História Behind Of The Stage - Capítulo 34


Escrita por: ~

Visualizações 31
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


To tentando voltar, migues. Pra se contextualizarem do que aconteceu, leiam o penultimo capítulo

Capítulo 34 - I Wont Give In - James e Oliver




  O choro das núvens escorria por minha pele se disfançando dentre minhas lágrimas ao ver aquele caixão sendo fechado. Passei a língua pelos lábios e então os mordi, eu não conseguia acreditar em tudo que tava acontecendo, era muita informação pra mim, eu havia perdido duas pessoas, uma fisicamente e a outra que provavelmente não conseguirei dizer mais uma ultima palavra. 
  O amor pode ser venenoso as vezes, dependendo da dose ele mata, e foi isso que aconteceu com Danny. O seu amor pelo Ben era tão forte que o deixou cego a ponto de não conseguir pensar direito quando correu o risco de perdê-lo, e é isso que está quase acontecendo comigo também. Como eu poderia deixar tudo para ir atrás de alguém que nem se quer considera os esforços que faço por ele? que nem sei se realmente tem um sentimento recíproco e que pode estar nos braços de outro cara agora. 
  Após a cerimônia os rapazes, amigos e familiares estavam terminando de cobrir a lápide de Danny com flores e mensagens em cartas que logo seriam desmanchadas pela força da chuva.  Quando todos estavam ja indo embora, vi Ben sentado na chuva perto da lápide.


-Ben... - me abaixei e dei-lhe um abraço. Ele não conseguia dizer uma palavra além de soluçar de tanto chorar - Ben, sai da chuva, vem... 


  Finalmente ele toma fôlego para dizer algo e então limpa seu rosto

 
-Eu estou rezando muito para que isso tudo não passe de um pesadelo, eu ainda não consigo acreditar em tudo que ta acontecendo ...e você não deveria estar aqui. - ele olhou pra mim com os olhos inchados 


-O que? como assim eu não deveria estar aqui? 


-Pelo que falamos anteriormente... você deve ir atrás do Oliver. 


-Essa hora ja deve ser muito tarde.. e eu não acho bom deixa-lo aqui sozinho, sabe? 


   Logo sinto uma mão pesada vindo diretamente no meu rosto ''slap'' fez o som. Ben me agarrou pela gola da jaqueta e me puxou pra perto, olhou no fundo dos meus olhos e disse 


-Eu acabei de perder a pessoa que mais amava, a dor é real, é algo que te consome por dentro e eu não to disposto a perder outra pessoa... NO CASO VOCÊ, se perder aquela puta. Então vai logo que você tem 30 minutos restantes. Não se preocupe comigo, Cam e Sam ainda estão por aqui.


  Aquilo foi um choque pra mim, mas não fiquei surpreso ja que esse é o jeito ''Ben'' de lidar com as coisas.  Assenti com a cabeça e corri para a minha moto, eu não tinha mais tempo a perder, então corri em direção ao aeroporto internacional em que Oliver estava. Eu já estava próximo quando dei de cara com um puta engarrafamento ''merda..'' pensei. Agora me restavam apenas 10 minutos. 


-Mas que merda, to parado aqui fazem 30 minutos! - gritou um velho dentro de eu carro. 


  ''Bi biiii bii '' os carros faziam e nada de andar. Até mesmo as motos estavam paradas por conta de um acidente que teve mais a frente. Olho o comercio ao redor, eu não tinha mais tempo a perder. Haviam algumas lojas, lanchonetes ...e um café um bicicletas ''estacionadas'' . Sim, a ideia foi essa, roubar uma bicicleta. Sem me importar deixei a moto bem onde ela estava e corri até a cafeteria para, de forma sorrateira, roubar uma bicicleta que ali estava encostada.


 -EEEI! EEEI! - gritou o dono dela saindo da loja quando me viu partir com seu veículo - Vou chamar a polícia seu desgraçado! 


