História Begin - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Friend
Personagens Eunha, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, SinB, Sowon, Suga, Umji, V, Yerin, Yuju
Tags Comedia, Drama, Eunha, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Musica, Rap Monster, Romance, Sinb, Sowon, Suga, Umji, Yerin, Yoonmin, Yuju
Exibições 14
Palavras 1.843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lírica, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooi!!

Vamos a mais um capítulo!

Boa Leitura!!

Capítulo 3 - Sorrisos



- Oi JungKook. - Yoongi cumprimenta o garoto assim que chega perto. - Como você está?

- Estou muito bem Yoongi hyung, e você? - JungKook sorri mínimo com as bochechas rosadas. - Vejo que trouxe uma amiga, quem é?

- Tudo bem, esta aqui é minha irmã Min Sayuri. - Yoongi sorri eo garoto estende a mão para me cumprimentar. - É a primeira vez que Sayuri vem ao hospital, ela está de férias da faculdade e prometeu me ajudar. 

- Sentem-se aqui. - Ele apontou para um banco, após pedir para Hana ir brincar com as outras crianças. Então, você cursa medicina como Yoongi? 

- Não, estou no primeiro ano de fotografia. - O garoto sorri e olha para o céu azul e passa a mão nos cabelos da nuca. Pude perceber melhor o brinco em uma das orelhas,na verdade era um alargador pequeno e preto JungKook mantém o olhar fixo em algum ponto que não consegui identificar.

- Vai ficar para o jantar Yoongi hyung? - JungKook perguntou vaga.

- Hoje não, gostaria muito, mas hoje eu tenho que estudar... Aliás acho que já deu nossa hora Sayuri... - Yoongi se levanta e eu faço o mesmo, JungKook sorri mínimo e aperta nossas mãos como uma despedida.

- Espero vê-la mais por aqui Sayuri. - O garoto diz e se vira sumindo em algum corredor com sua cadeira de rodas.

Yoongi e eu voltamos para dentro do hospital, ele me deixa em uma das salas e disse que tinha que resolver alguns assuntos e logo voltaria; Yoongi não demora muito a voltar e dizer que já podíamos ir para casa, vamos até o estacionamento e entramos em seu carro. Quando saímos do hospital Yoongi diz que iria passar no McDonald's antes de para caa e pergunta se eu quero algo e nego a pergunta. Nós voltamos para casa e Yoongi se trancou em seu quarto dizendo ir estudar, suspiro cansada e subo ao meu quarto na intenção de tomar um banho.

Após tomar banho, sento em minha cama e conecto meu celular no notebook afim de anexar algumas fotos, mas a que chama a atenção é uma tirada no Yeouido Park tirada na última vez que visitei o parque, era Outono e a maioria das árvores estava com suas folhas nos tons alaranjados, me peguei pensando em como JungKook se sentiria em caminhar em meios s árvores enquanto as folhas caíam ao seu redor calmamente. Sorrio ao imaginar tal cena.

Estava tão aturdida em pensamentos que quase não ouço meu celular tocar avisando a chegada de mensagem.

 " Já que não vamos viajar juntas, podemos pelo jantar, o que acha?

                              Wang Miwa

Concordei com um simples sorriso, após me arrumar aviso Chyo que não iria jantar em casa, pego as chaves do carro e a jaqueta e saio em direção ao carro; enquanto dirigia em direção ao restaurante liguei o rádio e sorri ao ouvir a música que tocava.

      I Need You Girl neon areumdawo

     I Need You Girl neon chagawo

               I Need You Girl

              I Need You Girl

Fui cantarolando o ritmo da música até estacionar no restaurante, deixei a chave com o manobrista, sou recebida pelo maître que me me leva ate a mesa onde Miwa está, os seus cabelos acobreados presos em um rabo de cavalo,vestido azul marinho e saltos pretos.

