História Beginning Of a New Life (Imagine Jungkook) - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~Sweet_Bonnie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Imagine Jungkook, Jikook, Lisa, Magia, Minhyuk, Namjin, Sana
Visualizações 122
Palavras 1.084
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já fazem 84 anos...


BROTAMOS!!!! Magos e Gnomos :3 Depois de três meses sem atualizar a fanfic nós voltamos como anjos do céu!
Desculpa pela demora, nós tentamos várias vezes mas sempre dava algo errado, algumas coisas na minha vida (Kim Ana) deram umas voltas, por esse motivo demoramos para postar, mas aqui estamos nós! Tenham uma boa leitura e a fanfic voltará ao normal (eu espero).

Capítulo 23 - Visões podem ser assustadoras...


Fanfic / Fanfiction Beginning Of a New Life (Imagine Jungkook) - Capítulo 23 - Visões podem ser assustadoras...

Eu já estou em casa e meus ferimentos ainda doem um pouco eu fiz as pazes com o Jungkook mas ainda me sinto um pouco fraca... resolvo dormir então faço minhas higienes e vou me deitar.

~Sonho on

-EU SÓ TE DEI UMA FUNÇÃO!

Uma garota loira e branca chuta a loira.

-Nos desculpe senhorita Sana.

A Ruiva diz chorando ajoelhada junto com a morena.

-Vocês não me servem pra mais nada.

Sana diz fazendo apenas um sinal com a mão e então três garotas de capuz branco chegam e levam as meninas para algum lugar, Sana apenas dá uma risada em seu trono enquanto ouve as garotas sofrendo.

-Sana.

Um garoto muito familiar chega e faz uma reverência á Sana.

-Minzinho!!! Estava com saudades.

Sana sai de seu trono e vai correndo até... meu Deus... Minhyuk?

-Eu também.

Minhyuk diz enquanto a abraça e eles se beijam.

-Como vão as coisas com a (S/n)?

Sana diz sentando em seu trono novamente.

-Eu não sei bem se quero fazer isso...

Minhyuk diz olhando para baixo.

-O que? Você está afim de nos trair? Trair a sua mulher?

Sana diz ficando totalmente assustadora.

-Não é isso... é que a (S/n) não parece assustadora como você diz.

Minhyuk diz com uma expressão de tristeza.

-Ah meu amor... ela é IGUAL aos pais dela... parece doce e boa por fora mas por dentro sempre quis nos destruir... você tem que pensar bem, já te disse para nunca confiar em alguém daquela guilda.

Sana diz enquanto dá beijos no pescoço de Minhyuk.

-Sana eu sinto muito mas não consigo fazer isso com a (S/n).

Minhyuk diz empurrando Sana o que a faz consequentemente cair no chão.

-O que? QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA ME DISPENSAR?

Sana diz gritando enquanto Minhyuk anda pra sair da sala do trono.

-Alguém sensato.

Ele diz abrindo a porta.

-Eu poderia te matar aqui e agora... mas vou te matar na frente dela igual eu fiz com os pais, vou te torturar até que você grite pelo meu perdão, quero que ela veja as pessoas que ama sofrendo, que ela veja você sangrar e ser humilhado totalmente, e ai sim você vai se arrepender de ter feito isso meu caro Minhyuk.

Sana diz fazendo um sinal o que faz Minhyuk desaparecer. De repente o cenário muda e eu estou em um local que não consigo identificar, era frio e meio escuro, tinha uma aura muito pesada e eu me sentia muito mal estando aqui.

-(S/n)! Abaixa!

Eu ouço Jungkook gritando e faço o que ele mandou, quando olho pra cima uma esfera vermelha passa por cima de mim, depois quando tenho certeza que nada mais vai tentar atingir meu rosto e acabar com a minha vida eu levanto, quando olho para o lado vejo Sana saindo das sombras, ela vem por trás de Jungkook com fogo nos olhos (literalmente) e nas mãos.

-Jungkook!