   8 minutos. Eu ja estava perto do aeroporto, aquela bicicleta pequena e vermelha me fazia suar mais que qualquer coisa, eu pedalava com toda potência que poderia. Finalmente cheguei, faltavam agora 3 minutos pra Oliver partir pra Austrália e nunca mais eu conseguir vê-lo, corri para o portão de embarque 


  60 segundos 
     
   Não consegui, o avião decolou e lá se foi a minha ultima chance


-Merda... MERDAAAA! - Gritei e então um segurança fez pra mim sinal de silêncio quando ouvi uma voz distante 
 
-James! - Era Oliver do outro lado do aeoropoto vindo na minha direção 


  Aquela voz me fez voltar a vida e ver seu rosto novamente me reconfortou de uma maneira surreal. Ele veio correndo até a mim e quando chegou me abraçou, aquilo me fez respirar fundo e segurar o choro 


-Eu te amo, Oli... - disse a ele enquanto o abraçava e passava a mão por seus cabelos - Eu pensei ter te perdido 


-O nosso vôo atrasou por conta da chuva que teve mais cedo - disse ele e então me soltou e sorriu, mas logo sua feição mudou para quem estivesse desconfortável 


-O que foi, Oli?  


-Bem...  - abaixou a cabeça 


  Antes que ele pudesse dizer algo, vi dois braços abraçando sua cintura por trás e então o rosto logo aparece: Matt Nicholls, um dos melhores amigos de Oli e meu pesadelo. Seu sorriso cínico me ferveu o sangue 


- O que você faz aqui, James? acabou, você perdeu. Aceite isso e volte pra sua casa, kid. - disse ele 


  Antes que eu pudesse dizer algo, Oliver então saiu dos braços de Matt e se afastou um pouco de nós dois. Ele respirou fundo e então ergueu a cabeça 


-Antes que vocês dois comecem a brigar e chamar atenção aqui.. eu quero deixar claro que não sou nenhum objeto de ninguém. Então ninguém me ganhou ou perdeu  - ele me olhou com aqueles olhos de gato - James, eu te amo, tipo, muito.. - e então olhou para Matt - Você também, porém...  eu preciso de um tempo pra mim sozinho. - olhou para nós dois -  Preciso pensar e refletir sobre tudo que aconteceu e está acontecendo e acredito que vocês também, principalmente você, Jay. Meus pêsames... 


Ele então caminhou até mim novamente e me tocou nos lábios dando um beijo breve 


- Preciso focar na turnê na Austrália...quando terminar eu irei para Inglaterra e acredito que lá nos encontraremos, voltarei bem melhor eu juro. 


   Matt me olhou com um olhar sacana, ele sabia que ficaria com Oli durante 15 dias bem longe de mim.. aquela era a chance dele. Oliver ja ia me virando as costas quando o puxei para dar um ultimo beijo, o mais longo e doce de todos, ali as memórias de nós dois juntos me vieram na mente.. desde o primeiro toque ate agora..o ultimo. 
  Oli retribuiu com ternura e então quando terminou, ofegante, deu um sorriso. Olhei para Matt e ele virou de costas 


- Eu confio em você, Oli, não confio é nele - disse baixinho 


- Mas se quiser ficar realmente comigo vai ter que confiar em mim independente de quem eu estiver... nos vemos em breve - disse ele apertando minhas mãos e olhando no fundo dos meus olhos 


-Vem logo, Oliver, os rapazes já estão nos chamando - disse MN


  Oli então deu uma piscada pra mim e partiu com o demônio ao seu lado que colocou o seu braço sobre o ombro dele. Eu não aguentava ver alguém tocando o Oliver assim que não fosse eu, minha vontade era de quebrar aquele nariz de coala. 


-Tsc...  15 dias... não sei se vou conseguir te esperar tanto assim, Oli, eu te amo mas não aguento o que esta fazendo comigo.  - disse á mim mesmo. Então me voltei para ir embora


  Oliver é uma pessoa um tanto difícil de lidar, tão imprevisível que você nunca sabe qual será seu próximo passo ou o porquê dele fazer as coisas como faz... e acho que é isso que me mantém tão obcecado por ele. 
 


Notas Finais


James corno?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...