- Olá! - Miwa se levanta e me abraça. - Se não vamos viajar juntas, vamos jantar. - Diz soltando uma leve gargalhada e pede para o garçom o cardápio.

- Então, como andam os preparativos para a viagem. - Pergunto após experimentar o vinho branco em minha taça.

- Estão indo muito bem mas todos sentimos falta da nossa querida Min. - Ela pisca e eu rio de leve. 

Por fim acabamos escolhendo nossos pratos, Miwa começa a tagarelar sobre seu novo namorado e sibto uma vontade de contar sobre a tarde que tive, mas não o faço,talvez por que ela não seja minha melhor amiga como Taehyung e Yumi, ou talvez por que ela não entenderia o fato de que um cadeirante nao sair da minha cabeça.

Meus pensamentos acabam indo parar em Taehyung e Yumi, eles eram - ou ainda são - meus melhores amigos? Nós conhecemos desde o ensino médio e nunca nos desgrudamos, eles são meio irmãos e são um ano mais velhos que eu. Yumi sempre foi quieta e mais sensata do que Tae - Ou TaeTae adado por mim. - que sempre foi mais confiante e vive no mundo da lua.

Brigamos havias duas semanas antes das férias, brigamos porque Yumi começou a namorar e me deixou totalmente de lado, fazendo assim com que TaeTae me deixasse também, passamos a discutir constantemente depois disso. Ela não entendia que por mais que tivesse um namorado, nós ainda éramos melhores amigas.. mas aí ela falou diversas coisas para mim e com o apoio de Tae disse que não queria mais minha amizade.

Sou despertada de meus pensamentos com Miwa me perguntando se quero acomanha-lá em uma boate, mas acabei rejeitando dando uma desculpa qualquer, eu só precisava descansar um pouco.

Ao chegar em casa em meus pais estavam sentados no sofá da sala assistindo um filme, passei por eles e sibilei um simples Boa Noite e corri escada acima passando na frente do quarto de Yoongi que tinha as portas abertas.

- Hey! Você já pensou em fazer uma aula de dança para as crianças? Ou levar o som e dançar? - Yoongi olha pra mim com um olhar interrogativo, suas sobrancelhas se juntam e ele entorta os lábios. - Andei pensando nisso no caminho de volta do hospital...

- Você está disposta a voltar... ! - Me interrompeu largando seus livros, seu sorriso era de pura satisfação. - Isso é ótimo Sayuri! Achei que tinha odiado o lugar...

- Eu adorei... E achei que seria legal fazer algo mais dinâmico com as crianças, e você sabe que eu gosto de dançar! 

                                     ******

Coloquei uma regata branca, um jeans, camisa xadrez azul e all star. Desci para tomar o café, pois hoje iríamos preparar algumas coisas para um almoço no hospital com as crianças, Percebia que Yoongi estava muito feliz por eu estar participando disso com ele, e eu estava achando muito legal. Como ao mercado e logo depois a uma doceria e finalmente o hospital.

Passamos a manhã inteira preparando um almoço diferenciado para as crianças com a ajuda de algumas enfermeiras, levamos duas mesas grandes para o jardim e colocamos toalhas xadrez de piquenique, e uma outra mesa apenas para os doces, ficou muito bonito.

- Me arrependo de não ter vindo antes. - Digo ouvindo os risos das crianças.

- Muitas das pessoas nao entendem e as vezes os tratam de maneira diferente,muitas crianças sofrem por causa de queimaduras, as deficiências físicas e psicologicas e isso dói em mim... Mas quando a vi toda feliz aqui, percebi que você se importa e não é uma dessas pessoas. - Yoongi passa seu braço pelo meu ombro e beija meus cabelos. - E amo você mais ainda por isso.

- E aí, onde está o rádio? - Sorrio e então Yoongi se vira para poder pegar o rádio. - E então crianças vocês gostam de Dançar!?

