hospital correndo, mas Han me seguiu, eu fui até um taxi ( o taxi era uma nave pequena ) e pedi pra ele ir para longe do hospital, Han tentou me parar, mas quando ele chegou, o taxi já tinha ido embora, depois de um tempo andando sem rumo, o piloto perguntou:

-Minha senhora, eu não posso ficar pilotando essa nave a noite inteira, me diga um lugar para eu te deixar.

Eu percebi que nesse momento difícil eu precisava de ajuda, então dei o endereço da casa do meu irmão pro piloto e pedi para ele me deixar lá, depois de um tempo, finalmente chegamos, eu paguei o piloto e ele foi embora, eu bati na porta da casa do meu irmão, ele abriu e ficou assustado ao me ver aos prantos.

-Leia, você está bem ?

Não o respondi, entrei logo dentro da casa, me sentei no sofá e me agarrei a uma almofada, continuei a chorar, então o C-3PO apareceu na sala.

-Mestre Luke, o que está acontecen...Oh, princesa Leia, o que aconteceu ?

Continuei calada e chorando.

-C-3PO, pode pegar uma água para minha irmã ?

-Claro, mestre Luke, vou pegar agora.

C-3PO foi na cozinha e depois de alguns minutos voltou com um copo de água na mão, ele me deu o copo e eu bebi a água, estava muito cansada.

-Agora que você já está hidratada, pode me contar o que houve ?

-Quero falar apenas com você.

-C-3PO, você poderia esperar lá no meu quarto ?

-Sim, mestre Luke

C-3PO saiu da sala e nos deixou sozinhos.

-Agora você pode contar ?

-Hoje eu fui no hospital e saí correndo de lá quando eu recebi a notícia, Han nem sabe que eu estou aqui.

-Han me disse que você estava doente, mas é grave ?

-Não é nenhuma doença, eu estou grávida!

Eu percebi o olhar de espanto no rosto dele e perguntei :

-Você está bem ?

-Se eu estou bem ? Isso não importa, você está bem ?

-Não, eu não estou preparada para ser mãe, eu não sei como contar ao Han, e se ele não gostar da noticia ?

-Eu acho que você vai ser uma ótima mãe, você sempre gostou de crianças, não é ?

-Sim, mas eu nunca pensei em ter uma.

-Você não precisa se preocupar se o Han não gostar da notícia, caso isso aconteça, eu terei uma conversa com ele que o fará mudar de ideia.

Ambos rimos após ele dizer isso, Luke pediu para eu levantar e me levou até o espelho, eu percebi que meu rosto estava bastante vermelho e que meus olhos estavam inchados por conta do choro, Luke botou a mão na minha barriga e disse :

-Daqui a nove meses sua vida mudará, você vai ter mais uma responsabilidade, você precisa estar preparada para isso.

-Eu sei.

-Eu nem estou acreditando que vou ser tio.

-Pois é, nem eu estou acreditando que serei mãe.

-Espere aqui, eu vou ligar pro Han pra ele vir te buscar.

-Ok.

Não passaram-se nem dez minutos, alguém já batia na porta, Luke foi abrir e era o Han que estava lá.

-Luke, cadê a Leia ?

-Está ali no sofá.

Han foi logo entrando na casa e ficou olhando para mim.

-Han, me desculpa por ter ido embora, eu não devia ter te deixado sozinho no hospi...

Minha fala foi cortada por um grande abraço que ele me deu, e logo em seguida disse :

-Tudo bem, amor, o importante é que você está bem, eu fiquei preocupado com você.

-Podemos ir para casa ?

-Claro.

Han me acompanhou até a Millenium Falcon e fomos até a nossa casa, ao chegar lá, Han perguntou :

-Você pode me dizer o que o doutor disse que a deixou desse jeito ?

-Posso tomar um banho antes ?

-Claro.

Fui pro banheiro e tomei um banho, depois que saí do banheiro, vesti minha camisola e fui pro nosso quarto, quando cheguei lá, percebi que ele já estava lá com seu pijama vestido e deitado me esperando para dormir.

-Pode me dizer agora ? O que o doutor te disse sobre seus enjôos ? É muito grave ?

-Não é nenhuma doença, eu estou grávida.

Pude perceber o olhar de espanto nele, então eu perguntei :

-Han, você está bem ?

Ele não me respondeu, apenas me deu um abraço e depois disse animado :

-Quer dizer que eu vou ser pai ?

Fiquei surpresa com a empolgação dele, não esperava que ele fosse ficar tão feliz com a notícia.

-Sim, Han, você vai ser pai, está feliz ?

-Sim, eu sempre quis ter um filho.

-E por que nunca disse isso pra mim ?

-Porque eu sabia que você não iria querer.

-Mas agora eu estou grávida, daqui há nove meses nosso filho irá nascer.

-Eu não estou acreditando.

-Mas é verdade!

Ele botou sua mão na minha barriga e depois me deu um beijo, eu estava com medo, mas Han estava feliz e eu tenho certeza que ele iria me apoiar e ficar do meu lado o tempo todo, eu faria de tudo pra ver o Han feliz, nem que pra isso eu tivesse que enfrentar o meu maior medo, ser mãe.


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capitulo que eu fiz com muito carinho, não sei quando irei postar o segundo capitulo da minha fanfic pois só essa semana eu postei três capitulos então eu to meio esgotado mas o prazo maximo para eu postar novamente é de menos de um mês, bem era só isso que eu queria dizer, um abraço e até a proxima.
PS : A unica razão do C-3PO ainda chamar a Leia de princesa é porque é dificil para um droide desacostumar os nomes nos quais ele chamava as pessoas mais proximas dele.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...