Eu tento gritar mas minha voz não sai, eu tento andar mas não saio do lugar, eu tento correr mas tudo que eu consigo fazer é ficar parada assistindo o amor da minha vida, a pessoa que fez meu mundo mudar pra melhor, o homem que transformou todas minhas lágrimas de dor em lágrimas de felicidade, sendo morto pela mesma mulher que tirou tudo de mim.

~Sonho off.

-(S/n)! Acorda!

Eu abro meus olhos e vejo Jungkook me sacudindo, eu respiro ofegante enquanto lágrimas percorriam meu rosto, suor saia de minha testa e sangue derramava de meu machucado em consequência do que aconteceu ontem.

-O que aconteceu (S/n)?

Jungkook diz enfaixando meu machucado.

-Eu não sei direito, eu estava cansada por conta de ontem e então fui dormir, mas assim que fechei os olhos tive outra das minhas visões.

Eu digo o abraçando enquanto as lágrimas não paravam de descer.

-Mas o que aconteceu para você estar neste estado?

Ele diz retribuindo meu abraço.

-Foi só um sonho ruim, daqui a pouco passa.

Eu digo me afastando do abraço e sorrindo enquanto ele limpa minhas lágrimas com seu dedo.

-Volte a dormir, ainda é madrugada, eu estou aqui ainda por que estava resolvendo algumas coisas com o Jin.

Ele diz se levantando da minha cama.  

-Espere...

Eu digo em um semi sussurro.

-O que foi?

Ele diz se virando para mim com a mão já na maçaneta.

-Pode dormir comigo hoje?

Eu digo enquanto sinto meu rosto queimar e minhas bochechas corarem.

-Como quiser, fico com prazer.

Ele diz sorrindo (Ai como esse sorriso me destrói) enquanto se deita ao meu lado, eu me conforto em seu peito e caio no sono novamente enquanto ele faz carinho em meu cabelo e me canta uma música para que eu durma melhor.

~De manhã.

Eu acordo com raios de Sol atingindo meu rosto, olho para o lado e Jungkook não está mais na cama, lembro que ontem estava tão cansada que nem fechei a janela (deve ser por esse motivo que os raios de Sol adentraram no quarto), sinto cheio de ovos com bacon e faço minhas higienes colocando uma camisa longa e não troquei o short de dormir, aliás só ia tomar café com o Jin como um dia normal. Desci as escadas seguindo o cheiro do café e então entro na cozinha e não é o Jin fazendo o café da manhã.

-Bom dia dorminhoca.

Jungkook está girando os ovos estranhamente, provavelmente nunca deve ter cozinhado para alguém na vida, ele está molhado como se tivesse acabado de sair do banho.

-Bom dia.

Eu chego por trás o abraçando enquanto distribuo beijos por seu rosto o que o faz ficar mais desajeitado do que já é.

-Jin mandou avisar que você não deve sair hoje, devido aos seus ferimentos e aos ataques de ontem, deve ficar em casa pois Sana pode aproveitar sua vulnerabilidade para fazer outro ataque.

Jungkook coloca dois ovos e um pouco de bacon em um prato e me entrega enquanto eu já estou com o café na mão.

-E me deixou sobre logo SUA proteção?

Eu digo zombando da cara de Kookie.

-OLHA SÓ!

Ele diz me apontando o dedo o que me faz gargalhar.

-E isso vai durar quantos dias?

Dou um gole no café.

-Até que você fique melhor, Jin está resolvendo coisas na casa do Namjoon (e-e) e então ficaremos bastante tempo juntos, vai ter que me aturar coisinha.

Jungkook diz me dando um selinho.

-Isso eu faço questão de fazer!

Eu digo soltando meu café da manhã e o beijando calmamente.


Notas Finais


Continua no próximo capítulo de... essa fanfic ai que voces tão lendo.
Espero que tenham adorado pois fizemos de coração! Até a próximaaa!
Sonhem com as Boybands ou Gilrbands!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...