Rio alto com o entusiasmo deles. Yoongi coloca a música para tocar. E logo 21 St Century Girl começa a tocar, faço uma coreografia barata dos integrantes e rio junto com as crianças, olho para o lado e vejo Yoongi cantando e rindo ao mesmo tempo.

- All My Ladies Put Your Hands Up! - Canto enquanto jogo os braços ao alto nessa parte e as crianças.

Meus olhos se encontram com um par de olhos enegrecidos que me observavam e então JungKook abre um sorriso - que mais me lembrou um coelhinho fofo - e acabo sentindo minhas bochechas quentes por ele me ver feito uma criança, saio de fininho e caminho até onde ele está.

Ele está vestindo um jeans preto justo, uma camiseta simples preta e uma bota desgastada. Ela sorri mais uma vez e então me sento no banco ao seu lado, não falamos nada por alguns segundos até que ele me encara.

- Você dança muito bem, e canta também. - Ele diz a última parte mais baixo e vejo que segura uma leve gargalhada. Reviro os olhos sem que perceba e rio baixo. Yoongi já tinha me dito o quão desafinada eu sou. Obrigada, mas não precisa fingir dizendo que canto bem, sei que não canto. - Rio de sua careta e do pequeno bico que forma em seus lábios.

- Achei que não a veria tão cedo por aqui. - Murmura mudando de assunto.

- Eu gostei de vir, talvez deveria ter vindo antes... - Eu arrumo a franja para trás da orelha. - Por que não foi lá? Você iria gostar, Hana estava se divertindo muito.

- Estava em uma seção, e só tem crianças ali, e um garoto de 19 anos em uma cadeira de rodas nao parece uma criança. - Ri ironicamente então vira a cadeira paa o outro lado do jardim. - Aceita um café Srta. Min? 

Acompanho JungKook até a lanchonete do hospital, me sento em uma das mesas. E novamente ficamos um tempo em silêncio, e o silêncio me irrita, JungKook bebe um pouco de café e me observa, posso perceber o jeito que me olha e também passo a observa-lo. Seus olhos apesar de muita alegria que passam la no fundo posso ver algo triste, algo que ele tenta esconder.

- Porque veio para esse hospital? - Minhas palavras escapam antes que eu raciocine, e mordo o lábio inferior me arrependendo de tal pergunta.

Mas ele apenas inclina a cabeça um pouco para o lado. E pensa em algo antes de responder.

- Minha mãe soube que estão fazendo tratamentos e aparelhos novos para deficientes físicos, e decidiu vir pra cá... - Ele suspira fundo. - Mas não sei se irei ficar muito tempo aqui, não funciona.

- Acho que essas coisas levam um pouco de tempo, bom, eu nao sou especialista nisso. - Abaixo a cabeça e entorto os lábios. - Quer dizer...

- Às vezes o silêncio é a melhor solução Sayuri. - Ele toma mais um pouco de café e me encara. - Me conte um pouco sobre voce.

- Bom, eu nasci em Daegu, meus pais são donos de uma famosa revista daqui de Seul, eu adoro dança, livros e amo fotografia, meus pais estão me ajudando a montar meu estúdio, era para mim estar em uma viagem para o Caribe mas decidi ficar para passar mais tempo com meu irmão mais velho, e descobri que fazer trabalho social é bem mais divertido.

- Interessante... - Ele sorri como se aquilo não fizesse a menor diferença para ele. - Então a verei mais vezes aqui? 

- Com toda certeza Jeon. - Sorrio, e coloco o copo de café na lixeira, JungKook se despede e volto para o jardim ajudar Yoongi a arrumar as coisas para irmos para casa.

Não vejo JungKook depois daquilo, e nem conto a Yoongi da nosso pequeno encontro no hospital, e quando chego em casa e desde que vi aqueles olhos enegrecidos pela primeira vez,o brilho contido neles não sai da minha cabeça.


Notas Finais


Até o Próximo!!

Um Beijo e Um Queijo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...